Verificando o "Quorum" legal, presentes os Vereadores



Baixar 39.47 Kb.
Encontro30.10.2016
Tamanho39.47 Kb.






A T A N º 9 9 8
Às 18h30min (Dezoito Horas e Trinta Minutos) do dia 10 (Dez) do mês de Maio de 2016 (Dois Mil e Dezesseis), reuniu-se na Sala de Sessões, a Câmara Municipal de Vereadores, situada a Rua 19 de Março, N.º 240, neste município de São José das Missões (RS). O Presidente Ver. Paulo Stürmer, verificando o “Quorum” legal, presentes os Vereadores: ALCEU DIAS, ERNO BRIZOLLA, LEONARDO DOS SANTOS, MARONES VEBBER, NELSON CONCEIÇÃO, NOEMI PICCOLOTTO, LINDOMAR SCHULTZ E PEDRO PIRES, deu início aos trabalhos da 14ª SESSÃO ORDINÁRIA, DA 5ª SESSÃO LEGISLATIVA E DA 6ª LEGISLATURA, determinando ao Ver. Alceu Dias, que fizesse a leitura do texto bíblico: "Quer te desvies para a direita, quer te desvies para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão a palavra que será dita atrás de ti: Este é o caminho; andai nele." Em prosseguimento aos trabalhos da Sessão, o Presidente colocou em discussão a ATA N.º 997, de 03/05/2016. Não havendo discussão, em votação a ata foi aprovada por unanimidade de votos sem ressalvas. Na sequencia e em conformidade com o Art. 94 do Regimento Interno, nas PROPOSIÇÕES APRESENTADAS À MESA, o Presidente determinou a Vereadora Noemi Piccolotto, 1ª Secretaria da Mesa Diretora, que fizesse a leitura: OFÍCIO N.º 087/2016 - Recebido do Chefe do Poder Executivo Municipal pelo qual encaminha as informações relativas ao Pedido de Informação N.º 003/2016. OFÍCIO N.º 088/2016 - Recebido do Chefe do Poder Executivo Municipal pelo qual encaminha as informações relativas ao Pedido de Informação N.º 004/2016. OFÍCIO N.º 089/2016 - Recebido do Chefe do Poder Executivo Municipal pelo qual encaminha as informações relativas ao Pedido de Informação N.º 005/2016. OFÍCIO N.º 090/2016 - Recebido do Chefe do Poder Executivo Municipal pelo qual encaminha as informações requeridas pela Comissão de Justiça e Redação, contidas no Ofício N.º 018/2016 - C.M. A seguir, o Presidente passou aos trabalhos do Pequeno Expediente, concedendo a palavra ao Ver. Erno Brizolla, que após os cumprimentos de praxe, falou: "Senhor Presidente, eu gostaria de solicitar que o Projeto de Lei N.º 008/2016, fique baixado nas Comissões até que seja analisado as informações recebidas." O Presidente Ver. Paulo Stürmer, falou: "Atendendo ao pedido do Ver. Erno Brizola, relator do Projeto N.º 008, o mesmo fica baixado nas Comissões para analise das informações e, peço que a Comissão analise estes documentos o quanto antes para que nós votar o projeto." Na sequencia, o Presidente verificando o "Quorum" legal reabriu os trabalhos da Sessão para a Ordem do Dia, colocando em apreciação o PROJETO DE LEI MUNICIPAL Nº 007/2016 - AUTORIZA O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL A ABRIR CRÉDITO ESPECIAL NO ORÇAMENTO VIGENTE, APONTA RECURSOS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Comissão de Justiça e Redação, emitiu parecer pela constitucionalidade do projeto conforme consta no processo. A seguir, o Presidente colocou o projeto em discussão, concedendo a palavra ao Ver. Marones Vebber, que após os cumprimentos de costume, pronunciou-se: "Quero me posicionar a respeito deste projeto, e dizer que sou favorável ao projeto, aos R$ 35.000,00 que está sendo aprovado para sanar um erro da engenheira naquele ginásio da Linha Cristo Redentor. Mas quero deixar aqui a minha posição como Vereador desta Casa e representante do povo deste município que isto não se torne a repetir. Ontem, eu estava num velório ali na Vila Araújo e o Presidente da comunidade me chamou e mostrou o grande erro que existe em outra obra, é banheiro fora do local, e vários e vários erros vem sendo cometidos pela mesma engenheira. Me lembro ainda da época que era para contratar e não se encontrava engenheira, e foi comentado a respeito que só conseguia contratar esta ai por um valor que ela vinha, e era um valor baixo, mas agora esta o resultado do valor baixo, e eu não estou aqui criticando ela, mas acho que precisa ter mais atenção, tanto dela de quem é o chefe dela, pois se cada vez que fazer uma obra se tornar um valor desses, vejam o custo para o município. Então, muitas vezes na ora de contratar, é melhor contratar uma pessoa bem capacitada, pagar melhor, para não acontecer estes erros. Sou favorável ao projeto, mas gostaria de deixar registrado nesta Casa a minha preocupação com os recursos do nosso município que está sendo investidos ilegalmente." PROJETO DE LEI MUNICIPAL Nº 009/2016 - CRIA CARGO DE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS DE PROVIMENTO EFETIVO, AUTORIZA A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTRESSE PÚBLICO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Comissão de Justiça e Redação, acusou o recebimento de Substitutivo de autoria do Paulo Sturmer, pelo qual substitui a criação de cargos efetivos por empregos público de Agente de Combate a Endemias, conforme consta no processo, e emitiu parecer pela constitucionalidade do Substitutivo e do Projeto. A seguir, o Presidente colocou em discussão o Substitutivo ao Projeto de Lei Municipal N.º 009/2016, concedendo a palavra ao Ver. Paulo Sturmer, que após os cumprimentos de praxe, falou: "Quero fazer um esclarecimento sobre este Substitutivo que solicitei a Secretaria e a Comissão que acatassem porque o projeto que nos foi enviado para a contratação de dois agentes de endemias, e os Vereadores, o Vereador Leonardo pediu para nós se informar, e eu estive no dia de ontem na Coordenadoria e também conversei com pessoas de outros municípios e inclusive recebemos cópia de leis por email que solicitei de outros municípios para nós ver qual a forma que eles procederam, para nós realmente atender este pedido. E dizer aqui que agora veio uma pressão também para nós que tinha que ser para ontem a aprovação deste projeto, mas a gente sabe que já esta a mais de um ano esta autorização junto a prefeitura para que ela tivesse efetuado a contratação, pois tem municípios que já faz mais de seis meses que contratarão, para erradicar de vez o foco do mosquito da dengue, e para nós veio agora a quinze dias este projeto para cá e tinha uma dúvida onde solicitavam que fosse criado cargos efetivos no quadro geral dos servidores, e se criar no quadro geral é para sempre, e nós não sabemos e não esperamos que mosquito da dengue fique para sempre, pois uma hora deve ser exterminado este focos, e parabenizamos o Governo Federal, o Governo do Estado, por terem esta iniciativa de repassar estes recursos para os municípios, mas que realmente coloquem pessoas que se empenhem e vão a fundo verificar o focos que tem por ai, e nós soubemos que são bastante, pois a poucos dias fizemos um trabalho nas escolas e a gente mesmo se surpreendeu quando saímos na beira das estradas de quanto lixo, de quanta latinha e outros materiais que encontramos. Então, tomei a liberdade, para que não fique uma coisa que talvez não sabemos o que vem para o futuro, mas o cargo criado mais adiante deve ser preenchido, ou daqui a pouco é preenchido no quadro geral e o governo termina o programa e quem fica pagando é o município, por isso fiz um Substitutivo ao projeto sugerindo que em vez de criar no quadro efetivo que fica para sempre, seja criado emprego público, e nós já autorizamos o Prefeito a contratar, a fazer da mesma forma que ele pediu, como os mesmos prazos, mesmos valores, tudo ficou igual, só que as contratações só vão durar enquanto o governo repassar os recursos. Então, peço a compreensão dos colegas na aprovação do Substitutivo se acharem necessário." Não havendo mais discussão, o Presidente colocou em votação o Substitutivo ao Projeto de Lei Municipal N.º 009/2016, sendo aprovado por unanimidade de votos. Sendo estas as matérias para a Ordem do Dia, o Presidente passou aos trabalhos das Explicações Pessoais, concedendo a palavra pela ordem de inscrição ao Ver. Leonardo dos Santos, que após os cumprimentos de costume, pronunciou-se: "Primeiramente Senhor Presidente, eu gostaria de algum esclarecimento quando aqui foi usado para pedir que o Projeto N.º 008 ficasse nas Comissões, como se fosse a Comissão, mas eu faço parte desta Comissão e sequer fui consultado, e não sei quem escolheu o relator! Então, que seja esclarecido se foi pela Comissão ou se foi um pedido particular do Vereador? Este é o primeiro questionamento, pois eu faço parte da Comissão e não fui consultado e não sei quem escolheu ele de relator, então, não sei se realmente foi a Comissão que fez ou foi feito as escuras este pedido aqui! O Presidente Ver. Paulo Sturmer, falou: "A Comissão é formada pelo Vereador Leonardo, Vereador Marones e Vereador Erno, e o relator é escolhido entre vocês". O Vereador Leonardo falou: "Eu não participei desta escolha, e por isto este pedido não pode ser em nome da Comissão, porque se o Vereador tinha alguma duvida teria que ter pedido particular, e teria que ter pedido vista ao projeto que é o correto, e por isso eu não assino embaixo desta solicitação porque não fui consultado e vocês sabem da situação que se encontra as nossas estradas, e se o Prefeito errou, se o secretario errou, o problema é deles, agora, nós temos que fazer a nossa parte, pois o projeto esta aqui desde o dia 15 de abril nesta Casa e se alguém tinha alguma dúvida deveria ter esclarecido até este momento e o projeto ir a votação e nós não retardar mais este projeto que vai atender as necessidades da bacia leiteira, da produção de grãos, do transporte escolar, dos nossos carros que estão todos os dias nas estradas e sabem que a situação não é fácil e eu estou todo dia e inclusive nesta semana um professor acabou deslizando e derrapando na estrada, um ônibus ficou atolado! Então, eu gostaria que fosse retirado o nome de Comissão que pediu para que este projeto ficasse baixado! O Presidente Ver. Paulo Sturmer, falou: "Eu não falei em nome da Comissão, falei a pedido do relator." o Vereador Leonardo, falou: "E quem escolheu o relator? Eu não participei da escolha!" O Presidente Ver. Paulo Sturmer, falou: "Nós temos um regimento Vereador Leonardo, e eu não tenho como acatar questão particular de cada um." O Vereador Leonardo, falou: "E quem disse que ele é o relator? Pois eu assinei quando foi pedido para mandar as informações! Agora, ele deveria pedir como Vereador porque ele não consultou os outros membros da Comissão, e deveria ter consultado os membros da Comissão, e as informações entrou no dia 05 de maio." O Presidente Ver, Paulo Sturmer, falou: "O Projeto não esta na Ordem do Dia." O Ver. Leonardo, falou: "Então, porque foi colocado ali para ele pedir a baixa desse projeto! Não precisava se o projeto não estava na ordem do dia, não precisava porque o projeto simplesmente iria esta ali, e não precisava colocar isso em discussão, mas vocês querem transferir a responsabilidade para os outros, é isso!" O Presidente Ver. Paulo Sturmer, falou: "Vereador, acho que esta havendo um equivoco e vamos respeitar o regimento, e eu respeito a opinião de todo mundo, e ninguém esta fazendo nada errado aqui, pois é um direito que todos da Comissão tem, e se vocês não se entenderam na Comissão não é problema meu. O Vereador pediu a poucos dias um pedido de providência que não estava no regimento e eu lhe concedi." O Ver. Leonardo, falou: "Eu pedi vistas porque eu achei que não estava de acordo com o projeto e queria consultar, mas tudo bem, encerrou-se aqui, é só para esclarecer e para fiquem bem ciente do que aconteceu. Dando sequencia então gostaria também que esta Câmara, que esta Casa, encaminhasse para o Prefeito um pedido de providências quanto a contratação de pessoas para ajudar no atendimento das crianças da creche, pois hoje tem poucos professores e tem vários alunos, e Vossa Excelência assim como eu também é professor e sabe da necessidade que tem estas contratações, e pelo que a gente estava sabendo não poderia ser como no projeto que passou nesta Casa, mas passou daquele forma como atendente, então vamos pedir o parecer do jurídico para ver se realmente pode ou não e que nós vá cobrar do Prefeito, e não pode, que ele mande o projeto para monitor aqui e que nós realmente sigamos o que manda a Lei, se é monitor tem que ser monitor, não vamos mais agir fora da Lei porque nós vamos prejudicar o atendimento das crianças, e eu já disse isso na outra vez. Então, são estas as providências que eu peço que sejam tomadas por esta Casa, não sei se em forma de ofício ou se precisar de um requerimento eu faço em meu nome, mas que nós possamos estar prestando atendimento correto para estas crianças da creche que nós já estamos atrasados nesta questão. Então, peço que a gente se una aqui e ajude as pessoas que estão lá trabalhando pelos nossos filhos e pelas nossas crianças. Esse é o nosso dever enquanto legislador desta Casa." O Presidente Ver. Paulo Sturmer, falou: "Só para esclarecer, segundo o nosso regimento Vereador, o Senhor tem todo direito de fazer uma indicação, e eu desde já subscrevo esta indicação, porque também me preocupo com o funcionamento da creche, e o nome do caro é que não vai mudar, o interessante é o atendimento as crianças, e eu concordo que precisa do atendimento. Então, é um direito seu e esta no regimento, não precisa eu como Presidente tomar esta providência, o Senhor como Vereador pode fazer uma indicação para o Prefeito, e desde já digo que sou solidário e me associa a indicação caso decida apresenta-la. Nós não podemos voltar atrás de projetos aprovados ou rejeitados na próxima sessão, então ele que contrate os atendentes ou que mande outro projeto, ou o senhor faça uma indicação, pois temos que respeitar o regimento, e o senhor já poderia ter apresentado esta indicação a tempo, pois está lá aprovado e ele não coloca os atendentes porque não quer, pois o nome atendente ou monitor as atribuições são as mesmas." Na sequencia Ver. Marones Vebber, após os cumprimentos de praxe, falou: "Quero convidar o público que continuem a vir nesta Casa porque esta começando a ficar bom, pois três anos e meio sem ninguém participar, e agora começa a chegar perto da eleição e o público começa a vir nas Sessões, e ai começa a ficar bom, pois a discussão que deu aqui hoje não tinha dado ainda, acho que se emocionaram com a presença de vocês. Gente, tem muita coisa certa e tem muita coisa errada e geralmente quem leva a culpa são os Vereadores, sempre é os Vereadores, na boca do povo é os Vereadores, e eu, dos nove aqui, acho e não estou querendo me aparecer, mas acho que dos nove aqui é o único que tenta defender os Vereadores desta cidade sou eu, e estou quase me retirado, pois existe por ai uma conversa, um boato, a uns quinze dias atrás, que esta casa aqui só aprova os projetos, que os Vereadores só aprovam os projetos se forem pagos pelo Prefeito, e eu quero comunicar a esta Casa e o público que esta aqui, que o último dia que eu entrei dentro do gabinete do Prefeito e na secretaria da administração foi no dia 04 de abril do ano passado, então, com certeza, eu não fui pedir propina para eles, e nem vou porque acho que o dinheiro que eles tem não compra a minha honestidade com o povo de São José! Não devo obrigação para eles e nem para esta Casa aqui, mas sim para os eleitores de São José das Missões. Quero solicitar ao Presidente, e gostaria que o Senhor comunicasse se for possível aos nobres colegas para que nós marque uma reunião e tome conhecimento sobre esse papo que esta ocorrendo na cidade, pois eu estou me sentindo muito envergonhado, sou um homem sério e o meu pai me ensinou ser assim, e estou me sentindo envergonhado de estar correndo na boca de algumas pessoas, algumas e alguns funcionários que a pior bancada de Vereadores do município é essa, e eu já escutei de muita gente, e eu acho que não é a pior bancada, eu acho que é o pior Prefeito que já existiu no município, porque não é do meu conhecimento e já faz anos que moro nesta cidade, já participei das outras administrações, e este foi o único Prefeito que não chamou os Vereadores para ter uma conversa no seu gabinete, ou vocês foram chamados e eu não fui ou não fui convidado. Então, acho que é o pior Prefeito desta cidade que quer administrar as coisas sozinho ou com dois ou três. Então, Senhor Presidente, gostaria que convocasse os nobres colegas para nós chegar ao pé do assunto e se realmente existe algum Vereador aqui que esta pedindo propina ou alguma coisa em troca, aqui nós punimos o Vereador, e eu estou de acordo se for meu nome que estiver lá faço questão de qualquer um usar a rádio comunitária daqui e falar que fui eu! Não gosto que toquem no meu nome e uso a Câmara de Vereadores para me defender, pois é este espaço que tenho toda semana, e eu nunca fui questionar nem um emprego na Prefeitura, nem isso eu fiz, e sempre fui de acordo com todos os projetos nesta Casa, a não ser um ou dois projetos que eu vi que não eram em prol da comunidade que veio e era da feira, que ainda eu acho que vão ter que vir aqui me pedir desculpa, porque pediam R$ 70.000,00 ou R$ 80.000,00 e fizeram a feira sem ter custo, dizem que não teve custo, e porque era os R$ 80.000,00? Então, acho que vai ter alguém que ainda vai ter que chegar aqui e dizer "verdade Vereador". Tem tantas coisas erradas, tem tantas coisas certas, mas isso deixa a gente com vergonha, pois você não pode sair na rua que chega qualquer pessoa simples perguntando é verdade Vereador que você esta pedindo propina, mas espero que os oito colegas que tenho aqui se prontifiquem em ir atrás! Saiu até um boato de uma pessoa, funcionário, que disse que tem que pegar um pedaço de pau e entrar aqui e dar em todos os Vereadores! Olha, nós temos sessão todas terças feiras, ele deve aproveitar e vir aqui e pegar todo mundo junto, fica mais fácil, ou que pegue cada um na rua, eu moro na nossa Avenida principal número 1229 e estou esperando ele! Isto é uma falta de capricho porque nós tentamos respeitar o Prefeito, respeitar os Secretários e até os funcionários, agora, quando deixam de faltar com esta Casa, com os Vereadores, nós também temos o nosso direito e queremos ser respeitado." Na sequencia Ver. Erno Brizolla, após os cumprimentos de costume, pronunciou-se: "Quero fazer uso desta tribuna novamente para esclarecer o que significa um Vereador para o município, o Vereador não é para chegar no Prefeito para pedir cargo, o Vereador não é para vir na Câmara e querer obrigar os outros colegas a votar sem saber o que esta votando, o Vereador não é aquele que quando vem uma suplementação de verbas quer empurrar goela abaixo! Então, peço a este Vereador porque ele não foi na feira do município onde puxaram quinhentas e poucas cargas de cascalho e terra e disse para o Senhor Prefeito vamos arrumar as estradas primeiro, pois lugar para os bois tem muito lugar para botar! Esse Vereador não foi lá, e hoje ele veio dar uma de salvador da pátria aqui dizendo que precisa de máquina para arrumar as estradas, e o senhor desça aqui na Linha Progresso e vá ali pro Shalavin que tem um monte de cascalho que faz um ano que esta ali, e será que precisa outras máquinas para empedrar ou nós temos duas patrola, carregadeira, três caçamba e mais a reto escavadeira, então, o que precisa é alguém interessado na população de São José e não pessoas que visem lucro e querem fazer nome em cima dos outros, e eu pedi as informações e sei que ainda tem dotação na secretaria de sessenta e poucos mil reais, e se o Prefeito estiver devendo para alguma empresa como é do costume dele ficar devendo e depois vender carro público para pagar, ele que vá dar um jeito porque eu como Vereador não tenho nada a ver se ele esta devendo para as firmas, e sim tenho a ver com este projeto e quero saber onde é que vai ser gasto o dinheiro do povo. Então, peço ao Senhor Prefeito de novo se ele esta devendo que venda de novo ou faça outro leilão e venda mais uns carros, entregue para pagar as contas. Também, quero falar aqui sobre o que veio aqui sobre este projeto que as chuvaradas estão estragando as nossas estradas, mas em quatro anos o Prefeito conseguiu empedrar não chega a três quilômetros, só uma estrada está empedrada, mas teve que colocar duas camadas de pedra e mais setenta e poucas horas de rolo para arrumar! Então, isso é competência, fazem mil vezes uma coisa e nem uma fica prestando! Então, como diz o Vereador Marones, é um Prefeito que nem sabe onde estão instaladas as secretarias, porque a maioria das secretarias ficam fechadas e os secretários geralmente quase nem vem ao serviço, então, ele não pode mesmo cuidar de tudo numa vez só! Aqui neste projeto estão pedindo para suplementar para horas máquina tirando da educação, reforma dos prédios da educação, em outra tirando da saúde mas R$ 16.000,00 para suplementar para horas máquina, e em nosso município se existir alguma coisa ainda é máquinas boas, são duas patrolas, dois caçamba, o que está faltando é gente capacitada, como diz o Januário Brizolla, está faltando um secretário que conheça o ronco da patrola, pelo menos, e se precisar contratar máquina para frouxar cascalho vamos contratar! Aqui faz quatro anos que tem uma ponte caída na Linha Progresso, ele não se lembrou de arrumar, mas agora nas véspera de eleição esta querendo fazer, tomara que faça de uma vez! Hoje, ele tem trezentos e poucos mil para suplementar por decreto, então, ele que suplemente e pague estas firmas que estão esperando para fazer." Na sequencia Ver. Paulo Sturmer, após os cumprimentos de praxe, falou: "Quero me associar as palavras do Vereador Marones, pois o nosso município tem assuntos mais importantes para serem resolvidas do que fofocas, e digo isso porque tem pessoas que eu não sei o querem fazer por São José com fofocas, e com fofocas não se vai adiante. Eu estive na semana retrasada em Porto Alegre com o Neri e o Walter no curso do Licitacon, e lá tive várias audiências em secretárias do Governo do Estado, e confesso que voltei triste de lá, pois visitei quatro secretarias, e nas quatro secretarias tem recursos, mas em nenhuma o nosso município se habilitou para receber estes recursos, a ai, eu não sei o que fazem com as diárias quando saem, e aí nós somos criticados porque na Câmara se gasta com diária, mas nas diárias do executivo ninguém fala. Vendo aqui no jornal, casualmente, neste semana, e me surpreendi quando olho do município de Novo Xingu que conseguiu recursos no valor de R$ 127.000,00 para adubo, e nós tinha também R$ 80.000,00 lá na secretaria da agricultura e mais um trator, e tiveram a capacidade de perder, que era da consulta popular de 2014-2015, e isso que não acreditar está lá para na Secretaria da Agricultura do Estado para averiguarem. Tinha cozinhas comunitária para serem distribuídas e o nosso município poderia ser contemplada com cinco cozinhas comunitária, mas não teve um pedido. Acho que não tem mais nem um carente em São José! Estive na Secretaria da Cidadania e Justiça onde existe agasalhos, cobertores, cestas básica, e também não havia pedido algum, mas trouxe de lá e entreguei para uma pessoa cadastrar, pois quando não se vai pedir não vem para todo mundo. Tem academia ao ar livre, nós temos uma academia mais falta um monte de coisas, e na secretaria dos esportes e é só cadastrar que ainda dá. Tem outros editais que já encerraram e não tem mais o que fazer, mas eu fiz a minha parte, e ai a gente vê que eles não tem tempo para ir lá, porque tem que estarem fazendo fofoca e não se dão por capacidade de ler direito os documentos que vão, eu acho que vão ter que contratar mais um jurídico ou colocar pessoas que realmente tenham humildade de quando não saber, se informarem, porque não saber não é feio, é só pedir as informações. Aqui temos os exemplos nos pedidos de informação, e temos aqui no pedido de informação nº 04 que responderam aqui e diz que não precisa autorização, e eu acho que tem começar aqueles funcionários que estão lá dentro e respondem, pegar e levar a Lei Orgânica para casa e sentar no quarto ou no banheiro, que seja, e ler, dar uma estudada, porque não adianta ficar falando pelas esquina que não precisa porque é só ler a Lei Orgânica um pouco mais adiante que vão encontrar onde diz que precisa sim, mas isso não é problema nosso, é problema deles, mas isso se chama incompetência. No pedido de informação n.º 05, não lembro qual Vereador fez, mas está pedindo qual os servidores na secretaria, e eles reponderam os servidores da secretaria, eu acho que mudaram a ortografia do português ou não aprenderam a entender a diferença de "a" e "dá", então, esta na hora deles começar a ler um pouco mais, e ai, quando a gente escuta, como o Vereador Marones falou, que algumas pessoas falam, eu já vi várias pessoas antigas dizer que aquelas que tanto acusam os outros e condenam e dizem que são isso e aquilo, é porque são pior ou porque querem colocar a culpa nos outros ou estão fazendo as coisas erradas e querem se esconder atrás do erro deles e colocar os outros na frente para servir de escudo. Eu já tenho dito, e ontem tivemos uma reunião aqui na Câmara, e vai ter outras para nós começar a esclarecer, e quero dizer ao Vereador Marones e comunicando os demais Vereadores, vamos fazer um ofício, e estive lendo o Regimento da Câmara e a Lei Orgânica, e vamos chamar o Prefeito aqui e alguns Secretários para que venha dar esclarecimentos a respeito disso, e concordo também, como temos aqui um cidadão que é dono de uma empresa aqui do município e que ontem ainda afirmou aqui que ele só não lembra do nome, mas torço que Deus ilumine ele e ele lembre o nome da pessoa que falou para ele lá dentro da prefeitura que os Vereadores queriam propina, eu quero saber esse nome Ariano! Quero que faça uma reflexão profunda pelo bem do município de São José, e me de o nome desta pessoa que disse, para nós chamar ela aqui, e que ela seja realmente um cidadão de confiança e merecedor de ser morador de São José e que diga qual foi o Vereador que pediu propina! Porque como falou o Vereador Marones, eu quero que ele diga o nome e esse Vereador tem que ser penalizado, mas tenho quase certeza que aqui dentro desta Casa nem um Vereador fez isso, e como disse o Marones, eu acho que não dá mais para ir na prefeitura, eu já faz muito tempo que não entro no gabinete, porque não dá, se você fizer um pedido, não é atendido, e ai a gente vê esse disque e disque por ai. Então gente, pelo povo de São José, comecem a pensar pelo povo, porque não sei qual é o interesse, se é por causa que estamos se aproximando da eleição, bacana, é um direito, estamos em uma democracia, cada um que faça a sua campanha, mas não prejudique o povo ou querer bater continência com o boné dos outros, porque se nós quiséssemos aqui, como o Vereador Erno colocou, realmente fazer o nosso papel de Vereador, eu tenho certeza que sai muito coelho desta cartola, vai sair muita coisa que nós poderia fazer. Esta Casa, eu só tenho a parabenizar, e não de agora, já do tempo do Marones na presidência, e dizer que foram raro os projetos que nos votamos contra, e da feira nós só fomos contra porque disseram que com todas a letras, e inclusive foram para a rádio dizer que iriam fazer a feira sem custo nenhum para o município, e se não tivesse ido, eu sugeri ao Prefeito quando mandou o projeto de R$ 8.000,00 para o baile de escolha das soberanas, eu pedi vocês vão cobrar ingresso ou vão dar ingresso de graça para a população, e ele disse que iriam cobrar, ai eu disse então porque dar os R$ 8.000,00! Favoreçam um momento de alegria e de distração para a população e deem o ingresso de graça, e ele disse que não iria fazer e disseram que não precisava pedir autorização, então, depois que fizeram o angu, não venham colocar a culpa nos outros. Estou entregando para o Ariano e o Vilmar uma cópia do relatório onde consta que tem saldo na dotação onde ele deve para vocês, mas disseram para vocês que não podem pagar se não for aprovado, e tem R$ 61.000,00 de orçamento e ele tem mais 3% para suplementar por decreto, como ele já suplementou para construir as pontes que ainda não começou, então, poderia ter suplementado e pago vocês. Sou parceiro de vocês para ajudar, mas não venham querer colocar a culpa nos Vereadores. E esta reunião nós fazer Vereador Marones, você pode ter certeza." Sendo estes os trabalhos da Sessão, o Presidente agradeceu a presença do público e dos nobres edis, dando por encerrada a Sessão. Nada mais havendo a constar, eu Vereadora Noemi Piccolotto, 1ª Secretário da Mesa Diretora, determinei ao Sr. Neri Cezar Soder Tasso, Diretor Administrativo da Casa que, lavrasse a presente ata e, depois de distribuída em avulsos aos Vereadores, lida e aprovada, foi assinada por mim e pelos demais edis presentes.
__________________________ ________________________

MARONES VEBBER ERNO BRIZOLLA


__________________________ ________________________

ALCEU DIAS NELSON CONCEIÇÃO


__________________________ ________________________

LEONARDO DOS SANTOS PEDRO PIRES


__________________________ ________________________

PAULO STÜRMER LINDOMAR SCHULTZ


________________________

NOEMI PICCOLOTTO

Baixar 39.47 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar