Volume de Negócios da msf cresce 22% impulsionado por um crescimento de 49% da actividade internacional



Baixar 135,19 Kb.
Encontro19.06.2017
Tamanho135,19 Kb.





Nota de Imprensa
Volume de Negócios da MSF cresce 22% impulsionado por um crescimento de 49% da actividade internacional
A MSF Engenharia registou, no exercício de 2011, um volume de negócios consolidado de 508 milhões de euros, que representa um crescimento de 22% face a 2010 (415,7 milhões de euros). Este incremento resulta da estratégia de crescimento sustentado adoptada pela empresa, que permitiu desenvolver, ao longo dos últimos quinze anos, um processo de internacionalização consistente.

O EBITDA registou, em 2011, o valor de 35,3 milhões de euros, que compara com os 28,1 milhões de euros verificados em 2010, tendo apresentado um crescimento na ordem dos 26%.

Os Resultados Operacionais (EBIT) subiram 56%, atingindo, no final do exercício, os 20,2 milhões de euros (13,0 milhões de euros em 2010).

O Resultado Líquido, também consolidado, cresceu 13% para 7 milhões de euros, comparando com os 6,2 milhões de euros de 2010.

O Endividamento Consolidado Líquido reduziu 19 milhões de euros, sendo o rácio Dívida Financeira líquida/EBITDA de 2,2.

Aumento na facturação nos mercados nacional e internacional

No mercado nacional, a facturação da MSF registou uma subida de 9%, para 302 milhões de euros (278 milhões de euros em 2010), contrariando o comportamento do sector e representando 59% do volume de negócios da empresa. As adjudicações nacionais totalizaram 78,3 milhões de euros, referentes a obras como a empreitada geral de construção da Barragem de Foz do Tua, a construção do Royal Óbidos SPA & Golf Resort (empreendimento turístico do Grupo MSF), a execução da Praça da Portagem de Plena Via IC36L da A8, ou construção das Novas Salas de Controlo e das Lojas Sul - Praça Central - Terminal 1 do Aeroporto de Lisboa.

Destaca-se o significativo incremento do volume de negócios registado nos mercados internacionais (+49%), tendo o valor de vendas e serviços prestados aumentado de 138 milhões de euros em 2010 para 206 milhões de euros em 2011. Fora de Portugal, o valor das obras contratadas em 2011 foi de 334,6 milhões de euros, com relevo para novas adjudicações no Senegal (execução da estrutura de pavimento do Aeroporto Internacional Blaise Daigne, em Dakar), Guiné Equatorial (estrada Evinayong – Acureman – Medunu) e Gabão (construção de 5.000 habitações sociais e infra-estruturas da cidade emergente de Bikele).

A actividade desenvolvida no estrangeiro, em países como Angola, Cabo Verde, Gana, Guiné Equatorial, Polónia e Senegal, aumentou de 33% (2010) para 41% (2011) das vendas e prestação de serviços consolidadas.

A presença além fronteiras da MSF tem vindo a ser consolidada ano após ano desde 1997. No final de 2011, a experiência internacional da MSF abrangia a presença em países como Angola, Bulgária, Cabo Verde, Gabão, Gana, Guiné Equatorial, Moçambique, Namíbia, Polónia, Qatar, São Tomé e Príncipe e Senegal.


Perspectivas para 2012


Nesta conjuntura económica adversa, nacional e internacional, e tendo em conta as previsões de evolução do sector da construção em Portugal, o ano de 2012 vai colocar novamente à MSF desafios acrescidos na prossecução dos seus objectivos.

Tal como em anos anteriores, o significativo nível de internacionalização da empresa, os trabalhos em execução em diversos países e a manutenção do reforço da solidez económica e financeira como prioridade alicerçam a convicção de que a MSF continuará a ser bem sucedida na implementação da sua estratégia, sustentada numa carteira de obras que, no final de 2011, ascendia a 744 milhões de euros.

Já em 2012, destaca-se a assinatura de dois contratos da participada MSF Angola, um para a Concepção – Construção do Empreendimento Habitacional para colaboradores da Angola LNG, no Soyo, no valor de 227 milhões de dólares, e outro para a construção da Fábrica de Electrodomésticos  INOVIA, na Zona Económica Especial de Luanda – Bengo, com um valor total dos trabalhos de 18,7 milhões de dólares.

O início deste ano marca também a entrada da MSF no mercado do Médio Oriente, com a constituição da MSF Construction Qatar, que resulta de uma parceria entre sócios do Qatar e de Portugal.



MSF Engenharia

A MSF Engenharia, SA (MSF), integralmente detida pela MSF SGPS, SA, é uma empresa com grande credibilidade firmada no sector da construção civil e das obras públicas. Nos empreendimentos em que participa é evidenciada a sua competência técnica, capacidade de gestão, cumprimento dos prazos, qualidade de execução e solidez financeira.

Desde a sua fundação, em 20 de Outubro de 1969, e ao longo de toda a sua actividade, a MSF protagonizou a execução de projectos de engenharia de grande envergadura e complexidade técnica, dando um contributo inquestionável para a modernização de Portugal e dos diferentes países em que opera.

A ampla experiência adquirida, um dos mais valiosos activos da empresa, permite-lhe intervir em todos os segmentos e especialidades da construção, em domínios tão diversos como barragens, túneis, redes de rega, condutas e canais, obras marítimas, estradas, auto-estradas, pontes, viadutos, caminhos de ferro, aeroportos, infra-estruturas, construção industrial e construção e recuperação de edifícios.

Consciente da necessidade de expansão das suas capacidades além fronteiras, a MSF iniciou a sua internacionalização em 1997, elegendo como mercados preferenciais África e Europa Central e de Leste. A experiência internacional da MSF abrange a presença em Angola, Bulgária, Cabo Verde, Gabão, Gana, Guiné Equatorial, Moçambique, Namíbia, Polónia, Qatar, São Tomé e Príncipe e Senegal.

www.msf.pt





©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal