Relatório de encontro da turma de engenheiros químicos turma 1972 – 38 anos de formatura



Baixar 12,3 Kb.
Encontro13.07.2017
Tamanho12,3 Kb.
RELATÓRIO DE ENCONTRO DA TURMA DE ENGENHEIROS QUÍMICOS TURMA 1972 – 38 ANOS DE FORMATURA

No dia 4 de setembro de 2010, houve o encontro de confraternização da turma de Engenheiros Químicos - turma 1972, da Faculdade de Engenharia Química da UFPR - para comemorar os 38 anos de formatura.


A seguinte programação foi cumprida:
A partir das 11:00 horas houve o encontro informal de colegas no Bar do Pasquale, no Passeio Público, para tomar uns aperitivos, trocar informações, relembrar algumas histórias hilariantes dos “velhos tempos” de estudante e bater aquele papo descontraído. E como não poderia deixar de ser, como todos são sexagenários, falando de suas expectativas de vida e também de aposentadorias. Os presentes nesse local foram: Akira, Altamir, Anton, Piloto, Maringá, Emilio, Irídio, Jorge Kozak, Leonel, D. Pedro, Talis, Marco Polo, Miguel, Olimar, Rui e Yoshiro. Não poderia deixar de registrar a presença das esposas do Marco Polo, D. Pedro e Olimar.
À noite teve-se o jantar de confraternização, cujo local foi o restaurante Veneza, situado na Avenida Manoel Ribas, Santa Felicidade, com a participação também dos familiares.
Os colegas e as acompanhantes presentes no jantar foram: Akira e esposa, Altamir e esposa, Elias e esposa, Maringá e esposa, Emilio e esposa, Gastão e esposa, Trentini e esposa, Wiens e esposa, Jorge Kozak, Leonel, esposa, filha e neta, D. Pedro e esposa, Talis e esposa, Marco Polo e esposa, Miguel e esposa, Norival e esposa, Olga e amiga, Olimar e esposa, Paulo Cava e namorada, Rui e esposa e Yoshiro, esposa e filha.
Pelo levantamento feito, a participação nos vários encontros está conforme segue:
1º - Encontro dos 5 anos = 32 colegas

2º - Encontro dos 8 anos = 24 colegas

3º - Encontro dos 10 anos = 16 colegas

4º - Encontro dos 15 anos = não disponível

5º - Encontro dos 20 anos = 36 colegas

6º - Encontro dos 25 anos = 33 colegas

7º - Encontro dos 30 anos = 38 colegas

8º - Encontro dos 33 anos = 27 colegas

9º - Encontro dos 35 anos = 38 colegas.
Então, neste 10º encontro teve-se a presença de 23 colegas.
A mobilização sempre realizada através de e-mails e nos últimos dias através de contato telefônico trouxe um resultado muito bom. Note que nesse encontro teve-se a participação de pessoas de três gerações, isto é realmente muito gratificante.
Vários colegas não puderam participar desse encontro por compromissos assumidos, com as suas respectivas justificativas, pela distância geográfica e alguns, infelizmente, por problema de saúde.
Como disse o poeta e diplomata Vinicius de Moraes, na canção Samba da Benção:
“A vida é arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida”.
Na arte do encontro, estarei sempre ativando a continuidade de uma amizade que iniciou em 1968, hoje com 43 anos de um forte laço para que não haja tanto desencontro pela vida.
Ainda, nesse sentido, vou deixar registrado um texto enviado pela Danielle Polowski (filha do saudoso Caxacriosca):
“Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha, porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.
Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha, mas não vai sozinha e nem nos deixará só, porque leva um pouco de nós e deixa um pouco de si.

Há os que levam muito e deixam pouco, há os que levam pouco e deixam muito.


Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que não nos encontramos por acaso...”
O sentimento de que os encontros caíram na mesmice é uma maneira de

ver a vida sem mais objetivo. Os encontros que até hoje foram realizados e outros que virão no futuro sempre estiveram e estarão com o intuito de manter essa força da amizade e que deverá continuar por muitos e muitos anos.


Analise de que nesse encontro teve-se a presença de 23 colegas, os quais multiplicados por 38 anos de vida profissional tem-se um resultado bastante significativo de vida e de experiência, são 874 anos.
Assim, desde já fica o desafio para o 11º encontro em 2012, quando completa-se 40 anos de formados, da participação de pelo menos 40 colegas.
E para que não se perca o contato, é importante que cada um mantenha o seu endereço atualizado (e-mail e telefone – são os mais importantes) e sempre que tenha alguma novidade, não deixe de contatar-me.

Yoshiro Nagao – 7/setembro/2010


Cenfo-72 – Centro de Informações da Turma de 1972


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal