Realização: 15/10/2016 início: 10h00min – término: 12h30min



Baixar 14,02 Kb.
Encontro28.10.2017
Tamanho14,02 Kb.
REUNIÃO INTERMEDIÁRIA DO CONSELHO PARTICIPATIVO MUNICIPAL DE SANTO AMARO.  

                        

   

Realização: 15/10/2016  início: 10h00min – término: 12h30min.   

   


Local: Auditório da Subprefeitura de Santo Amaro – Praça Floriano Peixoto, 1º. andar .   

   


Conselheiros presentes:   

   


  1. Adilson Almeida Araújo,   

  2. Andréa Rodrigues Borges,   

  3. Antonio Marcelo de Souza Lima,  

  4. Luiz Felipe de Barros Rosa,   

  5. Maria Auxiliadora Lopes Martins,

  6. Maria Cristina Almeida Antunes,                 

  7. Monica Berta Tilly Ebensperger,  

  8. Renatto Sergio Costa da Silva,   

  9. Roberto Costa Ferreira.   

     

 Conselheiros com ausências justificadas:    

  


  1. Christian de Moraes Machado Suppo Bojlesen, 

  2. Clovis Soares Bezerra,

  3. Francine Lazzaretti Martinho,  

  4. Helena Santos Tofino,  

  5. Marcos Vinicius Busoli Cascino,  

  6. Maria de Fatima Azevedo da Silva,  

  7. Maria Regina Povreslo,  

  8. Patrícia Mara Peixoto Garcia,

  9. Rudneia Alves Arantes, 

  10. Sebastião Cabrera,  

  11. Virgilene da Silva Graça.  

      

      Presentes também:    




  1. Arnaldo Fernandes

  2. Claudete de Carvalho

  3. Rosangela Shamali (CADES)

  4. Gleice Vasconcelos (CADES)

  


  • O Conselheiro Luiz Felipe de Barros Rosa, Coordenador do CPM Santo Amaro, abriu os trabalhos informando que cabia esclarecer, dado questionamento apresentado pelo Conselheiro Antonio Marcelo durante a semana, a ação do Coordenador e Secretária-Geral sobre os ofícios enviados. Explicou que, tal como consta no regimento interno do CPMSA, cabe a ele assinar os documentos do Conselho e que todos os ofícios enviados – um sobre a devolutiva da SMDU e três sobre perda do mandato ou renúncia – tiveram os assuntos aprovados previamente. Dito isso, passou a tratar do funcionamento das reuniões intermediárias, ponderando como se aplicaria a questão das faltas, publicação e convocação dessas reuniões.




  • A Conselheira Cristina pediu a palavra para defender a necessidade de se ter no Conselho menos burocracia e mais ação. A Conselheira Dora tratou da diferença de peso entre as faltas daqueles que sempre participam dos que nunca lá estão e que precisamos ponderar isso quando das decisões do CPMSA. Tratou também da importância de haver sempre respeito entre os Conselheiros para que o trabalho possa ser melhor e mais proveitoso. O Conselheiro Antonio Marcelo enfatizou a importância dos Conselhos como ponte entre a sociedade e o poder público.



  • Sobre a necessidade de se ter a lista dos suplentes para convidá-los para as reuniões, ainda que não tenham poder de votação, a Senhora Claudete informou que todo material de cadastro no período da eleição para o CPMSA foi enviado a SMRG. O Conselheiro Roberto pediu que fosse feita nova tentativa de se obter a lista com a SMRG fundamentando os motivos do pedido. O Coordenador propôs então que ele enviasse um e-mail e, caso a resposta não fosse favorável, um ofício e um pedido via lei de acesso à informação – como havia sugerido o Conselheiro Antonio Marcelo.



  • Decidida a questão, o Coordenador pediu que a Conselheira Cristina apresentasse o documento preparado pelo GT Plano Diretor para a SMDU. A referida Conselheira então leu o documento, que já havia sido por ela enviado aos Conselheiros por e-mail. O Conselheiro Roberto, Renatto, bem como as representantes do CADES na reunião, trataram da possibilidade de se realizar ações locais – como em escolas e praças – com impacto nos bairros. A Conselheira Cristina enfatizou uma vez mais a importância de o Plano regional contemplar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e os critérios da certificação. O documento foi aprovado por unanimidade.



  • Encerrada a questão do GT Plano Regional, o Conselheiro Adilson apresentou sua proposta para a criação de um GT sobre o Plano de Metas do próximo prefeito. A Conselheira Dora, aprovando a ideia, pediu que fossem avaliadas as metas não cumpridas da atual gestão, para que a elas fossem incorporadas as metas pensadas pelo CPMSA, em oficina a ser realizada, para a qual seriam convidados representantes da sociedade civil. Aproveitou sua fala, também, para parabenizar o GT Plano Regional por seu trabalho. O Coordenador ponderou a necessidade de se alterar a dinâmica dos GTs, para que tivessem prazos e temas específicos. Dito isso e se valendo do bom resultado do GT coordenado pela Conselheira Cristina e da proposta de direito dos animais, que versa sobre plano de metas, ele propôs que o GT Plano de Metas fosse coordenado em conjunto pela Conselheira Cristina e pelo Conselheiro Adilson. Tanto a criação do GT quanto sua coordenação foram aprovadas por unanimidade. Integrarão o GT os Conselheiros Adilson, Andréa, Antonio Marcelo, Luiz Felipe Rosa, Maria Auxiliadora – Dora, Maria Cristina Antunes e Roberto Ferreira.




  • Sobre um ofício a ser enviado pelos Conselhos Participativos Municipais ao Presidente da Câmara dos Vereadores, para que o Projeto de Lei sobre Participação Social fosse votado ainda nessa legislatura, o Conselheiro Antonio Marcelo informou que transmitiria os contatos dos criadores da proposta para o Coordenador, a fim de permitir que o CPMSA integre o pedido.

   

Nada tendo a acrescentar, a Reunião foi encerrada às 12h30min do dia 15/10/2016. 

 

Luiz Felipe de Barros Rosa - Coordenador  



  

Maria Cristina Almeida Antunes – Secretária-Geral.



  

São Paulo, 15 de outubro de 2016. 


Compartilhe com seus amigos:


©bemvin.org 2019
enviar mensagem

    Página principal