Resolução dos Exercícios da Apostila de História Os Cavaleiros na Idade Média Exercícios da página 7



Baixar 21.03 Kb.
Encontro06.11.2017
Tamanho21.03 Kb.
#37824
Resolução dos Exercícios da Apostila de História

Os Cavaleiros na Idade Média

Exercícios da página 7

  1. O elemento essencial é a aventura, e é por meio dela que os cavaleiros podem demonstrar suas virtudes, como a coragem, a cortesia, a temência a Deus, e realizar proezas.



  1. Ver esquema no caderno para a relação entre História Lendária e Legitimidade.



  1. Os cavaleiros representam as aspirações da sociedade medieval, pois eles estão no topo da pirâmide social, uma vez que são proprietários de terra, e são eles que garantem a segurança da população e dos reinos com quem têm acordo, já que não há exército permanente e eles lutam contra os povos invasores.



  1. As origens da Távola Redonda são:

- origem celta onde simboliza um antigo costume no qual os guerreiros sentavam em volta do seu chefe para ouvi-lo falar;

- a representação do mundo explicitada pelo sua circularidade;

- recria o curso dos planetas e dos elementos do firmamento.

5. Artur doa terra aos seus cavaleiros, pois a terra é o bem mais precioso do período medieval, o único de onde era possível extrair riquezas. Quando Artur doa terras de seu reino a um cavaleiro, ele passa a ser o suserano daquele que recebe a terra, chamado vassalo.



Exercícios da página 10

  1. Um reino legítimo é aquele que tem um governante reconhecido legalmente e pela sociedade como um todo.



  1. Merlin intercedeu duas vezes para assegurar que o trono da Bretanha tivesse um governante legítimo: a primeira, quando devolve o trono usurpado por Vertigier aos verdadeiros donos; a segunda, quando colocou Artur no poder, sendo Merlin o único que sabia que o garoto era filho do rei Uter Pandragon.



  1. Todos os cavaleiros são unidos por uma amizade leal (os acordos são firmados pela palavra e confiança), que pressupõe que os cavaleiros não trairão seu suserano, e que eles o auxiliem quando este precisar.



  1. O “assento perigoso” era reservado ao melhor cavaleiro, o que significava ser o mais valente, cortês, bom no manejo das armas, temente a Deus e capaz de realizar proezas façanhas.



  1. O milagre foi a aparição de inscrições dos nomes dos cavaleiros em cada um dos lugares da távola redonda.



  1. Os poderes de Merlim são o de modificar os ciclos das idades da vida e o curso do tempo; revelar o futuro; e, mais importante, o de metamorfosear a si próprio e a outro. Num primeiro momento, Merlim aparece como um enviado de Deus, mas ao longo da Idade Média as seus poderes passam a ser caracterizados como magia, pois o milagre estava reservado a Deus.

Exercícios da sequência 3.2. (p. 10) da apostila: (algumas salas os têm divididos entre as páginas 10 e 16).

  1. Quantos são os melhores cavaleiros no romance da távola redonda?

São doze melhores cavaleiros, e há um lugar vago chamado “Lugar perigoso”.

  1. Caracterize o valor cavaleiresco.

O Valor Cavaleiresco é expresso, por meio das aventuras, através de atos de bravura, cortesia, gentileza e realização de proezas.

  1. Explique a frase “o cavaleiro acaba por cumprir uma missão que o qualifica”.

O cavaleiro deve cumprir uma missão onde possa demonstrar as qualidades exigidas pelo valor cavalheiresco para mostrar-se digno de ocupar um lugar na corte de Artur.

  1. Caracterize a importância da aventura e da volta para a corte na vida do cavaleiro.

O cavaleiro deve sair em busca de aventuras para provar o seu valor, mas deve sempre retornar a corte para contar os seus feitos e comemorar a vitória com seus pares, reafirmando e consagrando a instituição de cavalaria da qual ele faz parte.

  1. Relacione a ligação que Artur mantinha com seus cavaleiros à vassalagem feudal.

Artur dava terra aos cavaleiros como recompensa por suas boas campanhas militares. A terra era o bem mais precioso da Idade Média, uma vez, com a falta de circulação de moedas, era o único de onde era possível retirar riquezas.

Exercícios da página 16:

  1. Defina bravura/proeza a partir da epígrafe apresentada na página 11.

A bravura se expressa pelo fato de não haver jamais recusa a um pedido de ajuda feito aos cavaleiros da Távola redonda, e a proeza se deve aos cavaleiros não conhecerem a derrota.

  1. Descreva a imagem da página 11. Como se reconhecem as diferenças entre os cavaleiros? Como se reconhece o rei? O que faz o rei? Como ocorre a luta?

Reconhecem-se as diferenças entre os cavaleiros pelas flâmulas (bandeiras) que carregam, representando o reino que defendem. O rei, primeiramente, discute com seus cavaleiros as estratégias de guerra em seu castelo, e o reconhecemos pela coroa e pela roupa vermelha.

  1. Indique os temas mais comuns dos romances medievais.

Sequestros de rainhas, viagens para longe, alguns objetos maravilhosos, como o Graal.

  1. Indique o contexto histórico em que se construíram os romances arturianos.

O contexto histórico em que se construíram os romances arturianos foi o mundo medieval da alta e baixa idade média: no período da alta idade média, os cavaleiros são caracterizados no interior de um universo permeado de paganismo, manifestada, por exemplo, pela importância de Merlin; ao longo da Idade Média, os romances arturianos vão sendo recontados e contextualizados num universo cada vez mais cristianizado.

  1. Caracterize o mundo feudal.

O mundo feudal caracteriza-se pela divisão do território em feudos que são recebidos através de relações de fidelidade que se configuram em suserania e vassalagem, a terra é o bem mais precioso, e a harmonia da divisão social é assegurada pela poderosa Igreja Cristã de Roma.

  1. Indique se o poder era centralizado ou descentralizado e justifique a sua resposta.

O poder durante o feudalismo era descentralizadp, pois as relações de vassalagem criavam micro poderes desempenhados pelos proprietários, fazendo do rei uma figura simbólica.

  1. Defina vassalagem.

Vassalagem é a relação que se estabelece em relação a um suserano quando se recebe uma porção de terra, e ela pressupõe fidelidade recíproca auxílio mútuo.

  1. Relacione a vassalagem ao companheirismo de guerra.

A vassalagem se relaciona ao companheirismo de guerra na medida em que a relação se estabelece a partir da doação de uma porção de terra em troca de ajuda militar.

  1. Indique a função do juramento feito no engajamento solene.

O juramento tinha a função de garantir a lealdade e a fidelidade entre os membros que participam do engajamento solene.

  1. Qual a obrigação de um suserano para com seu vassalo? E o contrário?

Suserano e vassalo deviam se proteger, aconselhar e auxiliar mutuamente.

Exercícios da página 21:

  1. Indique o pecado capital que o “lugar perigoso” desperta.

O lugar perigoso desperta a cobiça dos cavaleiros que o conhecem, pois todos querem ser “ O melhor cavaleiro”.

  1. Relacione a aprovação do “lugar perigoso” com a existência do rei pescador.

O cavaleiro que fosse melhor e mais puro do que todos os outros seria conduzido à presença do rei pescador e, perguntando-lhe sobre o Graal, faria com que o rei fosse curado.

  1. Relacione o lugar perigoso na távola redonda à mesa da “santa ceia”.

A Távola Redonda tinha 12 lugares e o 13º lugar era o “ Lugar Perigoso”, que seria ocupado pelo melhor e mais puro cavaleiro, e a Mesa da Santa Ceia tinha igualmente 12 lugares, um para cada apóstolo, sendo o 13º reservado a Jesus Cristo.

  1. Caracterize a mesa do graal na página 19.

Todos os que estão na mesa são coroados, indicando a sua origem nobre e que são proprietários de terras. O Graal está no centro da mesa, envolto em luz para indicar o seu caráter milagroso, as mãos dos homens estão unidas e postas como em oração, representando a sacralidade do momento. Por fim, há um homem ao fundo, em pé, que parece presidir a ação, e ele é o cavaleiro que ocupou o Lugar Perigoso.

  1. Como o graal chega à terra de Arthur.

O Graal foi enviado, desde Jerusalém a Grã-Bretanha, por José de Arimatéia que delegou a tarefa ao seu cunhado Bron, o rei Pescador.

  1. Defina relíquia.

Relíquia é um objeto que se tornou sagrado por ter sido utilizado por um santo ou por Jesus Cristo.

  1. Selecione elementos indicados nas questões acima para caracterizar a cristianização do mito da cavalaria ao longo da Idade Média.

O Graal aparece nas lendas arturianas como o objeto maravilhoso que recolheu o sangue de Jesus crucificado e encontrá-lo passa a ser o objetivo dos cavaleiros, assim como o surgimento do Lugar perigoso, destinados ao mais puro dos cavaleiros, ambos são representativos da cristianização do mito do cavaleiro errante ao longo da Idade Média.

Baixar 21.03 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino médio
ensino fundamental
concurso público
catarina município
Serviço público
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
processo licitatório
Processo seletivo
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
técnico científico
Conselho municipal
direitos humanos
Curriculum vitae
científico período
espírito santo
língua portuguesa
pregão eletrônico
Sequência didática
distrito federal
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
educaçÃo secretaria
nossa senhora
segunda feira
Pregão presencial
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar
recursos humanos