Setor a: Aulas 01 a 08: Capítulo 01  Exercícios: 1 a 12



Baixar 0,64 Mb.
Página1/4
Encontro20.08.2017
Tamanho0,64 Mb.
  1   2   3   4

Anglo/Itapira-Moji 1º Colegial – Física

1 ªSÉRIE – ENSINO MÉDIO

(PLúcio)

SETOR A: Aulas 01 a 08:

Capítulo 01 Exercícios: 1 a 12.

Capítulo 02 Exercícios: 1 a 23.

SETOR B: Aulas 01 a 08:

Capítulo 11 Exercícios 1 a 20.


1. Em cada um das tabelas abaixo, as grandezas x e y estão relacionadas por função do 1º grau.

a) Identifique se elas são diretamente proporcionais.

b) Encontre a função correspondente em cada caso.

c) Esboce o gráfico de y em função de x.


A) B) C)

x

y




x

y




x

y

0

0




0

2




0

0

1

2




1

5




2

3

2

4




2

8




4

6

3

6




3

11




6

9

4

8




4

14




8

12

D) E) F)


x

y




x

y




x

y

0

0




-2

30




–2

–5

1

–3




-1

25




–1

–1

2

–6




0

20




0

3

3

–9




1

15




2

11

4

–12




2

10




3

15

G) H) I)


x

y




x

y




x

y

2

5




0

12




2

–5

4

10




1

9




4

–10

6

15




2

6




6

–15

8

20




3

3




8

–20

10

25




4

0




10

–25

2. Dê a função correspondente.





3. Numa experiência, são medidos a massa e o volume de várias amostras de álcool, a 20 graus Celsius. Os resultados obtidos encontram-se na tabela abaixo.

V (cm3)

5

10

15

20

25

30

35

m (g)

4

8

12

16

20

24

28

a) Verifique se o volume (V) e a massa (m) são diretamente proporcionais. Em caso afirmativo, calcule a constante de proporcionalidade (K = m/V).

b) Escreva a função matemática que relaciona a massa ao volume para essa experiência.

c) Construa o gráfico da massa em função do volume.

d) Determine a massa de 60 cm3 de álcool.

e) Calcule o volume de 60 g de álcool.

4. Um tanque de capacidade 1.000 L está vazio. Para enchê-lo, abre-se uma torneira (t = 0) que jorra 20 L/min.

a) Faça uma tabela mostrando o volume (V) de água no tanque nos primeiros 5 minutos.

b) Identifique se o volume (V) e o tempo (t) são diretamente proporcionais. Em caso afirmativo, encontre a constante de proporcionalidade (K = V/t).

c) Escreva a expressão matemática (função horária ) que relaciona V e t.

d) Determine em que instante o tanque estará totalmente cheio.

e) Trace o gráfico do V x t, até o tanque estar cheio.



5. Repita o problema anterior, considerando que o tanque contivesse inicialmente 100 L de água.

6. Estando cheio, o tanque da questão anterior é esvaziado por uma bomba que suga do seu interior 25 L/min.

a) Faça uma tabela mostrando o volume de água no tanque para os primeiros 5 min de funcionamento da bomba.

b) Identifique se o volume (V) e o tempo (t) são diretamente proporcionais.

c) Escreva a equação horária que relaciona V e t.



d) Trace o gráfico do V x t, até o tanque estar completamente vazio.

7. O gráfico abaixo representa a altura (h) do nível da água num reservatório, em função do tempo (t), a partir do instante t = 0, quando é aberta uma torneira que começa a jorrar água no seu interior, até que ele fique completamente cheio.


a) A altura (h) do nível da água e o tempo (t) são diretamente proporcionais? Justifique.

b) Se a resposta do item anterior foi sim, encontre a constante de proporcionalidade; se foi não, responda: não há constante de proporcionalidade.

c) Encontre a expressão matemática (função horária) que relaciona h e t.

d) Se em t = 30 min o reservatório está completamente cheio, qual a altura do nível da água nele contido?



8. Estando o reservatório da questão anterior completamente cheio, liga-se uma bomba (t = 0) que suga água do seu interior, fazendo a altura (h) do nível da água baixar 9 cm/min.

a) Encontre a expressão matemática (função horária) que relaciona a altura (h) do nível da água com o tempo (t).

b) Em que instante o reservatório está totalmente vazio?

c) Esboce o gráfico (com capricho) de h em função de t até o reservatório estar totalmente vazio.



9. Considere as duas situações abaixo:

a) um tanque de capacidade C é alimentado por duas torneiras. Estando ele inicialmente vazio, uma torneira sozinha pode enchê-lo em duas horas. A outra pode fazê-lo em três horas. Em quanto tempo as duas torneiras juntas podem encher o tanque?

b) um tanque de capacidade C é alimentado por uma torneira que pode enchê-lo em duas horas. Estando ele cheio, através de uma válvula, uma bomba pode esvaziá-lo em três horas. Estando o tanque vazio, ligam-se simultaneamente a torneira e a bomba? Em quanto tempo o tanque estará cheio?

10. A figura representa uma mola ideal com uma de suas extremidades presa em uma parede vertical. Na primeira situação, a mola está relaxada. Na segunda situação ela está sendo tracionada por uma força horizontal, crescente em módulo.

A tabela representa o comprimento (L) da mola em função da intensidade (F) das forças tensoras aplicadas nas suas extremidades.



F(N)

0

20

40

60

80

100

120

L(cm)

20

30

40

50

60

70

80

x(cm)






















a) Complete a tabela, dando a deformação (x) em função da força tensora.

b) A intensidade da força tensora (F) e o comprimento (L) são diretamente proporcionais? Em caso afirmativo, qual a constante de proporcionalidade?

c) A intensidade da força tensora (F) e a deformação (x) são diretamente proporcionais? Em caso afirmativo, qual a constante de proporcionalidade? Encontre a expressão matemática que relaciona F e x.

d) Trace o gráfico de F em função de L e de F em função de x.


Use as escalas 1 cm : 10 N no eixo das ordenadas (vertical) e
1 cm : 10 cm no eixo das abscissas (horizontal).

11. Algumas rodovias que cortam nosso País (principalmente as privatizadas) fornecem aos seus usuários uma série de informações: marco quilométrico, sentido de deslocamento (norte, sul, leste ou oeste), distâncias até as cidades mais próximas, postos de serviço etc.

O esquema abaixo representa um trecho da Via Anhanguera (SP-330) e os marcos quilométricos de algumas cidades às margens dessa rodovia cuja origem é na Praça da Sé, em São Paulo.



a) O que indica o marco quilométrico de uma rodovia?

b) complete o esquema dado no espaço reservado a resolução desse item dando as posições dessas cidades, caso a origem fosse transferida para Limeira, mantendo-se a orientação de São Paulo para Ribeirão Preto.

c) Calcule o espaço percorrido (S) e a distância percorrida (d) para um veículo que sai de São Paulo vai até Porto Ferreira e volta para Limeira.


  1   2   3   4


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal