Pág. 1 Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A


Pág. 18 Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A



Baixar 1 Mb.
Pdf preview
Página3/6
Encontro02.07.2020
Tamanho1 Mb.
1   2   3   4   5   6

Pág. 18

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

O fósforo branco, substância química cuja estrutura é representada pela fórmula P

, é utiliza-



do em algumas munições fumígenas (munições que produzem fumaça). Ele pode ser obtido a par-

tir da fosforita (Ca

3

(PO


4

)

2



), um mineral de fosfato de cálcio, por meio da reação com sílica (dióxido

de silício - SiO

2

) e carvão coque (C) num forno especial a 1300 ºC.



A equação não balanceada da reação é:

42

Ca



3

(PO


4

)

2



 (s) + SiO

2

 (s) + C (s)         CaSiO



3

 (s)  +  CO (g) +  P

4

 (s)


← ← ← ← ←

Acerca deste processo, são feitas as seguintes afirmativas:

I – Após o balanceamento da equação por oxidorredução, a soma dos coeficientes

estequiométricos é igual a 35.

II – O dióxido de silício é uma molécula que apresenta estrutura de geometria molecular

angular.


III – O agente redutor do processo é o dióxido de silício.

IV – Neste processo ocorre a oxidação do carbono.

Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas, dentre as listadas acima.

[A] I, II e III.           [B] I, III e IV.          [C] II e IV.             [D] III e IV.                 [E] I e IV.

[A] I, II e IV.           [B] II, III e V.           [C] I, IV  e V.          [D] I, II, III e IV.         [E] I, II e V.

41

Neste ano de 2019, foi realizada pelos alunos da EsPCEx uma prática no laboratório de quími-



ca envolvendo eletrólise com eletrodos ativos conforme a descrição experimental:

- Num béquer de capacidade 100 mL (cuba eletrolítica) coloque cerca de 50 mL de solução

aquosa de sulfato de cobre II de concentração 1 mol.L

-1

. Tome como eletrodos uma barra fina de



cobre e um prego de ferro. Ligue-os com auxílio de fios a uma fonte externa de eletricidade com

uma corrente contínua de intensidade de 3 Ampères. Esta fonte tem capacidade para efetuar per-

feitamente esse processo de eletrólise. O prego deve ser ligado ao polo negativo da fonte e a barra

de cobre ao polo positivo da fonte. Mergulhe os eletrodos na solução durante 16 minutos e 5 se-

gundos e observe.

Considere o arranjo eletrolítico (a 25 ºC e 1 atm) e o sal completamente dissociado, conforme

visto na figura a seguir:

Dado: 1 Faraday (F) = 96500 Coulomb (C) / mol de elétrons

Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas, dentre as listadas acima.

Na discussão apresentada nos relatórios dos diversos grupos de alunos, surgiram as seguin-

tes afirmativas:

I – Na superfície do prego ocorreu a deposição de cobre metálico.

II – Durante o processo a barra de cobre se oxida.

III – A massa de cobre metálico que se depositou na superfície do prego foi de 2,45 g.

IV – A semi-reação de redução que ocorre no cátodo é Cu

2+

 + 2 e-       Cuº.



V – A reação global é Fe

2+

 + Cuº       Feº  + Cu



2+

← ← ← ← ←

← ← ← ← ←

Barra de


cobre

Prego de ferro

CuSO

4

 (1 mol/L)



Cu

2+

SO



4

2-

e



-

e

-



Cu

2+

SO



4

2-

Cu



2+

SO

4



2-

+ -


Pág. 19

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

 

 Final da Prova de Química

[A] I e II.          [B] I, II e III.         [C] II e IV.           [D] I, II e IV.           [E] III e IV.

43

44

Um aluno, durante uma aula de química orgânica, apresentou um relatório em que indicava e



associava alguns compostos orgânicos com o tipo de isomeria plana correspondente que eles

apresentam. Ele fez as seguintes afirmativas acerca desses compostos e da isomeria correspon-

dente:

I - os compostos butan-1-ol e butan-2-ol apresentam entre si isomeria de posição.



II - os compostos pent-2-eno e 2 metilbut-2-eno apresentam entre si isomeria de cadeia.

III - os compostos propanal e propanona apresentam entre si isomeria de compensação

(metameria).

IV - os compostos etanoato de metila e metanoato de etila apresentam entre si isomeria de

função.

Das afirmativas feitas pelo aluno, as que apresentam a correta relação química dos compos-



tos orgânicos citados e o tipo de isomeria plana correspondente são apenas

[A] 54 g.           [B] 85 g.              [C] 121 g.            [D] 346 g.               [E] 480 g.

“Houston, temos um problema” - Esta frase retrata um fato marcante na história das via-

gens espaciais, o acidente com o veículo espacial Apollo 13. Uma explosão em um dos tanques de

oxigênio da nave causou a destruição parcial do veículo, obrigando os astronautas a abandona-

rem o módulo de comando e ocuparem o módulo lunar, demovendo-os do sonho de pisar na lua

nessa missão espacial.

Não foram poucos os problemas enfrentados pelos astronautas nessa missão. Um específico

referiu-se ao acúmulo de gás carbônico (dióxido de carbono - CO

2

) exalado pelos astronautas no



interior do módulo lunar. No fato, os astronautas tiveram que improvisar um filtro com formato

diferente do usado comumente no módulo. Veículos espaciais são dotados de filtros que possuem

hidróxidos que reagem e neutralizam o gás carbônico exalado pelos tripulantes. Para neutralização

do gás carbônico, o hidróxido mais utilizado em veículos espaciais é o hidróxido de lítio. Em sua

reação com o dióxido de carbono, o hidróxido de lítio forma carbonato de lítio sólido e água líquida.

Considerando o volume de 246 L de gás carbônico produzido pelos astronautas (a 27 ºC e 1

atm), a massa de hidróxido de lítio necessária para reagir totalmente com esse gás é de

Dados: R = 0,082 atm·L·mol

-1

·K

-1



             T (Kelvin) = t (Celsius) + 273

Pág. 20

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

PROVA DE REDAÇÃO

    

Leia os textos abaixo.



TEXTO I

TEXTO II


Sustentabilidade

 TEXTO III

FONTE:  Adaptado de https://pt.wikipedia.org/wiki/Sustentabilidade. Acesso em 14/03/19.

FONTE: https://www.catho.com.br/carreira-sucesso/colunistas/noticias/sustentabilidade-e-o-tema-da-vez/. Acesso em 14/03/19.

Sustentabilidade é uma característica ou condição de um processo ou de um sistema que permite a

sua permanência, em certo nível, por um determinado prazo. Ultimamente, esse conceito tornou-se um

princípio segundo o qual o uso dos recursos naturais para a satisfação de necessidades presentes não pode

comprometer a satisfação das necessidades das gerações futuras. Esse novo princípio foi ampliado para a

expressão “sustentabilidade no longo prazo”, um “longo prazo” de termo indefinido.

A sustentabilidade também pode ser definida como a capacidade de o ser humano interagir com o

mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras. O

conceito de sustentabilidade é complexo, pois atende a um conjunto de variáveis interdependentes, mas

podemos dizer que deve ter a capacidade de integrar as questões sociais, energéticas, econômicas e

ambientais.

Gestão para a sustentabilidade: as empresas do futuro

Sustentabilidade empresarial é o conjunto de ações que uma empresa adota visando o respeito ao

meio ambiente e o desenvolvimento da sociedade. Assunto do momento, o tema já se faz presente em

diversas organizações, que enxergam as vantagens de se trabalhar dentro dos conceitos da sustentabilidade

e adotam uma postura ética que alinha o crescimento econômico aos aspectos sociais e ambientais.

De acordo com um levantamento produzido em 2012 pela Iniciativa Empregos Verdes, uma parceria da

Organização Internacional do Trabalho (OIT) com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente

(Pnuma), a transição para uma economia verde – que visa o desenvolvimento sustentável para garantir o

sucesso das organizações no futuro – e o ‘esverdeamento’ das atividades econômicas que agridem o meio

ambiente, poderiam gerar entre 15 e 60 milhões de novos empregos no mundo nas próximas duas décadas,

tirando milhões de trabalhadores da pobreza.

Segundo o relatório, “os empregos verdes são crucialmente importantes para superar a crise econômica:

constituem uma alternativa possível e eficaz para reativar as economias e podem contribuir para criar

rapidamente uma grande quantidade de empregos”.

Dessa forma, áreas e carreiras ligadas ao meio ambiente vêm ganhando destaque – como engenharia,

biologia, química, economia, geografia, direito, jornalismo, construção civil e muitas outras – enquanto os

profissionais que sabem calcular os impactos ambientais de suas ações no trabalho têm sido cada vez mais

valorizados pelas organizações.

Por que falar de sustentabilidade na escola?

Vamos começar com uma definição básica: a sustentabilidade na escola consiste na aplicação no meio

escolar de um conjunto de práticas e ensinamentos focado na questão do desenvolvimento sustentável do

planeta.


Esse tema precisa ser trabalhado na escola devido à sua pertinência cada vez mais alta, já que a

geração atual vivencia o problema da escassez de recursos naturais e da degradação do meio ambiente.

Essa realidade está mais que presente nas dificuldades e nos desastres que presenciamos, como falta de

água, contaminação do solo ou deslizamentos causados pela destruição da vegetação natural.

Precisamos nos lembrar de que as crianças e os jovens de hoje serão os futuros tomadores de decisão

do mundo, seja porque se tornarão políticos, cientistas ou empresários. Em outras palavras: estará em suas

mãos fazer escolhas para preservar o planeta. Para isso, no entanto, precisam conhecer tanto as causas e

consequências do problema como também entender as ações que permitirão usufruir dos recursos naturais

sem prejudicar o meio ambiente.

Outro ponto que reforça a importância de se trabalhar a sustentabilidade na escola é o fato de que os

principais hábitos de um indivíduo são desenvolvidos desde cedo, durante a infância. Portanto, a escola

precisa introduzir esse tema o quanto antes, para que a educação dos alunos leve à formação de adultos

com valores e conhecimentos sólidos a respeito das relações entre o ser humano e o meio ambiente. Só

dessa forma pode ser possível controlar o impacto dos problemas ambientais nos próximos anos.

Fonte: http://novosalunos.com.br/a-importancia-de-trabalhar-a-sustentabilidade-na-escola/. Acesso em 

14/03/19.



Pág. 21

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

OBSERVAÇÕES:

1. Aborde o tema sem se restringir a casos particulares ou específicos ou a uma determinada pessoa.

2. Formule uma opinião sobre o assunto e apresente argumentos que defendam seu ponto de vista,

sem transcrever literalmente trechos dos textos de apoio.

3. Não se esqueça de atribuir um título ao texto.

4. A redação será considerada inválida (grau zero) nos seguintes casos:

– texto com qualquer marca que possa identificar o candidato;

– modalidade diferente da dissertativa;

– insuficiência vocabular, excesso de oralidade e/ou graves erros gramaticais;

– constituída de frases soltas, sem o emprego adequado de elementos coesivos;

– fuga do tema proposto;

– texto ilegível;

– em forma de poema ou outra que não em prosa;

– linguagem incompreensível ou vulgar;

– texto em branco ou com menos de 17 (dezessete) ou mais de 38 (trinta e oito) linhas; e

- uso de lápis ou caneta de tinta diferente da cor azul ou preta.

5. Se sua redação tiver entre 17 (dezessete) e 24 (vinte e quatro) linhas, inclusive, ou entre 31 (trinta

e uma) e 38 (trinta e oito) linhas, também inclusive, sua nota será diminuída, mas não implicará grau zero.

Com base nos textos de apoio e em seus conhecimentos gerais, construa um texto

dissertativo-argumentativo, em terceira pessoa, de 25 (vinte e cinco) a 30 (trinta) linhas, sobre

o tema:


 

“A sustentabilidade e a imagem das empresas junto aos consumidores”

FONTE:  Adaptado de  RIBEIRO, Becker. Razão social ou nome fantasia: a comunicação empresarial na construção da sustentabilidade

fantástica. Revista Conexxión 4 (4) 2015 ISSN: 2305-7467. revistas.pucp.edu.pe/index.php/conexion/article/download/14979/15510.

Acesso em 14/03/19.

Razão social ou nome fantasia:

a comunicação empresarial na construção da sustentabilidade fantástica

 TEXTO IV

O que se pode perceber é que o “discurso sustentável” vem sendo apropriado pelo mundo empresarial

corporativo, muito mais que em outros setores da nossa sociedade. As empresas se tornaram as grandes

“guardiãs” do meio ambiente, são organizações socialmente responsáveis e também promovem o

desenvolvimento sustentável do planeta. Como dizem corriqueiramente aqui no Brasil, é uma “febre” falar

em sustentabilidade no meio empresarial, podemos chamá-la de “gripe da sustentabilidade”, pois nos

últimos anos contaminou a todas as organizações empresariais instaladas aqui no país. Os discursos

empresariais estão recheados de valores que antes eram contraditórios à lógica capitalista; as propagandas

e as mensagens na mídia corporativa mais parecem viagens utópicas dos hippies nos anos 70. CEOs e

dirigentes deliram frases de efeito. Eventos corporativos, publicações, rankings e outros acontecimentos

que enaltecem a atuação sustentável das empresas ganharam um valor imensurável pela contribuição à

imagem e reputação corporativa. O foco obstinado no lucro e a guerra de mercado parecem ter sofrido uma

mudança brusca no seu direcionamento.

Neste ambiente atual, onde a sustentabilidade empresarial é um fator preponderante, a comunicação

é cada vez mais estratégica para empresas, capaz de promover um ganho intangível para sua imagem e

reputação e também agregar valor a sua marca e seus produtos. Entretanto, há muita descrença em

relação à comunicação que se produz, seja em relação às campanhas desenvolvidas, à publicidade verde

(greenwashing) ou aos discursos e ações socioambientais que são disseminadas aos diferentes veículos de

comunicação institucional. A visão empresarial ainda é muito míope. Numa recente publicação, a diretora

de comunicação de uma indústria multinacional presente no Brasil citou que a sustentabilidade é um fator

estratégico de sobrevivência, agrega valor à imagem institucional, dá credibilidade pública e liderança

competitiva. Mas será somente essa a questão a ser levada em consideração? Será necessário passar por

uma crise, um risco à imagem e reputação para que ocorra uma revisão de valores institucionais e mudança



na condução dos negócios?

Pág. 22

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

____________________________________________

(TÍTULO)

_______________________________________________________________________________________________________________________________________'>___________________________________________________________________________________________________________________________________________'>________________________________________________________________________________________________________________________________________'>______________________________________________________________________________________________________________________________________'>_______________________________________________________________________________________________________________________________________'>__________________________________________________________________________________________________________________________________________'>_________________________________________________________________________________________________________________________________________'>_______________________________________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

_____________________________________________________________________

___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

__________________________________________________________________

____________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

______________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

___________________________________________________________________

___________________________________________________________________

__________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

(1)


(2)

(3)


(4)

(5)


(6)

(7)


(8)

(9)


(10)

(11)


(12)

(13)


(14)

(15)


(16)

(17)


(18)

(19)


(20)

(21)


(22)

(23)


(24)

(25)


(26)

(27)


(28)

(29)


(30)

(31)


(32)

(33)


(34)

(35)


(36)

(37)


(38)

(1)


(2)

(3)


(4)

(5)


(6)

(7)


(8)

(9)


(10)

(11)


(12)

(13)


(14)

(15)


(16)

(17)


(18)

(19)


(20)

(21)


(22)

(23)


(24)

(25)


(26)

(27)


(28)

(29)


(30)

(31)


(32)

(33)


(34)

(35)


(36)

(37)


(38)

Folha de Rascunho para a Redação

Esta folha destina-se exclusivamente à elaboração do rascunho da redação e não será objeto de

correção. O texto final de sua redação deverá ser transcrito para a Folha de Redação.

(0)

(0)


Pág. 23

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

Pág. 24

Provas de Português, Física, Química e Redação – Modelo A

Pág. 1

Provas de Matemática, Geografia, História e Inglês – Modelo D

Concurso de Admissão

1. Confira a Prova

– Sua prova contém 24 (vinte e quatro) páginas impressas, numeradas de 1 (um) a 24 (vinte e quatro).

– Nesta prova existem 20 (vinte) questões de Matemática impressas nas páginas de 2 (dois) a 11 (onze), 12 (doze)

questões de Geografia impressas nas páginas de 12 (doze) a 16 (dezesseis), 12 (doze) questões de História impressas

nas páginas de 17 (dezessete) a 19 (dezenove) e 12 (doze) questões de Inglês impressas nas páginas de 20 (vinte) a 23

(vinte e três).

– Em todas as páginas, na margem superior, há a indicação do Modelo da Prova. O candidato deverá conferir se o

Cartão de Respostas possui a mesma indicação. Caso contrário, deve imediatamente avisar ao Fiscal de Prova e

solicitar a troca do caderno de questões.

– Os Modelos de Prova diferenciam-se apenas quanto à ordem das questões e/ou alternativas.

– Você poderá usar, como rascunho, os espaços abaixo de cada questão e a folha em branco, na página 24 (vinte e quatro).

2. Condições de Execução da Prova

– O tempo total de duração da prova é de 4 (quatro) horas e 30 (trinta) minutos. Nos 15 (quinze) minutos iniciais, o

candidato deverá ler a prova e esclarecer suas dúvidas. Os 15 (quinze) minutos finais são destinados ao preenchimento

das opções selecionadas pelo candidato no Cartão de Respostas.

– Os candidatos somente poderão sair do local de prova após transcorridos 2/3 (dois terços) do tempo total  destinado

à realização da prova.  Ao terminar a sua prova, sinalize para o Fiscal de Prova e aguardesentado, até que ele venha

recolher o Cartão de Respostas. O caderno de questões permanecerá no local da prova, sendo-lhe restituído nas

condições estabelecidas pela Comissão de Aplicação e Fiscalização.

3. Cartão de Respostas

Preencher, dentro dos  espaços reservados para cada item, com:

 a digital do polegar  direito do candidato (será colhida pelo Fiscal do Setor);



 a assinatura do candidato;

 a frase “Exército Brasileiro, braço forte, mão amiga”;



 o sexo do candidato.



Baixar 1 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar