CoraçÕes de ferro (“fury”) Informações de Produção



Baixar 198.83 Kb.
Página3/3
Encontro30.10.2016
Tamanho198.83 Kb.
1   2   3

SCOTT EASTWOOD (Sargento Miles) é um californiano nativo de terceira geração, nascido na cidade litorânea de Monterey. Mesmo tendo nascido na Califórnia, foi criado entre a Califórnia e o Havaí, dividindo seu tempo entre a mãe (Jaclyn) e o pai (Clint). Desde pequeno, Eastwood sempre foi ativo, e quando não estava jogando Pop Warner Football, estava surfando, pescando ou fazendo alguma outra atividade ao ar livre.
Após terminar o ensino médio, ele se matriculou na faculdade pública, Santa Monica City College, e fazia todo o tipo de trabalho, desde estacionar carros à construção civil, enquanto perseguia o sonho de se tornar ator. Ele finalmente se formou em Comunicações pela Loyola Maymount University. Nos últimos anos, Eastwood tem viajado o mundo, vivendo a vida, rodando filmes e surfando praias exóticas. Ele tem muita sorte de ter grandes amigos e uma família numerosa, e todos tiveram seu papel para fazer dele o indivíduo que é hoje.
Em março de 2013, na edição do Oscar® da revista Vanity Fair, o jovem ator foi apontado como uma das estrelas em ascensão de Hollywood. Consolidando esta honra, ele ganhou o papel do protagonista Luke Collins em The Longest Ride, uma adaptação do romance de Nicholas Sparks, atuando ao lado de Britt Robertson, cujas filmagens foram encerradas em agosto de 2014.
Sua filmografia inclui os filmes independentes Dawn Patrol e Walk of Fame. Também coprotagonizou O Massacre da Serra Elétrica 3D (Texas Chainsaw 3D), da Lionsgate, bem como Curvas da Vida (Trouble With the Curve), Invictus, Gran Torino, A Conquista da Honra (Flags of Our Fathers), Carmel, Um Crime Americano (An American Crime) e o filme de natação da Lionsgate, Pride, ao lado de Bernie Mac e Terrence Howard.

SOBRE A EQUIPE TÉCNICA
DAVID AYER (Roteirista / Diretor / Produtor) foi aclamado e premiado por seu retrato hiper-realista da vida de um policial em Marcados Para Morrer (End of Watch, 2012). Ele se mudou para Los Angeles quando era adolescente e as experiências da sua criação moldaram em grande parte a sua visão artística, e seu profundo conhecimento e carinho pela cultura em torno dos agentes da lei pode ser visto em toda a sua obra.
Aos 18 anos, Ayer se alistou na Marinha dos Estados Unidos, onde serviu como operador de sonar a bordo de um submarino nuclear durante a Guerra Fria. Depois de uma dispensa honrosa, começou a escrever. Ele escreveu e foi coprodutor de seu roteiro "cartão de visita", Dia de Treinamento (Training Day), um filme de grande sucesso que deu a Denzel Washington um Oscar® de Melhor Ator.
Ele coescreveu o thriller de submarino U-571 - A Batalha do Atlântico (U-571), estrelado por Matthew McConaughey, Bill Paxton e Harvey Keitel. Seus demais créditos como roteirista incluem Velozes e Furiosos (The Fast and the Furious), estrelado por Paul Walker e Vin Diesel, S.W.A.T. – Comando Especial (S.W.A.T.), estrelado por Samuel L. Jackson e Colin Farrell, e A Face Oculta da Lei (Dark Blue), estrelado por Kurt Russell. Ayer fez sua estreia diretorial com seu roteiro original, Tempos de Violência (Harsh Times). O drama realista, estrelado por Christian Bale e Freddy Rodriguez, foi lançado no outono de 2006. Ele dirigiu, em seguida, o thriller criminal, Os Reis da Rua (Street Kings), lançado em 2008.
Ele mora em Los Angeles com a mulher e os filhos.

BILL BLOCK (Produtor) é fundador e CEO da QED International, uma empresa líder de produção cinematográfica independente, financiamento e distribuição de vendas, focada em levar entretenimento filmado de alta qualidade para o mercado mundial. Conhecido por filmes como Distrito 9 (District 9) e Elysium, de Neill Blomkamp, W, de Oliver Stone, e Rock the Kasbah, a próxima comédia de Barry Levinson, com Bill Murray, a QED Internacional preserva o espírito criativo do cinema independente, proporcionando retornos atraentes a baixo risco para os seus parceiros de financiamento, e maximizando a exploração global dos seus filmes.
Block já produziu, financiou, adquiriu ou distribuiu dezenas de longas-metragens cinematográficos e trabalhou com alguns dos maiores cineastas da indústria, incluindo Peter Jackson, Oliver Stone, Steven Soderbergh, Jon Favreau, David Koepp, Darren Aronofsky, Christopher McQuarrie e Woody Allen. Com uma equipe de altos executivos para facilitar o financiamento, o posicionamento e a distribuição de filmes, a QED é reconhecida como um destino onde cineastas de renome mundial e produtores podem encontrar um parceiro completo para seus projetos. 
Antes da QED, foi Presidente da Artisan Entertainment. Junto com a Bain Capital, Block chefiou a aquisição da Live Entertainment, uma empresa de vídeo de capital aberto, que se tornou Artisan. Ele recrutou a equipe de gestão, ajudou a garantir novos financiamentos de produção e transformou a Artisan em uma força competitiva do mundo independente de aquisição e distribuição. Na Artisan, Block supervisionou todas as divisões – internacional, home entertainment, e distribuição de televisão para quantificar e minimizar os riscos com os sócios financeiros e de distribuição da Artisan. Os projetos que ele produziu ou adquiriu incluem: A Bruxa de Blair (The Blair Witch Projeto); The Buena Vista Social Club; Pi e Requiem for a Dream, de Darren Aronofsky; The Limey, dirigido por Steven Soderbergh; O Último Portal (The Ninth Gate), estrelado por Johnny Depp e dirigido por Roman Polanski e Made, estrelado por Jon Favreau e Vince Vaughn. Block também comprou o filme em língua espanhola, Open Your Eyes, e sublicenciou os direitos do remake para a Paramount, tendo sido produtor executivo do remake, Vanilla Sky, estrelado por Tom Cruise.
Antes disso, Block foi um dos maiores agentes de talentos da indústria. Como chefe de operações da costa oeste da International Creative Management entre 1992 e 1997, e fundador da Intertalent Agency, os clientes de Block incluem artistas como Kim Basinger, Samuel L. Jackson, Steven Seagal, Charlie Sheen, John Travolta e Forest Whitaker; e os cineastas Sam Raimi, Roland Emmerich, William Friedkin, George Armitage, Stephen Hopkins, Peter Hyams e Herbert Ross.
Block cursou a Columbia University e mora em Los Angeles com a mulher, os dois filhos e a filha do casal.

DAVID AYER (Produtor/Diretor/Roteirista) Consulte a biografia acima.

Corações de Ferro (Fury) marca a sétima parceria de ETHAN SMITH (Produtor) com a QED International e o produtor Bill Block, e a sua segunda com o diretor e roteirista David Ayer, tendo anteriormente produzido Sabotage, estrelado por Arnold Schwarzenegger.
Recentemente, produziu Rock The Kasbah, dirigido por Barry Levinson e estrelado por Bill Murray, Bruce Willis e Kate Hudson, também com a QED.
Anteriormente, foi produtor executivo de Alex Cross, da QED, estrelado por Tyler Perry, bem como Em Busca de um Assassino (Texas Killing Fields), produzido por Michael Mann e estrelado por Sam Worthington e Chloe Moretz.
Smith foi coprodutor/gerente de platô de Diário de um Banana (Diary of a Wimpy Kid) e Diário de um Banana 2: Rodrick é o Cara (Diary of a Wimpy Kid: Rodrick Rules), da 20th Century Fox. Baseados na série de livros bestsellers de Jeff Kinney, os filmes foram produzidos por Nina Jacobson e Brad Simpson.
Antes disso, foi coprodutor de W, de Oliver Stone, estrelado por Josh Brolin e Elizabeth Banks. Foi produtor da série televisiva The Nine, da ABC, bem como dos episódios de Nova York da popular série da CBS, Without a Trace.
Ele começou a sua carreira em Nova York, em filmes como Sherrybaby, estrelado por Maggie Gyllenhaal, e O Mundo de Jack e Rose (The Ballad of Jack and Rose), estrelado por Daniel Day-Lewis, ambos exibidos em sua estreia no Festival de Cinema de Sundance.
Smith é formado pela Tisch School of the Arts da NYU e mora em Los Angeles com a mulher e as duas filhas do casal.

JOHN LESHER (Produtor) é fundador e presidente da Le Grisbi Productions, uma produtora independente de cinema e televisão.
Em 2012, Lesher produziu Marcados Para Morrer (End of Watch), escrito e dirigido por David Ayer, e estrelado por Jake Gyllenhaal, Michael Peña, e Anna Kendrick. Também produziu Laços de Sangue (Blood Ties), coescrito e dirigido por Guillaume Canet. O filme, protagonizado pr Clive Owen, Billy Crudup, James Caan, Marion Cotillard, Mila Kunis, Zoe Saldana e Matthias Schoenaerts, foi exibido em sua estreia no Festival de Cinema de Cannes do ano passado e foi distribuído pela Lionsgate.
Mais recentemente, produziu Birdman, dirigido por Alejandro Gonzalez Iñárritu e estrelado por Michael Keaton, Edward Norton, Naomi Watts, Emma Stone e Zach Galifianakis, lançado em outubro.
A Le Grisbi Productions está desenvolvendo projetos em longa-metragem em vários estúdios, incluindo a Warner Bros, onde produzirá Dark Invasion, escrito por Taylor Sheridan, a ser estrelado por Bradley Cooper; Cicero, escrito por Tom Shepherd, a ser estrelado por Tom Hardy; e Satori, escrito por Shane Salerno & Don Winslow, a ser estrelado por Leonardo DiCaprio.
A Le Grisbi também tem um acordo prioritário para uma série original com a HBO. Os projetos que foram criados lá incluem Hobgoblin, escrito por Michael Chabon; The Landlord, escrito por Dan Clowes; Muscle, escrito e a ser dirigido por Derek Cianfrance; Toni/Twan/(Antoinette), escrito por Dee Rees, a ser estrelado por Viola Davis; e TCell, escrito e a ser dirigido por David Ayer.
Lesher é formado pela Universidade de Harvard e começou sua carreira como agente da Bauer-Benedek Agency. Posteriormente, tornou-se sócio da United Talent Agency e, depois, da Agência Endeavor. Ele já trabalhou com talentos tão diversos quanto Alejandro González Iñárritu, Martin Scorsese, Paul Thomas Anderson, Walter Salles, Fernando Meirelles, Sydney Pollack, Bennett Miller, Judd Apatow, Adam McKay, Harrison Ford e Ben Stiller.
Em 2005, Lesher deixou a Endeavor para fundar a Paramount Vantage, onde foi responsável por filmes como Babel, Uma Verdade Inconveniente (An Inconvenient Truth), Sangue Negro (There Will Be Blood) e Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country for Old Men). Em 2008, ele foi nomeado presidente da Paramount Pictures, trabalhando em títulos do estúdio como Star Trek, Amor Sem Escalas (Up in The Air), O Curioso Caso de Benjamin Button (Benjamin Button), Transformers e Ilha do Medo (Shutter Island), entre outros.
Durante esse tempo, ele guiou o estúdio a 49 indicações ao Oscar®, 13 vitórias, com uma estatueta de Melhor Filme.

BRAD PITT (Produtor Executivo / Don “Wardaddy” Collier) Consulte a biografia acima.

SASHA SHAPIRO (Produtora Executiva) é atualmente diretora-geral da Media Content Capital, um fundo de investimento privado, focado em empresas de mídia, Internet e entretenimento.
Shapiro tem mais de 20 anos de experiência na indústria do entretenimento global. Durante 14 anos, trabalhou em diversos cargos executivos dos estúdios Warner Bros. Seu último cargo na Warner Bros. foi executivo sênior de Desenvolvimento de Negócios Estratégicos da WB Cinema, uma divisão responsável por novas entradas no mercado, planejamento estratégico, avaliação financeira e implementação de novas oportunidades de negócios. Ele iniciou e gerenciou vários negócios globais e novas entradas de mercado para cinemas da Warner Bros. em mercados estrangeiros, como o Egito, a China e o Vietnã.
Depois de deixar a Warner Bros., Shapiro atuou como vice-presidente executivo do Culver Studios e presidente internacional da Pacifica Ventures, proprietária do Culver Studios e uma incorporadora especializada/ operadora de instalações de estúdio de cinema e TV. Shapiro foi consultor de várias divisões da Warner Bros. em suas atividades de entradas no mercado, bem como de empresas como Imax, RealD, o canal de TV Russia Today, a Lenfilm, um estúdio de cinema e TV, entre outros.
Atualmente, é produtor e produtor executivo de inúmeros longas-metragens.
Shapiro é membro do conselho da SONIFI Solutions, da QED International e da Digiboo. Ele é chefe do Conselho Consultivo do segundo maior estúdio de cinema da Rússia – o Lenfilm. Shapiro também é membro do Conselho Consultivo da Universidade de Cinema e Engenheiros de TV de São Petersburgo.
Shapiro possui doutorado pela Universidade de Tecnologia de Aviação de Moscou, Rússia, e um MBA pela Anderson School of Management, da UCLA.

ANTON LESSINE (Produtor Executivo) é um produtor de cinema baseado em Los Angeles, cujos créditos incluem a comédia romântica de John Turturro, Amante a Domicílio (Fading Gigolô), protagonizada por Turturro, Woody Allen, Sharon Stone e Sofia Vergara, e o thriller sobrenatural de Mac Carter, A Face do Mal (Haunt), estrelado pela atriz indicada ao Oscar®, Jacki Weaver.

ALEX OTT (Produtor Executivo) coproduziu anteriormente para David Ayer, Sabotage e Marcados Para Morrer (End of Watch).
Ele é formado pela Universidade de Wisconsin-Madison e mora atualmente em Los Angeles, Califórnia.

BEN WAISBREN (Produtor Executivo) é chairman e presidente da LSC Film Corporation, que cofinancia grandes produções cinematográficas com a Sony Pictures Entertainment Inc. Também é advogado da firma de advocacia internacional, Winston & Strawn, onde ele orienta clientes nos EUA e na Europa nos meios de comunicação e nos setores de entretenimento e finanças. Seus clientes incluem empresas de produção e distribuição independentes, empresas de private equity, fundos de hedge, bancos de investimento e bancos comerciais.
No início da sua carreira, foi diretor administrativo e chefe de reestruturação de bancos de investimento da Salomon Brothers, em Nova York, após uma carreira jurídica em um grande escritório de advocacia de Chicago, Lord, Bissell & Brook, onde liderou uma banca nacional de litígios de falências.
Antes de ingressar na Winston & Strawn, no início de 2013, foi presidente da Continental Entertainment Capital LP, uma subsidiária direta do Citigroup, com operações em Nova York, Los Angeles e Paris. Antes disso, foi diretor administrativo de uma empresa global de fundo de hedge, Stark Investments, onde era cogerente de carteira em renda fixa e nas áreas de fundos privados, e responsável pelos investimentos na indústria cinematográfica e da formação do fundo de finanças estruturadas da empresa e uma financiadora destinada a alavancar o mercado intermediário, Freeport Financial.
Waisbren atuou como membro do Conselho de Administração da Wild Bunch, S.A., da França, uma empresa cinematográfica pan-europeia de produção, distribuição e vendas, de 2005 a 2009, relacionados aos investimentos de private equity que ele gerenciou.
Ele foi produtor executivo de 300, da Warner Bros Pictures; Diamante de Sangue (Blood Diamond); V de Vingança (V for Vendeta); Nancy Drew e o Mistério de Hollywood (Nancy Drew); O Segredo de Berlim (The Good German); Poseidon; e O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford (The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford). Além disso, foi produtor executivo dos seguintes lançamentos independentes: Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream); Filha das Sombras (First Born); O Vidente (Next); Perigo em Bangcoc (Bangkok Dangerous); e Gardener of Eden. Ele é produtor executivo de Anjos da Lei 2 (22 Jump Street), da Columbia Pictures, Sex Tape: Perdido na Nuvem (Sex Tape), O Protetor (The Equalizer), bem como de vários títulos ainda a serem lançados, incluindo A Entrevista (The Interview), Pixels e Goosebumps.

ROMAN VASYANOV (Diretor de Fotografia) nasceu em Moscou, Rússia. Filho de um fotógrafo soviético, Vasyanov encontrou sua paixão quando seu pai lhe deu uma câmera aos 12 anos.
Vasyanov cursou o Instituto de Cinema Russo VGIK, onde se formou em 2003. Lá, ele estudou com o aclamado diretor de fotografia soviético, Vadim Yusov, que filmou obras-primas de Tarkovsky como Ivan's Childhood, Solaris e Anredrei Rublev. Em 2004, ele ganhou o prêmio KODAK de Melhor Aluno de Cinematografia com seu curta-metragem, Alive.
Já formado, Vasyanov filmou seu primeiro longa, The Hipsters, que ganhou cinco NIKA Awards (da academia russa de cinema). O filme também chamou a atenção da United Talent Agency, com quem Vasyanov desenvolveu uma relação forte. Em 2010, Vasyanov filmou o curta da Phillips, The Gift, dirigido por Carl Erik Rinsch para a Ridley Scott & Associates. O comercial foi um sucesso e levou o Grande Prêmio de Criatividade do Festival Internacional Cannes Lions de 2010. Desde então, ele já rodou mais de 300 comerciais.
Pouco depois de se mudar para Los Angeles, Vasyanov rodou Marcados Para Morrer (End of Watch), escrito e dirigido por David Ayer e estrelado por Jake Gyllenhaal e Michael Peña. O filme foi rodado com um orçamento mínimo, ao longo de 22 dias, em South Central LA. Utilizando um conjunto de vários tipos de câmeras digitais pequenas, Vasyanov conseguiu um efeito único de ponto de vista que coloca o público bem no meio da ação. End of Watch foi indicado ao Independent Spirit Awards de 2013 de Melhor Fotografia.
Em seguida, começou a trabalhar com o aclamado diretor comercial, Fredrik Bond. Juntos, eles rodaram o comercial Surfing para a Puma, que foi incluído nos arquivos cinematográficos do Museu de Arte Moderna de Nova York. Com ele, Vasyanov ganhou o prêmio AICP Excelência em Cinematografia de 2013. 

ANDREW MENZIES (Desenhista de Produção) topou pela primeira vez com a indústria do cinema quando tinha oito anos de idade e teve um encontro casual com John Wayne. A equipe de Brannigan usou o prédio residencial de Menzies em Londres para as filmagens, e Wayne, pessoalmente, levou Menzies para conhecer o set. Ele se apaixonou pela criatividade que viu naquele dia e foi estudar no Royal College of Art de Londres, onde obteve um mestrado em Desenho de Produção para Cinema.
Menzies começou sua carreira como cenógrafo até chegar a diretor de arte, trabalhando com o desenhista de produção premiado com o Oscar®, Rick Carter, em filmes como Avatar, de James Cameron, e Guerra dos Mundos (War of the Worlds) e Munique (Munich), de Steven Spielberg.
Como desenhista de produção, Menzies valoriza a natureza participativa da sua posição, tendo aplicado essa filosofia a projetos tão variados quanto Os Indomáveis (3:10 to Yuma), Encontro Explosivo (Knight and Day), The Crazies e G.I. Joe: Retaliação (G.I. Joe: Retaliation).

DODY DORN, ACE (Montador) montou dois filmes anteriores de David Ayer: Marcados Para Morrer (End of Watch) e Sabotage.

 

Seus inúmeros créditos incluem Cruzada (Kingdom of Heaven)Os Vigaristas (Matchstick Men) e Um Bom Ano (A Good Year), de Ridley Scott, e Insônia (Insomnia) e Amnésia (Memento), de Christopher Nolan, com o qual ela foi indicada a um Oscar de Melhor Montagem, ao prêmio AFI Film Award de Montadora do Ano e ao Eddie da American Cinema Editors, entre outras honrarias.



 

Seus créditos cinematográficos como montadora incluem ainda Austrália (Austrália), de Baz Luhrmann, O Último Guarda-Costas (London Boulevard), de William Monahan, I’m Still Here, de Casey Affleck, Year of the Dog, de Mike White, Waiting for Godot e Guy, de Michael Lindsay-Hogg, The Sleepy Time Gal, de Christopher Munch, A Lente do Desejo (Guinevere), de Audrey Wells, e o elogiado documentário de Kirby Dick, Sick.

 

Na televisão, montou as temporadas 1 e 2 da série da HBO, Enlightened, e os pilotos das séries televisivas Touch, Prime Suspect, Chicago Code e The Good Wife. Ela foi indicada aos prêmios Eddie, da American Cinema Editors, e ao Emmy por seu trabalho na minissérie de Robert Allan Ackerman, My Life with Judy Garland – Me & My Shadows.


Ela começou a sua carreira como montadora de som de clássicos como Silverado, O Reencontro (The Big Chill) e Filhos do Silêncio (Children of a Lesser God), vencendo o Golden Reel de Melhor Som com O Segredo do Abismo (The Abyss), de James Cameron.
Dorn mora em Venice Beach com o marido aderecista, Kevin Hughes.

JAY CASSIDY, A.C.E. (Montador) começou a sua carreira como montador de cinema nos anos 1970, trabalhando em documentários e propagandas políticas. Ao longo da sua carreira profissional, Cassidy já montou mais de 30 filmes. Ele trabalhou com Sean Penn em todos os filmes dirigido por Penn, como Na Natureza Selvagem (Into the Wild, 2007), com o qual Cassidy foi indicado ao Oscar® de Melhor Montagem. Ele foi indicado mais duas vezes ao Oscar® com a montagem dos filmes de David O. Russell, O Lado Bom da Vida (Silver Linings Playbook) e A Trapaça (American Hustle). Além de Corações de Ferro (Fury), também foi montador do futuro lançamento, Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo (Foxcatcher).
Seus demais créditos incluem Uma Verdade Inconveniente (An Inconvenient Truth, 2006), que venceu o Oscar® de Melhor Documentário de 2007, Entre Irmãos (Brothers, 2009), A Condenação (Conviction, 2010) e Waiting for Superman (2010).
Cassidy é membro da Academy of Motion Picture Arts e Sciences e da American Cinema Montadors.

Os créditos mais recentes de ALESSANDRO BERTOLAZZI (Caracterização de Cabelos e Maquiagem) incluem O Impossível (The Impossible), de Juan Antonio Bayona, Bypass, de Duane Hopkins, e The Nostalgist, de Giacamo Cimini.


Como maquiador pessoal, ele já trabalhou com Javier Bardem em The Gunman, de Pierre Morel, 007 Operação Skyfall (Skyfall), de Sam Mendes, e Comer Rezar Amar (Eat, Pray, Love), de Ryan Murphy; com Naomi Watts, J. Edgar, de Clint Eastwood; e com Monica Bellucci, em Baaria, de Giuseppe Tornatore, A Vida Íntima de Pippa (The Private Lives of Pippa Lee), de Rebecca Lee, Sanguepazzo, de Marco Tullio Giordana, e Manuale d'Amore 2, de Giovanni Veronesi.
Bertolazzi trabalhou como chefe de departamento de maquiagem em Prova de Redenção (Twice Born), de Sergio Casrellitto, Para Roma, Com Amor (To Rome com Love), de Woody Allen, Solitude of Prime Numbers, de Saverio Constanzo, Beije-me Outra Vez (Kiss Me Again), de Gabriele Muccino, Biutiful, de Alejandro Gonzalez Iñarritu, com o qual ele foi indicado ao prêmio mexicano Ariel de Melhor Maquiagem, e trabalhou ainda na unidade marroquina de Babel, Imago Mortis, de Stefano Busoni, The Man Who Loves, de Maria Sole Tognazzi, Giovanna’s Father, A Dinner for them to Meet, La Seconda Notte di Nozze e Ehrn Will the Girls Arrive, de Pupi Avati, Carravaggio de Angelo Longoni, com o qual foi indicado a um Premio David di Donatello Award, além de diversos outros filmes.
Também trabalhou na televisão e em inúmeras óperas e montagens teatrais por toda a Europa.
Desde 1984, Bertolazzi é professor de maquiagem da National Academy of Dramatic Arts, em Roma, Itália.

Steven Price (Trilha) é um compositor, músico e montador musical premiado. Este ano, ele recebeu o Oscar®, o BAFTA o Critics’ Choice Award, o Satellite Award e o primeiro prêmio conferido pela ASCAP de Compositor Cinematográfico do Ano, votado por seus pares por sua trilha sonora inovadora para o filme de Alfonso Cuarón, Gravidade (Gravity). Guitarrista desde os cinco anos de idade, formou-se em Música pela Universidade de Cambridge. Começando a sua carreira no estúdio de Londres da Gang of Four com o guitarrista/produtor Andy Gill, contribuiu com arranjos de cordas, e suas criações musicais podem ser ouvidas acompanhando artistas como Michael Hutchence e Bono. Após seu trabalho com Gill, Price foi apresentado ao compositor cinematográfico Trevor Jones. Ele passou a trabalhar como programador, arranjador e intérprete em muitos projetos de Jones ao longo dos cinco anos seguintes, compondo música adicional para projetos como Treze Dias Que Abalaram o Mundo (Thirteen Days), A Liga Extraordinária (The League of Extraordinary Gentlemen), Volta ao Mundo em 80 Dias (80 Days Around The World), Dinotopia e Crossroads – Amigas Para Sempre (Crossroads), no qual Price também figura como o solista de guitarra da Orquestra Sinfônica de Londres.
Tendo se tornado presença constante nos estúdios, Abbey Road o recomendou a Howard Shore, o que resultou no trabalho de montador da trilha de O Senhor dos Anéis (The Lord of the Rings). Um extenso período de montagem de trilhas se seguiu ao sucesso desses filmes, durante o qual Price trabalhou em projetos como Batman Begins, por Christopher Nolan, e Scott Pilgrim, de Edgar Wright. Seus talentos levaram a colaborações com compositores célebres, incluindo: Hans Zimmer, James Newton Howard, Harry Gregson Williams, Patrick Doyle, George Fenton, Dario Marianelli e Anne Dudley. 
Embora Price tenha se tornado um líder no campo de montagem de trilhas cinematográficas, seu verdadeiro foco se manteve na composição. Ele compôs a música para várias produções de emissoras de televisão do Reino Unido, juntamente com campanhas de publicidade no Reino Unido e nos EUA. Entre seus créditos cinematográficos, ele contribuiu com música original para o filme de Richard Curtis de 2009, Os Piratas do Rock (Pirate Radio). Colaborou com o produtor Nigel Godrich, da Radiohead, na trilha do filme de Edgar Wright, Scott Pilgrim Contra o Mundo (Scott Pilgrim vs The World), contribuindo com música adicional. Sua trilha para estreia de Joe Cornish em longa-metragem, Ataque ao Prédio (Attack The Block), produzido por Edgar Wright, deu a Price o prêmio de Melhor Trilha Sonora Original, tanto da Austin Film Critics Association quanto do Festival de Cinema de Sitges. Ele voltou a trabalhar com o diretor Edgar Wright no filme da Universal, Heróis de Ressaca (The World’s End). Em seguida, trabalhou novamente como montador da música do filme de Alfonso Cuarón, Gravidade (Gravity). Cuaron e Price trabalharam em parceria para criar um som que espelhasse a visão ambiciosa do diretor para o filme. Isso o levou a compor músicas originais belas e complexas, que instigaram a imaginação de Cuarón a tal ponto que ele convidou Price para compor toda a trilha instrumental do filme. Price e Cuaron recentemente voltaram a trabalhar juntos, na série da NBC, Believe.
* * *




Baixar 198.83 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar