Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo



Baixar 23,94 Kb.
Encontro25.08.2018
Tamanho23,94 Kb.


Ano B | Tempo Comum | Domingo XXXIV

Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo
Palavra

«Nasci e vim ao mundo a fim de dar testemunho da verdade».


Itinerário para o Tempo Comum

Tema: «Corrigir os que erram».

Concretização: A soberania real de Jesus Cristo é revelada na história, na vida daqueles que se abrem à Sua verdade. Por isso, todos os cristãos tomam parte desta condição real a partir do Batismo, na sua configuração com a Cruz de Cristo, o Trono de onde Ele se torna propício para nós. Para evidenciarmos este trono de verdade de onde Cristo reina na nossa vida, vamos colocar uma cruz num pedestal, que será envolvida por um arranjo floral, onde abundem coroas de rei vermelhas.
Sugestão de cânticos 

Entrada - Glória a Jesus Cristo - Az. Oliveira (Igreja Canta, p. 609; NRMS 92)

Glória - F. Santos (NCT 295)

Apresentação dos dons - Todas as nações recebeu em herança - M. Faria (Igreja Canta, p. 614; NRMS 3-II)

Comunhão - O Cordeiro que foi imolado - A. Cartageno

Final - Cristo vence (Christus vincit) - A. Kunc (CEC II, p. 149-150)


Elemento celebrativo a destacar

Nesta solenidade, sugere-se a presença da Cruz paroquial, nas procissões inicial e de saída, permanecendo visível e, se possível, num lugar de destaque durante toda a celebração. Para isso, poder-se-á usar o incenso na entrada, na proclamação do Evangelho, na apresentação dos dons e na narração da Eucaristia. Nos momentos próprios deve incensar-se a referida Cruz.


Eucologia

Orações e prefácio próprios da Missa da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo (Missal Romano, pp. 428-429).

Oração Eucarística III (Missal Romano, pp. 529ss).
Oração universal

Irmãos e irmãs: Cristo é Rei do universo e Senhor da Igreja. Por Ele, com Ele e n’Ele, oremos ao Pai pelo mundo inteiro, dizendo (ou cantando), com toda a confiança:



R. Senhor, venha a nós o vosso reino.


  1. Pelas Igrejas do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul, que Deus alimenta com a Palavra e o Pão da vida, fazendo florescer a santidade nos seus fiéis, oremos.




  1. Pelo Papa Francisco, pelos bispos, presbíteros e diáconos e pelos fiéis e catecúmenos da santa Igreja, que procuram imitar Aquele que Se fez servo de todos, oremos.




  1. Pelos que têm poder e não o sabem exercer com justiça, pelos que zelam mais pelos seus interesses do que pela verdade, e pelos que não deixem de praticar a justiça, oremos.




  1. Pelas vítimas das injustiças, da falta de verdade e do desrespeito pelos direitos humanos, nomeadamente por aqueles que padeceram a violência dos recentes atentados em Paris, oremos.




  1. Por todos aqueles que experimentam os sinais da contradição e do pecado, mas não se deixam de entregar a Jesus que os liberta, oremos.




  1. Pelos nossos irmãos que já partiram marcados com o sinal da mesma fé, que brilhe para eles a luz eterna, oremos.

Deus, nosso Pai, que fizestes de vosso Filho o Rei do universo, que manifesta o seu poder no amor e no perdão, estendei o seu reinado àqueles que choram por não serem respeitados nem amados. Por Cristo, Senhor nosso.


Admonição final

O coroar do Ano Litúrgico manifesta que o Reino de Deus já está presente em nós, exigindo uma total abertura à verdade, à justiça e à liberdade plenas que o Filho de Deus nos vem trazer. Para vivermos a missão neste dinamismo alegre, abramo-nos à Sua bênção para deixarmos que seja sempre Jesus Cristo a reinar no nosso coração.


Bênção e envio

Bênção solene para o Tempo Comum IV (Missal Romano, p. 561).


Missão

Sendo portadores da Cruz de Jesus Cristo desde o nosso Batismo, como nossa imagem de marca, vamos procurar iniciar cada dia com o sinal da cruz, feito com serenidade e todo o sentido. Para mantermos sempre presente, ao longo do dia, a dimensão da nossa realeza batismal, podemos também ser portadores de uma pequena cruz.





©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal