Moinhos de água 3 Moinhos de vento 6 Sistemas tradicionais de moagem 8 operaçÃo dos moinhos de vento 9 glossário de termos e expressões da gíria dos moinhos de vento 11 Moinho de maré 13 Noras 15



Baixar 2.85 Mb.
Página7/18
Encontro03.11.2017
Tamanho2.85 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   18

O ciclo do Carbono

As plantas e árvores absorvem o CO2 da atmosfera armazenando-o na sua estrutura celular. A queima da biomassa devolve à atmosfera o CO2 armazenado. Com o crescimento de novas plantas e árvores, este CO2 libertado e novamente capturado, mantendo assim o ciclo do carbono atmosférico em equilíbrio. Desde que a biomassa seja regenerada e recolhida para utilização o ciclo pode ser mantido em equilibro indefinidamente. Uma gestão sustentável das florestas e pastos é imprescindível para que o ciclo do carbono não seja alterado.



Dependendo da sua origem podemos classificar a biomassa em:




Culturas para fins energéticos: cultura cuja função é o armazenamento da radiação solar, para armazenamento em forma de biomassa. Exemplos: colza, girassol, milho, etc.


Resíduos florestais e agrícolas: o aproveitamento dos resíduos gerados pelas actividades de cultivo ou de actividades florestais, tal como a palha ou resíduos de madeira permitem a redução dos custos dos produtos principais, valorizando assim estes subprodutos naturais.

Subprodutos orgânicos: o processamento da biomassa para a criação de outros produtos origina um grupo adicional de subprodutos, como resíduos orgânicos, efluentes das agropecuárias e resíduos industriais.


Resíduos orgânicos: estes resíduos incluem os resíduos domésticos e lamas dos efluentes domésticos e industriais.

A biomassa vegetal encontra-se, geralmente num estado sólido agregado. Tem ainda uma forma geométrica e um teor de água que, na maior parte dos casos e por razões técnicas, define o uso energético directo.



Esta energia pode ser convertida em outras formas de energia como:

Energia Calorífica: o calor é normalmente produzido em sistemas de combustão. Em pequena escala o calor pode ser usado para aquecer uma habitação (Lareiras, salamandras, etc.) e em grande escala para produzir calor em centrais que, por meio de redes térmicas, distribuem o calor a diversas habitações para aquecimento ambiente e da água de banhos. Para sistemas de combustão estacionários, cuja única função seja a produção de calor, predominam os combustíveis sólidos, no que diz respeito à biomassa. A madeira, como resíduo ou matéria-prima, pode ser usada para geração de calor, com baixos custos de processamento, de trituração ou secagem.

Energia mecânica: A energia mecânica é produzida por meio de geradores de calor e energia, como as máquinas a vapor ou motores de combustão interna. Nestas, o combustível líquido ou gasoso é inflamado nos cilindros de um motor de combustão. A expansão da mistura combustível/ar, causada pela combustão é então convertida em energia. O calor produzido por este processo tem de ser dissipado para o ambiente, através de um sistema de arrefecimento. Como exemplo temos a utilização do biodiesel ou do etanol no sector dos transportes.

Energia Eléctrica: os sistemas que produzem energia mecânica, em motores de combustão ou em turbinas de combustão directa e indirecta, são acoplados a geradores eléctricos. Estes convertem a energia mecânica em energia eléctrica. A utilização de energia mecânica para produção de energia eléctrica gera aproximadamente dois terços de calor, para um terço de electricidade, o que demonstra o aumento da eficiência económica da cogeração (produção simultânea de calor e electricidade) em aplicações estacionárias.

Energia do Biogás

O biogás é um gás combustível constituído por cerca de 60% de metano e 40% de dióxido de carbono. Este é produzido através de resíduos orgânicos, ou seja, pela decomposição de resíduos que é feita por bactérias que são capazes de o fazer na ausência de oxigénio. As áreas de agro-pecuária, a indústria agro-alimentar, as ETAR e nos aterros sanitários  são alguns dos locais onde o biogás pode ser facilmente aproveitado para produção de electricidade, através da sua queima. Este é mesmo o processo mais viável para a sua aplicação, uma vez que através dele o metano, que contribui para o efeito de estufa, vai ser eliminado.




Baixar 2.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   18




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar