CoraçÕes de ferro (“fury”) Informações de Produção



Baixar 198.83 Kb.
Página2/3
Encontro30.10.2016
Tamanho198.83 Kb.
1   2   3

BRAD PITT (Don “Wardaddy” Collier / Produtor Executivo), um dos atores mais fortes e versáteis da atualidade, é também um bem-sucedido produtor de cinema com sua produtora Plan B Entertainment.
No ano passado, ele venceu um Oscar® como produtor de 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave), dirigido por Steve McQueen. Além de ser premiado com a estatueta de Melhor Filme, o filme deu Oscars® ao roteirista John Ridley e à atriz coadjuvante, Lupita Nyong’o. Pitt também interpretou um papel coadjuvante no filme. Atualmente, ele estrela e está produzindo By the Sea, coprotagonizado por Angelina Jolie, que também está escrevendo e dirigindo o filme.
Em 2013, Pitt estrelou e produziu um dos dez filmes de maior bilheteria do ano, Guerra Mundial Z (World War Z), para a Paramount. Em seguida, interpretou um papel coadjuvante em O Conselheiro do Crime (The Counselor), de Cormac McCarthy, dirigido por Ridley Scott, bem como em O Homem da Máfia (Cogan’s Trade), de Andrew Dominik. Esta é a segunda vez que Pitt estrela e produz um filme de Dominik, após ter estrelado O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford (The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford), com o qual foi nomeado Melhor Ator do Festival de Cinema de Veneza. Em 2011, Pitt teve dois dos seus desempenhos mais complexos e cheios de nuances: em O Homem Que Mudou o Jogo (Moneyball), de Bennett Miller, e A Árvore da Vida (Tree of Life), de Terrence Malick, filmes que ele também produziu. Pitt venceu o prêmio New York Film Critics Circle Award e o da National Society of Film Critics por ambos os desempenhos. Além disso, ele foi indicado ao prêmio do Screen Actors Guild, ao Globo de Ouro, ao BAFTA e a um Oscar® por sua atuação em Moneyball. O filme também recebeu uma indicação ao Oscar® de Melhor Filme. Tree of Life ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes e também foi um dos candidatos ao Oscar® de Melhor Filme. Em anos anteriores, Pitt foi indicado ao Oscar® por sua atuação em O Curioso Caso de Benjamin Button (The Curious Case of Benjamin Button), de David Fincher, e Os Doze Macacos (Twelve Monkeys), de Terry Gilliam, com o qual ganhou um Globo de Ouro. Ele também foi indicado ao Globo de Ouro por suas atuações em Lendas da Paixão (Legends of the Fall), de Edward Zwick, e Babel, de Alejandro González Iñárritu.
Em 2009, Pitt estrelou o filme de Quentin Tarantino, Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds), como o tenente Aldo Raine; e foi visto na comédia de suspense de Joel e Ethan Coen, Queime Depois de Ler (Burn After Reading). Ao lado de George Clooney, seu coastro de Burn After Reading, ele também foi visto nos sucessos de Steven Soderbergh, Onze Homens e um Segredo (Ocean's Eleven), Doze Homens e Outro Segredo (Ocean's Twelve) e Treze Homens e um Novo Segredo (Ocean's Thirteen).
Foi seu papel no vencedor do Oscar®, Thelma e Louise, de Ridley Scott, que o alçou inicialmente ao estrelato nacional. Logo, ele estrelaria o filme de Robert Redford vencedor do Oscar®, Nada É Para Sempre (A River Runs Through It), Kalifornia, de Dominic Sena, e Amor À Queima Roupa (True Romance), de Tony Scott. Pitt também foi aclamado pela crítica por suas atuações em dois filmes de David Fincher: Seven: Os Sete Crimes Capitais (Se7en) e Clube da Luta (Fight Club). Seus filmes mais recentes incluem Sr. e Sra. Smith (Mr. and Mrs. Smith), de Doug Liman, que foi um dos maiores sucessos de 2005, e SnatchPorcos e Diamantes (Snatch), de Guy Ritchie.
A Plan B Entertainment de Pitt desenvolve e produz projetos tanto para o cinema quanto para a televisão. A Plan B já produziu o filme vencedor do Oscar®, 12 Anos de Escravidão (12 Years A Slave), Guerra Mundial Z (World War Z), da Paramount, Os Infiltrados (The Departed), de Martin Scorsese, O Preço da Coragem (A Mighty Heart), de Michael Winterbottom, Te Amarei Para Sempre (The Time Traveler’s Wife), de Robert Schwentke, A Vida Íntima de Pippa Lee (The Private Lives of Pippa Lee), de Rebecca Miller, de A Fantástica Fábrica de Chocolate (Charlie and the Chocolate Fatory), de Tim Burton, Correndo com Tesouras (Running com Scissors), de Ryan Murphy, Troia (Troy), de Wolfgang Petersen, Comer Rezar Amar (Eat Pray Love), de Ryan Murphy, e Kickass - Quebrando Tudo (Kickass), de Matthew Vaughn. Atualmente, a produtora está trabalhando na pós-produção de True Story, dirigido por Rupert Goold e estrelado por James Franco e Jonah Hill. Já na televisão, Resurrection, da Plan B, estreará a sua segunda temporada pela ABC.

O talento natural e energia pura de SHIA LaBEOUF (Boyd “Bíblia” Swan) lhe valeram um lugar entre os grandes protagonistas de Hollywood.


Mais recentemente, estrelou Ninfomaníaca (Nymphomaniac), do diretor de vanguarda Lars Von Trier, e encarnou o papel-título de Conquistas Perigosas (Charlie Countryman), contracenando com Evan Rachel Wood, Mads Mikkelsen e Melissa Leo. Em 2012, estrelou o filme de Robert Redford, Sem Proteção (The Company You Keep), um thriller sobre um ex-ativista da Weather Underground que foge de um jornalista que descobriu a sua identidade. O filme foi recebido com elogios em sua estreia no Festival de Cinema de Veneza, e contou com um elenco premiado que inclui Robert Redford, Julie Christie, Stanley Tucci, Susan Sarandon e Chris Cooper. Também foi visto no drama policial de John Hillcoat, Os Infratores (Lawless), contracenando com Tom Hardy, Gary Oldman, Guy Pearce, Jessica Chastain e Mia Wasikowska; o filme foi recebido com uma ovação do público no Festival de Cinema de Cannes de 2012.
LaBeouf estrelou Transformers: O Lado Oculto da Lua (Transformers: Dark of the Moon), que marcou a terceira e última vez que ele encarnou o empreendedor e heroico Sam Witwicky. Do Transformers original, que arrecadou mais de US$ 700 milhões de dólares em seu lançamento nos cinemas de todo o mundo e se tornou o DVD de maior vendagem do ano, ao segundo título, Transformers: A Vingança dos Derrotados (Transformers: Revenge of the Fallen), cujo faturamento global superou os US$ 836 milhões de dólares, Sam continuou a se encontrar no meio de uma disputa de vida e morte entre legiões de robôs beligerantes na Terra.
Seus créditos cinematográficos adicionais incluem Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme (Wall Street: Money Never Sleeps), de Oliver Stone, coprotagonizado por Michael Douglas, o quarto capítulo da série Indiana Jones, de Steven Spielberg, Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull), ao lado de Harrison Ford, Controle Absoluto (Eagle Eye), do DJ Caruso, o segmento de Anthony Minghella da antologia romântica Nova York, Eu te Amo (New York I Love You), o thriller popular Paranoia (Disturbia), o filme de animação indicado ao Oscar®, Tá Dando Onda (Surf’s Up), Santos e Demônios (A Guide to Reconizing Your Saints), que ganhou o prêmio de Melhor Elenco no Festival de Cinema de Sundance, o drama aclamado de Emilio Estevez, Bobby, O Melhor Jogo da História (The Greatest Game Ever Played), Eu, Robô (I, Robot), Constantino, As Panteras – Detonando (Charlie’s Angels: Full Throttle), e o telefilme do "Project Greenlight" da HBO, The Battle of Shaker Heights, produzido por Matt Damon e Ben Affleck. Em 2003, ele fez sua estreia no cinema na comédia, O Mistério dos Escavadores (Holes), baseada no livro best-seller de Louis Sacher.
Em 2007, LaBeouf foi nomeado astro de amanhã na convenção ShoWest da Associação Nacional dos Proprietários de Cinemas e, em fevereiro de 2008, foi premiado com o BAFTA Orange Rising Star Award, através da votação do público britânico. Além disso, ele foi nomeado a quatro Teen Choice Awards com Transformers, vencendo o Prêmio Revelação Masculina, o Teen Choice Award de Melhor Ator de Filme de Terror / Suspense por sua atuação em Paranoia (Disturbia); ele também foi premiado com um Scream Award. Em 2004, foi indicado para o Prêmio Jovem Artistas de Melhor Ator Jovem em longa-metragem, e para o prêmio de Revelação Masculina do MTV Movie Awards por sua atuação em O Mistério dos Escavadores (Holes).
Na televisão, recebeu muitos elogios de toda a crítica especializada por sua interpretação de Louis Stevens na série original do Disney Channel, Even Stevens. Em 2003, ele ganhou um prêmio Daytime Emmy de Melhor Ator de uma série infantil por seu trabalho na série para a família de grande audiência.
Além de seu trabalho diante das câmeras, LaBeouf também dirigiu vários projetos, incluindo videoclipes para Kid Cudi, Marilyn Manson e Sigur Ros, bem como um curta-metragem, Howard Cantour.com, que estreou no Festival de Cinema de Cannes de 2012. Ele também já escreveu várias graphic novels lançadas através da sua própria editora, The Campaign Book.
LaBeouf mora atualmente na Califórnia.

LOGAN LERMAN (Norman Ellison) atingiu a maioridade trabalhando na indústria do entretenimento e já possui uma lista impressionante de créditos profissionais. Ele persegue corajosamente papéis desafiadores, evoluindo a cada novo projeto e vem rapidamente se transformando em um dos atores mais requisitados de Hollywood, tanto em filmes independentes quanto grandes produções comerciais.
Mais recentemente, foi visto no épico bíblico de Darren Aronofsky, Noé (Noah), coprotagonizando com Russell Crowe, Jennifer Connelly, Anthony Hopkins, Douglas Booth e Emma Watson. O filme arrecadou mais de US$ 350 milhões de dólares no mundo todo.
Anteriormente, estrelou o drama independente sobre o amadurecimento, As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower), contracenando com Emma Watson, Paul Rudd e Ezra Miller. Aclamado pela crítica no papel de Charlie, um rapaz tímido de 15 anos lidando com o amor, a amizade, a perda e a desilusão, seu desempenho lhe valeu uma indicação ao Broadcast Film Critics Award. Produzido por John Malkovich e sua equipe na Mr. Mudd, o filme foi indicado a vários prêmios, tendo vencido o People's Choice Awards e o Independent Spirit Awards. Lerman, e seus coprotagonistas Watson e Miller, foram também indicados a um total de quatro prêmios MTV Film Awards por seus desempenhos no filme.
Começou a sua carreira no cinema interpretando o papal do filho caçula no drama de guerra de Roland Emmerich, O Patriota (The Patriot), contracenando com Mel Gibson. Naquele mesmo ano, apareceu como a versão mais jovem do personagem adulto de Gibson na comédia romântica de Nancy Meyers, O Que As Mulheres Querem (What Women Want). Lerman interpretou o papel-título de Percy Jackson e o Ladrão de Raios (Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief), de Chris Columbus, e reprisou o papel de protagonista no segundo título da franquia, Percy Jackson e o Mar de Monstros (Percy Jackson: Sea of Monsters). Seus créditos cinematográficos adicionais incluem: Ligados Pelo Amor (Stuck In Love); Os Três Mosqueteiros (The Three Musketeers); Efeito Borboleta (The Butterfly Effect); Os Heróis do Pedaço (Hoot); The Número 23 (Number 23), de Joel Schumacher; Os Garotos da Minha Vida (Riding in Cars With Boys), de Penny Marshall; o remake de James Mangold aclamado pela crítica de Os Indomáveis (3:10 to Yuma); Meet Bill; Ligados pelo Amor (My One and Only), de Richard Loncraine; e Gamer, de Mark Neveldine e Brian Taylor.
Também deixou sua marca nas telinhas, na série dramática da WB, Jack and Bobby, no papel de Bobby McCallister. A série segue as vidas de dois irmãos desde o ensino médio até a vida adulta, quando um deles se torna presidente dos Estados Unidos. Antes disso, Lerman atuou no telefilme A Painted House, que o premiou com o primeiro de seus três Young Artist Awards.

MICHAEL PEÑA (Trini “Gordo” Garcia) se consagrou em Hollywood como um ator com uma vasta gama de desempenhos variados e que já trabalhou com uma lista impressionante de diretores premiados. Peña foi reconhecido por seu desempenho no filme controverso de Paul Haggis vencedor do Oscar®, Crash: No Limite (Crash), contracenando com Don Cheadle, Matt Dillon e Terrence Howard. Com a aclamação do filme por parte da crítica por sua interpretação das complexas relações raciais na América contemporânea, Peña e seus colegas de elenco foram indicados a inúmeros prêmios de Melhor Elenco, vencendo nessa categoria o Screen Actors Guild e o Broadcast Film Critics Association Awards.
Em setembro de 2012, Peña foi visto no sucesso de crítica de David Ayer, Marcados Para Morrer (End of Watch), que fez sua estreia no Festival de Cinema de Toronto. O filme é sobre dois jovens agentes de polícia do bairro de South Central, em Los Angeles, que são marcados para morrer depois que depois que confiscam um pequeno arsenal e o dinheiro de membros de um cartel famoso durante uma blitz de trânsito de rotina. No papel do policial Zavala, Peña foi indicado a um Independent Spirit Award e o filme foi reconhecido pela National Board of Review como um dos 10 Melhores Filmes Independentes do ano.
Mais recentemente, Peña foi visto como o líder sindical Cesar Chavez, em Chavez. O filme é dirigido por Diego Luna e produzido por Canana e Mr. Mudd.
Desde 2 de outubro, ele pode ser visto na minissérie de 10 horas da Fox, Gracepoint, um remake de Broadchurch, do Reino Unido. A produção gira em torno do detetive Emmett Carver (David Tennant), o investigador-chefe do caso do assassinato chocante de Danny, de 11 anos, que coloca toda uma pequena cidade sob escrutínio. Peña interpreta o pai de Danny, Mark, um encanador e pai de família benquisto na cidade. Como todo mundo, Mark fica devastado com o crime, mas como sua esposa, Beth (Virginia Kull), suspeita, ele pode estar escondendo alguma coisa sobre aquela noite fatídica.
Peña atuou em diversos filmes no último ano, incluindo o filme independente Pronto Pra Recomeçar (Everything Must Go), contracenando com Will Ferrell e Rebecca Hall, e Caça aos Gângsteres (Gangster Squad), contracenando com Sean Penn, Josh Brolin e Ryan Gosling; sua voz foi ouvida no longa-metragem de animação da Fox, Turbo.

 

Sua filmografia inclui ainda Gente de Sorte (The Lucky Ones), coestrelado por Rachel McAdams e Tim Robbins; a comédia de Jody Hill, O Segurança Fora de Controle (Observe and Report), com Seth Rogen; o drama político de Robert Redford, Leões e Cordeiros (Lions for Lambs), coprotagonizado por Tom Cruise e Meryl Streep; e o thriller psicológico de Werner Herzog e David Lynch, My Son, My Son, What Have Ye Done, com Michael Shannon, Willem Dafoe e Chloe Sevigny.



 

Outros créditos cinematográficos dignos de destaque incluem World Trade Center, de Oliver Stone, uma crônica do heroísmo dos policiais e socorristas norte-americanos imediatamente após os ataques do 11 de setembro; Menina de Ouro (Million Dollar Baby), de Clint Eastwood; The United States of Leland, de Matthew Ryan Hoge; Buffalo Soldiers, de Gregor Jordan; Atirador (Shooter), de Antoine Fuqua; Roubo nas Alturas (Tower Heist), de Brett Ratner, e Babel, de Alejandro González Iñárritu.

 

Na televisão, Peña também estreou o telefilme da HBO, Walkout. Baseado na história verídica de um jovem professor hispano-americano do ensino médio que ajudou a organizar um movimento em massa de evasão escolar em meados dos anos 1960, o desempenho de Peña lhe deu um Imagen Award de Melhor Ator de Televisão. Recentemente, voltou a trabalhar com Danny McBride na segunda temporada de Eastbound and Down, da HBO. Também atuou na quarta temporada do drama da F/X, The Shield, no papel de um dos protagonistas centrais, contracenando com Glenn Close e Anthony Anderson. Seus créditos televisivos incluem ainda a série de Steven Spielberg para a NBC, Semper Fi.



 

Criado em Chicago, Peña começou a atuar quando superou centenas de candidatos em uma audição aberta para um papel em To Sir, With Love 2, dirigido por Peter Bogdonovich e estrelado por Sidney Poitier.

Ator de formação clássica, JON BERNTHAL (Grady “Gambá” Travis) foi visto mais recentemente em O Lobo de Wall Street (The Wolf of Wall Street), de Martin Scorsese.

 

Foi divulgado recentemente que Bernthal contracenará com Winona Ryder, Alfred Molina, Oscar Isaac e Catherine Keener na minissérie de seis horas da HBO, Show Me a Hero, from David Simon, cocriador de The Wire. Baseada no livro de não-ficção de Lisa Belkin, ela narra a história do prefeito mais jovem de uma grande metrópole do país que se vê no centro de uma polêmica racial quando um tribunal federal ordena que ele construa um pequeno número de unidades habitacionais de baixa renda nos bairros brancos da sua cidade de Yonkers, estado de Nova York. Bernthal interpretará Michael H. Sussman, um advogado implacável formado por Harvard que representou a NAACP quando esta aderiu a causa antissegregacionista do governo contra Yonkers.



 

Com uma série de novos filmes já confirmada, Bernthal começa em breve a rodar, Sicário, de Denis Villeneuve, no papel de Ted, coestrelando com Emily Blunt e Benicio Del Toro. Além disso, Bernthal foi escalado para a ansiosamente aguardada adaptação cinematográfica de Alfonso Gomez-Rejon de Me & Earl & the Dying Girl, no papel do sr. McCarthy. Além disso, também foi selecionado para interpretar Monroe, ao lado de Dakota Fanning e Evan Rachel Wood, em um projeto ainda sem título a ser escrito e dirigido por Gerardo Naranjo.

 

Na televisão, estrelou no papel de Shane Walsh a revolucionária série do AMC, The Walking Dead, baseada na HQ homônima de Robert Kirkman. O desempenho extraordinário de Bernthal no papel de um sobrevivente do apocalipse zumbi marca outra reviravolta impressionante numa carreira definida por desempenhos aclamados e variados tanto no teatro quanto no cinema. The Walking Dead foi indicado ao Globo de Ouro® de Melhor Série Dramática, um prêmio Writers Guild of America de Melhor Série Nova, e foi reconhecida pela AFI como uma das Dez Melhores Produções de Televisão do Ano. A série também estabeleceu novos recordes como a série dramática de maior audiência da história do serviço básico de TV a cabo e é exibida internacionalmente em mais de 120 países e 33 idiomas.


Bernthal também protagonizou Mob City, de Frank Darabont, para a TNT, e integrou o elenco de grandes astros na minissérie da HBO de Tom Hanks e Steven Spielberg, The Pacific. Seus demais créditos na televisão incluem participações em Boston Legal, CSI: Miami, Law & Order: Special Victims Unit, How I Met Your Mother e Without a Trace. A primeira série que protagonizou foi The Class, criada por David Crane e dirigida por James Burrows.

 

Seu primeiro papel de destaque no cinema foi no filme de Oliver Stone, World Trade Center, com Nicholas Cage e Maria Bello. Ele também estrelou Uma Noite Fora de Série (Date Night), com Steve Carell e Tina Fey; o filme premiado de Roman Polanski, O Escritor Fantasma (The Ghost Writer), contracenando com Ewan McGregor; Uma Noite no Museu 2 (Night at the Museum: Battle of the Smithsonian), coestrelado por Ben Stiller, Christopher Guest e Hank Azaria; Ajuste de Contas (Grudge Match), protazonigado por Robert De Niro; e os filmes independentes, Ligados pelo Crime (The Air I Breathe), com Kevin Bacon e Julie Delpy, e Day Zero, com Elijah Wood. Junto com seu pai, Bernthal abriu uma produtora chamada Story Fatory, que tem vários projetos de cinema e televisão em desenvolvimento.



 

Um veterano com mais de 30 montagens teatrais em seu currículo, o ator foi indicado ao Ovation Award de 2011 por seu desempenho na montagem do Rogue Machine Theatre de Small Engine Repair, que fez sua estreia nova-iorquina no MCC no outono de 2013. Bernthal também produziu a peça, uma tragicomédia de humor negro que acompanha três amigos da classe operária de Manchester, New Hampshire, que se reúnem durante uma noite para beber, brigar e rememorar. Anteriormente, Bernthal havia estrelado Fat Pig, de Neil Labute, no Geffen Playhouse. Seus créditos teatrais adicionais incluem de Fifth of July, de Langford Wilson, no Signature Theatre, de Nova York, a montagem off-Broadway de The Resistible Rise of Arturo Ui, em que Bernthal interpretou Ui, na Portland Stage Company, e This Is Our Youth, no Studio Theatre, de Washington, D.C. Seu amor pelo teatro o levou a criar sua própria companhia teatral sem fins lucrativos, Fovea Floods, ao norte de Nova York.

 

Durante os anos de sua formação universitária, teve a incrível oportunidade de estudar no prestigioso Moscow Arts Theatre, na Rússia, famoso por seu programa estruturado e altamente disciplinado. Versado em interpretação, acrobacias, balé e ritmo, essa intensa formação deu a Bernthal uma base sólida para seu ofício. Enquanto cursava a MAT, ele foi descoberto pelo diretor do Institute for Advanced Theatre Training da Universidade de Harvard, no American Repertory Theatre, de Moscou, onde foi convidado a estudar e obteve um mestrado em Artes.



 

Bernthal foi jogador profissional de beisebol das minor leagues dos EUA e também da Federação Europeia de Beisebol Profissional. Hoje em dia, ele prefere o boxe, que treina há anos, lutando seis dias por semana. Ele também ensina boxe a crianças em risco para que adquiram disciplina, desenvolvam uma ética de trabalho e canalizem seus problemas para um esporte que lhes ensine confiança e controle. Bernthal também se dedica a resgatar cães da raça pit bull que tenham sofrido maus-tratos, alocando-os posteriormente em novos lares onde sejam queridos.



JASON ISAACS (Capitão Waggoner), ator indicado ao Globo de Ouro, ao BAFTA, ao Emmy Internacional e ao Critic's Circle Award, começou sua carreira na Universidade de Bristol, onde estudou Direito, mas acabou atuando, escrevendo e dirigindo a maior parte do tempo. Depois de formado, cursou durante três anos a prestigiosa Central School of Speech and Drama de Londres. Em 2000, seu desempenho espetacular como o coronel William Tavington no filme de Roland Emmerich, O Patriota (The Patriot) lhe rendeu indicações a inúmeros prêmios, incluindo o do British Film Critics' Circle.
Dois anos depois, Isaacs originou seu papel de Lucius Malfoy, em Harry Potter e a Câmara Secreta (Harry Potter and the Chamber of Secrets). Ele reprisou o papel em Harry Potter e o Cálice de Fogo (Harry Potter and the Goblet of Fire), Harry Potter e a Ordem da Fênix (Harry Potter and the Order of the Phoenix), bem como nos dois últimos filmes, Harry Potter e as Relíquias da Morte Partes I e II (Harry Potter and the Deathly Hollows, Parts I and II).
Seus créditos adicionais no cinema incluem Falcão Negro em Perigo (Black Hawk Down), Zona Verde (Green Zone), Peter Pan, Amigas com Dinheiro (Friends with Money), O Terno de Dois Bilhões de Dólares (The Tuxedo), Doce Novembro (Sweet November), Códigos de Guerra (Windtalkers), Fim de Caso (End of the Affair), Armageddon, O Enigma do Horizonte (Event Horizon), Um Homem Bom (Good), Sem Saída (Abduction) e o favorito do festival e vencedor do Prêmio Michael Powell, Skeletons.
Isaacs ganhou vários prêmios e indicações por seus papéis na televisão, incluindo uma indicação ao BAFTA de Melhor Ator por The Curse of Steptoe e uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator de Minissérie ou Telefilme para The State Within, da BBC. Os críticos elogiaram seus desempenhos em Scars e Civvies, de Lynda LaPlante, e como Michael Caffee em três temporadas da série premiada com o Peabody Award, Brotherhood, com a qual foi nomeado para um Satellite Award de Melhor Ator. Mais tarde, ganhou esse prêmio estrelando como Jackson Brodie as séries um e dois de Case Histories, da BBC, um papel que lhe rendeu várias outras indicações, incluindo um Emmy Internacional de Melhor Ator. Case Histories também venceu um prêmio BAFTA na Escócia de Melhor Série Dramática. Mais recentemente, ele produziu e estrelou como o detetive Michael Britten o aclamado drama da NBC Awake, que foi ao ar pela Sky Atlantic, no Reino Unido. Na TV norte-americana, também atuou em The West Wing e Entourage. Recentemente, também atuou em O Bebê de Rosemary, uma minissérie da NBC. Isaacs está rodando atualmente a série do canal USA, Dig, ambientada na Jerusalém contemporânea, dos criadores de Homeland e Heroes.

 

Mais recentemente, foi visto em Sweetwater, ao lado de Ed Harris e January Jones, e possui vários filmes a serem lançados, incluindo Field of Lost Shoes, dirigido por Sean McNamara, lançado em setembro, bem como Stockholm Pennsylvania, Things People Do, Rio, Eu Te Amo e London Fields.


Nos palcos, ele criou o papel de Louis na montagem premiada do Royal National Theatre da peça vencedora do Prêmio Pulitzer, Angels in America, já tendo atuado diante de plateias lotadas nos teatros Royal Court, Almeida, King’s Head e Trafalgar, de Londres. Mais recentemente, estrelou uma temporada com ingressos esgotados de The Dumb Waiter, de Pinter, com o comediante Lee Evans.


Baixar 198.83 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
pregão eletrônico
Curriculum vitae
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
distrito federal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar