Universidade Federal De Minas Gerais Faculdade de Educação cecimig a relevância de se estudar nutriçÃo numa perspectiva investigativa com alunos do ensino fundamental



Baixar 4.42 Mb.
Página2/29
Encontro06.11.2017
Tamanho4.42 Mb.
#37876
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   29

LISTA DE FIGURAS




FIGURA 1

Pirâmide Alimentar Atual .................................................................................................

49

FIGURA 2

Modelo de Tabela com caracterização do IMC .................................................................................................

50

FIGURA 3

Produtos Light, Diet e Zero..........................................................................................

51

FIGURA 4

Informação Nutricional de Rótulos ..................................................................................................

52

FIGURA 5

Jogo de Palavras A...................................................................

53

FIGURA 6

Jogo de Palavras B...................................................................

54

FIGURA 7

Jogo de Palavras C...................................................................

55


1 INTRODUÇÃO


O presente trabalho foi desenvolvido como parte das exigências do curso de Ensino de Ciências por Investigação - ENCI CECIMIG/FAE, UFMG, para conclusão do curso de pós-graduação modalidade Especialização, e fundamenta-se no ensino de ciências por investigação com destaque em “ciência, tecnologia, e sociedade” (CTS).

Na concepção de construção de conceitos científicos e incorporação de hábitos saudáveis no tange à alimentação, este trabalho relata o desenvolvimento de atividade investigativa que considera a importância da nutrição na vida dos alunos do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais). Este trabalho foi realizado na Escola Estadual do Bairro Jardim do Ipê, a partir de agosto de 2013, no município de Governador Valadares (MG), junto aos estudantes dos anos iniciais (6º, 7º) e finais (8º, 9º) do Ensino Fundamental, com o propósito de alinhavar o conhecimento espontâneo com os conhecimentos escolares no desenvolvimento da temática que envolve a importância da educação nutricional.

Com avanços da ciência e da tecnologia e da ampla divulgação na mídia, Marcondes et al. (2009) explicita que a educação científica é uma necessidade o estudante saber tomar decisões, principalmente em situações de risco para as pessoas e o ambiente. Diante de informações, algumas vezes imprecisas, as pessoas necessitam participar e se posicionarem em discussões públicas a respeito de problemas que afetam a sociedade, portanto se faz necessário um mínimo de aculturação científica que torne possível a identificação desses problemas e tomada de posição.

Os mesmos autores complementam que é papel da escola desenvolver nos estudantes o pensamento crítico, permitindo seu envolvimento nos aspectos conceituais da ciência e possibilitando estabelecer relações destes com outros de natureza social, política, econômica e ambiental, integrando a aprendizagem da ciência com as questões problemáticas do meio em que estão inseridos.

Em concordância com Marcondes et al., (2009), e no que tange as escolhas alimentares relatadas pelos alunos percebe-se que esta questão está atrelada à condição social e econômica do indivíduo. Em se tratando de uma escola situada na periferia da cidade, e sendo os alunos de uma condição econômica precária, as escolhas são feitas com base na renda da família considerando o fator “saciedade” em detrimento do fator “qualidade”.

Diante desse fato, a questão da “nutrição” é problemática e deve ser discutida com os alunos sendo o ambiente escolar propício a essa discussão.

A adolescência é um período de mudanças na vida do sujeito. É um período de mudança principalmente fisiológica e mental. Diante de tais constatações, é essencial trabalhar a questão da nutrição na disciplina de “Ciências” com alunos dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental. Propor aos alunos que discutam este tema externalizando seus conhecimentos espontâneos acerca das escolhas de alimentos, e dos benefícios de tais alimentos para a saúde.

Nas aulas de Ciências, o estudo do tema “educação nutricional” dar-se-á por meio de diálogos entre os alunos em sala, e entre alunos e o professor (a), respeitando o saber de cada um e que venham contribuir para a construção dos conceitos científicos. Essa abordagem comunicativa é importante no que concerne à interação entre os estudantes e suas ideias. Nesse ensejo, é válido ressaltar que


“O conceito de ‘abordagem comunicativa’ é central na estrutura analítica, fornecendo a perspectiva sobre como o professor trabalha as intenções e o que resultam em diferentes padrões de interação” (MORTIMER & SCOTT, 2002, p. 287).
Levando-se em consideração de que a escola é um espaço em que o adolescente (aluno) passa boa parte de sua vida, torna-se viável inserir a educação nutricional (como indicado pelos Parâmetros Curriculares Nacionais) dentro do ambiente escolar. Dessa forma, o aluno terá oportunidade de realizar atividades didático-pedagógicas em seu cotidiano ao trabalhar conceitos de ciências sob a perspectiva investigativa levantando hipóteses, dúvidas, discussões e análises que resultem em aprendizado dos conceitos desejados.

O estudo deste tema proporciona uma melhoria na vida dos estudantes com a aquisição de hábitos alimentares e práticas de higiene dos alimentos adequadas bem como um bom aproveitamento nutricional. (SCHWARTZMAN & TEIXEIRA, 1998). Aprender hábitos alimentares saudáveis pode representar um desafio no cotidiano social, mesmo que hajam pessoas qualificadas para orientações (BOOG, 2004).




Baixar 4.42 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   29




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino médio
ensino fundamental
concurso público
catarina município
Serviço público
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
processo licitatório
Processo seletivo
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
técnico científico
Conselho municipal
direitos humanos
Curriculum vitae
científico período
espírito santo
língua portuguesa
pregão eletrônico
Sequência didática
distrito federal
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
educaçÃo secretaria
nossa senhora
segunda feira
Pregão presencial
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar
recursos humanos