Improvisação nas artes do corpo



Baixar 0.68 Mb.
Pdf preview
Página1/3
Encontro17.11.2022
Tamanho0.68 Mb.
#146667
  1   2   3
dança contemporanea PercursosArte semResposta-296-301
Dinâmicas De Grupo., Elementos formais da dança


Abordagem 
improvisação nas 
artes do corpo
Na dança contemporânea, a improvisação constitui uma importante 
estratégia de investigação artística que permite aos dançarinos e perfor-
mers
explorar sua criatividade, experimentando diferentes modos de 
combinar os recursos que dominam e abrindo espaço para o novo. Os 
processos de criação geralmente são colaborativos, mesmo quando há a 
presença de um coreógrafo que assina a autoria da peça. Durante o de-
senvolvimento de uma nova obra, o coreógrafo pode contar com a parti-
cipação de seus intérpretes criadores, que, por sua vez, respondem aos 
estímulos e às questões propostas pelo artista durante os ensaios. Algumas 
sequências que surgem das improvisações podem se consolidar em escri-
ta e fazer parte da obra; outras podem não aparecer na peça tal qual 
surgiram, tendo sido entendidas como uma etapa da criação apenas.
Nas artes do corpo, como também na música, para improvisar é ne-
cessário ter domínio da linguagem. Quanto mais se conhece dança ou 
música, mais rico e complexo é o resultado da improvisação.
Para que a improvisação não se restrinja à reprodução de movimentos 
habituais e codificados, é necessário compreender que improvisar não é 
ter liberdade total. O mergulho no imaginário que faz emergir novos mo-
vimentos e modos de dançar será tão mais interessante quanto mais pre-
cisas forem as regras do jogo de improvisar.
Improvisar tanto pode ser um meio para investigar distintas possibili-
dades do corpo em movimento, invocando sua memória, explorando o 
contexto presente, como fazer parte da obra. Várias peças de dança con-
temporânea têm momentos “abertos”, em que a dança emerge, diante dos 
espectadores, da improvisação dos intérpretes-criadores.
Esse procedimento, frequente na dança contemporânea e na perfor-
mance
, também é comum nas danças populares e sociais. Em muitas 
danças afro-brasileiras, por exemplo, há momentos em que músicos e 
dançarinos partem dos ritmos e passos de base, de códigos e referências 
daquela dança, para explorar a liberdade de se lançar em um momento 
único de dança. Nas batalhas das danças urbanas, os dançarinos desa-
fiam uns aos outros por meio de sequências improvisadas, que surgem 
no diálogo com o outro e com o contexto, podendo nunca mais ser 
reproduzidas.
Improvisar, palavra etimologicamente ligada à noção de imprevisto, é 
explorar o que o presente propõe e não ter total controle sobre o resultado.
Observe, nas imagens a seguir, cenas de uma apresentação da Cia. Nova 
Dança 4, criada em 1996 como um núcleo de improvisação de dança-tea-
tro. Em seus trabalhos, os dançarinos exploram o diálogo entre as lingua-
gens da dança, teatro, música, texto, performance e a improvisação como 
linguagem cênica. Assista na internet a alguns trechos de apresentações 
da Cia. Nova Dança 4.
294
PercursosArte_BEA_VU_PNLD2018_286a331_C08.indd 294
07/06/16 08:44



Baixar 0.68 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
ensino médio
CÂmara municipal
ensino fundamental
concurso público
catarina município
Serviço público
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
processo licitatório
educaçÃo universidade
Processo seletivo
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
técnico científico
Conselho municipal
direitos humanos
científico período
Curriculum vitae
espírito santo
língua portuguesa
Sequência didática
pregão eletrônico
distrito federal
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
educaçÃo secretaria
nossa senhora
educaçÃO ciência
segunda feira
Pregão presencial
Terça feira
Escola estadual
agricultura familiar