Text400words Julia R



Baixar 6,09 Kb.
Encontro24.11.2017
Tamanho6,09 Kb.
20170828_Text400words_Julia R
"Veil" ou sombreamento de pixels das pálpebras é o efeito de uma sombra leve e transparente. Pode ser um complemento da flecha decorativa ou um tipo de procedimento independente. A sombra pode ser pequena, dentro da zona situada entre os cílios ou no canto externo do olho. Pode cobrir a maior área da pálpebra, tanto móvel como parcialmente, toca a pálpebra imobilizadora, dependendo das tarefas atribuídas. A vantagem desta técnica é que o pigmento não permanece durante muito tempo, aclarando gradualmente. Esta técnica cria um gradiente suave, o que é impossível com outras técnicas.
Além disso, este procedimento é usado como uma correção da forma dos olhos: ocultar o volume adicional (pálpebra sobreposta), corrigir a forma dos olhos, etc. A sua implementação requer uma grande habilidade, atenção e precisão por parte do especialista. Esta técnica pode ser aplicada noutras áreas como lábios e sobrancelhas. O único objetivo é torná-los tão transparentes e naturais quanto possível.

Para executar esta técnica, deverá seguir rigorosos parâmetros estabelecidos durante o processo de trabalho. - Usar agulhas de canal único (unidades). Quanto mais fina for a pele, mais fino deverá ser o diâmetro da agulha. Deverá usar, de preferência, nano-agulhas com um diâmetro mínimo. - A velocidade na máquina é mínima - A velocidade de movimento da mão ao longo da superfície da pele é rápida. - A figura do desenho consiste em traços e semiovais (parecidos com a letra C) - A direção dos movimentos deverá ser: em direção a si.


A combinação da velocidade lenta da máquina e de movimentos rápidos da mão proporciona o efeito de um padrão de pontos. Devido à aplicação da superfície e às agulhas finas, os pontos são muito pequenos e não muito próximos uns dos outros. O princípio principal da técnica é uma sobreposição de pigmento em camadas para atingir a densidade requerida do padrão.
A técnica permite distribuir densidade/saturação e criar transições suaves de uma imagem muito transparente para uma imagem de densidade máxima. Deverá entender que o trabalho da agulha 1 é significativamente diferente do trabalho com agulhas maiores como 3, 5, 7. A agulha 1 penetra muito facilmente na pele e sentimos a resistência da pele. Quando o mestre anteriormente preferia agulhas mais grossas no seu trabalho, tinha de ser extremamente cauteloso e praticamente mudar de técnica. É muito mais complicado sentir a profundidade da agulha na pele. A segunda mão que corrige e estica a pele é o indicador ao qual se transmite a vibração da máquina.


Os rápidos movimentos das mãos ajudam a não entrar profundamente na pele, pois sentimos melhor a resistência da agulha. Trabalhando devagar, perdemos o controle sobre a profundidade. Nesta técnica, é muito importante trabalhar superficialmente e não aprofundar. Os movimentos assemelham-se a acariciar a pele, e o indicador de mão sentirá uma vibração sutil. Poderá pensar que depois de um trabalho tão superficial durante a cicatrização, o pigmento não pode permanecer na pele. No entanto, isso não é verdade. A pele nas pálpebras é muito fina, e tudo o que se pode ver logo após o procedimento permanecerá após a cura com uma perda mínima de brilho. A vantagem da aplicação superficial é que o risco de edemas, traumatismos cutâneos e mudanças de cor durante a cicatrização é mínimo.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal