Trabalho de metodo tecnicas e estudos resenha do filme sociedade dos poetas mortos



Baixar 20,66 Kb.
Encontro28.10.2017
Tamanho20,66 Kb.
FACULDADES INTEGRADAS DE JACAREPAGUÁ – FIJ

TRABALHO DE METODO TECNICAS E ESTUDOS

RESENHA DO FILME

SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS

NOVEMBRO 2015


NOME: PAMELLA ALVES

TURMA: 2320 MATRICULA: 150017



TRABALHO ENTREGUE Á PROFESSORA: NAZARE LIMA COMO INSTRUMENTO PARCIAL DE AVALIAÇÃO EM LIPT


Título original: Dead Poets Society; Gênero: Drama; Duração: 02hs 09 min; Ano de Lançamento: 1989; Estúdio: Touchstone Pictures; Distribuidora: Buena Vista Pictures; Direção: Peter Weir; Roteiro: Tom Schulman; Produção: Steven Haft, Paul Junger Witt e Tony Thomas; Edição: William M. Anderson e Lee Smith

Em 1959 na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura, mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa e rígida direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos" e após acontecimentos envolvendo os alunos.

O Filme apresenta dois tipos de educação na Academia Welton , o primeiro é o método de ensino tradicional um modelo de escola masculina e comportamento de poder individual e autoritário, que vê o aluno como um “objeto a ser moldado”, onde o professor é quem dita às ordens. O conhecimento repassado pela Academia Welton e de não se preocupar com a opinião do aluno, desenvolve uma educação arcaica exigindo apenas que o aluno seja obediente e seja o modelo de ensino da escola, com extremo rigor sem contato com o mundo exterior e com a vida social dos alunos.

O outro tipo de educação é o método de ensino contemporâneo, que é totalmente diferente do ensino arcaico da escola; o responsável por esse ensino é o professor John Keating que é ex-aluno da Academia Welton.

Seu conhecimento de ensino diferenciado por ter lecionado em diversas escolas de várias formas, elimina o estilo da escola tradicional em que estudou e prega o “Carpe Diem” (aproveite a vida) que inspira seus alunos a seguirem seus próprios sonhos, e não se preocupa apenas em produzir um conteúdo cientifico e cumprindo só o calendário letivo, mais que acredita no potencia de cada aluno e estimulando o pensamento próprio e preparando o aluno para viver a realidade.

Vê-se que o perfil metodológico do professor e sua postura cientifica, resulta na formação critica e reflexiva.

A Escola tem o método de ensino rígido e não se preocupa em ensinar o aluno a aprender e pensar, mas com a chegada do Professor John Keating ex-aluno da escola e com um diferente modo de ensino acabou mexendo com a estrutura organizacional da escola, os alunos passaram a ter sua própria opinião e sonhos e com isso já não queriam ser o que os pais determinaram e sim seguir seu próprio sonho, como aconteceu com o jovem Neil que descobriu que seu grande sonho era ser ator de teatro contrariando seu autoritário pai que queria que Neil fosse médico, e foi ameaçado pelo seu pai de ser retirado da escola para o regime militar, o jovem Neil fica indeciso entre desobedecer a seu pai e seguir seu sonho, então decide se suicidar.

O Pai de Neil responsabiliza a escola pelo comportamento do filho, e a direção da escola aponta o professor Keating que ensina os alunos a escolher o que gosta e não o rígido ensino da escola, o diretor Nolan com a ajuda do aluno Camerom que criticava o excesso de liberdade, questiona o método Carpe Diem (aproveite a vida) e as aulas dadas no pátio pelo professor, diante de todo esse acontecimento o professor Keating é expulso de Welton.

Nolan o diretor passa a dar aula dentro do estilo conservador de Welton, o diretor e surpreendido com a atitude dos alunos que subiram na mesa em um gesto de solidariedade ao professor Keating, que vai à sala de aula para pegar seus pertences e fica sensibilizado com os alunos e orgulhoso de saber que entenderam o que realmente queria ensinar, enquanto isso o diretor fica furioso com a atitude dos alunos em subir na mesa mais sua fúria não é maior que a atitude dos alunos para passar a mensagem para Keating, e a forma educacional da escola e quebrada através do que Keating ensinou aos alunos que passaram a enxergar novos sentimentos e comportamentos quebrando a barreira imposta pela sociedade, família e instituição de ensino, deixando de exemplo à morte do jovem Neil e passam a viver o que a vida tem pra oferecer de proveito a cada momento, onde envolve o Carpe Diem (aproveite a vida) que é julgada pelo motivo relatado no filme, visto como protesto contra os rigorosos ensinamentos. Foram superados pela importância dos sentimentos humanos que superam quaisquer imposições sociais, é o intimo de cada pessoa sendo mais valorizada que as regras impostas pela sociedade.

“Auto valorização humana”

Talvez essa seja a principal ideia do filme.

O Autor

Depois de uma educação tradicional, Weir estudou Arte e Direito na Universidade de Sydney. determinado a trabalhar no mundo do espetáculo. Assim, em 1967, ingressou na televisão e aí lhe foi dada uma oportunidade para realizar dois pequenos filmes que tiveram grande sucesso. Em 1971 foi-lhe confiada a realização de Michael, que fazia parte de um filme de três episódios intitulado Three to go. Mas só em 1974 conseguiria dirigir a sua primeira longa-metragem (The Cars That Ate Paris) em 1975 produziu  Picnic at Hanging Rock. O seu primeiro filme realizado nos Estados Unidos foi A Testemunha, em 1985.

Nome: Pamella Elisabeth de Moraes Alves

Curso: Administração

Data da Entrega: 20/11/2015


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal