FrustraçÃo com os resultados



Baixar 90.6 Kb.
Encontro20.11.2017
Tamanho90.6 Kb.
FRUSTRAÇÃO COM OS RESULTADOS
Um dos maiores desafios de um líder é superar a frustração de ter feito uma árdua semeadura e não colher os resultados que esperava.

Elias, um dos maiores profetas que já pisou nessa terra estava “desistido” dentro de uma caverna. Desanimado, deprimido e pedindo para si a morte, ele estava abandonando uma carreira gloriosa e um ministério aprovado por Deus, por conta dos muitos argumentos da sua alma mal resolvida, “pesos” e questionamentos que o faziam crer que era melhor desistir, abandonar e morrer, do que continuar fiel e lutando. 

Um dos embaraços mais fortes na sua alma era o sentimento de frustração com os resultados, muito evidente na sua resposta a Deus: Veja 1 Reis 19:14 : 
Ele respondeu: Tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida”
Fica claro nas suas palavras que diante de seu extremo zelo e sua fidelidade em transmitir a palavra profética, ele não esperava colher apostasia, rebeldia e violência do seu povo. 


I. POR QUE A FRUSTRAÇÃO COM OS RESULTADOS NOS ENLAÇA?
Ela é consequência da conexão direta que fazemos entre o que semeamos (nosso investimento e esforço) e o que colhemos (resultados que esperávamos). O problema é que:


Nem sempre o que esperamos é o que Deus espera e o que Ele nos dará pelo grande investimento que fazemos.
ExemplosDavi (apesar de fiel, viveu bons anos fugindo de Saul); Jonas (esperava juízo de Deus e não misericórdia).


Nem sempre o que esperamos é o que as pessoas nos darão em troca do que receberam de nós.
ExemplosPaulo (inúmeras perseguições); Moisés (rejeição pelos judeus); José (traição dos irmãos).


Nem sempre o que esperamos é possível de ser alcançado naquele momento.
Exemplo: Jesus (suportou a incredulidade de sua família e discípulos por um tempo, e a rejeição do seu povo, sem desanimar na sua missão: “(só) agora eles me reconhecem” (João17:7)“veio para o que era seu, e os seus não o receberam” (João1:11).


II. A FRUSTRAÇÃO COM OS RESULTADOS DESENCADEIA MUITAS VEZES AUTOESTIMA REBAIXADA E SENTIMENTO DE INCAPACIDADE –
Quando não conseguimos os resultados que esperamos, podemos concluir equivocadamente que o problema somos nós, nossa incapacidade ou ineficiência. 
ExemplosJosué e Calebe tiveram que superar o aparente “fracasso inicial de carreira”, ao ver que não conseguiram convencer um homem sequer com seus argumentos. 
Caim, sentiu-se completamente desqualificado porque sua oferta não foi aceita por Deus.

Desistiu de tentar agradar a Deus. Gn 4:4-7 (”descaiu-lhe”= naphal: falhar, ficar aquém, nocautear, ser inferior, ser lançado no chão, desperdiçar)


III. A ORIENTAÇÃO POR DESEMPENHO GERA CONSTANTES FRUSTRAÇÕES COM OS RESULTADOS  
Dizemos que uma pessoa é orientada por desempenho quando o que ela faz ou sente está diretamente vinculado aos resultados que espera.
Suas decisões, atitudes e motivação dependem do quanto está colhendo. Se está recebendo os resultados esperados, permanece animada e trabalhando... Se não tem os frutos desejados ou não é possível alcançá-los, fica completamente desanimada, frustrada e desiste da missão.
Seu lema é: “Só vale investir se a recompensa QUE EU ESPERO é garantida! Não vale a pena arriscar!”.
É preciso aprender a perseverar. 
Como tudo na vida é um processo e um aprendizado (um caminho de erros e acertos), precisamos nos desprender desse embaraço para avançar sempre sem desistir, aprendendo a lidar com a falta de resultados ou mesmo com os resultados contrários.
ExemplosDavi, mesmo desagradando profundamente a Deus (adultério, homicídio), e às pessoas (Semei / II Sm 16:5-7; Absalão / II Sm 17:1-2; Seba / II Sm 20:1-2; não se deteve nos “resultados ruins”, mas continuou tentando acertar o alvo.
Jeremias superou os resultados contrários e prosseguiu no ministério (Jr 20:8-9). Sua paixão por Deus era como um fogo, mais forte do que sua frustração.
IV. A COMPARAÇÃO É O PONTO DE PARTIDA PARA A ORIENTAÇÃO POR DESEMPENHO E A FRUSTRAÇÃO COM OS RESULTADOS: 
Elias disse: “Basta; toma agora, ó SENHOR, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais” (I Re 19:4). 
Quando estabelecemos como critério de avaliação dos nossos resultados, o resultado alheio, corremos um grande perigo de nos aprovar ou reprovar equivocadamente.
Podemos estar produzindo mais do que as pessoas à nossa volta e ainda assim sermos reprovados por Deus... ou produzindo aparentemente menos do que os demais e ainda assim sermos aplaudidos pelo Pai.
Deus nos fez únicos, com capacidade peculiar e talentos específicos.
Devemos produzir e gerar os resultados que Deus espera de nós, e isso não depende do quanto os outros fazem ou deixam de fazer.
A parábola dos talentos nos esclarece bem isso. Cada servo tinha a sua capacidade e o senhor não esperava de todos a mesma coisa (Mt 25:14-30).
ExemplosGideão e Saul, precisaram vencer a comparação, para assumirem o chamado – Juízes capítulo 6 . Saul depois colocou sua carreira a perder quando se comparou com Davi. I Sm 18: 7-10
V. VENCEMOS A  FRUSTRAÇÃO COM OS RESULTADOS, APROPRIANDO-NOS DAS SEGUINTES VERDADES:
1) Para aqueles que estão correndo a carreira proposta por Deus, o propósito de tudo o que fazem é agradar a Deus e não necessariamente ter os resultados que esperam. 
Não podemos depender de fruto algum para permanecermos fazendo aquilo que entendemos ser a vontade de Deus e dando o nosso melhor. O resultado que importa e nos aprova como bons, capazes e fiéis é tão somente a aprovação de Deus - Lc 22:42.
Se fizermos a vontade de Deus certamente daremos frutos que glorificarão ao Senhor.
2) O que realmente importa é o empenho e não o desempenho. Nunca somos avaliados por Deus pelos nossos resultados aparentes, mas por nossa obediência e esforço.
3) A vida com Deus deve ser baseada na fidelidade e não na produtividade aparente, ainda que esta faça parte do contexto. Nossa tarefa é semear. Quem dá o crescimento é o Senhor.
4) Todo investimento que fazemos em Deus, tem uma recompensa, ainda que não a reconheçamos ou recebamos no momento.
Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão”. I Co 15: 58 

5) Haverá sempre um prêmio para os que permanecem, ainda que tenham que superar frustrações. 
Se não nos embaraçarmos nas comparações e decepção com os resultados, ainda que nos julguemos incapazes ou sejamos os menores, alcançaremos os maiores prêmios, pela nossa obediência. Exemplos: Davi, Ester, Pedro, Maria Madalena, etc...

Irmãos, reparai, pois, na vossa vocação; visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre nascimento; pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus.” (I Co 1:26-29)



ORE COM SEUS DISCÍPULOS E MINISTRE SOBRE A VIDA DELES.





Baixar 90.6 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar