The Flawless Vision a visão impecável as Exposed by Dadasrhi


Não há Sofrimento, onde não há Falha



Baixar 1.13 Mb.
Página6/31
Encontro03.11.2017
Tamanho1.13 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   31

Não há Sofrimento, onde não há Falha.


Questionador: Poderia uma pessoa ser considerada um instrumento (nimit), se ela vier e me insultar? Mesmo que eu não tenha culpa?

Dadashri: ninguém, absolutamente ninguém neste mundo tem o direito de dizer qualquer coisa para você, se você não está em falta. Assim, sempre que alguém diz alguma coisa para você, é por causa de seu próprio erro e, está sendo devolvido o que você deu. Seu erro de sua vida passada, está sendo devolvido a você. Ele é meramente um instrumento no processo. Você é o único culpado e esta é a única razão pela qual ele fala com você dessa maneira.

Ele fala com você dessa maneira porque a culpa é sua. Ao fazê-lo, ele está liberando você do seu erro de sua vida passada. Você não deve ter qualquer mal-estar em relação a ele. Você tem que orar a Deus para conceder-lhe o entendimento correto. Isso é tudo que você tem que fazer, porque ele é apenas um instrumento


Attacking the ‘instrument’


I do not have any negative thoughts about anyone. Even when someone creates problems for me, I do not have any negative thoughts about that person. He is just acting according to his perception. How can you blame him? And what is the reality of this world anyway? No one in this world is at fault. It is because of your incorrect perception that you see others at fault. I do not see anyone at fault. From now on conduct your dealings with the understanding that no one is at fault. Will you do this?

Atacando o “instrumento”


Eu não tenho quaisquer pensamentos negativos sobre alguém. Mesmo quando alguém cria problemas para mim, eu não tenho quaisquer pensamentos negativos sobre essa pessoa. Ele está apenas agindo de acordo com sua percepção. Como você pode culpá-lo? E de qualquer forma, qual é a realidade deste mundo? Ninguém neste mundo é culpado. É por causa da sua percepção errada que você vê a culpa nos outros. Eu não vejo ninguém como culpado. A partir de agora realize suas transações com o entendimento de que ninguém tem culpa. Você vai fazer isso?

Questioner: Yes, I definitely will.

Dadashri: You will begin to see others as being without faults only when you realize that truly people are without faults. They are merely ‘instrumental’ in the process and yet we see people readily attack their ‘instrument’, do they not?

Questionador: Sim, eu definitivamente vou fazer isso.

Dadashri: Você vai começar a ver os outros como sendo sem falhas, somente quando você perceber que realmente as pessoas não tem falhas. Elas são meramente instrumentos no processo e ainda vemos pessoas atacando prontamente seu nimit (instrumento probatório), elas não atacam?

Questioner: Yes, we do that even when we should not.

Dadashri: To see a fault in others is the same as attacking the ‘instrument’. The other person insults you because of your own past karma coming into fruition, and yet you attack him? You are the one that must suffer the effect of your past karma. The other person is merely caught up in the middle. On the contrary, you should be indebted to that person for freeing you from your karma and yet you behave with contempt towards him. This is the same as attacking him. Mahatmas (those who have attained the knowledge of the Self from me) have become fearful after understanding this and resolve not to attack their ‘instrument’ from now on.

You will bind terrible karma when you accuse your ‘instrument’of cheating you. You would bind lesser karma if you slapped him instead. A person can only cheat you if and when your own past karmas come into effect. It is only the fruition of your past karmas coming into effect that allows the other person to be able to cheat you. How can you then blame the other person? On the contrary he became ‘instrumental’ in liberating you from your own karma.

Questionador: Sim, nós fazemos isso, mesmo quando não deveriamos.

Dadashri: Ver uma falha no outro é o mesmo que o atacar o nimit. A outra pessoa insulta você por causa de seu próprio karma passado que está entrando em fruição, e ainda assim você o ataca? Você é o único que deve sofrer o efeito de seu karma passado. A outra pessoa esta meramente aprisionada no meio. Ao contrário, você deveria estar em dívida com essa pessoa por livrar você de seu karma e ainda assim você se comporta com desprezo em relação a ela. Isto é o mesmo que o atacá-la. Mahatmas (aqueles que alcançaram o conhecimento do Ser, através de mim) tornaram-se temerosos depois de entender isso e resolveram não atacar o seu nimit (aparente fazedor, aquele que é o instrumento probatório) a partir de agora.

Você vai ligar karma terrível quando você acusar seu nimit de enganar você. Você ligaria menor karma se você lhe desse um tapa em seu lugar. Uma pessoa só pode enganá-lo se e quando o seu próprio karma passado entrar em vigor. É apenas a fruição de seu karma passado entrando em vigor que permite que a outra pessoa seja capaz de enganá-lo. Como você pode, então, culpar a outra pessoa? Pelo contrário, ela se tornou o instrumento (nimit) para libertar você de seu próprio karma.

The Consequence of Inciting Others

A Consequência de Insultar os Outros

Questioner: Can a person be punished or held liable for others’ mistakes?

Dadashri: No, no one else can be blamed. It is because of your own fault that the other person becomes your ‘instrument’. The fault is of the sufferer. To do, to make others do and to instigate others into doing, will bind karma, which brings new results in next life. There is no effect without a cause.

Questionador: Pode uma pessoa ser punida ou responsabilizada pelos erros dos outros?



Dadashri: Não, ninguém mais pode ser culpado. É por causa de sua própria culpa que a outra pessoa se torna o seu nimit. A culpa é do sofredor. Para fazer, ou para fazer os outros fazerem e para instigar os outros a fazer, irá vincular karma, que traz novos resultados em sua próxima vida. Não há efeito sem causa.

Questioner: Can you explain what constitutes an instigation of karma?

Dadashri: If someone hesitates in doing something and you encourage him to do it, it is called instigation. The person who encourages the action bears a greater liability than the person who carries out the action. Who carries greater liability in the causal karma? The one who uses his intellect more becomes more liable in the blame.

Questionador: Pode nos explicar o que constitui uma instigação do karma?

Dadashri: Se alguém hesita em fazer algo e você o incentiva a fazê-lo, isso é chamado de instigação. A pessoa que incentiva a ação carrega uma responsabilidade maior do que a pessoa que executa a ação. Quem leva uma maior responsabilidade no karma causal? A pessoa que mais usa seu intelecto se torna mais responsável pela culpa.

Attain Perfection Through Abstinence From Retaliation


Atingir a Perfeição Através da Abstinência de Retaliação

In this world, any person that harms you in any way is simply an ‘instrument’. You are responsible because you suffer the damage. In reality, this world is truly independent and no one can interfere with another. And if this were not so, there would be no end to people’s fear and no one would achieve liberation. Even Lord Mahavir would not have attained liberation. Lord Mahavir was completely impervious to any feelings projected towards him by others. People’s feelings towards him ranged from reverence to contempt; from love to sexual desire; from respect to insult. Nothing affected him. There was no element of retaliation in him to anything. The one who is free from retaliation attains final liberation. The one who retaliates has to stay behind to suffer the consequences.

Neste mundo, qualquer pessoa que prejudicá-lo de qualquer forma; é simplesmente um instrumento nimit-. Você é responsável porque você sofre o dano. Na realidade, este mundo é verdadeiramente independente e ninguém pode interferir com o outro. E se isso não fosse assim, não haveria fim para o medo das pessoas e ninguém iria alcançar a liberação. Mesmo o Senhor Mahavir não teria alcançado a libertação. O Senhor Mahavir era completamente imune a quaisquer sentimentos projetados na direção dele pelos outros. Os sentimentos das pessoas em relação a ele variaram de reverência ao desprezo; do amor ao desejo sexual; do respeito ao insulto. Nada o afetou. Não havia nenhum elemento de retaliação nele para nada. A pessoa que é livre de retaliação alcança a liberação final. A pessoa que revida tem que ficar para trás para sofrer as consequências.



The world will go on binding you with all sorts of negative and positive feelings. If a pickpocket sees you putting money in your pocket at a train station, would he not make the intent to steal it? And suppose you were to suddenly board the train as it was pulling away, leaving the pickpocket behind, even though he missed the opportunity to steal your money, he still formulated the intent to steal and this will bind him for new karma effects.

O mundo vai continuar ligando você com todos os tipos de sentimentos negativos e positivos. Se um batedor de carteiras vê-lo colocar dinheiro no seu bolso em uma estação de trem, ele não poderia ter a intenção de roubá-lo? E suponha que você estava a bordo e de repente, o trem começa a se afastar, deixando o batedor de carteiras para trás, mesmo que ele tenha perdido a oportunidade de roubar o seu dinheiro, ele ainda formulou a intenção de roubar e isso vai amarrá-lo para novos efeitos de karma.

Everyone in the world is going to have such positive or negative inner intent but if there is no retaliation from you then you will be left alone. If you do not put your own intent in others’ intent, no one in the world can bind you; otherwise there would be no end to it.

Todo mundo vai ter essa intenção interior positiva ou negativa, no entanto, se você não tiver uma retaliação, então você será deixado sozinho. Se você não colocar a sua própria intenção na intenção dos outros, ninguém no mundo pode ligá-lo; caso contrário, não haveria fim a isso.




Baixar 1.13 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   31




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar