Rei 410006 Epistemologia e Metodologia das Relações Internacionais Ementa



Baixar 84,4 Kb.
Encontro08.02.2017
Tamanho84,4 Kb.



REI 410006 - Epistemologia e Metodologia das Relações Internacionais
Ementa
Ciência e método científico. Especificidade das ciências sociais e das Relações Internacionais. As discussões epistemológicas e metodológicas em Relações Internacionais. Métodos de pesquisa em Relações Internacionais.
Objetivos
- Examinar abordagens da filosofia da ciência e da história sobre a Ciência, com o propósito de introduzir conceitos básicos sobre a natureza do conhecimento nas Ciências Sociais

- Desenvolver no aluno habilidades necessárias para que elabore um problema de pesquisa, selecione métodos de investigação adequados a diferentes problemas, identifique limitações de cada um deles, e aplique-os adequadamente a sua própria investigação


Bibliografia indicativa
ARON, R. (1987). Etapas do pensamento sociológico. 2ª Ed. São Paulo: Martin Fontes, DF: Ed. Universidade de Brasília.

BULL, H. (1966). International theory: the case for a classical approach. World Politcs, v. 18, n. 3 (apr. 1966), pp. 361-377.

CHALMERS, A. F. (1993). O Que É Ciência Afinal. São Paulo: Brasiliense.

DURKHEIM, E. (1999). As regras do método sociológico. 2ª Ed. São Paulo: Martins Fontes.

GERRING, J. (2004). What is a case studies and what is it good for? American Political Science Review, v. 98, n. 2, may 2004.

HOOVER, K. e DONOVAN, T. (2011). The Elements of Social Scientific Thinking. 10th ed. United States: Wadsworth Cengage Learning.

KURKI, Milja. (2006) “Causes of a Divided Discipline. Rethinking the concept of cause in International Relations theory”, Review of International Studies, 2006, vol. 32, p. 189-216.

LUZ, A. M. (2006). O que é conhecimento? Revista da Fapese, v.2, n. 2, jul./dez. 2006.

QUIVY, Raymond, and CAMPENHOUDT, Van Luc Campenhoudt. Manual de Investigação Em Ciências Sociais. 6ª Ed. Lisboa: Gradiva, 2013.

PRZEWORSKI, Adam, e TEUNE, Henry. The Logic of Comparative Social Inquiry. New York: Wiley-Interscience, 1970.

RAGIN, C. (1987). The comparative method: moving beyond qualitative and quantitative strategies. Berkeley and Los Angeles, California: University of California Press.

SARTORI, Giovanni. “Comparing and Miscomparing.” Journal of Theoretical Politics 3, no. 3 (1991): 243–57.

VAN EVERA, Stephen. Guide to Methods for Students of Political Science. Ithaca, N.Y.: Cornell University Press, 1997.

WEBER, M. (1972). Ciência e política: duas vocações. São Paulo: Cultrix.



WEBER, M. (1993). “’Objetividade’ do cohecimento nas ciências sociais”. In: Metodologia das Ciências Sociais. São Paulo: Editora da Universidade Estadual de Campinas.

WIGHT, C. (2002). “Philosophy of social science and international relations”. In: W. Carlsnaes; T. Risse and B. A. Simmons. Handbook of International Relations. SAGE Publications.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal