Igreja vidas para cristo



Baixar 0.83 Mb.
Página3/17
Encontro06.11.2017
Tamanho0.83 Mb.
#37859
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17

A DOUTRINA DE JESUS


Jesus enfatizou a necessidade de edificar sobre um bom alicerce espiritual. Ele ilustrou esta verdade por meio de uma parábola de dois homens que construíram suas casas. A Bíblia tem dois registros destra parábola. Uma é Mateus 7.24-29 e o outro está em Lucas 6.47-49.

Há diversos princípios importantes nestas passagens:

DOUTRINA:

O primeiro princípio é que edificar um fundamento espiritual apropriado é parte da doutrina (ensinamentos) de Jesus. Esta passagem registra que o povo estava “maravilhado de sua doutrina”. Parte desta doutrina era a história que ele contou sobre um bom fundamento.

Paulo refere-se a edificar um fundamento como parte da doutrina de Cristo (Hebreus 6.1). Depois, Paulo continua a listar o conteúdo da doutrina de Cristo.

O FUNDAMENTO CERTO:

Os passos para edificar um bom fundamento espiritual são dados em Lucas 6.47:





  1. Aquele que vem a mim...

  2. Ouve as minhas palavras...

  3. E as pratica.

Todos os três passos são exigidos. Não é suficiente vir a Jesus. Você deve também ouvir o que Ele diz. Mas vir e ouvir não é suficiente. Você deve também tomar uma ação pessoal. Uma pessoa pode vir a Jesus, ouvir o que Ele diz, mas não corresponder (Lucas 6.46) à vontade do Senhor.

Você pode conhecer a Palavra e ainda assim não agir com base nela. Jesus não é verdadeiramente Senhor de sua vida até que você corresponda aos Seus ensinamentos. Um bom fundamento é baseado na Palavra de Deus. O homem que vem a Jesus, ouve Sua Palavra, e então age com base nela, este é que é chamado de sábio. Este homem assegurou-se de que o fundamento espiritual de Sua vida estava firme. Ele “cavou profunda vala” removendo tudo que havia entre ele e a Rocha, Jesus Cristo.

A Palavra de Deus é o Plano que mostra como edificar sua vida espiritual. A Bíblia deve ser aceita como a absoluta autoridade e a base para seu fundamento espiritual, porque...

Nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo”, (2 Pedro 1.21).

O propósito da revelação de Deus é dada em 2 Timóteo 3.16. A Bíblia contém instruções sobre a doutrina básica de Jesus. Ela providencia reprovação e correção para o erro seguindo estes ensinamentos.



O FUNDAMENTO ERRADO:

O homem que edificou sobre um fundamento errado ouviu a Palavra de Deus mas não tomou nenhuma ação pessoal sobre o que ele ouviu. Ele é chamado de “néscio” e comparado a um homem que edifica sem um fundamento (Lucas 6.49). Sua casa foi edificada na areia ao invés de ser na rocha (Mateus 7.27).

Você edifica sobre a areia, espiritualmente falando, quando você baseia sua vida sobre tradições ou crenças religiosas dos homens, pensando que você pode fazer a si mesmo espiritual por meio de boas obras, ir à igreja ou cerimônias religiosas.

AS TEMPESTADES DA VIDA:

A estória de Jesus sobre os dois edificadores revela outra grande verdade. As tempestades fazem parte da vida. Circunstâncias da vida resultam em muitas crises pessoais. Você deve enfrentar a morte, doença e desastres. Até mesmo os crentes enfrentarão problemas. Atos 14.22 adverte que “através de muitas tribulações, nos importa entrar no Reino de Deus”.

Jesus disse:

... no mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33).

Ninguém escapa das tempestades. As tempestuosas circunstâncias da vida são experimentadas por todas as pessoas em todo lugar. As tempestades são as mesmas, mas o que difere é como as pessoas reagem a elas. Se sua vida espiritual não tem o fundamento certo você falhará. Assim como a casa edificada sobre a areia, a sua ruína será grande. Se sua vida está edificada sobre o fundamento certo, sobre Jesus Cristo e Sua Palavra [doutrina], a tempestade não pode o abalar (Hebreus 12.26-27).

Quando uma experiência difícil vem, o que não pode ser abalado permanecerá - aqueles que permanecem edificados sobre um fundamento espiritual certo.




FUNDAMENTOS: UM PRÉ-REQUISITO


Um bom fundamento é um pré-requisito para construir um saudável edifício no mundo natural. A palavra “pré-requisito” significa que algo é “exigido antes”. Um apropriado fundamento é requerido antes de construir a “superestrutura”. A “superestrutura” é aquilo que é edificado sobre o fundamento.

Um fundamento espiritual apropriado é um pré-requisito para a maturidade espiritual. Em Hebreus 6.1-3, nós lemos que não podemos alcançar a perfeição a menos que o fundamento espiritual seja apropriadamente lançado. Maturidade espiritual é a superestrutura [o edifício] que repousa sobre o fundamento espiritual. Se o fundamento está errado, então a superestrutura não permanecerá e você nunca alcançará a maturidade

espiritual.

A lição seguinte explica as coisas que devem ser parte de seu fundamento espiritual. Mas, como a parábola das duas casas indica, não é suficiente estar informado destas doutrinas básicas. Você deve responder pessoalmente à Palavra de Deus e integrar estas verdades ao fundamento espiritual de sua vida.

Se você não corresponder à Palavra de Deus, você é como o homem descrito em Tiago 1.22-25.

Lembre-se de que, desde o momento em que você decide edificar sua vida espiritual sobre o fundamento apropriado, Deus abençoará você.

Estes são os princípios básicos que você estudará nas próximas lições:





  • Arrependimento de obras mortas

  • Fé para com Deus

  • Batismos

  • Imposição de mãos

  • Ressurreição dos mortos

  • Julgamento eterno


TESTE




  1. Escreva o versículo-chave de memória.

_______________________________________________________________________

_______________________________________________________________________

_______________________________________________________________________



  1. Quais são as seis doutrinas fundamentais listadas em Hebreus 6.1-3?

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________





  1. O que o capacitará para alcançar a maturidade espiritual?

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________





  1. Quais são os três passos para edificar um apropriado fundamento espiritual dado em Lucas 6.47?

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



  1. Quem é o fundamento espiritual lançado por Deus?

_______________________________________________________________________

_______________________________________________________________________

_______________________________________________________________________

PARA ESTUDO ADICIONAL


A Bíblia contém os ensinamentos (doutrinas) de Jesus Cristo e as palavras do único Deus vivo e verdadeiro. Ela explica como edificar sua vida espiritual sobre o fundamento correto. Estude os seguintes versículos sobre a Palavra de Deus e resuma o que eles ensinam:



A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS:

2 Timóteo 3.14-17

2 Pedro 1.19-21

Hebreus 1.1

1 Coríntios 2.13

1 Tessalonicenses 2.13

João 5.29

A BÍBLIA É ETERNA:

Mateus 24.35

Isaías 40.8

A BÍBLIA É UM PADRÃO ESTABELECIDO SOBRE O QUAL SE BASEIA A VIDA ESPIRITUAL:

Salmos 119.89



Capítulo 2

Arrependimento De Obras Mortas: Parte I




OBJETIVOS:

Ao concluir este capítulo você será capaz de:





  • Escrever o versículo-chave de memória.

  • Definir “arrependimento de obras mortas”.

  • Explicar a origem do pecado.

  • Reconhecer diferentes nomes usados para o pecado na Bíblia.



VERSÍCULO-CHAVE:

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;”



Romanos 3:23.

INTRODUÇÃO


Hebreus 6.1-3 lista os princípios da doutrina de cristo sobre os quais o crente deve edificar sua vida espiritual. Estes princípios são chamados de “fundamentos da fé cristã”. Eles formam as doutrinas básicas sobre as quais descansa a fé cristã. O primeiro destes princípios é o “arrependimento de obras mortas”.




ARREPENDIMENTO


O Significado básico da palavra “arrependimento” é uma mudança de mente que resulta numa mudança exterior das ações.

Algumas pessoas associam o arrependimento com emoções, como derramar lágrimas e sentir-se triste por ações e pensamentos errados. Arrependimento não é uma emoção. É uma decisão. As emoções algumas vezes acompanham o verdadeiro arrependimento. Mas é possível que uma pessoa sinta grande emoção e derrame muitas lágrimas e nunca verdadeiramente se arrependa.

Outras pessoas associam o arrependimento com o cumprimento de exigências religiosas especiais, algumas vezes chamadas de “penitências”. É possível cumprir muitas exigências religiosas e nunca se arrepender no sentido bíblico.

Verdadeiro arrependimento é uma mudança de mente que resulta numa mudança em ações externas. Esta mudança externa é o ato de converter-se do pecado para Deus e à justiça. Esta “conversão” mostra a mudança interior que ocorreu na mente

Para resumir: Arrependimento bíblico é uma mudança interior da mente resultando numa conversão exterior do pecado para Deus e à justiça.


ARREPENDIMENTO INEFICAZ


Existem algumas passagens na Bíblia aonde a palavra “arrependimento” é usada de um modo diferente.



JUDAS:

Em Mateus 27.3-4, Judas Iscariotes reconheceu que Cristo tinha sido injustamente condenado à morte. Ele arrependeu-se de sua parte na traição de Cristo.

A palavra grega usada aqui em Mateus 27.3 para “arrependimento” (segundo algumas versões, pois na atualizada fala de “remorso”) não é a mesma palavra que significa mudança de mente. É uma palavra que as pessoas frequentemente confundem com verdadeiro arrependimento. Em muitos idiomas, as palavras têm mais de um significado. Isto também é verdadeiro nas linguagens na qual a Bíblia foi escrita. Há mais do que um significado para a palavra “arrependimento” na Bíblia. A palavra usada nesta passagem sobre Judas significa emoção, tristeza e angústia.

Judas experimentou tristeza pelo que ele tinha feito, mas ele não experimentou verdadeiro arrependimento bíblico. Ele não tomou uma decisão que resultou em mudança em suas ações. Ele continuou com ações erradas e ferindo a si mesmo.



ESAÚ:

Esaú foi outro homem que cometeu este trágico erro. Ele pecou por vender a primogenitura dada por Deus por um prato de sopa. A Bíblia registra:

Pois sabeis também que, posteriormente, querendo herdar a bênção, foi rejeitado, pois não achou lugar de arrependimento, embora, com lágrimas, o tivesse buscado” (Hebreus 12.17).

Esaú trocou sua primogenitura por uma sopa lentilhas. Ao fazer isto, ele rejeitou todas as bênçãos e promessas de Deus que estavam associadas à primogenitura.

Depois, ele se entristeceu com o que havia feito. Ele chorou e derramou suas lágrimas. Mas, forte emoção não é prova de arrependimento. Esaú não se arrependeu verdadeiramente. Ele apenas estava triste por ter perdido a primogenitura e deseja reavê-la. Seu “arrependimento” não foi aceitável porque há uma diferença entre remorso e verdadeiro arrependimento.


OBRAS MORTAS


Se nós queremos verdadeiramente compreender o significado de arrependimento, nós devemos compreender do que nós devemos nos arrepender. Nós devemos compreender as “obras mortas”. “Obras mortas” são as ações de uma vida vivida à parte de Deus. Estas obras podem ser atos errados ou atos de auto justificação.

Elas são chamadas de “pecado” na Bíblia. O elemento básico que causa o pecado é o egoísmo. É o amor de si mesmo em oposição ao amor de Deus. Este amor do “eu” resulta no homem fazer as coisas “do seu próprio jeito” (Isaías 53.6).

Jesus morreu pelos pecados dos homens para que...

...os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou”, (2 Coríntios 5.15).

Quando você se arrepende destas obras mortas de egoísmo, isto significa que você reconhece a existência de um único verdadeiro Deus, confessa que você é um pecador, pede perdão pelos seus pecados e aceita o plano de Salvação de Deus através de Jesus Cristo.




A ORIGEM DO PECADO


O Mal existia antes do homem ser criado. O pecado se originou em Lúcifer, também conhecido como Satanás. A Bíblia registra que Lúcifer foi um anjo especial que originalmente havia sido criado perfeito por Deus. Lúcifer pecou quando ele tentou estabelecer uma revolução contra Deus. Por causa deste pecado, Lúcifer foi expulso do Céu para a terra (Isaías 14.12-14; Ezequiel 28.13-29).

Na terra, Lúcifer (que se tornou conhecido como Satanás) continuou sua rebelião contra Deus. Quando Deus criou o primeiro homem e a primeira mulher (Adão e Eva), Satanás levou-os a pecar contra Deus. Esta rebelião é, algumas vezes, chamada de “a queda do homem”, implicando que o homem caiu da justiça para o pecado. Você pode ler sobre isto em Gênesis capítulos 2 e três.

Deus advertiu Adão e Eva que a penalidade do pecado seria morte física e espiritual. A Morte espiritual foi a perda de seu relacionamento com Deus. A Morte física foi a morte de seu corpo físico. Por causa do pecado de Adão e Eva, a morte veio sobre todos os homens (Romanos 5.12).

Por causa da queda do primeiro homem e da primeira mulher, o pecado passou à toda humanidade. Isto significa que cada um que nasce herda a natureza básica de pecado.

Assim como os traços físicos são herdados, os traços espirituais da natureza básica de pecado também são herdados. Cada pessoa tem pecado e enfrenta as penalidades da morte física e da morte espiritual.

Satanás é responsável por todo o mal no mundo. Sua rebelião contra Deus ainda continua na medida em que ele tenta o homem para pecar. Há uma constante batalha no mundo espiritual dos corações, mentes e almas dos homens.

Cada pessoa herdou a natureza básica do pecado. Cada pessoa peca individualmente quando ela é atraída por sua natureza pecaminosa para pecar contra Deus (Tiago 1.14-15).

Todos pecaram, mas Deus proveu um meio para escaparmos das penalidades do pecado. Através do arrependimento de obras mortas e aceitação de Jesus Cristo como Salvador pessoal, você pode escapar das penalidades do pecado.



Baixar 0.83 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17




©bemvin.org 2022
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino médio
ensino fundamental
concurso público
catarina município
Serviço público
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
processo licitatório
Processo seletivo
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
Universidade estadual
ensino superior
Relatório técnico
técnico científico
Conselho municipal
direitos humanos
Curriculum vitae
científico período
espírito santo
língua portuguesa
Sequência didática
pregão eletrônico
distrito federal
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
educaçÃo secretaria
nossa senhora
segunda feira
Pregão presencial
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar
educaçÃo profissional