Sesc Niterói apresenta peça baseada em obra de João Cabral de Melo Neto



Baixar 14,8 Kb.
Encontro27.01.2017
Tamanho14,8 Kb.



Sesc Niterói apresenta peça baseada em obra de João Cabral de Melo Neto

 

João Cabral” estreou em maio no Espaço Sesc, em Copacabana, e comemora 10 anos da Companhia de Teatro Íntimo



Considerado um dos maiores poetas da língua portuguesa, João Cabral de Melo Neto (1920-1999), primeiro brasileiro a ganhar o Prêmio Camões - concedido pelos governos de Brasil e Portugal - chega ao teatro em uma montagem que trata da totalidade da sua obra. “João Cabral”, concebida pela Companhia de Teatro Íntimo, tem única apresentação no Teatro Sesc Niterói nesta sexta-feira (10/7), às 19h. A peça estreou nacionalmente no Espaço Sesc, em Copacabana, em maio, e agora segue para outras unidades da rede Sesc.

Em cena, os atores Raphael Vianna, Gaby Haviaras, Caetano O’Maihlan e Rafael Sieg (este último também assina a iluminação do espetáculo), sob a direção de Renato Farias, vão levar o público a um mergulho na obra e na alma de João Cabral. A ideia é aproximar autor, atores e espectadores, em mais uma experiência teatral “íntima”, cujo principal objetivo é proporcionar um raro momento de comunhão entre os que fazem e os que assistem.

O interesse e a relação da companhia com a poesia existem desde a sua fundação e culminaram, em 2008 e 2009, no projeto “Degustações Poéticas”, em que foram abordadas as obras de oito poetas: Adélia Prado, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, João Cabral de Melo Neto, Manoel de Barros, Manuel Bandeira, Mario Quintana e Vinícius de Morais. Em 2010, nasceu o espetáculo “Adélia”, que além de longa temporada no Rio de Janeiro, circulou pelo país através de programas de incentivo ao teatro e foi visto, inclusive, pela própria Adélia Prado, em sua passagem por Divinópolis (MG).

João Cabral de Melo Neto (Recife, 1920 – Rio de Janeiro, 1999)

De família pernambucana abastada, João Cabral passou a infância entre Recife e os engenhos de cana até mudar-se para o Rio de Janeiro, no início dos anos 40, quando lançou também seu primeiro livro, A Pedra do Sono (1942). Logo depois ingressa na carreira diplomática ocupando cargos na Espanha, Portugal e África. Se aposenta em 1990 como Embaixador. Sua brilhante carreira literária lhe valeu uma cadeira na Academia Brasileira de Letras, em 1968, além de inúmeros prêmios nacionais e internacionais, entre eles o Prêmio Luís de Camões, Prêmio Olavo Bilac, concedido pela ABL, e o Prêmio Jabuti pelo conjunto de sua obra. Entre suas obras mais importantes estão O Cão sem Plumas (1950), Quaderna (60), A Educação pela Pedra (66), Morte e Vida Severina e Outros Poemas em Voz Alta (66) e Sevilha Andando (89).



Companhia de Teatro Íntimo

Criada em 2005 com a intimidade como conceito central de sua dramaturgia, a Companhia de Teatro Íntimo busca quebrar as barreiras entre quem atua e quem assiste e fazendo com que cada espectador se sinta próximo do que ocorre em cena, através de todos os sentidos. O primeiro espetáculo da companhia entrou em cartaz em 2005, “Os Dragões”, seguido em 2006, por “Veridiana e eu”, de Tarcisio Lara Puaiti. “Veridiana e eu” reuniu o que pode se chamar de o núcleo fundador da CTI: Augusto Garcia, Caetano O’Maihlan, Fernanda Boechat, Dody, Gabriela Haviaras, Melissa Paro, Paulo César Medeiros, Rafael Maia, Raphael Vianna, Renato Farias, Sérgio Meyer, Tarcísio Lara Puiati e Thiago Mendonça. Com o tempo, vieram Ana Paula Lima, Bellatrix, Carol Beiriz, Letícia Cannavale, Márcio Mariante e Rafael Sieg.  A Cia. de Teatro Íntimo se orgulha de reunir artistas com múltiplos talentos. Os atores experimentam outras áreas da criação, como cenografia, iluminação, figurinos e produção, o que confere grande personalidade a seu repertório.



Serviço

Espetáculo “João Cabral”

Sesc Niterói (teatro): Rua Padre Anchieta, 56, Centro.

Tel.: (21) 2719-9119

10/7/2015 (sexta-feira), às 19h

Ingressos: R$ 2 (associados Sesc), R$ 4 (meia) e R$ 8 (inteira)

Classificação: 16 anos

Capacidade: 210 lugares

 

Ficha técnica

Poemas de João Cabral de Melo Neto

Direção e Roteiro: Renato Farias

Elenco: Caetano O’Maihlan, Gaby Haviaras, Rafael Sieg e Raphael Vianna.

Cenografia: Melissa Paro

Figurino: Thiago Mendonça

Iluminação: Rafael Sieg

Fotografia: Carol Beiriz

Visagismo: Ezequiel Blanc

Design Gráfico: Tarcísio Lara Puiati

Flamenco: Eliane Carvalho

Produção: Gaby Haviaras

Assistência de Produção: Ana Clara Cobra

Realização: Pela Noite Produções Artísticas e Cia. de Teatro Íntimo



Elenco

Raphael Vianna – Formado pela CAL, está na companhia desde o seu início. Fez a Oficina de Atores da TV Globo, onde também participou das novelas Araguaia, Morde e Assopra, Flor do Caribe, Amor Eterno Amor e, recentemente, Império.

Gaby Haviaras – Formada pela UDESC, é atriz e bailarina. Também está entre os fundadores da CIT. Participou do longa A Suprema Felicidade, de Arnaldo Jabor. Na TV atuou na novela Insensato Coração, na TV Globo, e na série Santo Forte, no canal a cabo AXN.

Rafael Sieg – Formado pela UFSM (RS), participou da Oficina de Atores da TV Globo e esteve no ar nas novelas Além do Horizonte e Avenida Brasil. Também na TV atuou na série Mandrake, da HBO. No cinema trabalhou no longa A Última Estrada da Praia, de Fabiano de Souza, entre outros.

Caetano O’Maihlan – Cursou a Escola de Teatro Célia Helena, em SP, e a Oficina de Atores da Globo. Também pertence ao núcleo inicial da CIT. Na TV participou do Sítio do Picapau Amarelo, da novela Eterna Magia e da minissérie Acampamento de Férias.

Diretor

Renato Farias – Começou sua carreira como ator, em 1989, e passou a dirigir em 1994, com a peça Pela Noite, de Caio Fernando Abreu. Durante dezessete anos, desde 1995, foi professor de interpretação da Oficina de Atores da TV Globo. Seu trabalho com a Companhia de Teatro Íntimo, da qual é um dos fundadores, inclui Os Dragões, Veridiana e Eu, Degustações Poéticas, Adélia e Dorian.



 


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal