Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico



Baixar 84.57 Kb.
Encontro10.05.2020
Tamanho84.57 Kb.

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico



FISPQ nº : 0001 SA

Nome do produto: ALFAMUROM




1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO / EMPRESA




Nome do produto: ALFAMUROM Principal uso recomendado: Inseticida Nome da empresa: Dominus Química LTDA.

Endereço: Rua Giacomo Stábile, 7 – Parque industrial - Jandaia do Sul – PR

CEP: 86.900-000

Telefone da empresa: +55 (43) 3432-9500

E-mail: dominus@dominusquimica.com.br

Telefone para emergência: CEATOX 0800 722 6001


2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS




Classificação de perigo:

  • Norma ABNT-NBR 14725-2:2010 – versão corrigida 4:2012

  • Sistema de classificação de perigo de acordo com o Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos, ONU.

Classificação do produto: Mistura

Toxicidade aguda – Oral: Categoria 5.

Toxicidade para órgãos-alvo específicos - Exposição repetida: categoria 2.

Perigoso ao meio ambiente aquático – agudo: Categoria 1.



Perigoso ao meio ambiente aquático – crônico: Categoria 1.

CONSERVE FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS E DOS ANIMAIS. Não reutilize a embalagem vazia. - Lavar a pele cuidadosamente após o manuseio. - Usar luvas de proteção/ roupa de proteção/ proteção para os olhos/ proteção para o rosto. O produto não apresenta perigo quando usado conforme indicação.

ELEMENTOS APROPRIADOS DA ROTULAGEM:

Pictogramas:



Palavra de advertência: ATENÇÃO

Frase de perigo:

H331 – toxico se inalado

H361 – Suspeita-se que prejudique a fertilidade ou o feto.

H303 - Pode ser nocivo se ingerido.

H373 - Pode provocar danos aos órgãos por exposição repetida ou prolongada.

H362 - Pode ser nocivo às crianças alimentadas com leite materno.

H400 - Muito tóxico para os organismos aquáticos.

H410 - Muito tóxico para os organismos aquáticos com efeitos prolongados.

Frase de precaução:

P260 - Não respirar o pó/gás/névoa/vapores.

P202 - Não manuseie o produto antes de ter lido e entendido todas as precauções de segurança.

P263 - Evitar o contato durante a gravidez/ o aleitamento.

P270 - Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.

P264 - Lavar as zonas do corpo contaminadas cuidadosamente após manipulação. P308 + P311 - Em caso de exposição ou suspeita: Procure um CENTRO DE INFORMAÇÃO TOXICOLÓGICA ou um médico.

P391 - Recolher o produto derramado.

P501 - Eliminar o conteúdo/recipiente em um ponto de coleta de resíduos especiais ou perigosos.


3. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES




Formulação: Este produto é uma mistura.

Impurezas que contribuam para o perigo:



Ingredientes

Concentração (%)

CAS

ALFACIPERMETRINA

3%

67375-30-8

TRIFLUMUROM

3%

64628-44-0


4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS




Medidas de Primeiros Socorros: levar o acidentado para um local arejado. Retirar as roupas contaminadas. Lavar as partes do corpo atingidas com água em abundância e sabão. Se o acidentado estiver inconsciente e não respirar mais, praticar oxigenação ou respiração artificial. Encaminhar ao serviço médico mais próximo levando esta ficha.

Inalação: caso o indivíduo apresentar náuseas, dores de cabeça ou vertigens remova-o para local arejado. Se respirar com dificuldade, consultar um médico imediatamente. Se não estiver respirando, faça respiração artificial.

Contato com a pele: lavar imediatamente a área afetada com água em abundância por no mínimo 15 minutos. Remover as roupas contaminadas. Se ocorrerem efeitos ou sintomas, consultar um médico. Lavar as roupas e os sapatos contaminados antes de reutilizá-los.

Contato com os olhos: lavá-los imediatamente com água em abundância por no mínimo 15 minutos. Levantar ocasionalmente as pálpebras superiores e inferiores de modo a garantir o enxágue adequado dos olhos. Consultar um médico caso se desenvolva irritação.

Ingestão: não induzir o vômito. Deitar o paciente de lado para evitar que aspire resíduos.

Procurar um médico imediatamente. Nunca dê algo por via oral para uma pessoa inconsciente.



Quais ações devem ser evitadas: não aplicar respiração boca a boca caso o paciente tenha ingerido o produto. Utilizar um intermediário tipo Ambu® para realizar o procedimento.

Notas para o médico: O tratamento sintomático deverá compreender medidas de suporte como correção de distúrbios hidroeletrolíticos e metabólicos, além de assistência respiratória. Monitoramento das funções hepática e renal deverá ser mantido. Em caso de contato ocular, proceder à lavagem com soro fisiológico e encaminhamento para avaliação oftalmológica.

5. MEDIDAS DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO


MEIOS DE EXTINÇÃO: Este produto não é inflamável. Utilizar neblina de água, dióxido de carbono, espuma resistente ao álcool ou pó químico.

PERIGOS ESPECÍFICOS DA MISTURA E MÉTODOS ESPECIAIS DE COMBATE A

INCÊNDIO: em temperaturas elevadas pode formar monóxido de carbono e dióxido de carbono. Evacue a área e combata o fogo a uma distância segura. Utilize diques para conter a água usada no combate. Posicionar-se de costas para o vento.

MEDIDAS DE PROTEÇÃO DA EQUIPE DE COMBATE A INCÊNDIO: equipamento de respiração autônoma e roupas apropriadas para combate a incêndio.


6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO / VAZAMENTO




Precauções pessoais e equipamento de proteção: vestir macacão impermeável, óculos protetores, luvas e calçados de proteção química e proteção para cabeça. A proteção respiratória deverá ser realizada dependendo das concentrações presentes no ambiente ou da extensão do derramamento/vazamento. Neste caso, deverá se optar por máscaras semifaciais ou faciais inteiras com filtro substituível ou ainda, respiradores de adução de ar (ex.: máscaras autônomas).

Procedimentos de emergência: Interromper a energia elétrica e desligar fontes geradoras de faíscas. Retirar do local todo material que possa causar princípio de incêndio. Situações de fogo necessitam da utilização de Aparato de Respiração Auto Suficiente (SCBA), roupas impermeáveis, calçados e luvas com resistência química. Prevenção da inalação e do contato com a pele, mucosas e olhos: utilizar roupas e acessórios descritos no Item Precauções Pessoais.

Precauções ao meio ambiente: Evitar que resíduos do produto derramado atinjam os cursos d’água, vedando a entrada de galerias de águas pluviais.

Métodos e materiais para contenção e limpeza: eliminar toda fonte de fogo ou calor. Recolha o material do piso ou da terra contaminada com auxílio de uma pá e coloque em recipiente identificado e lacrado. Se o derramamento atingir os corpos d’água, interrompa imediatamente a captação para o consumo humano ou animal, contate o órgão ambiental mais próximo e o centro de emergência da empresa. O produto derramado nunca deverá ser utilizado, consulte o fabricante para a sua devolução e destinação final.

7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO




Precauções para manuseio seguro:

Consulte o rótulo antes de utilizar o produto. Sempre manusear este produto usando todos os EPIs recomendados (item 8). Lavar as mãos antes de comer ou fumar. Não comer, beber ou fumar nas áreas de trabalho ou durante o manuseio do produto. Evite o derrame do produto ao abrir e manusear as embalagens.

Nunca utilizar equipamentos de proteção individual e de aplicação danificados ou defeituosos. Lavar as mãos após o uso do produto. Não transportar o produto juntamente com alimentos, medicamentos, rações, animais e pessoas. Tomar banho e trocar de roupa imediatamente após o uso do produto. Lavar as roupas contaminadas separadamente, evitando contato com outros utensílios de uso pessoal. Manusear o produto em área bem ventilada.

Evite contato com a pele e olhos. Caso haja contato com a pele ou olhos lave com água em abundância. No caso de sintomas de intoxicação, interromper imediatamente o trabalho e proceder conforme item 4.



Condições de armazenamento:

Conserve o produto e as eventuais sobras em sua embalagem original. Armazene em área limpa, seca e bem ventilada. Não armazene junto com alimentos, bebidas, inclusive os destinados para animais. Mantenha este material afastado de compostos incompatíveis.

O local deve ser ventilado, coberto e ter piso impermeável. Evite o acesso de pessoas não autorizadas. Deve haver sempre embalagens adequadas disponíveis, para envolver embalagens rompidas ou para o recolhimento de produtos vazados. Armazenar o produto sobre estrados acima do nível do chão e afastados de paredes.


8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL




PARÂMETROS DE CONTROLE:

Medidas de controle de engenharia: providenciar ventilação adequada. Onde houver utilização industrial usar exaustor local para ventilação.

Equipamentos de proteção individual:

Proteção dos olhos e face: utilizar óculos de segurança para produtos químicos e máscara de proteção.

Proteção da pele: utilizar avental de mangas longas e luvas impermeáveis de borracha;

Proteção respiratória: utilizar máscara de proteção com filtro químico e filtro mecânico;

Precauções Especiais: Lavadores de olhos e chuveiro de segurança devem ser disponibilizados; Manter os EPI’s devidamente limpos e em condições adequadas de uso.


9.PROPRIEDADES FÍSICO – QUÍMICAS


Estado físico: Líquido.

Odor: Característico.

Cor: Levemente amarelado.

pH: 6,5 a 7,5

Ponto de fusão/ponto de congelamento: não disponível.

Ponto de ebulição inicial e faixa de temperatura de ebulição: não disponível.

Ponto de fulgor: não disponível.

Taxa de evaporação: não disponível.

Inflamabilidade: não disponível.

Limite inferior/superior de inflamabilidade ou explosividade: não disponível.

Pressão de vapor: não disponível.

Densidade de vapor: não disponível.

Densidade relativa: 1,010 a 1,020g/m³.

Solubilidade: Em água..

Coeficiente de partição n-octanol/água: não disponível.

Temperatura de auto-ignição: não disponível.

Temperatura de decomposição: não disponível. Viscosidade: não disponível.




10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE




  • Reatividade: não possui reatividade, quando armazenado e manuseado adequadamente.

  • Estabilidade química: estável sob temperatura ambiente e condições normais de armazenamento, transporte ou uso.

  • Possibilidade de reações perigosas: Não disponível

  • Condições a serem evitadas: evitar contato com calor, altas temperaturas, fontes de ignição e exposição à luz solar direta.



  • Materiais incompatíveis: Incompatibilidade com altas temperaturas.

  • Produtos perigosos da decomposição: em temperaturas elevadas pode formar monóxido de carbono e dióxido de carbono.


11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS


DL50 Oral (ratos): > 2000 mg/kg.

DL50 dérmica (ratos): > 2000 mg/kg.

Corrosão/irritação da pele: Produto considerado não irritante.

Lesões oculares graves/irritação ocular: Produto considerado não irritante.

Sensibilização respiratória e à pele: Produto considerado não sensibilizante.

Mutagenicidade em células germinativas:. O produto é considerado não multagênico.

Carcinogenicidade: O produto é considerado não carcinogênico para seres humanos.

Toxicidade à reprodução: Não consta.

Toxicidade para órgãos - alvo específicos - exposição única: Não consta.

Toxicidade para órgãos - alvo específicos - exposição repetida: verificar item 2.

Perigo por aspiração: A aspiração do produto pode causar tosse, broncoespasmo, aumento da secreção e dispneia. O produto pode causar náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal, tonturas, dor de cabeça.


12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS




Ecotoxicidade: Muito tóxico para os organismos aquáticos. Pode causar efeitos nocivos a longo prazo no ambiente aquático. Os dados ecológicos referem-se ao ingrediente ativo.

Persistência e degradabilidade: Espera-se que a substância seja facilmente biodegradável.

Potencial bioacumulativo: não disponível.

Biodegrabilidade: Espera-se que a substância seja facilmente biodegradável.

Mobilidade no solo: é esperado baixa mobilidade no solo.

Não deixar o produto chegar sem controle ao meio ambiente.




13. CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO




Métodos recomendados para destinação final: caso este produto venha a se tornar impróprio para utilização ou em desuso, consulte o fabricante através do telefone indicado no rótulo. Manter as eventuais sobras dos produtos ou com validade vencida em suas embalagens originais adequadamente fechadas. É proibido ao usuário a reutilização e a reciclagem desta embalagem vazia ou o fracionamento e reembalagem deste produto.


14. INFORMAÇÕES SOBRE O TRANSPORTE


Regulamentações nacionais e internacionais:

TRANSPORTE TERRESTRE – HIDROVIÁRIO - AÉREO: ANTT 5232

Número ONU: 2902

Nome apropriado para embarque: PESTICIDA LÍQUIDO, TÓXICO, N.E

Classe de risco: 6.1

Número de risco: 60

Descrição da Classe ou SubClasse de Risco: Substância tóxica

Grupo de embalagem: lll




15. REGULAMENTAÇÕES




Regulamentações:

ABNT NBR – 14725:4

ANTT - 5232

IMDG CODE

ICAO-TI

16. OUTRAS INFORMAÇÕES


As informações desta FISPQ representam os dados atuais e refletem com exatidão o nosso melhor conhecimento para o manuseio apropriado deste produto sob condições normais e de acordo com a aplicação específica na embalagem ou literatura. Qualquer outro uso do produto que não os recomendados, serão de responsabilidade do usuário.



Siglas:

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas CASChemical Abstracts Service

CL50 – Concentração letal 50%

DL50 – Dose letal 50%

NBR – Norma Brasileira

NIOSHNational Institute for Occupational Safety and Health

ANTT – Associação Brasileira de Normas Técnicas

IMDG - International Maritime Dangerous Goods Code

ICAO – International Civil Aviation Organization Referências Bibliográficas

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 14725-1: Produtos químicos: Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente: Parte 1: Terminologia. 2010. Versão corrigida.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 14725-2: Produtos químicos:

Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente: Parte 2: Sistema de classificação de perigo, 2009. Versão corrigida 2010.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 14725-3: Produtos químicos: Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente: Parte 3: Rotulagem. 2012. Versão corrigida 3, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 14725-4: Produtos químicos: Informações sobre segurança, saúde e meio ambiente: Parte 4: Ficha de informações de segurança de produtos químicos. 2012.

Ministério dos Transportes decreto N°96.044, de 18 de Maio de 1988. Resolução N°5.232, de 14 de Dezembro de 2016 alterada pela resolução N° 5581, de 22 de Novembro de 2017, que substituem a Resolução N° 420/2004 e suas atualizações.

THE PESTICIDE MANUAL – A Word Compendium, Fifteenth Edition

ECHA, C&L INVENTURY Disponível em acesso em: 02/10/2017 ás 08:44.

EXTOXNET, extension Toxicology Network, Pesticide Information Profiles, Deltamethrin.

Disponível em < http://extoxnet.orst.edu/pips/deltamet.htm>. Acesso em 02/10/2017 as 15:58.

NIOSH, The National Institute for Occupation Safety and Health. Disponível em < https://www.cdc.gov/niosh/ipcsneng/neng0247.html> acesso em 02/10/2017 às 13:28.





Data de Elaboração: JULHO/2018 Data de Revisão: N.º da Revisão : 00

Página de

Baixar 84.57 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar