Visual Studio alm rangers



Baixar 7.59 Mb.
Página2/62
Encontro30.10.2016
Tamanho7.59 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   62

Índice


Acrônimos 6

Histórico do Documento 7

Colaboradores 7

Revisores 7

Introdução 8

Visão Geral 8

Visual Studio ALM Rangers 8

Pré-requisitos 8

Gerenciamento de Solução e Projeto 9

Refatorando uma Solução do Visual Studio Database para habilitar código compartilhado 9

Objetivos do cenário: 9

Passo 1: Examine os bancos de dados físicos com código e objetos sobrepostos 9

Passo 2: Prepare a Solução de Banco de Dados 11

Passo 3: Refatorar Referências e Dependências do Banco de Dados 18

Passo 4: Refatore a Solução para habilitar Projetos Parciais 24

Passo 5: Propague as mudanças para os components de código compartilhado 28

Controle de Código-Fonte e Gerência de Configuração 29

Visão Geral dos Cenários: 29

Cenário #1: Modelo de Branching para um Único Time 30

Introdução 30

Definições de Branch para este cenário: 30

Passo 1: Criar um novo projeto para o banco de dados AdventureWorks 31

Passo 2: Faça o Check in do novo projeto no Team Foundation Server 39

Passo 3: Crie um branch da solução 41

Passo 4: Faça o deploy da solução de banco de dados 47

Passo 5: Fazendo o merge do branch (integrando alterações entre dois branches) 49

Passo 6: Sincronize as alterações do código com a versão atual do banco de dados 52

Cenário #2: Modelo de Branching para Múltiplos Times 54

Definições de Branch para este cenáro: 54

Passo 1: Crie um branch a partir da solução 55

Passo 2: Faça alterações no projeto 59

Passo 3: Faça o merge das mudanças do branch Team1 para o Main 61

Passo 4: Faça o merge das mudanças do branch Team2 para o Main 63

Integrando Mudanças Externas com o Sistema de Projeto 67

Mantendo Linked Servers no Projeto de Banco de Dados do Visual Studio 67

Resumo 67

Objetivos do Cenário 67

Passo 1: Criar dois novos projetos, um referenciando o outro 67

Movimentação Complexa de Dados 73

Resumo 73

Objetivos dos Cenários 73

Cenário 1 – Movimentação Complexa de Dados – Comportamento Padrão para Edição de Desenvolvimento 73

Cenário 2 – Movimentação Complexa de Dados – Engana engine de deployment (Enfraquece a experiência através da IDE, quebra o SCC como mastre, e gera uma desvantagem de performance) 81

Cenário 3 – Movimentação Complexa de Dados – Resolva o Problema de Performance (Não utilize a deployment engine, SCC torna-se o mestre) 83

Cenário 4 – Movimentação Complexa de Dados –Integrar a Deployment Engine / Tratar conversão de dados externamente ao proejto 86

Automação de Build e Deploy com Projetos de Banco de Dados no Visual Studio 91

Integração WiX com Deployment de Banco de Dados 91

Resumo 91

Pré-requisitos 93

Objetivos do Cenário 94

Passo 1: Estruturando a solução 94

Passo 2: Criando a Informação da Aplicação 98

Passo 3: Configurando os redistribuíveis 106

Passo 4 – Configurando projetos de banco de dados 110

Passo 5 – Sequências e Expressões Condicionais 115

Passo 6 – Propriedades e Interface de Usuário (UI) 119

Passo 7 – Armadilhas Comuns 123

Conclusão 128

O Cenário de Integração com o Team Build 130

Resumo 130

Objetivos do Cenário 130

Passo 1: Crie uma definição de build 130

Passo 2: Enfileire um novo build a partir da definição 139

Passo 3: Verifique o progresso dos builds 141

Build e deploy fora do team build 143

Resumo 143

Objetivos do cenário 143

Passo 1: Faça o build do projeto de banco de dados com o MSBUILD 144

Passo 2: Faça o deploy do banco de dados com o VSDBCMD 145

Testes de Banco de Dados e Verificação de Deployment 146

O Cenário “Básico” de Criação de Testes Unitários 146

Resumo 146

Objetivos do Cenário 146

Passo 1: Crie um teste unitário a partir de um modelo 146

Passo 2: Adicione condições de teste para o teste unitário 151

O Cenário “Avançado” de Criação de Testes Unitários 154

Resumo 154

Objetivos do Cenário 154

Passo 1: Configure o ambiente para múltiplos desenvolvedores 154

Passo 2: Deployment do banco de dados de teste 156

Passo 3: Gerando dados de teste 158

Passo 4: Testes de Performance Simples 162

Cenário – Encontrando Alterações de Modelo 163

Resumo 163

Objetivos Gerais do Cenário 167

Cenário 1: Garanta que você testou seu banco de dados com a versão correta de produção SEM ter acesso ao ambiente de produção (Versão confiável do DBA) 167

Cenário 2: Certifique-se de que você testou a aplicação de banco de dados com a versão obtida, COM acesso ao banco de dados (Versão confiável do desenvolvedor) 170

Referências 172

Documentação Técnica de Design 172

Vídeos 172



Links Gerais 172


Acrônimos


Este guia utiliza os seguintes acrônimos comuns:

ACRONIMO

DESCRIÇÃO

ATDT

Application Tier, Data Tier (camada de aplicação, camada de dados).


Histórico do Documento


20090501 v0.1

Willy-Peter Schaub

Criar um document base.

20090811 v1.0

Jens K. Süßmeyer

UE Revisão Finalizada

20111001 v2.0

Rodrigo Benin Ribeiro

Tradução e adaptação para o Português









Colaboradores








Shishir Abhyanker

Microsoft , Senior Development Engineer II | Visual Studio ALM Range

Chris Burrows

Microsoft, SENIOR CONSULTANT

Larry Guger

MVP, Visual Studio ALM Ranger

Barclay Hill

Microsoft, Senior Program Manager, Visual Studio for BizApps

Pablo Rincon

Microsoft, Software Development Engineer | Visual Studio ALM Range

Scott Sharpe

Microsoft, SENIOR Software Development Engineer | Visual Studio ALM Ranger

Jens K. Süßmeyer

Microsoft, Senior Consultant | Visual Studio ALM Ranger

LeRoy Tuttle

Microsoft, Senior Development Engineer | Visual Studio ALM Range

Revisores


Visual Studio ALM Rangers

Visual Studio ALM Core and Extended Rangers

Bijan Javidi

Microsoft, Solution Architect | Visual Studio ALM Ranger


Introdução

Visão Geral


Bem vindo ao Visual Studio Database Projects Hands-on Labs (HOL). Os HOLs estão aderentes à estrutura da documentação do Visual Studio Database Project Guidance disponível no Codeplex. Alinhados com a estrutura deste documento, os cenários dos HOLs estão divididos nas seguintes seções:

  • Seção de Gerenciamento de Solução e Projeto

  • Controle de Código Fonte e Gerência de Configuração

  • Integrando Mudanças Externas com o Sistema de Projeto

  • Automação de Build e Deploy com o Visual Studio Database Projects

  • Testes de Banco de Dados e Verificação de Deployment

Cada seção irá contribuir para o entendimento do tópico coberto no documento guia.

Visual Studio ALM Rangers


O Visual Studio ALM Rangers é um grupo especial formado por membros do grupo de produto do Visual Studio, da Microsoft Services, Microsoft Most Valued Professionals (MVP) e Líderes da Comunidade de Visual Studio. A missão deles é prover soluções adicionais para funcionalidades não implementadas e guias de uso.

Este guia foi feito para usuários nível Microsoft “200-300” do TFS. O grupo alvo é considerado de usuários do Team Foundation Server de nível intermediário para avançado e possui entendimento em profundidade das funcionalidades do produto em um ambiente do mundo real. Partes deste guia podem ser úteis a novatos e experts no Team Foundation Server, porém este não é nível de profissional focado neste conteúdo.


Pré-requisitos


Para completar o passo a passo dos cenários básicos e avançados dos laboratórios será necessário o seguinte ambiente:

  • Visual Studio ALM Rangers Base Image (TR Hands-On-Lab)

- ou

  • Um único servidor (físico ou virtual) cujo ambiente possua os seguintes softwares instalados e configurados:

Software

Versão

Nota

Sistema Operacional

Windows Server 2008

RC 2 ainda não foi testado

IIS

IIS7

Empacotado como parte do SO

SQL Server

SQL Server 2008 SP1

Recomenda-se Enterprise Edition

Windows SharePoint Services

WSS 3.0 SP2




Microsoft Office

Office 2007 SP1

Recomenda-se no mínimo a versão Professional

Team Foundation Server

2010




Visual Studio Ultimate

2010





Gerenciamento de Solução e Projeto



Refatorando uma Solução do Visual Studio Database para habilitar código compartilhado



Objetivos do cenário:




  • Identificar, manter e compilar de forma independente objetos compartilhados de banco de dados

  • Refatorar projetos e dependências sobrepostas de banco de dados

  • Habilitar SDLC através de componentização em nível de projeto



NOTA

No HOL, nós algumas vezes nos referimos ao caminho local C:\Users\Administrator\Documents\Visual Studio 2010\Projects\SharedCode. Este caminho padrão para os projetos do Visual Studio pode ser utilizado se você iniciar o HOL e criar os projetos você mesmo, passo a passo. Se ao invés disso você quiser utilizar os projetos pré-definidos para cada passo, utilize a pasta mencionada no início de cada passo. Arquivos iniciais e finais estão definidos neste local correspondente ao passo.



Catálogo: 2012
2012 -> Fapesp e inpe promovem workshop para discutir relatório do ipcc sobre Riscos de Extremos Climáticos e Desastres nas Américas do Sul e Central
2012 -> Anima Mea Concerto no Convento Corpus Christi, 14junho2015
2012 -> Branches e merge com Visual Studio Team Foundation Server 2012
2012 -> Perfil: Time de Qualidade, Testadores
2012 -> Lista de Biologia Vanessa / Frente a volume 2
2012 -> CÂmara municipal de sapopema estado do paraná cnpj: 77. 774. 487/0001-94 Av. Manoel Ribas, 520, cep – 84. 294-000 Fone/Fax (43) 3548-1258
2012 -> Instituto nacional de estudos e
2012 -> Gabinete do ministro
2012 -> Indice de leis complementar 2012 lei 114 À 154 lei complementar 114 de 19 de janeiro de 2012
2012 -> Agenda do presidente do Ibram, Angelo Oswaldo de Araújo Santos 30 de dezembro de 2014

Baixar 7.59 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   62




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar