Lucas barbosa lazarini silva ribeiro



Baixar 1.21 Mb.
Página3/10
Encontro03.11.2017
Tamanho1.21 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10

Figura 1: Etapas do preparo do substrato para produção de cogumelos. (I) O substrato chega na sala em um caminhão e é despejado ao lado da picadeira. (II) O substrato é triturado por uma picadeira agrícola. (III) Substrato sai da picadeira e é amontoado antes do ensacamento. (IV) O substrato é ensacado em sacos de ráfia para que não se disperse sobre toda a solução e não dificulte a retirada. (V) O substrato é emergido em solução aquosa de cal para desinfestação parcial do mesmo. (VI) O substrato é centrifugado para retirada do excesso de água. (VII) O substrato é ensacado em sacos plásticos com capacidade volumétrica de 10 kg de substrato úmido.
Após o preparo do substrato, os sacos plásticos são transportados para a sala inoculação. Cada saco será inoculado com 5% do inoculante de Pleurotus spp. (massa do inoculante/massa do substrato seco) contido em sacos plásticos. Essa sala deve permanecer sempre limpa e desinfestada com luz ultravioleta ou agentes químicos, a exemplo de água sanitária antes da inoculação. Os inóculos, denominados sementes ou spawn, serão obtidas diretamente em empresas produtoras visando a redução do custo e a probabilidade de contaminação inicial da produção. Esses spawns serão armazenados na sala de inoculação.

Da sala de inoculação, os sacos serão levados para a sala de incubação onde serão colocados em estantes (Figura 2A) e dispostos nas prateleiras conforme mostrado na figura 2B.



Figura 2: Visão lateral da estante de aço metálica para incubação dos blocos de substrato inoculados com fungo (A) e disposição dos blocos em cada prateleira das estantes (B). O esquema B representa uma visão superior da prateleira com os blocos.


Na sala de incubação terá três fileiras de estantes de aço inoxidável. Essas estantes serão constituídas de cinco prateleiras com distância de 1 m entre elas (Figura 2B). Cada uma das prateleiras terá capacidade de suportar 14 blocos (sacos de substratos) com o espaçamento de 10 cm entre eles (Figura 2B).

A temperatura da sala incubação será entre 21 e 26,5 °C. Todo o processo de incubação e colonização do substrato será de aproximadamente 30 dias.

Para que o fungo lance o primórdio e futuro corpo de frutificação ou cogumelo é necessário um estresse. Esse será provocado a partir da abertura de alguns orifícios na superfície do saco plástico de acordo com o esquema apresentado na figura 3. A quantidade de orifícios depende da velocidade de produção, ou seja, a formação dos cogumelos será mais rápida nos blocos que apresentam maior número de orifícios. A quantidade de orifícios pode ser também determinada pela demanda de mercado, assim, se a demanda é pequena faz-se poucos orifícios. Portanto, a determinação da quantidade de orifícios por bloco pode ser uma maneira de controlar o fluxo de mercado e refugo de produção.

Figura 3: Esquema representando a disposição dos orifícios na superfície dos blocos de substrato.
Depois do orifício feito no bloco de substrato colonizado, eles serão levados para uma estufa ou sala de frutificação com controle de umidade e temperatura. Esse controle será realizado por dois exaustores e um sistema de nebulização. Os primeiros serão responsáveis pela retida do ar quente de dentro da estufa e o segundo terá a função de umidificação e termorregulação.

Os blocos serão alocados na estufa de acordo com a figura 4.


Figura 4: Disposição dos blocos de substratos inoculados com fungo na estufa de frutificação de cogumelos Pleurotus spp.
Os cogumelos irão se desenvolver a partir dos orifícios e a colheita será feita antes da abertura total do chapéu.

Após colhidos manualmente os cogumelos serão levados para a sala de beneficiamento onde restos do substrato serão retirados de sua base. Após isso, eles serão divididos em bandejas de isopor em porções de 200 gramas. A bandejas serão envolvidos com um filme de plásticos. Para comercialização, cada bandeja receberá um selo que mostrará o local e a data de produção, o tipo de cogumelo e as informações nutricionais dos mesmos.



Baixar 1.21 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar