Índice de modelos


ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL



Baixar 0.92 Mb.
Página10/13
Encontro03.11.2017
Tamanho0.92 Mb.
#37431
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

---------------------(escalão superior)

---------------------(escalão considerado)
Ofício nº ..........
Local e data.
Do (SINDICANTE)

A (AUTORIDADE DELEGANTE)

Assunto: substituição de sindicante

Anexo: - autos de sindicância

1. Estando encarregado de proceder a uma sindicância instaurada pela da Portaria nº ........ de ..... de .................... de ........., para apurar ...................... (RELATO SUCINTO) e tendo constatado, de acordo com o documento de fls. ......., que ....................... (DECLINAR O MOTIVO), solicito a V.Sª, minha substituição para o prosseguimento do feito, entendendo encontrar-me impedido para tal.

2. Remeto a V.Sª, em anexo, os autos da aludida sindicância.

_______________________________



nome e posto/graduação do sindicante


Observação:

Em caso de documento externo ao CBMMS, deverá ser utilizado o modelo de ofício.

ANEXO S - MODELO DE TERMO DE ACAREAÇÃO




ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

---------------------(escalão superior)

---------------------(escalão considerado)
TERMO DE ACAREAÇÃO
Sindicância instaurada pela Portaria nº .......... de...............
Aos ............ dias do mês de ........................ de .........., nesta cidade de ........................., de ...................., no quartel do(a) ................................... (OBM), presentes as testemunhas ................... A (NOME) e ....................... B (NOME), presente o sindicado ........................ (NOME), já inquiridos nestes autos, por este sindicante foram, à vista das divergências existentes nos seus depoimentos, nos pontos ...................... (“TAIS E TAIS” - DECLINÁ-LOS), reperguntadas às mesmas testemunhas, uma em face da outra e do sindicado, para explicarem as ditas divergências. E depois de lidos perante eles os depoimentos referidos nas partes divergentes, pela testemunha .................. A (NOME COMPLETO) foi dito que ..................; pela testemunha ............... B (NOME COMPLETO) foi dito que ....................., pelo sindicado .............. (NOME COMPLETO) foi dito que ........................... E como nada mais declararam, lavrei o presente termo, que depois de lido e achado conforme, assinam juntamente com este sindicante.
___________________________________

nome e posto/graduação do sindicante


___________________________________

nome completo da testemunha A


___________________________________

nome completo da testemunha B


___________________________________

nome, posto ou graduação do sindicado


_____________________________________________________

nome do advogado e respectiva OAB (SE ESTIVER PRESENTE)



ANEXO T - MODELO DE TERMO DE ENCERRAMENTO DE INSTRUÇÃO





Baixar 0.92 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino médio
ensino fundamental
concurso público
Serviço público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
processo licitatório
Processo seletivo
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
Universidade estadual
ensino superior
Relatório técnico
técnico científico
Conselho municipal
direitos humanos
espírito santo
científico período
Curriculum vitae
língua portuguesa
pregão eletrônico
Sequência didática
distrito federal
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
educaçÃo secretaria
nossa senhora
segunda feira
educaçÃO ciência
Pregão presencial
Escola estadual
Terça feira
agricultura familiar