Dias da música 2015 Luzes, Câmara… Música!


sábado – 22H00 B26 – Sala Sophia de Mello Breyner



Baixar 0.86 Mb.
Página12/27
Encontro30.10.2016
Tamanho0.86 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   27

sábado – 22H00

B26 – Sala Sophia de Mello Breyner



Ennio Morricone

Marcha em Lá


Filme: O Regresso do Espião

Playing Love, Mozart Reencarnado


Filme: Legenda de 1900

Tema do Filme O Amor da Minha Vida


Tema da Série televisiva O Polvo

Amapola
Filme: Era Uma Vez na América

Farewell to Cheyenne 
Filme: Aconteceu no Oeste

Il vento, il grido


Filme: O Profissional

Tema do Filme: Lolita

Oboé de Gabriel
Filme: A Missão

The Ecstasy of Gold 


Filme: O Bom, O Mau e O Vilão

O acordeonista Gonçalo Pescada e o pianista Ian Mikirtumov apresentam em concerto um vasto programa do famoso maestro e compositor Ennio Morricone (n. 1928) responsável pela composição e arranjo de bandas sonoras para numerosos filmes e programas de televisão.

Os temas contrastantes serão apresentados num formato também contrastante e invulgar ao acordeão, bandonéon e accordina por Gonçalo Pescada e ao piano por Ian Mikirtumov.  
Gonçalo Pescada acordeão, bandónion e accordina

Yan Mikirtumov piano

SALA FERNANDO PESSOA




sábado – 14H00

B27 – sala fernando pessoa



As Guitarras apropriam-se do Cinema
Ludwig van Beethoven: 7.ª Sinfonia: 2.º andamento

Filmes: O discurso do Rei; Frances; Paixão Imortal; Irreversível; O Professor; Zardoz

Mikis Theodorakis: Sirtaki

Filmes: Zorba, o grego

Ricardo Ribeiro: Intersecções

*"Estreia da revisão com projeção de vídeo"
John Williams: Lista de Schindler

Filmes: A Lista de Schindler
Ennio Morricone: Cinema Paradiso

Filmes: Cinema Paraíso
John Williams: Marcha imperial, Cantina band, Main Theme, Yoda's Theme

Filmes: A Guerra das Estrelas
John Williams: Cavatina

Filmes: O Caçador
Eddie Vedder: Rise

Filmes: O Lado Selvagem


Quarteto Parnaso

Augusto Pacheco guitarra

Carlos David guitarra

Gonçalo Morais guitarra

Paulo Andrade guitarra

Na origem da ligação entre música e cinema encontrávamos um pianista solitário ou, ocasionalmente, um pequeno agrupamento de câmara, a interpretar excertos retirados do repertório romântico. Com a chegada do cinema sonoro, chegaram também os expansivos acompanhamentos sinfónicos, que ainda hoje tanto associamos ao som tradicional de Hollywood.

Neste concerto, num conjunto de arranjos preparados exclusivamente para o Quarteto de Guitarras Parnaso, recupera-se o lado mais íntimo dos pioneiros da música para cinema, enquanto revisitamos alguns dos mais célebres momentos musicais vividos no grande ecrã.

Música para cinema é sinónimo das mais variadas estéticas musicais, já que é a música que se põe ao serviço da imagem em todas as suas variantes. Desde John Williams, o herdeiro do sinfonismo de Hollywood, até a Eddie Vedder, oriundo do mundo do rock, verificamos que a música para cinema abraça todos os estilos. O jazz também é representado, não em música escrita originalmente para cinema, mas através da adoção do magistral Minor Swing, de Django Reinhardt, para a banda sonora do filme Chocolat. Já na obra Interseções, escrita por Ricardo Ribeiro para o Quarteto e estreada em 2012 em Guimarães Capital Europeia da Cultura, a música deixa de ser o acompanhamento das imagens, sendo antes a instalação vídeo de Ana Santos Silva que bebe a inspiração na música, providenciando o seu acompanhamento.

E noutros territórios, noutras músicas, encontramos a influência do folclore no imortal tema de Mikis Theodorakis para Zorba, o Grego. Algumas das mais famosas melodias do cinema chegam pela mão de Ennio Morricone e de seu filho Andrea, assim como de Stanley Meyers com a Cavatina, originalmente escrita para guitarra solo. E são as guitarras, no intimismo de um quarteto, reminiscente dos primeiros dias do cinema, que reproduzem com a sua riqueza tímbrica todo o esplendor destes excertos de bandas sonoras pensadas para acompanhar os mais variados contextos.


sábado – 16H00

B28 – Sala fernando pessoa



O Cinema Português
Frederico de Freitas: Novo Fado da Severa

Filmes: A Severa
Frederico de Freitas: Arraial de Santo António

Filmes: A Severa
Luís de Freitas Branco: Anda o Sol nos Laranjais

Filmes: Gado Bravo
Luís de Freitas Branco: Canção das Lavadeiras

Filmes: Gado Bravo
Afonso Correia Leite: Canção da Cabreira

Filmes: As Pupilas do Sr. Reitor
Afonso Correia Leite: Canção de Amor

Filmes: As Pupilas do Sr. Reitor
Frederico de Freitas: Canção do Futebol

Filmes: O Trevo de 4 Folhas
Wenceslau Pinto: Canção de Maria Clara

Filmes: A Revolução de Maio
Afonso Correia Leite: Amor é Cego e Vê

Filmes: Bocage
Afonso Correia Leite: Canção do Nicola

Filmes: Bocage
Cruz e Sousa: Bailarico

Filmes: Bocage
Raul Portela: Canção Triste

Filmes: Aldeia da Roupa Branca
Raul Portela: Canção da Saloia

Filmes: Aldeia da Roupa Branca
Raul Ferrão: Fado da Fadista

Filmes: Aldeia da Roupa Branca
Raul Ferrão: Canção da Papoila

Filmes: Maria Papoila
Júlio Almada: Canção dos Camponeses

Filmes: Os Fidalgos da Casa Mourisca
Cruz e Sousa: Dorme, meu menino

Filmes: Os Fidalgos da Casa Mourisca
Frederico de Freitas: Janelinha de Trapeira

Filmes: Varanda dos Rouxinóis
Antonio Melo: Fado das Trincheiras

Filmes: João Ratão
Antonio Melo: Cantiga da Rua

Filmes: O Costa do Castelo
Antonio Melo: Minha Casinha

Filmes: O Costa do Castelo
Ruy Coelho: Endechas do Choupal

Filmes: Camões

Vera Morais, flauta

Mário Franco, contrabaixo

Francisco Sassetti, piano

Espetáculo multimédia que consiste na apresentação dos mais importantes e conhecidos fados e outras canções dos primeiros filmes sonoros portugueses.

O lirismo da flauta, a textura do contrabaixo e o colorido do piano fundem-se numa rica e invulgar trama de sonoridades que jogam com a linguagem tradicional e de cariz essencialmente popular – parte do imaginário coletivo português do século xx – metamorfoseando-a e trazendo-a agora com nova frescura.

Simultaneamente pretendemos, através da projeção de imagens e de vídeos, proporcionar uma viagem no tempo, até ao Portugal das décadas de 1930 / 1940, até aos anos de ouro do cinema português – as tão famosas comédias e clássicos, filmes de temáticas tão repletas da alma e dos costumes do nosso povo, nos quais encontramos importantes compositores eruditos como Frederico de Freitas e Luiz de Freitas Branco; outra vertente é constituída por nomes como Afonso Correa Leite, Wenceslau Pinto e Raul Ferrão ou Ruy Belo, compositores teatrais que viram o seu trabalho celebrizado no grande ecrã. Como não pode deixar de ser, trazemos igualmente a memória de intérpretes como Mirita Casimiro, Beatriz Costa, Vasco Santana e naturalmente Amália Rodrigues.






Baixar 0.86 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   27




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar