Antropologia Teológica/2017 – Geraldo De Mori sj programação Aula Dia Matéria Lecionada Março 1/2 02



Baixar 43.7 Kb.
Encontro28.05.2017
Tamanho43.7 Kb.
Departamento de Teologia


Antropologia Teológica/2017 – Geraldo De Mori SJ

Programação

Aula Dia Matéria Lecionada

Março

1/2 02 Expectativas, programação, bibliografia, exigências

Primeira Parte: Antropologia Teológica Fundamental

1. O surgimento da antropologia teológica cristã

a. Gênese da antropologia na cultura moderna



3/4 07 b. A teologia cristã e católica diante da evolução da antropologia moderna

c. Fatos exemplares: história do De gratia e surgimento do De Deo creante



et elevante

5/6 09 2. O Ponto de partida da Antropologia Teológica: a visão crística do SH

2.1. A articulação antropologia-cristologia na teologia contemporânea

a. A articulação antropologia-cristologia em Karl Rahner

b. A relação antropologia-cristologia em wolfhart Pannenberg

7/8 14 2.2. Cristologia e antropologia: o ancoradouro contemporâneo

a. A perspectiva do cristocentrismo trinitário

b. As versões diferentes do período pós-conciliar

9/10 16 2.3. Novas provocações culturais e novos contornos da antropologia

teológica

a. Críticas ao antropocentrismo



b. A antropologia na época do pós ou do hipermoderno

c. O confronto com a perspectiva cultural

11/12 21 2.3 Pensar hoje o humano à luz do mistério crístico

A. O paradigma da história da fé

a. O paradigma bíblico

b. O paradigma patrístico-medieval

c. O paradigma moderno

d. A retomada cristológica da época contemporânea

13/14 23 B. A configuração metodológica da relação

a. A direção teológico-fundamental

b. A direção teológico-sistemática: cristológico-antropológica

C. A fides Jesus como figura arquetípica do humano

15/16 28 Segunda Parte: O ser humano conformado a Cristo no Espírito

1. A predestinação: verdade da Antropologia Cristã

a. Leitura bíblica

b. Leitura histórica

17/18 30 c. Leitura teológico-sistemática

Abril

19/20 04 2. A criação: lugar da antropologia cristã

a. A questão do início e do porquê de tudo na antropologia religiosa, na filosofia e na ciência contemporânea

b. O criacionismo à luz das Escrituras judaicas

21/22 05 c. O criacionismo à luz do Evento Cristo

d. A criação na história da teologia: período patrístico e medieval



23/24 06 e. A criação na história da teologia: período moderno e contemporâneo

25/26 25 f. Articulação teológico-sistemática da teologia da criação

Maio

27/28 09 Semana de Estudos:

3. O ser humano: centro da antropologia cristã

a. O ser humano segundo as Escrituras Judaicas



25/26 02 Semana de Estudos

b. O ser humano segundo o evento Jesus Cristo



27/28 04 c. As leituras patrística, medieval e moderna do Ser Humano

29/30 09 d. As leituras contemporâneas do Ser Humano

31/32 10 e. Uma antropologia da liberdade: reflexão teológico-sistemática

33/34 11 4. O ser humano como liberdade sexuada

a. A recuperação da diferença homem-mulher na cultura contemporânea

b. A diferença homem-mulher na Bíblia e na teologia

c. A diferença homem-mulher: reflexão teológico-sistemática



35/36 16 5. A graça: forma da antropologia cristã

a. O Espírito Santo e a graça nas Escrituras



37/38 17 b. O Espírito Santo e a graça na história da teologia: o Oriente: divinização

39/40 18 c. O Espírito Santo e a graça na história da teologia: o Ocidente: inabitação e

habitus

41/42 23 d. A Incorporação a Cristo pela conformação do Espírito: reflexão teológico-

Sistemática



43/44 25 Prova escrita da Segunda Parte Curso

45/46 30 Terceira Parte: Cristo na dramática humana

1. O pecado original: perda da conformidade com Cristo

a. O mal e o pecado nas religiões e na filosofia

b. O pecado segundo as Escrituras

Junho

47/48 01 c. Surgimento e desenvolvimento da doutrina do pecado original

49/50 06 d. O pecado original na reflexão teológica contemporânea

51/52 08 e. Reflexão teológico-sistemática sobre a doutrina do pecado original

53/54 13 2. A justificação: solidariedade com a páscoa de Jesus

a. A salvação no AT, nos Evangelhos e em Paulo



55/56 20 b. A justificação em Lutero e no Concílio de Trento

57/58 22 c. A justificação nos recentes acordos ecumênicos

59/60 27 Releitura final

Bibliografia Básica

  1. LADARIA, L. F. Introdução à antropologia teológica. 5. ed. São Paulo: Loyola, 2011.

  2. MIRANDA, M. F. A salvação de Jesus Cristo: doutrina da graça. 3. ed. São Paulo: Loyola, 2011.

  3. SESBOUE, B. (Dir.). História dos dogmas II: o homem e sua salvação. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2010. v. 2.

Bibliografia complementar

  1. RUIZ DE LA PENA, J. L. O dom de Deus: antropologia teológica. Petrópolis: Vozes, 1997.

  2. GARCIA RUBIO, A. Unidade na pluralidade: o ser humano à luz da fé e da reflexão cristãs. 3. ed. São Paulo: Paulus, 2001. (Teologia sistemática).

  3. GONZALEZ FAUS, J. I. Proyecto de hermano: vision creyente del hombre. 2. ed. Santander: Sal Terrae, 1991. (Presencia teologica, 40)

  4. LADARIA, L. F. Antropologia teologica. Madrid: UPCM, 1983. (Analecta gregoriana, 233)

  5. RAHNER, Karl. Curso fundamental da fé: introdução ao conceito de cristianismo. São Paulo: Paulinas, 1989.

Exigências e Sistema de Avaliação

O curso, de quatro créditos, exige, segundo orientações da faculdade, várias formas de avaliação, no mínimo entre duas a três. Estarei ausente em três aulas (18, 20 e 27 de abril), mas a ideia é trocar com o Élio Gasda. Na programação já inseri as datas que vou propor a ele (5 de abril, 10 e 17 de maio).

Como exigência mínima para aproveitar o conteúdo do curso: leitura das apostilas do professor e dos textos que o mesmo indicar para a discussão de algumas temáticas relevantes. Para os que queiram aprofundar mais, é sugerida (não exigida) a leitura de algum dos manuais propostos na bibliografia.

Para os que desejarem, podemos organizar com algum aluno da pós-graduação, uma monitoria.

Estão previstas três atividades avaliativas:

I) pesquisa junto a públicos diversificados sobre alguns temas fundamentais da antropologia cristã: 1) a predestinação (a ser feita junto a grupos religiosos marcados pela doutrina da predestinação, igrejas de origem calvinista);

2) a criação (a ser feita junto a pessoas de diversos tipos de formação: profissionais, pessoas do mundo da ciência, jovens do ensino médio, pessoas ligadas às diversas denominações cristãs);

3) o ser humano (tema a ser privilegiado: relação corpo e alma, visão da dimensão espiritual do ser humano presente nas neurociências);

4) o pecado original (pesquisa a ser feita junto a grupos que preparam adultos e famílias para o batismo, pessoas ligadas à tradição luterana, pessoas ligadas à religiões afro-brasileiras);

5) justificação e salvação em Cristo (tema a ser pesquisado junto a grupos religiosos oriundos do protestantismo histórico, sobretudo luteranos, presbiterianos, metodistas);

II) prova dos conteúdos principais da segunda parte do curso;

III) releitura do curso, por escrito, no máximo 3 páginas, a ser entregue no até o dia 20/06. Na semana de provas o professor terá uma entrevista com cada aluno para discutir o que foi escrito.





Baixar 43.7 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
reunião ordinária
Dispõe sobre
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Universidade estadual
Relatório técnico
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
pregão eletrônico
Curriculum vitae
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
Pregão presencial
segunda feira
recursos humanos
educaçÃO ciência
Terça feira
agricultura familiar