Tat teste de Apercepção Temática



Baixar 320.73 Kb.
Página2/4
Encontro03.11.2017
Tamanho320.73 Kb.
#37364
1   2   3   4

PRANCHA 9MF



DUAS MULHERES NA PRAIA

Uma jovem com uma revista e uma bolsa na mão, espia detrás de uma árvore uma outra jovem trajada elegantemente, que corre ao longo de uma praia.


A) Área que explora:

- Competição feminina

- Rivalidade feminina

- Espionagem, culpa e perseguição.


B) Interpretação dos adultos:

Relações com o grupo do próprio sexo nas atividades profissionais, familiares e sexuais.


PRANCHA 10
O ABRAÇO

A cabeça de uma mulher encostada no ombro de um homem.


A) Área que explora:

- Atitude frente à separação

- Conflito do casal

B) Interpretação dos adultos:

Conflitos amorosos e sexuais



C) Clichês:

O homem e a mulher expressam seu mútuo afeto. Indica em geral, a atitude do sujeito frente à separação da pessoa amada, assim como seu grau de dependência à figura paterna. Normalmente denuncia como o sujeito considera sua mulher ou as relações entre seus pais.


D) Distorções:

A idade é confundida e sexo do homem e da mulher as sombras faciais são interpretadas de diferentes maneiras.




2) Segunda série
PRANCHA 11
PAISAGEM PRIMITIVA DE PEDRAS

Uma estrada à beira de um profundo desfiladeiro entre elevadas escarpas. Na estrada, aparecem figuras obscuras à distância. De um lado da vertente rochosa assoma a longa cabeça e o pescoço de um dragão.


A) Área que explora:

- Ansiedade frente ao perigo

- Angústia frente aos instintos
B) Interpretação dos adultos:

- Fantasias e tendências sexuais e agressivas.

- Dificuldade de controle e respostas a situações perigosas.
C) Clichês:

Em geral, reflete a atitude do sujeito frente ao perigo e sua maneira de experimentar a ansiedade. As figuras obscuras (homens ou animais) são vistas como se estivessem sendo atacadas pelo dragão e normalmente descrevem suas técnicas defensivas: indica o temor do sujeito à agressão e os meios desencadeados para vencê-lo.

O personagem masculino pode ser um cientista ou um explorador das regiões desconhecidas: revela sua curiosidade ou desejo de experimentar situações novas ou perigosas.
D) Distorções

Esta prancha oferece a maior quantidade de possibilidades aos erros perceptivos: o dragão é visto como um caminho; a cabeça do dragão como sua margem; o fundo como uma cascata; as paredes do abismo como sendo o castelo; as pedras como sendo cabeças humanas. A confusão do grupo de homens com o inseto é comum e não constitui um indicador especial.


E) Omissão

Do dragão


F) Simbolizações:

O monstro geralmente constitui uma representação simbólica das exigências instintivas que ameaçam seu interior. As histórias que se referem às dificuldades para dominar o animal e aquelas em que o herói é perseguido pelos animais, podem refletir dificuldades de se controlar ou se adaptar aos impulsos e tensões sexuais.


PRANCHA 12H
O HIPNOTIZADOR

Um jovem está deitado num sofá com os olhos fechados. Debruçado sobre ele, a forma esguia de um homem idoso, a sua mão estendida para o rosto da figura recostada.


A) Área que explora:

- Relação transferencial à situação de prova

- Ameaça ao homossexualismo

B) Interpretação dos adultos:

- Atitude frente aos adultos



- O papel de passividade e a atitude frente ao terapeuta.

- Tendência homossexual latente e experiências homossexuais ocultas.

C) Clichês:

O herói (em geral o homem que está deitado) está dormindo e o ancião veio despertá-lo, ou é hipnotizado por este homem, ou está enfermo e o ancião veio perguntar-lhe pela sua saúde. Geralmente revelam a atitude do examinando frente aos homens adultos e seu ambiente, o papel da passividade em sua personalidade e, à vezes, sua atitude frente à terapia.



D) Distorções:

Com respeito aos dedos das mãos, e em casos raros ao sexo de um dos dois homens; o jovem pode ser visto como mulher pelos sujeitos com fortes componentes femininos.


E) Simbolizações:

As histórias em que o jovem que está deitado está se submetendo ou pode ter sido forçado a ser hipnotizado pelo homem maduro, geralmente denunciam tendências homossexuais latentes ou experiências homossexuais encobertas.



PRANCHA 12 F
A CELESTINA

Retrato de uma mulher jovem. Ao fundo uma velha misteriosa, com xale sobre a cabeça faz caretas.


A) Área que explora:

- Tentação instintiva e defensiva

- Relação mãe-filha
B) Interpretação dos adultos:

- Atitude da filha frente ao controle materno.

- Tendências ao controle das irmãs
C) Clichês:

Proporciona oportunidade de expressar a atitude frente à figura da mãe ou da filha, e envelhecimento e o matrimônio.


D) Distorções:

Nos casos psicóticos raros, a jovem é vista como um homem.



PRANCHA 12RM
O BOTE ABANDONADO

Um barco a remo está parado à margem de um rio que corre entre o arvoredo de uma floresta. Não há figuras humanas no quadro.


A) Área que explora:

Fantasias desiderativas (desejos)


PRANCHA 13 HF
MULHER SOBRE A CAMA

Um jovem de pé e com a cabeça inclinada, coberta por seu braço. Atrás dele, a figura de uma mulher deitada numa cama.


A) Área que explora:

- Atitude frente ao relacionamento heterossexual (ansiedade).

- Sentimento de culpa
B) Interpretação dos adultos:

Tendências sexuais, relacionamento e conflitos no amor, e matrimônio e a vida erótica.


C) Clichês:

Quase sempre traduzem a atitude do sujeito frente às mulheres e ao sexo, às vezes frente aos sentimentos de culpa e a atitude frente ao alcoolismo. Histórias mais freqüentes: temas sexuais.




  1. Homem contempla ou manteve relações sexuais com a mulher (esposa, noiva ou prostituta) na cama.




  1. A mulher, esposa do herói, está morta ou enferma e se descrevem os sentimentos do jovem, comumente representam a hostilidade, contra a esposa ou às mulheres em geral.


D) Distorções:

Grande variedade, incluindo especulações acerca do fundo e dos objetos sobre a mesa.


E) Omissões:

Da mulher que está sobre a cama.


PRANCHA 13R
UM MENINO ESTÁ SENTADO NA SOLEIRA

Um menino sentado na soleira da porta de uma cabana de madeira.




  1. Área que explora:

- Carências, solidão, saudade, abandono e expectativas.


PRANCHA 13M
RAPARIGA SUBINDO AS ESCADAS

Uma jovem está subindo um lance de escada em espiral.


A) Área que explora:

- Carência, solidão e expectativas.


PRANCHA 14
HOMEM À JANELA

A silhueta de um homem (ou mulher) contra uma janela iluminada. O resto do quadro é totalmente negro.


A) Área que explora:

- Homem adentro: fantasias, expectativas, evocação

- Homem afora: evasão, aventura sexual, roubo

- Choque ao negro



B) Interpretação dos adultos:

Denunciam os determinantes das ambições, preocupações, expectativas e eventualmente, fantasias de suicídio.



C) Clichês:

Permite a expressão das frustrações, expectativas, ambições e preocupações, inclusive suicidas.



D) Distorções:

O homem é visto como uma mulher, ou que está subindo em algum lugar.



PRANCHA 15
NO CEMITÉRIO

Um homem negro, de mãos unidas, está em pé entre sepulturas.


A) Área que explora:

- Morte, culpa e castigo.

- Choque ao negro
B) Interpretação dos adultos:

- Atitude e sentimentos do sujeito frente à morte e à perda de membros da família.


C) Clichês:

A figura delgada reza ante a tumba de um morto. Descreve seus sentimentos e atitudes, passados e presentes frente à mesma. A pessoa morta geralmente representa a pessoa a quem dirige ou experimenta uma forte agressividade.


D) Distorções:

O Homem é visto como sendo uma mulher. Em suas mãos retém uma lâmpada ou um livro; os túmulos como sendo platéia de um teatro.



PRANCHA 16
PRANCHA EM BRANCO
A) Área que explora:

- Relação transferêncial à situação da prova.

- Ideal do EGO
B) Interpretação dos adultos:

Aspirações e possessões


C) Clichês:

Na maioria das vezes gira em torno dos problemas interiores de grande importância, ou deixa manifestar a atitude frente ao examinador.


PRANCHA 17RH
O ACROBATA

Um homem nu está suspenso em uma corda. Está para galgar ou descer pela corda.



A) Área que explora:

- Nível de aspiração

- Exibicionismo ou narcisismo

- Masturbação


B) Interpretação dos adultos:

- Vontade de triunfar, nível de aspiração e tendências exibicionistas.

- Problemas pessoais, relações interpessoais e atitudes frente às dificuldades do mundo exterior.
C) Clichês:

Em geral não provoca nenhum tema significativo. O homem da corda é visto como:


1. Está demonstrando sua habilidade atlética ou física ante um público numeroso, o qual revela o desejo de ser reconhecido, seu nível de aspiração ou as tendências exibicionistas do sujeito.
2. Tema que pode expressar as situações ou problemas difíceis de resolver para o sujeito ou as reações ante as emergências. Se este tema é repetitivo, estereotipado, elaborado em excesso e seu teor afetivo e seu desenlace são intensos, representa as expectativas e esperanças do sujeito em escapar-se das suas dificuldades.
D) Distorções:

Quanto ao fundo, ao homem


E) Simbolizações:

O herói que sobe e desce pela corda: preocupação masturbatória.




PRANCHA 17MF
A PONTE

Uma ponte sobre a água. Uma figura feminina debruça-se do parapeito. Ao fundo estão altos edifícios e pequenas figuras de homem.


A) Área que explora:

- Frustração, depressão

- Autocastigo, suicídio

B) Interpretação dos adultos:

Frustrações e reações frente ao controle familiar. Sentimentos depressivos e tendências ao autocastigo.


C) Clichês:

Com freqüência provoca:

1. Fortes sentimentos de dúvida e a tendência do sujeito a manter a esperança ou a ceder (suicídio).
2. Atitudes frente à partida ou aparecimento de um objeto amado.
D) Distorções:

A ponte é vista como balcão da casa, a mulher como homem; perspectivas equivocadas.


E) Omissões:

Da mulher ou do grupo de trabalhadores.


PRANCHA 18 RH
ATACADO PELAS COSTAS

Um homem é agarrado por detrás por três mãos. As figuras dos seus antagonistas são invisíveis.



A) Área que explora:

- Ansiedade, culpa

- Idéias paranóides, ataque homossexual

B) Interpretação dos adultos:

Atitudes frente às condutas socialmente desaprovadas.


C) Clichês:

Histórias estereotipadas relacionadas a roubos, ou à bebida, que expressam atitudes frente aos vícios (alcoolismo ou ingestão de drogas). Podem, assim mesmo, expressar a ansiedade do paciente frente à agressão dirigida contra o terapeuta.


1. O herói tem bebido ou sofrido um acidente e as mãos pertencem às pessoas que o ajudam.
2. O herói está sendo atacado pelas costas, e as mãos pertencem aos seus agressores.
D) Distorções:

Os dedos das mãos como correntes; da expressão facial, posição e estado da pessoa do fundo.


E) Simbolizações:

Geralmente denunciam as tendências homossexuais latentes ou experiências homossexuais encobertas do sujeito.


PRANCHA 18MF
MULHER QUE ESTRANGULA

Uma mulher aperta o pescoço de uma outra mulher, a quem parece estar empurrando sobre o corrimão de uma escada.



A) Área que explora:

- Agressividade e apoio



B) Interpretação dos adultos:

Agressividade e relação com a figura materna e parentais do sexo feminino.



C) Clichês:

Estimula as atitudes agressivas. Expressam as relações com as figuras da filha, irmã, mãe e figuras femininas em geral; os ciúmes, sentimentos de inferioridade e reação frente a relações submissas.



D) Distorções:

Da conotação agressiva; da perspectiva, e raramente, do sexo dos personagens.



PRANCHA 19
CABANA COBERTA DE NEVE

Quadro fantasmagórico com formações de nuvens, pairando sobre uma cabana coberta de neve.


A) Área que explora:

- Carência e conforto; vazio e plenitude; frustração e segurança.



B) Interpretação dos adultos:

Explora os sentimentos e desejos de segurança; como responde o sujeito frente às barreiras que o interceptam.



C) Clichês:

Oferece dificuldade: os pacientes a consideram como fantasmagórica. A cabana está cercada pela neve, mas seus habitantes estão acomodados. Descreve-se o estado destes e como superam a situação, reflete o desejo de segurança do sujeito e o modo como enfrenta as circunstâncias frustradoras de seu próprio meio.


D) Simbolizações:

A preocupação pelos "olhos" (as aberturas da cabana) pode denunciar os sentimentos de culpa do paciente.


PRANCHA 20
SOZINHO DEBAIXO DA ILUMINAÇÃO

Figura de um homem ou mulher iluminada de modo tênue, apoiando-se num candeeiro de rua, numa noite escura.



A) Área que explora:

- Preocupações, abandono, culpa, castigo.


B) Interpretação dos adultos:

Problemas íntimos, preocupações, tendências sexuais ou agressivas.


C) Clichês:

A figura medita sobre diversos problemas interiores, de relativa importância: aguarda a noiva (ou o noivo), ou planeja o ataque a uma vítima. Revela os temas que preocupam seus problemas, atitudes heterossexuais e as tendências agressivas do sujeito.





Baixar 320.73 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino médio
ensino fundamental
concurso público
Serviço público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
processo licitatório
Processo seletivo
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
Universidade estadual
ensino superior
Relatório técnico
técnico científico
Conselho municipal
direitos humanos
espírito santo
científico período
Curriculum vitae
língua portuguesa
pregão eletrônico
Sequência didática
distrito federal
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
educaçÃo secretaria
nossa senhora
segunda feira
educaçÃO ciência
Pregão presencial
Escola estadual
Terça feira
agricultura familiar