Revista eletrônica


NOTICIÁRIO Noticiário Acesso ao Sumário



Baixar 38.06 Mb.
Página248/253
Encontro30.10.2016
Tamanho38.06 Mb.
1   ...   245   246   247   248   249   250   251   252   253

NOTICIÁRIO
Noticiário

Acesso ao Sumário




JOSÉ RENATO NALINI (Desembargador)


Carta de despedida, por ocasião de sua aposentadoria, entregue ao Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti. (Publicação da aposentadoria em 26.01.2016).


São Paulo, 26 de janeiro de 2016.

Excelentíssimo Senhor Desembargador Presidente:



no momento em que me despeço do Egrégio TRIBUnAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE O PAULO, permito-me externar a Vossa Excelência o sentimento ambíguo de nostalgia e de indeclinável aceitação de nova missão.

neste ano de 2016 completaria exatamente 40 anos de Magistratura, pois ingressei em 19.8.1976. Fui muito feliz no Poder Judiciário de meu Estado, ao qual tudo devo. Procurei exercer a jurisdição com zelo e profundo amor. nunca deixei de me interessar pelo contínuo aprimoramento do sistema Justiça.

Por mercê da Providência e generosidade de meus pares, percorri todos os passos na carreira, sempre tentando me relacionar com os jurisdicionados, morando nas comarcas onde isso foi possível. na verdade, apenas em Itu não consegui encontrar residência para alugar e logo fui promovido a Jundiaí, onde residira e onde voltei a morar com minha família.

Estive à disposição do Tribunal para todos os encargos adicionais ao exato cumprimento do dever de julgar. Assessorei Comissão de Concurso de outorga de delegações, auxiliei a criação da Escola Paulista da Magistratura, assessorei o Corregedor Geral Desembargador Sylvio do Amaral e dois Presidentes da Corte: Desembargadores nereu César de Moraes e Aniceto Lopes Aliende. Sou devedor insolvente desses magistrados e de tantos outros, dentre os quais, por dever moral, me permito citar os Desembargadores Young da Costa Manso, Marcos nogueira Garcez e Antonio Carlos Alves Braga.



Meus queridos colegas e amigos me honraram elegendo-me Vice- Presidente e depois Presidente do saudoso extinto Tribunal de Alçada Criminal. nesta Corte, presidi o Concurso de Outorga de Delegações extrajudiciais, integrei a Banca do 180º Concurso para Ingresso à Magistratura, fui eleito Presidente do 183º Concurso de Ingresso à Magistratura e, em seguida, Corregedor Geral da Justiça e Presidente do TRIBUnAL DE JUSTIÇA no biênio 2014/ 2015.

Estava animado para continuar a fruir deste maravilhoso ambiente, no

qual fui muito feliz e me realizei como pessoa, mas tive de ceder aos argumentos do Governador GERALDO ALCKMIn, que me convenceu a aceitar o árduo desafio de assumir a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo.
Noticiário

Acesso ao Sumário

O apelo atingiu a vulnerabilidade de quem sempre exerceu o Magistério, mesmo antes de ingressar no Ministério Público. Desde 1969 leciono, sem interrupção. na Magistratura, repeti e reiterei muitas vezes que a educação é a chave para a resolução de todos os problemas brasileiros. nunca deixei também de acreditar que todo juiz exerce uma função docente, lecione ou não. é que as decisões, os despachos e a própria conduta do magistrado sinalizam à comunidade o que é certo, o que é correto, qual o melhor sentido do direito ao qual todos devemos observância num Estado sob a Constituição e de índole democrática.



Foi dolorida a opção, como está sendo dolorosa a despedida. Mas não me afeiçoei a cargos e funções. Sempre as recebi como verdadeira missão. A Providência me cumulou de benefícios. Sinto-me obrigado, até com prejuízo de ordem material, a devolver um pouco à comunidade.

Partilho com Vossa Excelência esta sensação que me emociona, entregando à discricionariedade da Egrégia Presidência transmiti-la aos meus amigos, que estão em sua imensa maioria no âmbito do glorioso, inigualável e respeitabilíssimo Poder Judiciário do Estado de São Paulo. Deixo aqui as quatro décadas mais felizes de minha existência e a minha gratidão imorredoura, a quantos contribuíram para isso. Escuso-me se não correspondi às expectativas ou se feri a suscetibilidade de alguém. Trago na consciência a convicção de que nunca, premeditada ou voluntariamente, quis prejudicar qualquer semelhante.

Auguro a Vossa Excelência o êxito que todos temos a certeza alcançará, nessa gestão que ora se inicia cumulada de esperanças as mais legítimas, diante do passado de Vossa Excelência e de todos os demais responsáveis pela condução do Tribunal.

Rogo, àqueles que confessam alguma crença, acompanhemme com suas preces para a jornada que ora se inicia e para a qual me entrego com idêntica vontade de bem servir.

Renovo a Vossa Excelência as minhas expressões pessoais da mais perfeita estima e elevada consideração.

Atenciosamente, Renato nalini



Baixar 38.06 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   245   246   247   248   249   250   251   252   253




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar