Brasília 2017 ministério da educação



Baixar 11.35 Mb.
Pdf preview
Página8/12
Encontro09.04.2020
Tamanho11.35 Mb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12

70
O projeto gráfico/editorial apresenta uma organização clara, coerente e funcional, a qual é compatível 
com as opções teórico-metodológicas da coleção. A linguagem gráfica presente nos livros da coleção 
proporciona ao estudante situações de aprendizagem, a partir da leitura, interpretação e compreen-
são de mapas, gráficos, tabelas, climogramas e imagens diversas. Essas ilustrações também contri-
buem para a compreensão de conceitos e fenômenos geográficos que, integrados aos textos, estimu-
lam o desenvolvimento do raciocínio geográfico e promovem a apreensão das temáticas abordadas.
As ilustrações – fotografias, desenhos, charges – e os gráficos, as tabelas, os quadros, os infográficos 
e os mapas são legíveis, de fácil compreensão e dialogam com o(s) texto(s) favorecendo a atividade 
docente e a aprendizagem. Esta organização do projeto gráfico-editorial possibilita que o estudante 
realize a leitura, interpretação e compreensão dos textos e das linguagens imagéticas e, assim, possa 
desenvolver as atividades indicadas.
Ao final de cada capítulo, há indicações de leituras complementares provenientes de fontes variadas 
– filmes/documentários, obras diversas como livros paradidáticos e obras literárias e sites da inter-
net – tendo em vista a ampliação dos conhecimentos sobre os conteúdos curriculares tratados em 
cada unidade temática.
O Manual do Professor apresenta a proposta pedagógica que orienta a coleção, a estrutura de cada 
Livro do Estudante, os objetivos de cada unidade temática e as habilidades que os estudantes deve-
rão desenvolver a partir dos estudos dos temas, dols conceitos e das noções, além de possibilitar a 
formação continuada do professor, através da indicação de leituras. Expõe a abordagem teórico-meto-
dológica adotada, as orientações didáticas e metodológicas específicas para o professor trabalhar os 
conteúdos, acompanhadas de proposições e orientações de atividades numa perspectiva interdisci-
plinar. Por fim, são fornecidas as respostas das questões e atividades propostas no Livro do Estudante.
No Manual do Professor, há indicação de leituras de obras/referências bibliográficas de estudiosos 
da área de Pedagogia e de geógrafos que pesquisam o ensino da Geografia, além de outros temas. 
Há a recomendação de sites para consultas das referências bibliográficas, contemplando a discussão 
sobre os conhecimentos geográficos, a educação geográfica e a interdisciplinaridade. Encontram-se 
indicações que possibilitam a realização de estudos sobre diversos temas e sugestões de metodo-
logias, orientações e propostas para o trabalho docente. Há, também, indicação de alguns proce-
dimentos – pesquisas, debates, produção de textos, leitura e interpretação de fotografias, mapas, 
gráficos, quadros e tabelas – além de sugestões de atividades complementares. Propõe a articulação 
da Geografia com os demais componentes do currículo do Ensino Médio.
Entre os méritos da coleção está a potencialidade que o professor encontrará na grande quantida-
de de ilustrações, textos, combinada à indicação de sites, livros, filmes, entre outros, instrumentos 
importantes para que o processo ensino-aprendizagem se torne significativo e propicie o desen-
volvimento de um olhar crítico para a realidade. Desse modo, a coleção proporciona, tanto para o 
estudante quanto para o professor, a abordagem de conteúdos importantes para o entendimento dos 
lugares e do mundo, com informações e dados bastante atuais.

71
Os três Livros do Estudante se articulam de modo que a multiplicidade de eventos históricos e fatos 
geográficos, como a Formação da Terra, a Expansão do Capitalismo e os Problemas ambientais, sejam 
abordados de maneira integrada, corroborando o entendimento do espaço geográfico como um con-
junto indissociável de sistemas de ações e sistemas de objetos. Portanto, as características da coleção 
favorecem um ensino de Geografia no qual os professores podem contar com estratégias metodológi-
cas inspiradas no método crítico-construtivista e nos princípios da interdisciplinaridade, da transver-
salidade e da contextualização. E, ainda, articulando a abordagem dos conceitos e temas da Geografia 
com os demais componentes do currículo escolar, através do uso didático-pedagógico das diversas 
linguagens e dos diferentes gêneros textuais. Os estudantes terão a Formação Cidadã favorecida pela 
discussão de princípios éticos pautados no respeito à diversidade e ao multiculturalismo, articulados 
ao ensino de conceitos e temas da Geografia, complementados por temas transversais. No conjunto 
da coleção, a estrutura de cada Livro do Estudante e dos Manual do Professor possibilita ações para a 
promoção da aprendizagem dos estudantes, bem como a formação continuada do professor.
em sala de aula
Professor, ao adotar a coleção, você pode articular os diferentes componentes curriculares do Ensino 
Médio com os conteúdos, conceitos e temas geográficos.
Uma das questões que necessitam de cuidado na sala de aula diz respeito à diversidade, incluindo as 
temáticas de: gênero, homofobia, violência contra a mulher, imagem e o papel da mulher na socieda-
de contemporânea, preconceito, discriminação, questões étnico-raciais, a participação de afrodes-
cendentes e indígenas nos diferentes espaços brasileiros.
Entre os méritos da coleção, destacam-se ilustrações, textos, indicação de sítios, bibliografia, filmes, 
entre outros, que são essenciais para que o ensino e a aprendizagem se tornem significativos no 
contexto da sociedade contemporânea.
Os três Livros do Estudante articulam-se, de modo que a multiplicidade de eventos históricos e fatos 
geográficos estão relacionados, favorecendo a compreensão do espaço geográfico como um processo 
dinâmico, desigual e contraditório.
A coleção, porém, aborda de modo superficial as regiões mais remotas do Brasil. Não foi possível en-
contrar, por exemplo, uma discussão sobre os problemas que ocorrem nas fronteiras brasileiras. Nesses 
casos, se faz necessário que você, professor, complemente os estudos referentes a esses conteúdos.
As novas dinâmicas da atuação do capital precisam ser desenvolvidas por você, com informações e 
conhecimentos dessas realidades do território brasileiro, tanto no espaço urbano como no espaço 
rural, em suas diferentes escalas geográficas.

72
O Manual do Professor apresenta um roteiro bastante didático dos objetivos previstos para cada 
unidade, como: o quadro de todas as habilidades que devem ser potencializadas; informações sobre 
o processo avaliativo; Formação Cidadã; interdisciplinaridade; transversalidade; o quadro dos prin-
cipais conceitos da Geografia, entre outros elementos que auxiliam no ensino e na aprendizagem.

73
Na coleção, os Livros do Estudante são divididos por unidades, capítulos e seções. Ao final de cada 
livro, estão inseridos os itens Projeto, Índice Remissivo e as Referências Bibliográficas.
A coleção adota uma abordagem didático-pedagógica que parte do espaço vivido do estudante e, 
gradativamente, vai realizando aproximações com os conceitos, no intuito de ampliar seus referen-
ciais e desenvolver a capacidade de interpretar o mundo em suas múltiplas escalas.
O objetivo central assumido pela coleção é contribuir para ampliar os conhecimentos do estudante 
de modo que ele possa compreender o espaço geográfico como produto das relações econômicas, 
culturais e de poder. Este objetivo articula os livros que compõem a coleção e contribui para orientar 
o desenvolvimento dos conteúdos. O Livro do Estudante do 1º ano enfoca os fenômenos naturais e 
sua relação com os processos sociais; o Livro do Estudante do 2º ano discute sobre a formação do 
território brasileiro e sua inserção no cenário internacional; o Livro do Estudante do 3º ano trata dos 
cenários do mundo globalizado por meio dos processos históricos e geopolíticos.
O Manual do Professor apresenta indicações bibliográficas que contribuem para auxiliar o professor. 
Aborda questões didático-pedagógicas, bem como traz textos reflexivos sobre alguns dos conteúdos 
trabalhados ao longo da unidade, servindo de subsídio para sua problematização.
IGOR MOREIRA
0150P18053
EDITORA POSITIVO 
1

edição - 2016
VIVÁ - GEOGRAFIA
visão geral

74
No Livro do Estudante do 1º ano, a abordagem dos conteúdos busca compreender o caráter de cons-
trução do espaço geográfico partindo das relações entre sociedade e natureza.
Os conteúdos no Livro do Estudante do 1º ano estão distribuídos nas seguintes temáticas: Unidade 
um: Espaço e Sociedade, com os capítulos: Sociedade, natureza e trabalho; O espaço geográfico; 
Espaço e conhecimento cartográfico. Unidade dois: Natureza e espaço geográfico, com os capítulos: 
Terra, tempo e transformações; A dinâmica da crosta terrestre; Atmosfera e Clima; Biomas e paisagens 
vegetais. Unidade três: Impactos ambientais; com os capítulos: Impactos ambientais e globalização; 
Mudanças climáticas; problemas ambientais urbanos e rurais. Unidade quatro: As atividades econô-
micas e a transformação do espaço, com os capítulos: Agropecuária, natureza e tecnologia; Indústria 
e produção do espaço geográfico; Comércios e serviços na economia global.
O Livro do Estudante do 2º ano enfoca os conceitos de região e território, com recorte escalar a partir do Brasil.
A distribuição dos conteúdos no Livro do Estudante do 2º ano está organizada nas seguintes unida-
des temáticas: Unidade um: Brasil: um país no mundo, com os capítulos: Construção e integração do 
território; Regionalização e planejamento; O Brasil no sistema internacional. Unidade dois: Brasil: 
paisagens naturais e ação da sociedade, com os capítulos: Geologia, relevo e águas do Brasil; Clima, 
solo e paisagens vegetais do Brasil. Unidade três: Brasil: sociedade e cultura, com os capítulos: Dinâ-
mica populacional; Um país multicultural. Unidade quatro: Brasil: trabalho, circuitos de produção e 
urbanização, com os capítulos: Espaço agropecuário brasileiro; Espaço industrial brasileiro e matriz 
energética; Espaço urbano brasileiro.
O Livro do Estudante do 3º ano aborda a escala geográfica mundial. Enfatiza o processo histórico de 
desenvolvimento do socialismo e do capitalismo, bem como a globalização.
Os conteúdos no Livro do Estudante do 3º ano estão organizados nas seguintes unidades temáticas: 
Unidade um: O espaço mundial: origens e transformações, com os capítulos: Diferentes mundos no 
planeta Terra; Geopolítica no pós-Segunda Guerra Mundial. Unidade dois: O espaço da globalização, 
com os capítulos: Globalização e redes geográficas; Globalização e regionalização. Unidade três: Ce-
nários de um mundo globalizado, com os capítulos: Convivendo com as diferenças; Protagonistas da 
geopolítica mundial; Outros atores da Geopolítica Mundial. Unidade quatro: População e formas de 
ocupação do espaço, com os capítulos: População mundial: dinâmica e indicadores demográficos; 
População e espaço urbano; População mundial: trabalho e mobilidade.
Os Manuais do Professor compõem-se de versões do Livro do Estudante acompanhadas do Caderno de 
Apoio Pedagógico (CAP). O CAP está organizado da seguinte forma: orientações pedagógicas, legais e 
teóricas, subdivididas em: As ciências humanas e o Ensino Médio; O ensino de Geografia; A prática edu-
descrição da obra

75
cativa no Ensino Médio; A questão do Enem; A condição Juvenil; O trabalho interdisciplinar; Avaliação;
Pressupostos teórico-metodológicos da coleção; Estrutura e descrição das seções da coleção; e Su-
gestões de leituras para aprofundamento. A segunda parte é dedicada às orientações específicas 
para cada Livro do Estudante.
análise da obra
A coleção destaca-se no que se refere à Formação Cidadã e à efetivação de sua fundamentação te-
órica e metodológica. No primeiro aspecto, é notório o esforço em propiciar a construção do conhe-
cimento com base na diversidade sócio-político-cultural que caracteriza a sociedade. No segundo, o 
cotidiano do estudante é fundamental para o processo de ensino-aprendizagem. Tais características 
formam a identidade da coleção que serve como estrutura para o desenvolvimento dos conceitos e 
conteúdos geográficos de maneira apropriada.
A Formação Cidadã é uma marca latente na coleção, evidenciada tanto pelas inclusões de temas, como 
na abordagem dos conteúdos e, de forma complementar, nas seções específicas. A proposta teórico-
-metodológica que está explicitada no Manual do Professor é efetivada ao longo da coleção por meio 
dos conteúdos que oportunizam a construção de conceitos associados a uma leitura crítica da realidade.
As diferentes seções abordam as temáticas cidadãs e, ao mesmo tempo, estão relacionadas aos con-
teúdos de Geografia, com ações pedagógicas promotoras de um papel reflexivo e ativo do estudan-
te. Nas articulações entre conteúdos da Geografia e temáticas transversais, são discutidas questões 
ligadas às lutas contemporâneas, como as discriminações impostas a imigrantes, indígenas, negros, 
mulheres e homossexuais, bem como incentivam ações voltadas à sustentabilidade.
A coleção atende aos princípios éticos e democráticos necessários à construção da cidadania, a Formação 
Cidadã é uma preocupação recorrente nos textos. Os temas tratados referem-se a explicitação dos direitos 
humanos e, especificamente, dos direitos dos idosos, das ciganas e dos adolescentes, porém se faz ne-
cessário aprofundar as discussões para qualificar as reflexões dos estudantes em relação a estes temas.
A linguagem, o vocabulário e as imagens, problematizam de maneira pertinente as questões espaço-
-temporais, estimulando o desenvolvimento do senso crítico do estudante, instigando-o a indicar 
soluções, a ser curioso e criativo.
A disponibilização de distintos gêneros textuais contribui para a adequação da linguagem ao de-
senvolvimento cognitivo do estudante e à correta abordagem dos conhecimentos geográficos. Desse 
modo, há recorrentemente reportagens e artigos de opinião em seções específicas e, esporadica-
mente, encontram-se músicas, charges e poesias. No entanto, os termos empregados, em alguns 
casos, demandam inserção nos glossários presentes ao longo dos capítulos.

76
A linguagem escrita, o vocabulário e as imagens, problematizam de modo pertinente as questões es-
paço-temporais, estimulando o desenvolvimento do senso crítico do estudante, procurando instigá-lo 
a indicar soluções. Cabe salientar que a problematização das questões espaço-temporais, ainda que 
concretizada nos textos, fica mais evidente nas imagens, pois nelas o mesmo local é retratado em dife-
rentes épocas, o que facilita o entendimento das relações descritas textualmente. Isso ocorre, também, 
com os mapas que, em muitos casos, abordam relações espaço-temporais, contribuindo para a com-
preensão do processo de construção histórica do espaço geográfico.
A abordagem dos conteúdos possibilita a construção dos conceitos estruturantes da ciência geográfica, 
que são mobilizados a fim de favorecer a compreensão das relações entre sociedade e natureza. Nesse 
sentido, a coleção elenca as categorias natureza, paisagem, lugar, região, território e espaço como concei-
tos fundamentais da Geografia. Também a perspectiva interdisciplinar é favorecida em diferentes momen-
tos. Dessa forma, os conceitos da Geografia, implícitos ou explícitos nos conteúdos, articulam-se a outros 
conceitos fundamentais das ciências humanas, possibilitando visão ampla e integrada da realidade.
Os conceitos geográficos são abordados de maneira contextualizada e atualizada, propiciando a compre-
ensão dos processos relacionados à produção do espaço, sendo valorizadas, inclusive, as experiências 
vivenciadas no cotidiano dos estudantes.  No Manual do Professor aparece a maioria dos conceitos tra-
balhados, porém se faz necessário articular estes conceitos aos pressupostos metodológicos adotados.
Na coleção, adotou-se a concepção que divide os conteúdos em conceituais, procedimentais e atitu-
dinais. Os conteúdos conceituais mobilizam os temas propostos como forma de viabilizar a constru-
ção dos conceitos. Os conteúdos procedimentais efetivam-se nas situações de aprendizagem em que 
os estudantes trabalham com distintas habilidades como analisar, comparar, ler, desenhar, elaborar 
textos dissertativos, organizar registros de pesquisas, fazer levantamentos de dados, criar murais, 
panfletos, campanhas, entre outros. Os atitudinais dizem respeito à construção de atitudes e valores, 
como, por exemplo, nos casos em que estimula a preservação do meio ambiente, a valorização e o 
respeito à diversidade cultural, entre outros.
O desenho  didático-pedagógico  da  coleção  enfatiza  a  importância  do desenvolvimento de com-
petências e habilidades, a fim de que professores e estudantes possam comparar, analisar, relacionar 
conceitos e/ou fatos que favorecem a construção do conhecimento.
No que se refere à avaliação, a coleção considera as orientações dos documentos oficiais, bem como 
indica propostas de atividades que ajudam a implementar as concepções de avaliação contínua que 
emanam de tais documentos.
O Manual do Professor contribui para a formação do professor ao disponibilizar sugestões de biblio-
grafias diversificadas, atualizadas e articuladas com a proposta da coleção. Subsidia também o planeja-
mento docente ao oferecer orientações e estratégias para o desenvolvimento das temáticas e ativida-
des. Neste sentido, suscita a análise e reflexão docente. Tais indicações bibliográficas contribuem para 
auxiliar o professor na execução da docência, superando indicações meramente técnicas e informativas. 

77
Nesse sentido, são indicadas obras que abordam questões didático-pedagógicas, bem como textos que 
possibilitam a reflexão sobre temas trabalhados ao longo das unidades e subsidiam a sua problematização.
em sala de aula
Professor, a coleção oferece subsídios para a adoção de diferentes propostas pedagógicas, apresen-
tando práticas e fontes de informação para a sua consulta.
Desse modo, você tem na coleção um recurso didático flexível, que pode ser adaptado à sua realidade 
e ao projeto pedagógico da escola. No contexto da flexibilidade, destaca-se a importância do conjunto 
de seções que trabalha com diferentes gêneros textuais. Assim, por meio do uso de linguagem diferen-
ciada, possibilita o entendimento complementar da visão do texto principal do livro.  Muitas atividades 
disponíveis na coleção sugerem a criação de diferentes produtos confeccionados de forma individual e 
coletiva tais como cartazes, textos, seminários, dramatização, campanhas, entre outros, o que promove 
o uso de distintas linguagens pelos estudantes, fortalecendo suas competências e habilidades comu-
nicativas. Essas habilidades podem ser aprimoradas também pela indicação e pelo estímulo ao uso de 
fontes diversificadas de informação, fazendo com que o estudante acesse diversas leituras sobre os 
fenômenos estudados e, com isso, fortaleça sua capacidade de refletir autonomamente.
Uma ressalva com relação às atividades é que o número de abordagens relacionadas ao desenvolvi-
mento da expressão cartográfica pelo estudante é reduzido. Desse modo, se faz necessário ampliar 
essas atividades para que os estudantes tenham um maior domínio sobre esse assunto.
A coleção oferece diferentes subsídios, a fim de estimular a Formação Cidadã, mas, mesmo que essa 
formação seja uma preocupação recorrente, se faz necessário, professor, além dos conteúdos dos 
livros utilizar outros que lhe auxiliem.
A proposição de atividades e a orientação sobre seu desenvolvimento, presentes no Manual do Pro-
fessor, podem ser exploradas ou repensadas como instrumentos avaliativos em diferentes momen-
tos do ensino e aprendizagem. No entanto, é importante que se perceba que tais orientações são 
pontuais e dirigidas, ficando assim a cargo do docente as reflexões teóricas, bem como a decisão 
sobre a pertinência das atividades na realidade de sua escola e de seus estudantes.
É relevante ressaltar que as atividades permitem a abordagem interdisciplinar. Elas são identificadas 
por um ícone que indica a possibilidade de sua integração com outros componentes curriculares. O 
indicativo da possibilidade interdisciplinar da atividade pode ser um aliado para o seu planejamento. 

78
A coleção tem como proposta uma formação em Geografia que permita ao estudante interpretar 
a sua realidade a partir de conceitos e categorias da ciência geográfica. Enfoca a espacialidade de 
elementos, processos e fenômenos naturais e sociais numa perspectiva integradora e dinâmica que 
contribui para o aprofundamento e integração entre conhecimentos, relacionando-os ao cotidiano 
dos estudantes, sobretudo, por meio do estímulo a pesquisas e debates.
Os conteúdos dos livros estão assim distribuídos: no Livro do Estudante do 1º ano, o pensamento 
geográfico, natureza/meio ambiente e a ação antrópica na paisagem; no Manual do Professor do 2º 
ano, os temas de geografia urbana, agrária, população e Brasil – apresentados a partir da regionali-
zação geoeconômica; e, no Livro do Estudante do 3º ano, a Geografia Mundial, vista a partir de temas 
- globalização, consumo e meio ambiente e, por último, desigualdades e conflitos.
A proposta pedagógica da coleção propicia ferramentas para uma análise do mundo vivido pelo es-
tudante. A organização e o tratamento da realidade a partir de temas problematizadores, articulados 
por conceitos, valoriza as habilidades e competências de pensamento crítico e postura propositiva.
O Manual do Professor traz textos claros, concisos e complementados por quadros de conceitos, arti-
culações entre os conceitos, as competências e as habilidades, todos relacionados aos conteúdos de 
cada livro, constituindo-se numa referência importante para o trabalho do docente no uso da coleção.
ANDRESSA ALVES 
LEVON BOLIGIAN
0174P18053
EDITORA DO BRASIL 
1

edição - 2016
GEOGRAFIA - ESPAÇO  
E IDENTIDADE
visão geral

79
O Livro do Estudante do 1º ano trata dos seguintes temas: a Ciência Geográfica e a representação do 
espaço; a biosfera e a dinâmica atmosférica; as dinâmicas hidrológicas e litosféricas; a dinâmica da 
indústria e as fontes de energia.
O Livro do Estudante do 2º ano aborda a urbanização e questões demográficas da atualidade; espaço 
agrário no mundo contemporâneo; espaço geográfico brasileiro; os complexos regionais brasileiros.
O Livro do Estudante do 3º ano versa sobre a nova ordem mundial e a regionalização do espaço glo-
bal; o espaço mundial globalizado; o consumo e as questões ambientais na atualidade; as desigual-
dades, os conflitos e as tensões no mundo contemporâneo.
Complementam os textos principais de cada capítulo, as seções de exercícios Revisitando o Capítulo, 
De olho no Enem e Enem e vestibulares; aparecem ainda os boxes de textos de aprofundamento Espaço 
e cartografia, que trazem conteúdos cartográficos articulados aos temas de cada capítulo; Ampliando 
conhecimentos, com indicações de filmes, documentários, sites, entre outras fontes de pesquisa; e as 
seções voltadas ao trabalho interdisciplinar Culturas em foco, que relacionam cada conteúdo a carac-
terísticas culturais de diversos grupos no Brasil e no mundoSaberes em foco, que aprofunda os temas 
relacionando-os a saberes de diversas áreas e formas de conhecimento; e Mulheres em foco, que traz 
textos que relacionam os conteúdos à vida e à condição das mulheres. No final de cada livro, há três 
seções complementares intituladas Ampliando seus conhecimentos, Gabarito e Bibliografia.
O Manual do Professor apresenta um conjunto de debates conceituais, metodológicos e pedagógicos 
divididos em quatro partes. Na primeira constam as orientações gerais com a proposta do livro: A 
Geografia escolar e Ensino Médio; A orientação didático-pedagógica da obra; Cartografia no Ensi-
no Médio; Trabalho integrado e interdisciplinar; Avaliação; Avaliação e Enem; Conteúdos do volume; 
Estrutura das unidades; e Quadro Curricular. Esta parte é idêntica nos três livros, diferindo apenas 
os itens finais dos conteúdos específicos. Vale destacar o Quadro Curricular que detalha, para cada 
capítulo, os objetos de estudo, as noções/conceitos e habilidades a serem trabalhadas.
A segunda parte, intitulada Orientações e sugestões para o trabalho dos capítulos, possui textos ex-
plicativos, citações de outros textos para aprofundamento, sugestões de problematização e pesquisa, 
entre outras orientações.
A terceira parte possui orientações e sugestões de respostas para as atividades, fornece as respostas 
para a seção Revisitando o capítulo, presente em todos os capítulos de cada um dos três livros. A 
quarta e última parte apresenta a Bibliografia e as referências das obras utilizadas para a confecção 
de cada um dos livros.
descrição da obra

Baixar 11.35 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
espírito santo
Curriculum vitae
pregão eletrônico
Sequência didática
Quarta feira
distrito federal
prefeito municipal
conselho municipal
língua portuguesa
nossa senhora
segunda feira
Pregão presencial
educaçÃo secretaria
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar