Terapia estratégica



Baixar 10.17 Kb.
Encontro23.05.2020
Tamanho10.17 Kb.
TERAPIA ESTRATÉGICA

A terapia estratégica surgiu da teoria das comunicações e teve alguns nomes importantes que protagonizaram e influenciaram a dita teoria de solução de problemas. A teoria foi desenvolvida em um projeto de Baterson sobre a esquizofrenia e evoluiu em três modelos distintos, sendo eles, o Modelo de Terapia Breve do MRI, Terapia Estratégica de Haley e Madanes e o Modelo Sistêmico de Milão. Alguns nomes que se destacaram foram Jay Haley, John Weakland, Mara Selvini Plazzoli e Cloe Madanes, porém o principal influenciador da abordagem estratégica foi Milton Erickson sendo considerado um gênio orientador.

Desenvolvimento Familiar Normal. As famílias normais dependem de dois sistemas vivos vitais: Primeiro: feedback negativo. Mantêm a integridade diante de desafios ambientais. Nenhum sistema vivo pode sobreviver sem uma estrutura coerente. Segundo: feedback positivo. Uma estrutura rígida demais deixa o sistema mal equipado para se adaptar a mudança nas circunstâncias.

De Acordo com a Teoria das Comunicações, a função essencial dos sintomas é manter o equilíbrio homeostático do sistema familiar. As famílias sintomáticas eram vistas como aprisionadas em padrões de comunicação disfuncionais, homeostáticos ( Jackson e Weakland, 1961). Essas famílias se agarram ao seu jeito rígido e reagem a sinais de mudança como feedback negativo.

Nos modelos estratégicos, existem três explicações básicas de como os problemas se desenvolvem. A primeira é cibernética: as dificuldades são transformadas em problemas crônicos por soluções mal-orientadas, criando escalas de feedback positivo. A segunda é estrutural: os problemas são resultados de hierarquias incongruentes. A terceira é funcional: os problemas surgem quando as pessoas tentam se proteger ou se controlar de forma velada, de modo que seus sintomas tem uma função no sistema. O insight essencial do modelo estratégico é que os problemas em geral são mantidos por padrões autoderrotistas de comportamento. Haley salientou que os sintomas costumam a surgir em uma transição do ciclo da vida, as famílias podem ter dificuldade em se reorganizar para avançar ao próximo estágio do ciclo de vida. Destacou ainda que o estágio de sair de casa como o mais problemático para as famílias.

Os terapeutas do MRI veem as pessoas com problemas como empacadas, em vez de doentes, e a partir desse pensamento sua tarefa é simplesmente ajuda-los a se pôr em movimento novamente. Eles acreditam que grande parte da terapia acontece simplesmente no processo de impelir os clientes a estabelecerem objetivos comportamentais claros, pois ao fazer isso são forçados a esclarecer vagas insatisfações. Da mesma forma, os ajudam a abandonar aspirações utópicas que certamente levarão a desapontamentos.

Por ser um modelo comportamental, ao tentar atingir o objetivo maior de solução do problema, a meta imediata é mudar as respostas comportamentais das pessoas aos seus problemas e, neste sentido introduzir um elemento cognitivo.

A abordagem de Haley também é comportamental e seu objetivo máximo em geral é uma reorganização estrutural da família, em especial de sua hierarquia e fronteiras geracionais. Essa abordagem sistemática reflete a ética estratégica de que a responsabilidade pela mudança cabe ao terapeuta.

A abordagem original de Milão recebeu influência dos modelos do MRI e de Haley, mas suas técnicas diferiam de outras escolas estratégicas no sentido de serem menos comportamentais e planejadas para expor jogos e reenquadrar motivos de comportamentos estranhos. Mas não era menos manipulativa: a responsabilidade pela mudança cabia ao terapeuta, cuja tarefa era vencer a resistência. Com a divisão do grupo de Milão, a terapia tornou-se mais uma expedição de pesquisa, na qual o terapeuta entrava sem objetivos ou estratégias específicas, confiando que o processo de auto-exame permitiria que as famílias escolhessem mudar em vez de manter seus padrões improdutivos.

No início do desenvolvimento da terapia familiar, o objetivo consistia em melhorar o processo de comunicação entre os envolvidos e mais tarde o de alterar padrões específicos de comunicação que eram fatores que desenvolviam os problemas. Para a escola de MRI, a resolução de problemas é possível através da mudança comportamental associados a eles. Desta forma, a mudança de comportamentos rígidos favorece flexibilidade para os clientes desenvolverem estratégias para solucionar problemas.

A avaliação em terapia não era formalmente utilizada no modelo estratégico, entretanto, alguns teóricos, como Watzlawick (1966) se utilizavam de algumas ferramentas para lidar com isso. Ao observar os padrões familiares de comunicação, era possível saber onde haviam problemas de comunicação e assim atuar ai. Uma das técnicas de avaliação de MRI era definir o problema e descobrir o que as pessoas fizeram para resolvê-los.

A maioria das técnicas terapêuticas consistia em ensinar regras de comunicações e de forma bastante estratégica, manipular as interações. Entretanto, dizer diretamente às pessoas o que elas deveriam fazer (Satir, 1964) e apontá-las onde estava o erro, claramente não surtia efeito. As famílias, regularmente, não respondiam bem a um apontamento diretivo.



Na abordagem do MRI, o terapeuta investigavam quais os problemas dentro da família e quais atitudes estavam sendo tomadas para resolvê-las. Algumas atitudes “solucionadoras” contribuiam para perpetuar o problema. Ao enxergar isso, o terapeuta começava a trabalhar na direção correta, orientando a família para atitudes mais assertivas em relação a isso.
Baixar 10.17 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Serviço público
Dispõe sobre
reunião ordinária
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
Curriculum vitae
pregão eletrônico
espírito santo
Sequência didática
Quarta feira
conselho municipal
prefeito municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
Pregão presencial
educaçÃo secretaria
segunda feira
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar