Rio Grande/RS, Brasil, 23 a 25 de outubro de 2013



Baixar 34.2 Kb.
Encontro06.11.2017
Tamanho34.2 Kb.




.

Rio Grande/RS, Brasil, 23 a 25 de outubro de 2013.

A TROCA DE ESTÁGIÁRIOS DE PSICOLOGIA DURANTE O PROCESSO PSICOTERÁPICO: A VIVÊNCIA DE PACIENTES


MOREIRA, Thiago Ribeiro

PEREIRA, Larissa Silva

CUNHA, Myriam Siqueira da (orientador)

thiagoribmor@yahoo.com.br
Evento: Congresso de Iniciação Científica

Área do conhecimento: Ciências Humanas - Psicologia
Palavras-chave: Vínculo terapêutico. Troca de terapeuta. Experiência vivida.
1 INTRODUÇÃO
O estudo buscou compreender a vivência de pacientes na troca de estagiários de psicologia da Clínica de Psicologia da Universidade Católica de Pelotas, durante o processo terapêutico e os significados atribuídos a essa experiência. Para isso, descreveu como ocorreram as configurações vinculares, identificou as angústias sentidas pelo paciente a partir do desvinculo com o estagiário que realizou os primeiros atendimentos e discutiu o vínculo terapêutico. A Clínica de Psicologia da UCPel é estruturada por professores, funcionários e alunos do curso de Psicologia da instituição. A psicoterapia oferecida à população é realizada por alunos-estagiários do curso de psicologia do nono e décimo semestres, supervisionados por docentes do curso. Nesse contexto, muitas vezes, apesar do paciente não ter tido alta, ocorre à troca de estagiário/terapeuta em razão do término do processo de formação do aluno, causando descontinuidade no tratamento. É preciso compreender como os pacientes vivenciam essa troca e quais os significados que atribuem a ela.
2 MATERIAIS E MÉTODOS (ou PROCEDIMENTO METODOLÓGICO)
Pesquisa de abordagem qualitativa do tipo fenomenológica-hermenêutica. Foram selecionadas pacientes com diagnóstico de depressão e que viveram nos últimos dois anos a troca de estagiário/terapeuta durante a psicoterapia, pelo menos uma vez. As pacientes foram convidadas a participar do estudo e informadas sobre os propósitos da investigação que foi autorizada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UCPel. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista em profundidade, a qual foi gravada, transcrita e, conjuntamente, realizada a análise temática fundamentada na técnica de isolamento temático de Van Manen (1990) a fim de identificar os temas essenciais, que correspondem à estrutura da experiência vivida pelas participantes da pesquisa.
3 RESULTADOS e DISCUSSÃO
O terapeuta precisa ter características como a capacidade de compreensão do paciente de forma ampla e dos motivos pelos quais buscou tratamento e empatia para sanar as dúvidas iniciais (CORDIOLI, 2008), tanto antes como após a troca de terapeuta. Apesar de a configuração vincular do paciente com o primeiro terapeuta ser diferente da construída com o segundo, a troca em si não influencia de forma prejudicial o novo vínculo, pois quando o paciente não possui uma boa aliança, poderá ser positiva. A troca será prejudicial quando o paciente for muito regressivo e não possuir condições psíquicas que a suportem (FERREIRA, 2003). Os pacientes demonstram conhecer a realidade da clínica escola compreendendo a permanência transitória de seus terapeutas e o momento de aprendizado que vivenciam. Cordioli (2008) explica que a relação terapêutica na psicoterapia breve o vínculo é mais real e há maior proximidade afetiva por parte do terapeuta, contribuindo para que haja uma relação mais simétrica. A aliança terapêutica é baseada em um vínculo colaborativo no sentido do terapeuta auxiliar o paciente em seus processos psíquicos e o paciente contribuir na formação do terapeuta. As pacientes sentem-se tão responsáveis quanto os terapeutas pelo tempo da terapia após a troca. São elas que de certa forma direcionam e demonstram o foco do tratamento para o segundo terapeuta. Tornam-se mais ativas no processo terapêutico com a segunda terapeuta por conhecer a dinâmica da psicoterapia, e pela melhora de suas condições psíquicas. Podemos perceber que Ana e Maria modificam sua postura e papel após a troca, qualidade que Braier (2000) vincula a psicoterapia breve, na qual tanto paciente como terapeuta elegem um foco e não há uma relação hierárquica, mas sim o estímulo à colaboração e parceria.
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS
A partir das experiências vividas na troca de terapeuta pelos sujeitos entrevistos surgiram três temas fenomenológicos: a importância das características do terapeuta para a vinculação no processo de troca; a aliança empática entre terapeuta e paciente em virtude da compreensão a apropriação do contrato terapêutico por parte do paciente e a mudança de postura do paciente após a troca, tornando-se mais ativo na determinação do tempo e escolha do foco de trabalho.
REFERÊNCIAS
BRAIER, Eduardo Alberto. Psicoterapia breve de orientação analítica. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
CORDIOLI, Aristides V. Psicoterapias: abordagens atuais. Porto Alegre: Artmed, 2008.
FERREIRA, Marcela Casacio. A troca de terapeutas nos atendimentos psicanalíticos em instituições. Estud. Psicol., Campinas,  v.20, n.2, ago. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s0103-166x2003000200006&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 25 out. 2012.
VAN MANEN, M. Researching lived experience: human science for an action sensitive pedagogy. London, Ontario, Canada. The Althouse Press, State University of New York Press, 1990.
Catálogo: anaismpu -> cd2013 -> cic
cic -> Área do conhecimento: Ciências da Saúde Palavras-chave: qualidade de vida, jovens, toc
cic -> IdentificaçÃo de fontes de poluentes orgânicos persistentes
cic -> Dias de antes da enchente
cic -> Obras de bartholomeu boyer
cic -> O morro dos ventos uivantes
cic -> Rio Grande/RS, Brasil, 23 a 25 de outubro de 2013
cic -> A grande arte
cic -> Área do conhecimento: Educação, Musica Palavras-chave: Música Regional Gaúcha- anos Iniciais do Ensino Fundamental- educação Musical
cic -> Rendimento de carcaças e cortes de frangos alimentados com canola rodrigues, Tiago Araujo moraes, Priscila de Oliveira bueno, Bruna Duarte mackmill, Laurett de Brum oliveira, Carolina Oreques xavier, Eduardo Gonçalves
cic -> Rio Grande/RS, Brasil, 23 a 25 de outubro de 2013

Baixar 34.2 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar