Seminários de literatura portuguesa (LLV 7301)



Baixar 29,04 Kb.
Encontro20.11.2017
Tamanho29,04 Kb.
SEMINÁRIOS

DE LITERATURA PORTUGUESA (LLV 7301)


Critérios de avaliação

a) Exposição oral (clareza, conteúdo, contextualização, aspectos teóricos): até 4 pontos.

b) Criatividade na utilização de recursos e nas estratégias de ensino (dinâmicas de leitura, leitura dramática, cenário, trilha sonora, vídeo, entrevista imaginária...): até 4 pontos. c) Entrega do resumo (handout) do seminário para todos os alunos e participação efetiva de todos os integrantes do Grupo de Trabalho: até 2 pontos. Tempo previsto: de uma a duas aulas.


05/09


Farsa de Inês Pereira, de Gil Vicente



  1. VICENTE, Gil. O velho da horta. Auto da barca do inferno. Farsa de Inês Pereira. São Paulo. Ateliê Editorial, 2007

  2. VICENTE, Gil. Auto da barca do inferno. Disponível em , acesso em 23 de agosto de 2016.

  3. SARAIVA, A. J. e LOPES, Oscar. História da Literatura Portuguesa. Porto, Porto Editora, 2001.

  4. RIBEIRO, Cristina Almeida. Inês. Lisboa, 1991. Disponível em , acesso em 23 de agosto de 2016.

14/09

Novelas de cavalaria: do Rei Arthur à Demanda do Santo Graal



  1. MEGALE, Heitor. A demanda do Santo Graal. Disponível em , acesso 22 de agosto de 2016.

  2. A demanda do Santo Graal. Disponível em http://disciplinas.stoa.usp.br/pluginfile.php/34647/mod_page/content/17/52341123-Demanda-Santo-Graal.pdf

  3. SARAIVA, A. J. e LOPES, Oscar. História da Literatura Portuguesa. Porto, Porto Editora, 2001.




21/09

Os Lusíadas, de Camões: “Inês de Castro”.


  1. CAMÕES, Luís. Os Lusíadas. Apresentação de Ivan Teixeira. São Paulo, Ateliê Editorial, 1999, p. 71-127

  2. Biblioteca Breve. Inês de Castro na literatura portuguesa. Disponível em < file:///C:/Users/hp/Desktop/bb096.pdf>

  3. SARAIVA, A. J. e LOPES, Oscar. História da Literatura Portuguesa. Porto, Porto Editora, 2001.

26/09

A mitologia em Os Lusíadas, de Camões



  1. FERREIRA, M.F. “Duas personagens de Os Lusíadas: Vénus e Baco”. Disponível em <http://www2.dlc.ua.pt/classicos/Duaspersonagens.pdf>

  2. NESTI, Fido. Os Lusíadas em quadrinhos. Disponível em <http://books.google.com.br/books/about/ Os_Lus%C3%ADadas_em_quadrinhos.html?id=P0z8_OPmo9cC&redir_esc=y>

  3. SARAIVA, A. J. e LOPES, Oscar. História da Literatura Portuguesa. Porto, Porto Editora, 2001.

  4. MORGANTI, Bianca. A mitologia n`Os Lusíadas. Disponível em

28/09

Os Lusíadas: Ilha dos amores


  1. MACEDO, Helder. “Luís de Camões então e agora”. Disponível em

  2. CAMÕES, Luís. Os Lusíadas. Apresentação de Ivan Teixeira. São Paulo, Ateliê Editorial, 1999, p. 228-271

  3. OGNO, Lia. “As viagens d’ Os Lusíadas e os caminhos da heroicidade”. Disponível em <http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/2763.pdf>

05/10

Os Lusíadas (Camões) e Mensagem (Fernando Pessoa): variações do épico


  1. BERARDINELLI, Cleonice. “Os Lusíadas e Mensagem: um jogo intertextual”. Disponível em <http://www.letras.puc-rio.br/unidades&nucleos/catedra/livropub/camoes08.html>

  2. PESSOA, Fernando. Mensagem. Disponível em <http://books.google.com.br/books?id=p5TgU69L4roC&pg=PR8&lpg=PR8&dq=Mensagem>

17/10

Condições de possibilidade da poética barroca


  1. HATZFELD, Helmut. Estudos sobre o Barroco. São Paulo, Perspectiva, 2002

  2. BETTIOL, Maria Regina. “Enganos e Desenganos. A invenção do conceito de Barroco”, in <http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/Ebooks/Web/978-85-397-0198-8/Trabalhos/71.pdf>

  3. SARAIVA, A. J. e LOPES, Oscar. História da Literatura Portuguesa. Porto, Porto Editora, 2001.

  4. PEREIRA, Fernandes. “Barroco”. Disponível em < http://edtl.fcsh.unl.pt/business-directory/6086/barroco/>




24/10

Cartas Portuguesas (1669), de Mariana Alcoforado


  1. ALCOFORADO, Mariana. Cartas Portuguesas. Disponível em <http://www.luso-livros.net/Livro/cartas-de-amor-de-uma-freira-portuguesa/>

  2. PEIXINHO, “As Cartas de Soror Mariana: O epistolar como discurso da paixão”. Disponível em

  3. PRADO, P.F. O modelo epistolar das Cartas Portuguesas. Disponível em

26/10

Bocage: norma e transgressão


  1. VÁRIOS. Leituras de Bocage. Porto, 2006. Disponível: https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/7056/3/

nobracompletaleituras000118970.pdf

  1. BOCAGE. Poesias in <http://pt.scribd.com/doc/33173965/Bocage-Poesias-Eroticas-Burlescas-e-Satiricas>

  2. MOISÉS, Carlos Filipe. “Bocage e o século XVIII”. Disponível em

<http://coloquio.gulbenkian.pt/bib/sirius.exe/issueContentDisplay?n=50&p=35&o=p>

Agora deleitando, ora ensinando (Camões, Os Lusíadas, X, 84)


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal