O prefeito municipal de tigrinhos



Baixar 145.47 Kb.
Página10/11
Encontro27.09.2018
Tamanho145.47 Kb.
#119271
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11
Técnico em Contabilidade

- Participar da execução orçamentária dos Órgãos da estrutura admi­nistrativa e dos registros contábeis da receita e da despesa;

- Acompanhar e auxiliar nos resultados da gestão orçamentária, financeira e patrimonial do Órgão;

- Participar na elaboração, de propostas orçamentárias;

- Classificar a receita;

- Emitir empenhos de despesas, ordens bancárias e cheques, desde que designada para tal função;

- Relacionar notas de empenho, subempenhos e estorno emitidos com as somatórias para fechar com a despesa orçamentária;

- Efetuar balanço e balancete, desde que esteja autorizado pelo Conselho Regional de Contabilidade e que esteja atuando na área;

- Elaborar termo de conferência de caixa e demonstração de saldo;

- Controlar os serviços orçamentários e bancários, inclusive a alteração orçamentária, desde que esteja autorizado pelo Conselho Regional de Contabilidade e que esteja atuando na área;

- Providenciar a guarda de toda a documentação para posterior verificação dos Órgãos competentes;

- Elaborar registros contábeis da execução orçamentária, desde que esteja autorizado pelo Conselho Regional de Contabilidade e que esteja atuando na área;

- Elaborar mapas e demonstrativos com elementos retirados do razão, de toda a movimentação financeira e contábil do Órgão;

- Manter atualizados os livros diários e razão e arquivos de registro contábeis;

- Conferir boletins de caixa;

- Elaborar guias de recolhimento ordens de pagamento e rescisão de contrato de trabalho;

- Controlar a execução orçamentária;

- Relacionar restos a pagar, desde que esteja autorizado pelo Conselho Regional de Contabilidade e que esteja atuando na área;

- Relacionar e classificar a despesa e os empenhos por itens orçamentários;

- Elaborar demonstrativo da despesa de pessoal e dos recursos re­cebidos a qualquer título;

- Demonstrar os balanços gerais e balancetes das despesas, objeti­vando o fornecimento de índices contábeis, para orientação, conforme Lei de Responsabilidade Fiscal;

- Coordenar e controlar as prestações de contas de responsáveis por valores de dinheiro

- Controlar os valores arrecadados, bem como conferir, diariamente extratos contábeis;

- Zelar pelo compromisso financeiro no âmbito da Administração Municipal;

- Controlar os recursos extra-orçamentários provenientes de convênios;

- Desempenhar outras tarefas semelhantes;

- Assinar balanços e balancetes, na ausência do contador, desde que esteja autorizado pelo Conselho Regional de Contabilidade e que esteja atuando na área;

- Secretariar reuniões ou sessões, redigir e arquivar atas e outros documentos;

– Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;

- Apresentar relatório, bimestrais, das atividades desenvolvidas;

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.


Tesoureiro

- Movimentar os recursos financeiros, na forma autorizada, em obediência à legislação em vigor;

- Efetuar, nos prazos legais, os recolhimentos devidos, prestando contas;

- Elaborar balancetes e demonstrativos do trabalho realizado e importâncias recebidas e pagas;

- Informar, dar pareceres e encaminhar processos relativos a competência da tesouraria;

- Preencher e assinar cheques bancários, juntamente com o Prefeito Municipal;

- Efetuar aplicações;

- Conferir boletins de caixa;

- Elaborar boletins de caixa da Prefeitura;

- Manter controle permanente das contas bancárias e a sua conciliação;

- Efetuar os pagamentos de empenhos orçamentários e extra-orçamentários, observando a ordem cronológica;

- Assinar os relatórios do caixa bem como os empenhos quando do pagamento;

- Arquivar os documentos de caixa em ordem de pagamento;

- Manter contas específicas para recursos de convênios e prestação de contas;

- Desempenhar outras tarefas semelhantes;

- Pagar as despesas autorizadas e devidamente processadas;

- Movimentar os recursos financeiros por via bancária;

- Arrecadar as receitas municipais, de acordo com a lei;

- Apresentar relatório, trimestrais, das atividades desenvolvidas;

- Manter a guarda dos valores e numerários do Município;

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.


Fiscal de Tributos e Vigilância Sanitária

- Fiscalizar o cumprimento da legislação tributária;

- Planejar ação fiscal;

- Fiscalizar estabelecimentos públicos e privados;

- Fiscalizar eventos (shows, feiras e exposições);

- Fiscalizar mercadorias, bens e serviços;

- Desenquadrar regimes especiais;

- Examinar demonstrativos obrigatórios do contribuinte;

- Examinar contabilidade das empresas;

- Conciliar documentos fiscais;

- Revisar declarações espontâneas do contribuinte;

- Impor penalidades;

- Acompanhar inventários, falências e concordatas;

- Notificar contribuintes;

- Requisitar força policial, quando necessário

- Apreender mercadorias, nos termos da legislação em vigor;

- Constituir o Crédito Tributário;

- Identificar sujeito passivo da tributação;

- Identificar a ocorrência do fato gerador;

- Determinar base de cálculo;

- Identificar alíquota aplicável;

- Verificar irregularidades;

- Lavrar notificações;

- Lavrar auto de infração;

- Emitir notificações de lançamento de débitos;

- Retificar lançamentos;

- Replicar defesa do contribuinte;

- Controlar a arrecadação de tributos;

- Controlar recolhimento do contribuinte;

- Controlar regime especial de arrecadação;

- Controlar parcelamento de débito;

- Inscrever crédito tributário na dívida ativa;

- Analisar processos administrativo-fiscais;

- Manter atualizado o sistema de informações cadastrais;

- Realizar diligências;

- Eliminar pendência de regularidade fiscal;

- Calcular débitos fiscais;

- Autorizar uso de livros fiscais, nos termos da legislação em vigor;

- Notificar os munícipes inadimplentes do débito, bem como assim da inscrição em divida ativa;

- Efetuar visitas a estabelecimentos do Município;

- Manter os livros de cadastro de contribuintes bem como toda a documentação do departamento sob sua guarda e supervisão, devendo repassar, no final de cada ano, lista de devedores inadimplentes à Assessoria Jurídica do Município para promover a competente Execução Fiscal;

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Apresentar relatório, bimestrais, das atividades desenvolvidas;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor;

- Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;
Inseminador

- Acompanhar o desenvolvimento dos rebanhos do Município;

- Orientar os agricultores quanto a forma de inseminação e sua importância para o rebanho bovino do município;

- Manejar animais;

- Orientar proprietários de animais;

- Conferir estado físico de animais;

- Orientar a ordenha de animais;

- Separar animais em recintos;

- Transportar animais;

- Orientar agropecuaristas na criação de filhotes de animais;

- Orientar dieta alimentar de animais;

- Posicionar machos e fêmeas;

- Coletar e congelar sêmen;

- Inseminar fêmeas em cio;

- Discriminar rufião;

- Limpar intestino de animais;

- Preparar material para inseminação;

- Injetar sêmen;

- Verificar ocorrência de fecundação;

- Realizar atividades de apoio;

- Utilizar e zelar pela manutenção e conservação, obrigatoriamente, os Equipamentos de Proteção Individual, na forma da legislação em vigor;

- Apresentar relatório, trimestrais, das atividades desenvolvidas;

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.
Técnico em Informática

Instalar e configurar softwares e hardwares, orientando os usuários nas especificações e comandos necessários para sua utilização. Organizar e controlar os materiais necessários para a execução das tarefas de operação, ordem de serviço, resultados dos processamentos, suprimentos, bibliografias etc. Operar equipamentos de processamento automatizados de dados, mantendo ativa toda a malha de dispositivos conectados. Interpretar as mensagens exibidas no monitor, adotando as medidas necessárias. Notificar e informar aos usuários do sistema ou ao analista de informática, sobre qualquer falha ocorrida. Executar e controlar os serviços de processamento de dados nos equipamentos que opera. Executar o suporte técnico necessário para garantir o bom funcionamento dos equipamentos, com substituição, configuração e instalação de módulos, partes e componentes. Administrar cópias de segurança, impressão e segurança dos equipamentos em sua área de atuação. Executar o controle dos fluxos de atividades, preparação e acompanhamento da fase de processamento dos serviços e/ou monitoramento do funcionamento de redes de computadores. Participar de programa de treinamento, quando convocado. Controlar e zelar pela correta utilização dos equipamentos. Ministrar treinamento em área de seu conhecimento. Auxiliar na execução de planos de manutenção, dos equipamentos, dos programas, das redes de computadores e dos sistemas operacionais. Elaborar, atualizar e manter a documentação técnica necessária para a operação e manutenção das redes de computadores. Efetuar reparos em microcomputadores e impressoras, mantendo-os em perfeito funcionamento. Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.


GRUPO IV

ATIVIDADE TÉCNICA DE NÍVEL SUPERIOR
Médico

- Orientar e revisar, com certo grau de autonomia de ação e critério, as atividades de equipes de funcionários da categoria inferior e executar trabalhos de engenharia agronômica na forma das especia­lizações abaixo indicados:

- Introdução e criação de variedades de plantas de elevada produti­vidade, características tecnológicas e de marcação desejáveis.

- Introdução, seleção, melhoramento e produção de legumes, cereais, raízes, tubérculos, bulbos, oleaginosas, hortículas, frutí­culas e outras culturas de interesse econômico.

- Produção, multiplicação e tecnologia de sementes e mudas. Ecologia, fisiologia, botânica e taxionomia vegetal, nutrição vegetal, corretivos e Fertilizantes, biologia, química e física do solo.

- emprego de produtos químicos e biológicos na agricultura.

- orientação aos usuários em técnicas relacionadas com a produção vegetal.

- organização de programas e campanhas de profilaxia e combate à doenças e pragas dos vegetais.

- Exercer atividades relacionadas com a influência do solo, seus acidentes e produtos na transmissão de doenças endêmicas, bem como trabalhos em campo, em apoio às campanhas de saúde pública;

- Estudo sistemático de plantas que servem como criadouros de veto­res, a sua distribuição geográfica e estacional, objetivando a ampliação desses criadouros.

- Avaliação dos resultados do uso de herbicidas nas plantas visadas na Flora circundante e naquela que existir nas propriedades rurais próximas.

- Controle das áreas em que forem aplicadas herbicidas, quanto a recuperação e ressurgimento das plantas combatidas.

- Estudo do solo, mananciais, vegetação neles existentes ou ao lon­go de cursos d’água e alagados, para identificação de criadouros de parasitas patogênicos ou de vetores de doenças endêmicas.

- Projeto, direção ou orientação da execução de pequenas obras de hidrografia sanitária, com fins profiláticos ou de controle de ende­mias.

- Participação no reconhecimento geográfico de área para a implan­tação de programas ou atividades, tendo em vista o estudo de sua área, em função de odores e tóxicos existentes.

orientação de cartogramas de levantamento de terreno, clima e outros dados necessários ao planejamento e execução de planos de trabalho

- Orientação da execução de levantamento de áreas em processo de povoamento e colonização, de seus fatores ecológicos e outros que impliquem em riscos epidemiológicos.

- Orientação na manutenção, conservação e recuperação de equipamen­tos operacionais participação em sua escolha para aquisição.

- Participação no planejamento, execução e supervisão das operações de inseticidas.

- Planejamento e direção de operações de campo contra vetores de doenças endêmicas em área em que ocorra resistência dos mesmos aos métodos convencionais para o seu controle.

- Investigações sobre o valor Fitossanitário dos diversos produtos empregados no combate de pragas e doenças dos vegetais.

- Divulgação com fins educativos de métodos e processos de combate a pragas e doenças dos vegetais, através dos meios de comunicações usuais.

- Execução de serviços de desinfecção sanitária, inspeção de vegetais submetidos a quarentena.

- Orientação, aos usuários de técnicas relacionadas com a defesa Fitossanitário.

- Resolução de problemas econômicos da produção agrícola e a decisões econômicas, que deverão ser tomadas a nível das unidades de pro­dução.

- Integração, do setor agrícola nos planos e programas regionais e nacionais.

- Elaborar programas de investimento no setor agrícola;

- Avaliar a viabilidade econômica dos experimentos agropecuários.

- Orientação aos usuários, em técnicas relacionadas a economia rural.

- Levantamento do uso atual, capacidade de uso, classificação, planejamento e conservação do solo.

- Desenvolver programas de mecanização agrícola.

- Realizar avaliação agrícola.

- Acompanhar e prestar assistência em construções rurais.

- Orientar trabalhos de instalações elétricas de baixa tensão, para fins agrícolas: topografia e foto;

- Realizar serviços e projetos de interpretação, irrigação e drenagem para fins agrícolas.

- Desempenhar projetos e Executar serviços captação de águas, reservatórios e barragens para fins agrícolas.

- Acompanhar as melhorias nas estradas de rodagem vicinais para fins agrícolas.

- Realizar exame de problemas técnicos de engenharia rural.

- Prestar orientação aos usuários em técnicas relacionadas á engenharia rural.

- Prestar orientação aos usuários, em relação à tecnologia agrícola.

- Emitir laudos e pareceres sobre assuntos de sua competência.

- Manter permanente articulação com Órgãos estaduais e federais, visando aplicação de melhores técnicas no setor.

- Apresentar relatórios, semestrais, das tarefas desenvolvidas.

- Desempenhar tarefas semelhantes;

- Incentivar a implantação de hortas comunitárias, oferecendo orientação e acompanhamento técnico, preconizando a qualidade, produtividade, variedades de cultivares, comercialização e consumo;

- Incentivar a industrialização de produtos agropecuários pelos próprios agricultores, especialmente através de associações ou grupos comunitários;

- Promover e incentivar a comercialização de produtos agropecuários diretamente do produtor ao consumidor, através de feiras;

- Organizar feiras e exposições de produtos agropecuários, a nível municipal e regional;

- Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;

- Utilizar e zelar pela manutenção e conservação, obrigatoriamente, os Equipamentos de Proteção Individual, na forma da legislação em vigor;

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.


Odontólogo
- Participar na elaboração de normas gerais de organização e funcionamento dos serviços odonto-sanitários.

- Aplicar as normas técnicas que regem as atividades de odontolo­gia sanitária a fim de que sejam integralmente cumpridas da maneira prevista ou na forma de adaptação que mais convenha aos interesses e necessidades do serviço.

- Encarar o paciente e sua saúde como um todo, tentando evidenciar as causas de suas necessidades odontológicas.

- Examinar as condições buco-dentárias do paciente, esclarecendo sobre diagnóstico e tratamento indicado.

- Fazer o encaminhamento à serviços ou entidades competentes dos casos que exijam tratamento especializado.
- Aplicar medidas tendentes à melhoria do nível de saúde oral da população, avaliando os resultados.
- Promover a participação do programa de educação e prevenção das doenças da boca, esclarecendo à população métodos eficazes para evi­tá-las.

- Requisitar ao Órgão competente todo material técnico administra­tivo.

- Prestar assistência odontológica curativa, priorizando o grupo materno-infantil.

- Prestar assistência odontológica ao escolar dentro da filosofia do sistema fundamental

- Coordenar e participar da assistência prestada às comunidades em situações de emergência e calamidade.

- Promover o incremento e atualização de outras medidas e métodos preventivos e de controle.

- Propor e participar da definição e execução da política de desenvolvimento de recursos humanos.

- Realizar e participar de estudos e pesquisas direcionadas área de saúde pública.

- Apresentar propostas de modernização de procedimentos, objetivando maior dinamização dos trabalhos na sua área de atuação.

- Apresentar, trimestralmente, relatórios das atividades desenvolvidas.

- Desenvolver todas as demais atividades relacionadas com a admi­nistração sanitária;

- Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;

- Utilizar e zelar pela manutenção e conservação, obrigatoriamente, os Equipamentos de Proteção Individual, na forma da legislação em vigor;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.


Assistente Social

- Planejar, coordenar, controlar e avaliar programas e projetos na área do Serviço Social aplicados a indivíduos, grupos e comunidades.

- Elaborar e /ou participar de projetos de pesquisas, visando a implantação e ampliação de serviços especializados na área de de­senvolvimento comunitário.

- Participar no desenvolvimento de pesquisas médico social e in­terpretar junto à equipe de saúde a situação social do indivíduo e sua família.

- Fornecer dados sociais para a elucidação de diagnóstico médico pericial.

- Diagnosticar e tratar problemas sociais que impeçam comunidades, grupos e indivíduos de atingirem um nível satisfatório de saúde.

- Desenvolver atividades que visem a promoção, proteção da saúde da população, ocupando-se das aplicações sociais, culturais, econômicas, que influem diretamente na situação saúde, através da mobilização e desenvolvimento das potencialidades humanas

e sociais.

- Criar e acompanhar, individualmente ou em equipe multiprofissional, tecnologias próprias ao treinamento em saúde, particularmente em saúde mental, com o objetivo de qualificar o desempenho de criança e idosos;

- Participar e acompanhar na elaboração de programas educativos e de treinamento em saúde mental, em nível de atenção primária, em instituições formais e informais como: creches, asilos, sindicatos, associações, instituições de menores, penitenciárias, entidades religiosas e etc;

- Colaborar em equipe multiprofissional, no planejamento das políticas de saúde, em nível de macro e micro sistemas;

- Atuar como facilitador no processo de integração e adaptação do indivíduo à sociedade;

- Realizar acompanhamento aos familiares de pessoas segregadas;

- Realizar visitas as famílias carentes do Município, auxiliando-as e orientando-as para melhorar as condições de higiene, sócio educacionais, buscando solução para os problemas detectados;

- Orientar e acompanhar a população, técnicos e demais agentes que necessitem e apresentem problemas sociais, familiares e de convivência, quando for necessário e/ou solicitado;

- Participar dos planejamentos e realiza atividades culturais, terapêuticas e de lazer com o objetivo de propiciar a reinserção social dos munícipes que necessitarem;

- Participar de programas de atenção primária em Centros e Postos de Saúde ou na comunidade; organizando grupos específicos, visando à prevenção de doenças ou do agravamento de fatores emocionais que comprometam o espaço psicológico;

- Realizar triagem e encaminhamentos para recursos da comunidade, sempre que necessário;

- Mobilizar recursos da comunidade para que sejam devidamente uti­lizados para que possa proporcionar os benefícios necessários a população;

- Prover, adequar e capacitar recursos humanos institucionais e/ou comunitários, necessários para à realização de atividade na área do Serviço Social.

- Responsabilizar-se pela indicação de locais/entidades, pela observância e cumprimento das penas dos apenados, transações penais, impostas pela Justiça;

- Participar de programas de treinamento de pessoal técnico e auxiliar para o desenvolvimento das ações de educação em saúde;

- Observar e cumprir todas as atribuições impostas para o bom desenvolvimento do C.R.A.S;

- Desempenhar tarefas semelhantes;

- Apresentar relatório, bimestrais, das atividades desenvolvidas;

- Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.


Enfermeiro

- Participar no planejamento, execução e avaliação de planos e programas de saúde;

- Participar da formulação das normas e diretrizes gerais dos programas de saúde desenvolvidas pela instituição.

- Formular normas e diretrizes especificas de enfermagem.

- Organizar e dirigir serviços de enfermagem e suas atividades na instituição.

- Fazer consultoria, auditoria e emitir pareceres sobre a matéria de Enfermagem.

- Desenvolver atividades de supervisão em todos os níveis assistenciais

- Prestar assessoria quando solicitado.

- Desenvolver educação continuada de acordo com as necessidades identificadas.- Promover a avaliação periódica da qualidade de enfermagem prestada.

- Participar do planejamento e prestar assistência em situações de emergência e calamidade pública, quando solicitado.

- Elaborar e executar uma política de formação de recursos humanos de enfermagem de acordo com as necessidades da instituição.

- Realizar consulta de enfermagem e prescrever a assistência requerida.

- Fazer notificação de doenças transmissíveis.

- Participar das atividades de vigilância epidemiológica.

- Dar assistência de enfermagem no atendimento as necessidades básicas do indivíduo, família e a comunidade de acordo com os programas estabelecidos pela instituição.

- Identificar e preparar grupos da comunidade para participar de atividades de promoção e prevenção da saúde.

- Participar de programas de saúde desenvolvidos pela comunidade.

- Promover e participar de atividades de pesquisa operacional e estudos epidemiológicos.

- Elaborar, bimestralmente, informes técnicos para divulgação.

- Colaborar no desenvolvimento das atividades com a saúde ocupacional da instituição em todos os níveis de atuação.

- Desempenhar outras funções afins

- Realizar com zelo e perícia os trabalhos que lhe forem confiados;

- Utilizar e zelar pela manutenção e conservação, obrigatoriamente, os Equipamentos de Proteção Individual, na forma da legislação em vigor;

- Apresentar, bimestralmente, relatórios das atividades desenvolvidas.

- Desincumbir-se de outras atividades que lhe forem cometidas pelo superior hierárquico ou Chefe do Poder Executivo;

- Desempenhar e cumprir as normas legais, em obediência à legislação em vigor.



Catálogo: arquivosbd -> atos
atos -> Presidente: Sanderson Almedci de Jesus pmdb
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul, no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul, no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul, no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul,no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias
atos -> Lei nº766, de 16, de dezembro de 2014
atos -> Estado de santa catarina prefeitura municipal de jacinto machado
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul, no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul, no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias
atos -> O prefeito municipal de são bento do sul, no uso de suas atribuições legais, resolve baixar as seguintes Portarias

Baixar 145.47 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Serviço público
Dispõe sobre
câmara municipal
público federal
processo licitatório
Processo seletivo
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
Universidade estadual
Relatório técnico
ensino superior
técnico científico
Conselho municipal
científico período
direitos humanos
Curriculum vitae
espírito santo
pregão eletrônico
Sequência didática
distrito federal
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar
recursos humanos