Universidade federal do espírito santo centro de ciências humanas e naturais



Baixar 279,55 Kb.
Encontro13.01.2018
Tamanho279,55 Kb.





UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA VEGETAL




NOME DO ALUNO

TÍTULO DA DISSERTAÇÃO/TESE

VITÓRIA - ES

20XX

NOME DO ALUNO



TÍTULO DA DISSERTAÇÃO/TESE

Dissertação de Mestrado/Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal do Centro de Ciências Humanas e Naturais da Universidade Federal do Espírito Santo como parte dos requisitos exigidos para a obtenção do título de Mestre/Doutor em Biologia Vegetal.

Área de concentração: Fisiologia Vegetal.

Orientador(a): Prof.ª. Dr.ª XXXX

Coorientador(a): Prof. Dr. XXXX

VITÓRIA - ES

20XX

[PÁGINA DA FICHA CATALOGRÁFICA]



TÍTULO DA DISSERTAÇÃO/TESE

NOME DO ALUNO

Dissertação de Mestrado/Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal do Centro de Ciências Humanas e Naturais da Universidade Federal do Espírito Santo como parte dos requisitos exigidos para a obtenção do título de Mestre/Doutor em Biologia Vegetal na área de concentração Fisiologia Vegetal.

Aprovada em XX de XXXX de 20XX.



Comissão Examinadora:

___________________________________

Dr. [Nome completo sem abreviatura] - UFES

Orientador e Presidente da Comissão



___________________________________

Drª. [Nome completo sem abreviatura] - UFES

Examinador Interno



___________________________________

Dr. [Nome completo sem abreviatura] - UFES

Examinador Interno



_________________________________

Dr. [Nome completo sem abreviatura] - UFV

Examinador Externo



___________________________________

Drª. [Nome completo sem abreviatura] - UFRJ

Examinador Externo

DEDICATÓRIA [opcional]
AGRADECIMENTOS [não ultrapassar duas páginas]

De forma sucinta, agradecer às Instituições, Órgãos e pessoal que colaboraram na execução da dissertação/tese. Iniciar com a Instituição onde realizou o estudo (UFES);

Ao PPGBV....;

À agência de fomento à pesquisa que subsidiou a bolsa de pesquisa e projeto de pesquisa;

Aos profissionais que colaboraram na execução do projeto de pesquisa (nome por extenso dos profissionais e da instituição/órgão/empresa onde realizou parte das análises);

Outros....



LISTA DE FIGURAS

Figura 1: Localização da Reserva Natural Vale, município de Sooretama – ES, Brasil 19º 06’ 18’’ S e 39º 45’ 19’’ O (adaptado; NEMÉSIO, 2013). 10

Figura 2: Transpiração das plantas submetidas ao gradiente de irradiância. 14



Tabela 1: Variáveis anatômicas das plantas submetidas ao estresse hídrico. 14


LISTA DE TABELAS

Tabela 1: Variáveis anatômicas das plantas submetidas ao estresse hídrico. 13

LISTA DE ABREVIATURAS E SÍMBOLOS [opcional]

ABA Ácido Abscísico

TCR Taxa de crescimento relativo

AFE Área foliar específica

ugdh gene codificador da enzima UDP-glicose desidrogenase

RESUMO

Texto redigido em Português e no máximo 500 palavras. De forma clara e precisa destacar a importância do trabalho, descrever o delineamento experimental adotado e os principais resultados. Nas últimas linhas fazer as conclusões da pesquisa. No rodapé incluir palavras-chave. No máximo de 6 palavras em ordem alfabética separadas e finalizadas por ponto. Inicial maiúscula somente na primeira palavra. Ex:



Palavras-chave: Algas • nutrientes • pigmentos • tropical •

ABSTRACT

Resumo traduzido para o Inglês, em no máximo 500 palavras. Logo abaixo do Abstract indicar as Keywords em ordem alfabética, separadas e finalizadas por ponto central. Ex:



Keywords: Algae • nutrients • pigments • tropical •

Sumário

1.INTRODUÇÃO 9

2. Revisão Bibliográfica 10

2.1 Sucessão Ecológica 10

2.2 Relação Luminosidade e Crescimento 10

2.3 Trocas Gasosas e Fluorescência da Clorofila a 10

2.4 Macro- e Micronutrientes 10

2.5 Atividade Enzimática 10

3. OBJETIVO GERAL 10

4.OBJETIVOS ESPECÍFICOS 10

5.MATERIAIS E MÉTODOS 12

5.1Delineamento experimental 12

5.2Fotossíntese 12

5.3 Análise de crescimento 12

5.4Anatomia vegetal 12

5.5Atividade e expressão gênica 12

5.6Análise estatística 12

6. RESULTADOS 12

6.1 Fotossíntese 12

O título da figura está dentro das normas da ABNT. Não desconfigurar. 13

6.2Análise de Crescimento 13

6.3Anatomia Vegetal 13

6.4Atividade e Expressão gênica 13

7. DISCUSSÃO 13

8. CONCLUSÕES 15

9. REFERÊNCIAS 15

ANEXOS 16




  1. INTRODUÇÃO


A numeração deve aparecer a partir dessa página. Note que o número desta página, é 14, sendo em algarismo arábico e numerada. Os elementos pré-textuais devem iniciar no anverso da folha, com exceção da ficha catalográfica que deve vir no verso da folha de rosto. Para os elementos textuais e pós-textuais sugere-se que sejam digitados no anverso e verso das folhas.

“...é necessário que seja objetiva, clara e concisa, como convém a trabalhos de natureza científica. Deve-se, ainda, observar que a linguagem e terminologia utilizada estejam corretas e precisas, coerentes quanto ao tempo de verbo adotado e uso do vocabulário técnico padronizado”. De forma clara e precisa, destacar a importância e justificativa da pesquisa contextualizando o estado de arte do tema abordado. No último parágrafo apresentar a(s) hipótese(s).



As Figuras e Tabelas estão ligadas com a Lista de Figuras e Tabelas. Mudanças na paginação serão alteradas automaticamente nas referidas listas.

Figura 1: Localização da Reserva Natural Vale, município de Sooretama – ES, Brasil 19º 06’ 18’’ S e 39º 45’ 19’’ O (adaptado; NEMÉSIO, 2013).



O título da figura está dentro das normas da ABNT. Não desconfigurar.

2. Revisão Bibliográfica

2.1 Sucessão Ecológica


Iniciar aqui

2.2 Relação Luminosidade e Crescimento


Iniciar aqui

2.3 Trocas Gasosas e Fluorescência da Clorofila a


Iniciar aqui

2.4 Macro- e Micronutrientes


Iniciar aqui

2.5 Atividade Enzimática


Iniciar aqui


3. OBJETIVO GERAL


Conforme Oliveira (2010) “o objetivo geral precisa dar conta da totalidade do problema da pesquisa, devendo ser elaborado com um verbo de precisão, evitando ao máximo uma possível distorção na interpretação do que se pretende pesquisar”.
  1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS


Segundo a mesma autora do item anterior “os objetivos específicos fazem o detalhamento do objetivo geral e devem ser iniciados com o verbo no infinitivo”.

  1. MATERIAIS E MÉTODOS

    1. Delineamento experimental


Iniciar aqui.
    1. Fotossíntese


Iniciar aqui
    1. Análise de crescimento


Iniciar aqui
    1. Anatomia vegetal


Iniciar aqui
    1. Atividade e expressão gênica


Iniciar aqui
    1. Análise estatística


Iniciar aqui
Informe, detalhadamente, o local do experimento e coordenadas, amostragem e variáveis a serem analisadas, especificações dos equipamentos. Detalhar as metodologias, especialmente dos métodos muito antigos.

6. RESULTADOS

6.1 Fotossíntese


Iniciar aqui








O título da figura está dentro das normas da ABNT. Não desconfigurar.
Figura 2: Transpiração das plantas submetidas ao gradiente de irradiância.

    1. Análise de Crescimento


Iniciar aqui

O título da tabela está dentro das normas da ABNT. Não desconfigurar.



Tabela 1: Variáveis anatômicas das plantas submetidas ao estresse hídrico.


Tratramento

Espessura (µm)

Xilema secundário

Zona cambia zone

Floema secundário phloem

Periderme

Controle

2382 ± 70b

31 ± 1.1b

414 ± 17b

36 ± 1.3b


Estresse

2469 ± 66b

30 ± 1.1b

436 ± 11b

37 ± 1.4b



    1. Anatomia Vegetal


Iniciar aqui
    1. Atividade e Expressão gênica


Iniciar aqui

7. DISCUSSÃO

Inicie com a perspectiva relacionada aos objetivos e hipóteses de sua pesquisa.


8. CONCLUSÕES


Parte final do texto, onde o conteúdo corresponde aos objetivos ou hipóteses propostos para o desenvolvimento da Dissertação de Mestrado ou Tese de Doutorado.

.

9. REFERÊNCIAS



[Por ordem alfabética seguindo as normas atuais da ABNT].

Adotar o modelo abaixo para citações de artigo científico, capítulo de livro, livro e dissertação/tese.



Citação de artigo científico:

ALBERT, C.H.; THUILLER, W.; YOCCOZ, N.; SOUDANT, A.; BOUCHER, F.; SACCONE, P.; LAVOREL, S. Intraspecific functional variability: extent, structure and sources of variation. Journal of Ecology, v. 98, n. 3, p. 604-613, 2010.



Citação de capítulo de livro:

BUCKERIDGE, M.S.; CAVALARI, A.A.; SILVA, G.B. Parede Celular. In: KERBAUY, G.B. (Ed.). Fisiologia Vegetal. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, p. 165-181, 2008.



Citação de livro:

CUTLER, D.F.; BOTHA, T.; STEVENSON, D.W. Anatomia Vegetal: Uma abordagem aplicada. Porto Alegre: Artmed, 2011.



Citação de dissertação/tese:

FRIGERI, R.B.C. Relação entre raiz e parte aérea de plântulas de espécies arbóreas tropicais sob diferentes níveis de radiação solar. Tese de Doutorado em Biologia Vegetal, Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, 2007. 152p.


ANEXOS


[Opcional]

Utilizar somente nos seguintes casos:



  1. Quando a dissertação ou tese versar sobre pesquisa envolvendo biossegurança e patrimônio genético;



  1. Permissão/autorização junto à editora para a inclusão dos artigos na dissertação ou tese, em atendimento à legislação que rege o direito autoral;




  1. Declaração de que não estão infringindo o direito autoral transferido à editora.



©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal