Os fascismos na américa latina. Ecos europeus e valores nacionais numa perspectiva comparada



Baixar 199.49 Kb.
Página3/3
Encontro09.04.2017
Tamanho199.49 Kb.
1   2   3
O Nazi-fascismo na América Latina. Mito e realidade, pp. 31-38; Juan Oddone, Uruguai tra la depressiòn e la guerra (1929-1945), Montevideo, FCU, 1990; Raul Jacob, El Uruguay de Terra (1931-1938), Montevideo, Ediciones de la Banda Oriental, 1983; Maria Magdalena Camou, "Nazismo en Uruguay (1930-1940)", In Clara Aldrighi, Maria Magdalena Camou, et allii. Antisemitismo en Uruguay. Raices, Discursos, Imágenes (1870-1940), Montevideo, Trilce, 2000, pp. 31-59; Alfredo Seiferheld, Nazismo y fascismo en el Paraguay. Visperas de la II Guerra Mundial, 1936-1939, Asunciòn, Historica, 1985 e Nazismo y fascismo en el Paraguay. Los anos de la guerra, 1939-1945, Asunciòn, Historica, 1986.

28 Para o Paraguai, ver Eurico da Silva Fernandes, A invenção do Paraguai: História, projetos e intelectuais na construção da nação paraguaia (1870-1935), Dissertação de Mestrado (História), Maringá, Universidade Estadual de Maringá, 2006. Para o Uruguai, ver Clara Aldrighi, "La Ideologia antisemita en Uruguay. Su contexto catolico e conservador (1870-1940)." In Clara Aldrighi, Maria Magdalena Camou, et allii. Antisemitismo en Uruguay, 129-224.

29 Sobre o nazismo no Chile, ver Christel Converse, The Rise and Fall of Nazi Influence among the German Chileans, Washington, University of Georgetown Press, 1991.

30 Para o caso dos nacistas chilenos, a bibliografia disponível é maior. Para um estudo exaustivo e esclarecedor, ver Sandra Deutsch, Las Derechas, diversos momentos. Ver também Jean Grugel, "Nationalistic movements and Fascist ideology in Chile", Bulletin of Latin American Research, 4, 2, 1985; Michael Potaschnik, "Nacismo: National Socialism in Chile, 1932-1938", Ph.D. thesis, Berkeley and Los Angeles, University of California, 1974 e Erwin Robertson, El Nacismo Chileno, Santiago, Ediciones Nuestramerica, 1986.

31 Robert Paxton, A Anatomia do fascismo, pp. 315-321

32 Mónica Quijada, Aires de República, Aires de Cruzada: La Guerra civil espanola en Argentina, Barcelona, Sendai Ediciones, 1991 e Conrey Lee Callahan, The impact of Spanish Civil War on Argentine Nationalist intellectual thought, Thesis for Honours in History, Vanderbilt University, 2008.

33 Ver artigos específicos e bibliografia no meu Sobre a Direita, citado. Um trabalho recente e importante a mencionar é Leticia Prislei, Los Origenes del Fascismo Argentino, Buenos Aires, Edhasa, 2008.

34 O livro mais esclarecedor, com certeza, é Ronald Newton, El Cuarto Lado del Triangulo. La "Amenaza Nazi" en la Argentina (1931-1947), Buenos Aires, Editorial Sudamericana, 1995.

35 Sandra Deutsch, Las Derechas, p. 245. Ver também, da mesma autora, Contrarevolución em la Argentina. 1900-1932. La Liga Patriótica Argentina, Bernal, Universidad Nacional de Quilmes, 2003 e The Argentine Right. Its History and intellectual origins, 1910 to the present, Wilmington, Scholarly Resources, 1993. A bibliografia disponível sobre as ligas argentinas, evidentemente, é muito maior.

36 Hélgio Trindade, O Nazi-fascismo na América Latina. Mito e realidade, pp. 21-28.

37 Ver meus livros, citados, para o caso italiano. Para o caso alemão, ver, entre muitos outros, René Gertz, O fascismo no Sul do Brasil - Germanismo, Nazismo, Integralismo, Porto Alegre, Mercado Aberto, 1987; Rafael Athaides, Zu Studienzwecken in Paraná: A Ação do Círculo paranaense do Partido Nazista (1933-1942), Dissertação de Mestrado (História), Universidade Estadual de Maringá, 2007 e Ana Maria Dietrich, Caça às Suásticas, O Partido Nazista em São Paulo, São Paulo, Humanitas / Imprensa Oficial, 2007.

38 Para um panorama da historiografia sobre o movimento, ver o meu Bibliografia orientativa sobre o Integralismo (1932-2007), Rio Claro, Arquivo Municipal de Rio Claro, 2009, no prelo.

39 Hélgio Trindade, O Nazi-fascismo na América Latina. Mito e realidade, pp. 55-67. Ver também o seu clássico Integralismo - O fascismo brasileiro na década de 30, São Paulo, Difel, 1974.

40 Stein Ugelvik Larsen, Fascism outside Europe. The European impulse against domestic conditions in the difusion of global fascism, New York, Columbia University Press, 2001.

41 Michael Mann, Fascistas, pp. 74-95 é especialmente crítico dessa relação.

42 Robert Paxton, A Anatomia do fascismo, pp. 170-171.

43 Hélgio Trindade, O Nazi-fascismo na América Latina. Mito e realidade, pp. 58-60.

44 Desenvolvo tais reflexões em “Entre Mosley, Whittaker e Plínio Salgado: interfaces entre o universo fascista do Brasil e do mundo anglo saxão”, Interfaces Brasil Canadá, 1, 2, pp. 129-144, 2002 e “Fascism and the Italian Immigrant experience in Brazil and Canada: a comparative perspective", International Journal of Canadian Studies, 25, pp. 169-193, 2002. Ambos os textos estão presentes no meu livro de 2008.

45 Pinto, Antônio Costa. Os Camisas Azuis - Ideologia, Elites e Movimentos Fascistas em Portugal, 1914-1945, Lisboa, Editorial Estampa, 1994.

46 Hobsbawm, Eric, Era dos Extremos – Uma breve história do século XX, Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1997, capítulo 4, pp. 113-143.


Baixar 199.49 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar