Respostas para as questões sobre o livro- o auto da Barca do Inferno



Baixar 5 Kb.
Encontro19.07.2017
Tamanho5 Kb.
Respostas para as questões sobre o livro- O Auto da Barca do Inferno

1ª Série A e B – Ensino Médio



  1. É a expressão “ ilha perdida”, que substitui ” Inferno “, que seria uma informação muito chocante para ser dada logo de início ao Fidalgo.

  2. Com tom de zombaria e desprezo. Depreende-se da observação do Diabo que o Fidalgo tem diante da Barca do Inferno a mesma atitude arrogante e zombeteira que tinha com tudo.

  3. O Diabo é bastante irônico com o Fidalgo, especialmente neste diálogo final. Exemplos: o Diabo chama-o de vossa doçura ,ironia que fica mais saliente em vista de sua rima com tristura; o resto da fala é também irônico .A parte do diálogo que se refere à amante e à mulher do Fidalgo é igualmente carregado de ironias.

  4. Não,o espanto fingido pelo Diabo é irônico, pois ele já esperava pela morte do Onzeneiro e espanta-se, antes ,da demora, como demonstra sua primeira fala referida na questão. Ademais, ninguém melhor do que o Diabo saberia que o dinheiro não poderia salvar ninguém da morte e do Inferno.

  5. Representa o agricultor pobre e oprimido, explorado pelos seus senhores, que eram os donos da terra( os senhores feudais).Em sentido mais amplo, representa os pobres, desvalidos e ignorantes em geral, vítimas da injustiça e da ambição das classes dominantes.

  6. O Anjo afirma que o Parvo pode ir ao Paraíso porque não pecou por “malícia”(maldade) e porque é uma pessoa de espírito simples, inocente e um pobre de espírito.

  7. Seria de esperar que sob o capuz o Frade portasse um gorro como os demais padres.

  8. As críticas são basicamente de corrupção( O Corregedor vendia sentenças por dinheiro) e de pretensão enganadora( todo o latinório não passa de uma tentativa de induzir os outros ao engano, com o uso indevido de regras e leis).

  9. Significa denotativamente ,bolsa grande.Conotativamente significa a grandeza da usura,censurada pelo Anjo.

  10. Porque o Fidalgo não é propriamente um indivíduo,não tem características particularizadoras,não é apresentado com “psicologia” individual;antes,ele representa toda uma classe social,a nobreza.No comportamento do Fidalgo,o autor retrata o autoritarismo, as injustiças e as vaidades dos nobres.

Professor Antônio Carlos


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal