Parnamirim rn



Baixar 282.18 Kb.
Página2/2
Encontro02.11.2017
Tamanho282.18 Kb.
1   2

PARNAMIRIM - RN


Aluno(a):

Nº:



Data: ______ / _____ / 2015

Turma:

9º Ano A/B/C/D/E



ATIVIDADE L. PORTUGUESA - 2º TRIMESTRE

PROFª. REJANE BRITO

O presente trabalho propicia ao alunado o reconhecimento de orações subordinadas cuja aplicação é necessária em produção de textos (argumentativos), além de intensificar a função sintática das palavras. Será necessário conhecer as figuras de linguagem estudadas em sala de aula.


ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
01 – Complete os períodos, substituindo as lacunas por uma oração subordinada substantiva. Depois classifique essa oração.


  1. Os painéis históricos mostram que ........................................................................................

  2. É possível que .......................................................................................................................

  3. Meu chefe estava convicto de que ........................................................................................

  4. Não se definiu quem ..............................................................................................................

  5. A ordem era que ....................................................................................................................

  6. Os eleitores indagaram-lhe se ...............................................................................................

  7. Consta que ............................................................................................................................

  8. O juiz se opôs a que ..............................................................................................................

  9. Aconselho-te o seguinte: que ................................................................................................

  10. Os sem-teto têm necessidade de que ...................................................................................

02 – Classifique as orações subordinadas substantivas.




  1. O governo decidiu que o ICMS continuará vigorando.

  2. A mulher precisava de que a ajudassem a subir no ônibus.

  3. A suspeita de que poderia ser reprovado fê-lo estudar.

  4. Seria oportuno que lhes pagassem os salários em atraso.

  5. É necessário que se cumpram as leis de trânsito.

f)Tinha medo de que ela partisse.

g)Convém que pratiques esportes.

h)Desejava que promovessem seu amigo.


  1. A decisão seria que ele ingressasse na equipe.

  2. Os jovens precisam de que haja mais oportunidades de emprego.

  3. Tive a sensação de que minha vida recomeçava.

  4. Seria provável que o partido do governo ganhasse a eleição.

  5. Nosso desejo é que todos tenham melhores condições de vida.

03 – Leia os textos de um anúncio.


É COMO UMA AULA. SÓ QUE O SOM MAIS AGUARDADO NÃO É ASIRENE DO INTERVALO.
A Osesp tem um programa de formação de plateia: Descubra a Orquestra, que leva professores e educadores para a Sala São Paulo. Lá, eles assistem a apresentações da Orquestra Sinfônica e participam de workshops, onde aprendem tudo sobre a música clássica. Com isso, os professores ganham repertório para ensinar em sala de aula e ainda colaboram para a formação de novo público para os concertos.


  1. No texto se vê a divulgação de um programa de música clássica organizado pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e outros órgãos, cujo alvo são professores e educadores. Comente a comparação feita no texto superior do anúncio.

  2. Releia o primeiro período: É como uma aula (é). Como se chama a 2ª oração?

  3. Veja a alteração neste período do texto inferior do anúncio: com isso, os professores ganham repertório para que possam ensinar em sala de aula.

  1. Qual é a função sintática da 2ª oração em relação à principal?

  2. Como se chama essa oração iniciada pela conjunção para que?

04 – Leia esta canção.


MÚSICA AMBIENTE

Se um dia fores embora

Te amarei bem mais do que esta hora (...)

Quando choramos abraçados

E caminhamos lado a lado (...)

Mesmo que tenhamos planejado

Um caminho diferente

Tenho mais do que eu preciso

Estar contigo é o bastante (...)

E quando eu for embora

Não, chore por mim.

LEGIÃO URBANA. Música ambiente. A tempestade ou o livro dos dias. São Paulo: EMI-Odeon, 1996.




  1. O texto conta uma história de amor. Que características o amor apresenta nessa letra musical?

  2. Identifique o valor semântico das orações subordinadas destacadas nos seguintes períodos:

  1. Se um dia fores embora

Te amarei bem mais do que (amo) esta hora

  1. Quando choramos abraçados

  2. Mesmo que tenhamos planejado

Um caminho diferente
05 – Classifique todas as orações.


  1. Tinha traços fisionômicos marcantes tal como o pai.

  2. Embora fosse competente, não tinha organização.

  3. O sono aumentava, à medida que as horas avançavam.

  4. O movimento na praça era tal que desistimos da caminhada.

  5. A comemoração foi adiada visto que a obra não foi concluída.

  6. Ainda que fôssemos amigas, não lhe poderia contar a verdade.

  7. Mal abriu a porta, sentiu um cheiro estranho.

  8. Chegamos atrasados ao aeroporto porque o trânsito estava congestionado.

  9. À proporção que o avião subia, sentia um tremor nas pernas.

  10. Sua expectativa era tamanha que decidiu interromper a reunião.

  11. Meu carro está falhando, visto que entrou água no motor.

06 – Leia o anúncio.


VOCÊ APAGA A LUZ QUANDO SAI OU QUANDO CHEGA EM CASA?

Veja, São Paulo: Abril, 18 fev. 2005.


  1. Por que o redator usou essa frase para anunciar uma revista de decoração?

  2. Separe as orações desse texto e classifique o período.

  3. Que valor semântico expressam as orações subordinadas?

  4. Qual é a função sintática das orações subordinadas em relação à oração principal?

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


07 – Leia o texto jornalístico.

A MÁQUINA DOS PREVENIDOS

Nos Estados Unidos, na Austrália e nos países da Europa, onde a maioria das pessoas tem a pele muito clara, os aparelhos portáteis para medir a incidência de raios ultravioleta já são usados por muita gente, preso à sacola de praia, ao cinto ou usado com um relógio de pulso. Primeiro, o usuário digita no aparelho qual seu tipo de pele e, quando na praia ou na piscina, o fator de proteção do filtro solar que está usando. O aparelho analisa, minuto a minuto, os raios solares que incidem no local onde a pessoa se encontra. Cruzando essas informações, ele emite um alarme de advertência sempre que a pessoa exagera na exposição ao sol, lembrando a ela que é hora de procurar a sombra mais próxima. (...)



Veja, São Paulo: Abril, 10 dez. 2004. Edição especial.


  1. A utilização de aparelhos como o citado no texto é importante? Por quê?

  2. No início do texto ocorre esta oração subordinadas adjetivas:... onde a maioria das pessoas tem a pele muito clara.

  1. Explique por que ONDE é pronome relativo nessa oração.

  2. Classifique a oração subordinada desse período.

  1. Identifique no texto outra oração iniciada pelo pronome relativo ONDE e classifique-a.

  2. No texto há duas orações subordinadas adjetivas. Classifique-as e dê a função sintática dos pronomes relativos.

  3. A última oração do texto: que é hora de procurar a sombra mais próxima, é subordinada adjetiva? Por quê?

_____________________________________----

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

08 – Leia o texto.


Nós vemos as pessoas começarem a recolher o que sobrou e iniciarem a reconstrução de sua vida. Isso diz muito sobre a força do espírito humano.

Kofi Annan, secretário-geral das Nações Unidas, em visita às áreas devastadas da Indonésia. In: Veja, São Paulo: Abril, 12 jan. 2005.




  1. No texto o autor se refere à força do espírito humano. Interprete essas palavras.

  2. O primeiro período do texto poderia ser escrito assim: Nós vemos as pessoas que começam a recolher o que sobrou, que iniciam a reconstrução de sua vida.

  1. Separe as orações desse novo período e classifique-as.

  2. Qual é a função sintática dos três pronomes relativos?

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

09 – Identifique as figuras de linguagem que ocorrem nos itens a seguir.



  1. “E um vaga-lume lanterneiro, que riscou um psiu de luz”. (Guimarães Rosa)

  2. “Eu, que antes vivera de palavras de caridade ou orgulho ou de qualquer coisa”. (Clarice Lispector)

  3. “Chorei bilhões de vezes com a canseira”. (Augusto dos Anjos)

  4. “Quando o tempo está seco, os sapatos ficam tão contentes que se põem a cantar”. (Mário Quintana)

  5. “O esforço é grande e o homem é pequeno”. (Fernando Pessoa)

  6. “O primeiro remédio é o tempo. Tudo cura o tempo, tudo faz esquecer, tudo gasta, tudo digere, tudo acaba”. (Antônia Vieira)

  7. “E o resto do povo tinham feito o pelo-sinal e virado as costas...” (Guimarães Rosa)

  8. “De tudo, ao meu amor serei atento

Antes (...)” (Vinicius de Moraes)

  1. “A igreja era grande e pobre. Os altares, humildes”. (Carlos Drummond de Andrade)

  2. “Corria gente de todos os lados e gritavam”. (Mário Barreto)


TERRA, Ernani. Curso prático de gramática. São Paulo: Scipione, 2011.



ATIVIDADE AVALIATIVA LÍNGUA POTUGUESA.

2º Trimestre | Profª. REJANE BRITO







Baixar 282.18 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar