Identificação



Baixar 163.21 Kb.
Página1/3
Encontro18.11.2016
Tamanho163.21 Kb.
  1   2   3
Projeto Político-Pedagógico


EE ABADIA FAUSTINO INÁCIO



PPP 2014


Camapuã-MS

2014

1 – Identificação:
A Escola Estadual Abadia Faustino Inácio – Ensino Fundamental e Ensino Médio (Programa Ensino Médio Inovador e Jovem de Futuro) Período Integral, código 0636, localiza-se na Rua Pedro Celestino, 1.362, Vila Pedro Luiz Amorim, Município de Camapuã, código 14037, Estado de Mato Grosso do Sul. Telefone (67) 3286-2391. E-mail: eeafi@sed.ms.gov.br, CNPJ:

02.585.924/0149-30.


A Dependência Administrativa Estadual funciona em prédio próprio. Mantida pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Criada pelo Decreto Estadual nº 1.505 de 28/01/1982 – Diário Oficial nº 762 de 29/01/1982, pág. 04. O funcionamento do ensino de 1º grau completo (1ª a 8ª série) foi autorizado pela Deliberação/CEE nº 320 de 25/08/1982 e reconhecido pela Deliberação nº 1016 de 25/04/1985. Foi renovada a autorização de funcionamento do Ensino Fundamental e Médio para 05 (cinco) anos, através da Resolução/SED nº 2145 de 29/12/2007.


Em 2010, foram implantados na Escola os Projetos: Ensino Médio Inovador, através da Resolução/SED nº 2.335 de 29/03/2010, Diário Oficial nº 7.674 de 30/03/10 e o Programa Mais Educação nos anos finais do Ensino Fundamental pela Portaria Interministerial nº 17/2007 e pelo Decreto nº 7.083 de 27/01/2010.

Em 2012, foi implantado o Projeto de Coordenação de Área para os componentes curriculares/disciplina de Língua Portuguesa e Matemática, conforme Resolução/SED nº 2518 de 20 de Janeiro de 2012.

Atualmente a Escola funciona em Período Integral só para o Ensino Médio e conta com 09(nove) turmas, sendo 04 (quatro) do Ensino Fundamental com 115 (cento e quinze) alunos e 05 (cinco) do Ensino Médio com 114 (cento e quatorze) alunos, 01(uma) do cursinho preparatório para vestibular. Possui Regimento Escolar aprovado pela SED (Secretaria de Estado de Educação), em 18/12/2013.



2 - Apresentação do PPP
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9394/96), em seu artigo 12, inciso I, prevê que "os estabelecimentos de ensino, respeitadas as normas comuns e as do seu sistema de ensino, tem a incumbência de elaborar e executar sua proposta pedagógica", deixando explícita a ideia de que a escola não pode prescindir da reflexão sobre sua intencionalidade educativa. Assim sendo, o Projeto Político Pedagógico passou a ser objeto prioritário de estudo e de muita discussão.
A construção do Projeto Político Pedagógico da escola teve como ponto de partida o diagnóstico da realidade e leitura feita pelos professores, funcionários e equipe pedagógica da escola, sobre os fundamentos da educação e as linhas pedagógicas que definem as metas do ensino no nosso Estado.
O Projeto Político Pedagógico é um instrumento teórico-prático, fundamentado nos documentos da Escola e pensadores que embasam a nossa proposta educativa, possibilitando assim, o encaminhamento cotidiano do fazer pedagógico. O projeto é político porque revela intencionalidade das opções e escolhas de caminhos na formação do cidadão, como sujeito ativo e transformador da sociedade em que vive. O projeto é pedagógico porque orienta o como fazer, definindo a forma de planejamento de currículo e atividades para a concretização dos objetivos educacionais, considerando a leitura da realidade e particularidade de cada comunidade escolar.
Embora contando com um grande número de analfabetos funcionais e um grande número de jovens e adolescentes que estão fora das salas de aula ou com distorção entre série e idade, a Política Educacional Brasileira, hoje busca a erradicação do analfabetismo, além de garantir a todos o acesso ao ambiente escolar.
No Estado de Mato Grosso do Sul, caracteriza-se uma economia predominantemente agropecuária, destacando-se a pecuária bovina com mais de 20 milhões de cabeças. O ótimo desempenho da criação de gado bovino se faz acompanhar na concentração fundiária e da baixa produtividade da terra. Em nosso Estado, por volta de 97% das crianças em idade escolar estão na escola. Os problemas que persistem hoje, no ensino fundamental e médio, segundo diagnóstico constatado no Plano Estadual de Educação, não são mais referentes ao acesso, mas sim, de outra natureza. São aqueles que dificultam a permanência e o sucesso do aluno na escola, que residem na fragilidade da qualidade do ensino e têm origem em motivos internos e externos à instituição escolar.
Dizem respeito à área educacional, a insuficiência do processo de ensino, que resulta dentre outros, na precariedade de instalações, da insuficiência ou inadequação de recursos pedagógicos e da defasagem da organização do trabalho didático, intimamente relacionada à formação do professor. Em relação aos motivos externos há que se destacarem as condições de exclusão e de marginalidade social em que vivem segmentos da população brasileira. É nessa direção que devem ser canalizados os esforços e investimentos das políticas públicas, da sociedade, da família e certamente do docente em sua sala de aula. A repetência e o abandono são decorrentes, em grande parte de uma prática pedagógica que não assegura a apropriação dos saberes significativos por estar incompatível com as atuais necessidades da sociedade e com as novas formas de veiculação do conhecimento. Nesse sentido, subtrai o direito subjetivo do aluno ao sucesso escolar, que é condição indispensável para sua formação integral e para o exercício da cidadania.
Consciente deste diagnóstico, a Secretaria Estadual de Educação está desenvolvendo uma política educacional junto às escolas com a finalidade de formulação de metas e ações para sanar tais problemas. Nos últimos anos, alcançou um grande desenvolvimento no setor educacional, garantindo o acesso ao maior número possível das crianças em idade escolar nas escolas.
A Escola Estadual Abadia Faustino Inácio, enquanto instituição escolar tem um papel decisivo na formação dos cidadãos, sendo que os professores serão os coautores diante dessa ação. A atitude a ser tomada contra a exclusão social precisa estar pautada em princípios éticos, sólidos, de sabor solidário e humanista, e que configurem uma ação coletiva por parte da maioria dos membros escolares. A partir do momento que for transgredido o poder de ordem daqueles que visam à exclusão social dentro do mundo globalizado, sem dúvida alguma a diferença já estará sendo processada no interior dos muros escolares e, quem sabe, até partindo em direção aos arredores da escola.
O Referencial Curricular Nacional constitui-se em um conjunto de sugestões e orientações pedagógicas que visam a contribuir com a implantação de práticas educativas de qualidade que possam promover e ampliar as condições necessárias para o exercício da cidadania das crianças brasileiras.
Considerando e respeitando a pluralidade e diversidade da sociedade brasileira e das diversas propostas curriculares existentes, este Referencial é uma proposta aberta, flexível e não obrigatória, que poderá subsidiar os sistemas educacionais, que assim o desejarem, na elaboração e execução de projetos de ensino condizentes com a realidade dos educandos.
A informática educacional pode ser considerada uma área de estudo que contribui para o desenvolvimento da educação escolarizada como um todo. Ela visa propiciar aos alunos e professores mais um ambiente onde a aprendizagem pode ser estimulada através da união dos recursos da informática com os objetivos particulares de cada disciplina ou visando o desenvolvimento de ações educativas interdisciplinares.
A expansão da educação no Brasil e no mundo tem ocorrido de forma crescente nas últimas décadas, acompanhando a intensificação da urbanização e as mudanças na organização e estrutura das famílias.

3 - Missão
Nossa escola tem por missão oferecer um ensino de qualidade, assegurando aos nossos alunos uma educação crítica, participativa e de excelência, garantindo a acessibilidade, a permanência e a inclusão do aluno, com eficácia em seu desempenho.

4 - Visão
Sentiremos orgulho pelos resultados eficazes que obteremos mediante o compromisso de um trabalho dinâmico, coletivo e harmonioso dispensado à nossa comunidade escolar. Seremos uma escola de referência e qualidade de ensino em nossa cidade, primando pela qualidade e criatividade no ensino que ministramos, pelo trabalho participativo, eficaz, inovador e responsável, desenvolvido pela nossa equipe, respeitando nossos alunos, pais e comunidade escolar, contribuindo para uma sociedade onde se efetive o princípio da igualdade.

5 – Valores

  • Cidadania – preocupamo-nos com a garantia dos direitos de nosso aluno;

  • Dinamismo – buscamos diariamente vencer os desafios com entusiasmo;

  • Paz – trabalhamos harmoniosamente objetivando uma convivência fraternal;

  • Coletividade – valorizamos o trabalho coletivo, visando o sucesso do ensino/ aprendizagem;

  • Compromisso – dedicamos plenamente como mediadores da construção do conhecimento de nossos alunos.

 

6 – Diagnóstico

A forma de pensar e viver da sociedade contemporânea da América Latina é fruto de um modelo eurocêntrico de colonização e imposição de sua cultura, que se baseia na construção de valores homogêneos. Desde então, fomos doutrinados a pensar como se a diversidade de modo de vida não fosse inerente ao ser humano.


Grande parte da população brasileira, de nosso estado e de nosso município está inserida neste contexto de busca de identidade cultural e construção de seu próprio lugar no mundo.
Dentre tantos desafios que enfrenta a educação no Brasil, podemos destacar que muitas pessoas não compreendem quão profundas e amplas têm sido as transformações que ocorrem no âmbito dos valores morais básicos.
É aí que se apresenta o papel fundamental de uma Instituição Educacional: Saber ouvir e acolher as diversas opiniões e formas de pensar, criando espaços de manifestação democrática que conduz à autonomia e à dignidade do ser humano.

6.1 - Situação socioeconômica e educacional da

comunidade
A unidade escolar está situada num bairro que cresceu significativamente no aspecto populacional desde o ano de 1982. No momento há duas opções de lazer localizadas próximas à escola, uma a leste e outra a oeste da unidade escolar. Estas duas áreas proporcionam atividades de lazer, tais como: prática de exercícios físicos aeróbicos e anaeróbicos, bem como de apresentações culturais.
O sistema de transporte escolar municipal atende a demanda de alunos da nossa escola que residem em bairros distantes, zona rural e alunos AEE.
Grande parte dos nossos educandos são filhos de trabalhadores com baixo poder aquisitivo, pais com pouca escolaridade para incentivá-los a buscar um melhor aperfeiçoamento. A situação econômica dos pais e dos responsáveis ainda manifesta-se abaixo dos índices de desenvolvimento humano do nosso Estado, resultando em desestrutura familiar e desagregação dos valores morais básicos de convivência harmoniosa (carinho, respeito ao outro, solidariedade, fraternidade, espírito de união, entre outros).
Atualmente, contamos com espaço físico que tem proporcionado um relativo conforto à prática das atividades curriculares e das ações exigidas pelos projetos da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul.
Nas proximidades da escola, o comércio se faz presente e é representado por várias empresas do ramo de supermercados, restaurantes, materiais de construção, oficinas, lojas veterinárias e conveniências. Todos estes estabelecimentos localizam-se na avenida principal da cidade (BR 060) o que lhes conferem um ponto privilegiado. Não é de se admirar que a escola possua excelente prestígio diante dos empresários e liberdade para entrar e sair das dependências de cada loja quando da execução de projetos extraclasse, isto devido à boa reputação de um grande grupo dos nossos alunos.
6.2 - Histórico da escola
A Escola Estadual Abadia Faustino Inácio, iniciou suas atividades no ano de 1982. O nome escolhido foi em homenagem à ilustre Senhora Abadia Faustino Inácio, mãe do Senhor Joaquim Faustino Rosa, que por ser um cidadão de grande importância para Camapuã, exerceu os seguintes cargos: Diretor do Colégio Miguel Sutil, Juiz de Paz, Vereador e Prefeito por 04 (quatro) mandatos.
As lideranças históricas estabelecidas legalmente foram respectivamente: Ana Maria Navarro Bavia, Helena Cunha de Almeida, Luiza Guazelli, Magnória Maria Furtado de Resende, Elza de Souza, Francisco Antônio Seches de Matos, Juraci Martinez Barrios, Maria José de Lima, Valdomiro Antônio de Oliveira Lima, Wilson Ferreira de Melo, Ivarlete Pinheiro, Magnória Maria Furtado de Resende, e atualmente Edmar Martins Borges.

6.3 – Situação física da escola

A escola conta atualmente com 09 (nove) salas de aula, 01 (uma) sala de recursos multifuncionais, 01 (uma) sala da NUESP, 01 (uma) brinquedoteca com sanitário e lavatório, 01(uma) secretaria, 01 (uma) sala de professores, 01 (um) sanitário e lavatório para funcionários e professores, 01 (um) depósito de alimentos, 01 (uma) cozinha ampla com fogão industrial, freezer, geladeira, forno elétrico, liquidificador, espremedor de frutas. Possui 01 (uma) sala para a direção. Existe uma sala que funciona como biblioteca e sala de vídeo, neste mesmo espaço são guardadas as coleções, revistas pedagógicas, enciclopédias, dicionários, livros de leitura infanto-juvenis e não tem funcionário à disposição. Em uma sala funciona a Sala de Tecnologias e em outra o Centro de Aprendizagem e Aperfeiçoamento Tecnológico (CAAT).


Em cada bloco existem sanitários e lavatórios perfazendo um total de 06 (seis) sanitários e 03 (três) lavatórios femininos, 03 (três) lavatórios, 03 (três) sanitários masculinos, para uso dos alunos, sendo que um deles é adaptado para alunos cadeirantes.
Há ainda, em outro bloco, uma sala onde funciona a Supervisão de Gestão Escolar, os vestiários masculino e feminino, 01 (uma) sala onde são guardados os materiais esportivos e um depósito de equipamentos que se encontra fora de uso, 01 (uma) sala pequena com livros didáticos, que são utilizados como material de apoio para os professores e 01 (uma) sala onde são arquivados os diários oficiais, é neste mesmo bloco que fica o almoxarifado.
A quadra de esportes agora é parcialmente coberta, o que minimizou os graves problemas de insolação aos educandos em certos horários de Educação Física e atividades recreativas. Ainda é preciso instalar as abas da cobertura para que os alunos, das aulas do período matutino e vespertino, não recebam a desconfortável incidência dos raios solares lateralmente.

A escola conta com um pátio interno coberto onde são realizados eventos físicos e culturais. No corredor central há 02 (dois) bebedouros elétricos com 04 (quatro) torneiras cada um.


A escola conta com 03 (três) computadores para realizar os serviços administrativos e com 01 (uma) sala de informática bem estruturada com 29 (vinte e nove) computadores, com acesso à internet e 01 (uma) impressora. Foi reservada uma sala para o funcionamento do Centro de Aprendizagem e Aperfeiçoamento Tecnológico (CAAT), a qual está equipada com 16 (dezesseis) computadores, 01 (uma) impressora, um ar condicionado de 60.000 btus, 01 (um) armário de aço, mesas e cadeiras.

A escola adquiriu recentemente 11 televisores de 32 polegadas e 11 aparelhos de DVDs que serão posteriormente instalados nas salas de aula, Sala de Tecnologias Educacionais e Coordenação Pedagógica assim que forem liberados os recursos financeiros, destinados a esta finalidade.


Não existe laboratório de Ciências, Física, Química, Matemática e Biologia, embora existam materiais disponíveis.
Na sala de recursos multifuncionais são atendidos alunos de todas as redes de ensino de Camapuã.

A escola dispõe de uma área que se encontra parcialmente ociosa, onde funciona o estacionamento.


A escola necessita de reparos e reforma em sua estrutura física.
A escola está parcialmente estruturada para o acesso do aluno com Necessidades Educacionais Especiais, permanentes ou temporárias. Atualmente foi construída uma rampa de acesso para os blocos do fundo, mas ainda faltam corrimões para as rampas de entrada e fundo.

6.4 -  Corpo docente / pedagógico / técnico / administrativo

A escola possui os seguintes recursos humanos: um diretor, uma professora coordenadora pedagógica, uma secretária, vinte e cinco professores, um professor de Apoio de Ambiente escolar, um intérprete, dois auxiliares de coordenação pedagógica, uma brinquedista, uma técnica do núcleo da educação especial, duas assistentes de atividades educacionais, um professor gerenciador de mídias (PROGETEC), uma professora da sala de recursos multifuncionais, duas agentes de inspeção de alunos, duas agentes de recepção e portaria, três agentes de merenda, três agentes de limpeza.


Por ser esta a escola de referência, a Supervisão de Gestão Escolar está localizada nessa unidade de ensino, embora no momento o cargo esteja vago.
A equipe pedagógica é composta pelo diretor, uma professora coordenadora, uma secretária, intérprete e apenas uma professora que está em período de formação acadêmica, os demais são licenciados e/ou pós-graduados, participando sempre de capacitações e formação continuada em grupos de estudos.

6.5 - Recursos materiais e tecnológicos disponíveis e sua adequação, móveis, equipamentos e material didático.

Com relação aos materiais permanentes, a escola possui a seguinte relação de materiais, por setor:




NA SECRETARIA:

03 mesas de madeira com 03 gavetas;


02 computadores;
02 mesas para computadores;
01 máquina de xerox com fax e scanner;
01 impressora;
02 estabilizadores;
01 aparelho de telefone sem fio;
06 cadeiras almofadadas com rodas;
01 ar condicionado de 7.500 btus;
01 cortina;
01 armário embutido de madeira com 05 portas;
01 armário de aço com 02 portas;
01 aparelho de som;

05 arquivos com 04 gavetas


01 modem roteador grande;
01 roteador pequeno;
02 Hubs;

01 geladeira;

01 armário MDF de 02 portas;

01 mesa de computador.

 

SALA DOS PROFESSORES
 01 bebedouro;
01 mesa de reuniões;
01 armário embutido de madeira com 05 portas;
02 armários escaninhos com 16 portas;
01 Hub.

01 armário de aço com 02 portas;


03 computadores;
02 mesas para computadores;
01 estabilizador;
07 cadeiras de fórmica;
01 estante de madeira com 02 prateleiras;
01 ar condicionado de 12.000 btus;
01 cortina;
01 mesa de madeira com 02 gavetas;
01 aparelho de som portátil;
02 cadeiras almofadadas de rodinha.
01 impressora.

01 poltrona;

03 cadeiras almofadadas.
 

SALA DA DIREÇÃO:

01 armário MDF;

01 mesa branca;
03 armários de aço de 04 portas;

04 armários de aço de 04 portas;


01 armário de madeira com 02 portas;
02 mesas pequenas de madeira;

01 mesa de som com 16 canais;

02 caixas de som pequenas;

04 caixas de som grandes;

01 aparelho de GPS;
01 base de microfone sem fio;
01 aparelho de som portátil;
01 cadeira almofadada com rodinhas;
05 cadeiras almofadadas;
01 ar condicionado de 7.000 btus;
01 quadro branco;
01 cortina;
01 aparelho de DVD (em desuso, com defeito);
02 máquinas fotográficas digitais (01 com defeito);
02 filmadoras portáteis (01 com defeito);

01 mesa de som 02 canais;

02 aparelhos de DVDs;

09 tablets CCE;

01 lousa digital;

20 notebooks Itautec (04 com defeito);

09 tablets Positivo;

01 computador com caixa de som;

01 luneta;

01 mesa para impressora;

01 impressora Kyocera com scanner;

01 impressora Brother com scanner;

01 impressora Deskjet HP;

04 mini caixas de som;

01 furadeira Skill;

01 roteador TPlink com defeito;

01 balança de banheiro;

01 adaptador wireless para computador;

02 amplicadores de voz portátil;

01 bussola;

01 amplificador de 02 canais;

02 netbooks;

01 aparelho de som Toshiba;

01 impressora multifuncional Epson;

02 notebooks Positivo.
 

ANEXO DA SECRETARIA (ANTIGO GABINETE ODONTOLÓGICO):
01 teclado musical;

01 geladeira;

04 armários de aço com 2 portas;

03 arquivos com 4 gavetas;

01 computador;

01 estabilizador;

01 mesa para computador;

01 estante com duas prateleiras de madeira;

01 aparelho de som portátil;

01 TV de 14 polegadas;

01 micro-ondas;

01 cortina;

01 lavadora de pressão;

SALA DE COORDENAÇÃO (ANTIGO ANEXO DA SECRETARIA)

A escola não dispõe de sala para a coordenação pedagógica, e utiliza atualmente, o antigo anexo da secretaria, e possui:

03 computadores

04 caixinhas de som para computador

01 impressora

01 estabilizador

01 no-break

01 prateleira de aço com cinco divisões

04 mesas para computadores

01 escrivaninha de madeira com duas gavetas

03 arquivos de aço com quatro gavetas

03 armários de aço com duas portas

01 retroprojetor

03 poltronas

02 cadeiras com rodas

02 cadeiras pretas com almofadas

01 mesa de madeira para a impressora

01 aparelho Projetor Proinfo Integrado (Aparelho Multimídia)

01 rub

01 cortina



COZINHA:

01 freezer com 02 portas;


02 fogões industriais com 04 bocas;
01 armário de madeira;
01 mesa média;
01 forno elétrico.
NO DEPÓSITO DA MERENDA:
05 estantes com 05 prateleiras;
01 armário de madeira.
 

AS SALAS DE AULA:
08 armários escaninho com 16 portas;
BIBLIOTECA:
01 quadro negro;

01 televisão de 29 polegadas;


07 armários com 02 portas;
06 estantes com 05 prateleiras;
17 cadeiras brancas, de plástico;
01 ar condicionado de 12.000 btus;
01 ar condicionado de 9.000 btus

01 aparelho de DVD;


01 aparelho de telefone;
02 cortinas;
01 nicho de madeira para aparelho de DVD;

01 TV de 42 polegadas;


01 bicicleta usada;
01 carrinho de mercado com livros para leitura;

01 receptor de parabólica;

06 mesas redondas;

02 pedestais para microfone;

15 cadeiras de ferro e plástico;

01 ventilador de teto;

02 mesas para computador;

01 nobreak;

01 mesa escolar.

SALA DO CAAT:
01 quadro negro;
01 ar condicionado de 60.000 btus;
01 armário de aço com 02 portas;
01 quadro branco (pequeno);
16 computadores;
32 cadeiras almofadadas;
19 mesas;
01 impressora;
02 cortinas.

SALA DE TECNOLOGIA:
19 fones de ouvido com microfones;
06 caixas de som para computadores;
01 modem;
01 caneta laser;
01 webcam;
01 patch panel
01 switch;
01 quadro negro;
01 rack;
01 data-show;
01 telão;
01 quadro branco;
01 mural de madeira;
01 suporte para telão;
01 impressora;
29 computadores funcionando;
20 mesas para computadores;
18 cadeiras almofadadas pretas;
01 ar condicionado de 21.000 btus;
02 cortinas;
01 mesa branca;
01 mesa para impressora;
21 cadeiras almofadadas azuis;
08 estabilizadores.
 

SALA DE EDUCAÇÃO FÍSICA:
01 armário de aço com 02 portas;
01 armário escaninho com 16 portas; 
01 balança digital (pequena);
81 colchonetes.

Observação: Há 18 violões pendurados em suportes na sala do 3º ano A.




Baixar 163.21 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar