Questões Revisão vírus



Baixar 18,21 Kb.
Encontro10.07.2017
Tamanho18,21 Kb.
Questões Revisão – vírus

01. Um argumento correto que pode ser usado para apoiar a ideia de que os vírus são seres vivos é o de que eles

a) não dependem do hospedeiro para a reprodução.

b) possuem número de genes semelhante ao dos organismos multicelulares.

c) utilizam o mesmo código genético das outras formas de vida.

d) sintetizam carboidratos e lipídios, independentemente do hospedeiro.

e) sintetizam suas proteínas independentemente do hospedeiro.
02. Leia o texto a seguir.
"Faz um século que a comunidade científica muda repetidamente de ideia sobre a natureza dos vírus. Vistos originalmente como venenos, depois como formas de vida e mais tarde como substâncias químicas biológicas, considera-se hoje que os vírus estejam numa região cinzenta entre o vivo e o não vivo. Só conseguem se replicar com a ajuda de células vivas e podem afetar profundamente o comportamento delas. A categorização dos vírus como seres sem vida durante a maior parte da história da biologia moderna teve uma consequência indesejada: levou os pesquisadores a ignorá-los no estudo da evolução. Finalmente, no entanto, os cientistas estão começando a entendê-lo como peças fundamentais da história da vida".

Fonte: VILLARREAL, L.P. Ameaça Fantasma. "Scientific American Brasil". Ano 3, n¡. 32, Janeiro de 2005. p. 61.


Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar.

a) Nos vírus, a síntese de ácidos nucléicos, proteínas e outras atividades bioquímicas que possibilitem a sua multiplicação independem da célula hospedeira.

b) Um vírus pode replicar-se para produzir milhares de partículas virais filhas e essa replicação se dá por fissão binária e nas formas mais evoluídas pela mitose.

c) As encefalopatias espongiformes transmissíveis, como por exemplo, a doença da "vaca louca", são causadas por um vírus que apresenta RNA.

d) Os retrovírus, como por exemplo, o causador da hepatite B, são assim chamados porque o DNA genômico é transcrito em RNA.

e) A enorme população dos vírus, combinada com suas taxas aceleradas de replicação e mutação, faz deles uma das maiores fontes de variação genética.


03. Como resultado de um esforço para a melhoria da saúde pública, em 2006, o Ministério da Saúde lançou o combate ao rotavírus, introduzindo nos postos de saúde a vacinação de crianças contra esta infecção. Depois de 30 anos de pesquisa, começam a ser distribuídas vacinas para barrar o maior causador de diarreia infantil aguda. Para que se sintetizem as vacinas, é importante conhecer as propriedades dos vírus (partículas que infectam eucariontes), os quais

a) possuem organização celular.

b) apresentam metabolismo próprio.

c) não sofrem mutações no seu material genético.

d) carregam organelas citoplasmáticas.

e) contêm moléculas de ácidos nucléicos.


04. Um pesquisador pretende manter uma cultura de células e infectá-las com determinado tipo de vírus, como experimento.

Assinale a alternativa que contém a recomendação e a justificativa corretas a serem tomadas como procedimento experimental.

a) É importante garantir que haja partículas virais (vírus) completas. Uma partícula viral completa origina-se diretamente de outra partícula viral preexistente.

b) Deve-se levar em conta a natureza da célula que será infectada pelo vírus: células animais, vegetais ou bactérias. Protistas e fungos não são hospedeiros de vírus.

c) Deve-se garantir o aporte de energia para as células da cultura na qual os vírus serão inseridos. Essa energia será usada tanto pelas células quanto pelos vírus, já que estes não produzem ATP.

d) Na análise dos dados, é preciso atenção para o ácido nucléico em estudo. Um vírus pode conter mais de uma molécula de DNA: a sua própria e a que codifica para a proteína da cápsula.

e) É necessário escolher células que tenham enzimas capazes de digerir a cápsula proteica do vírus. A partir da digestão dessa cápsula, o ácido nucléico viral é liberado.
05. Ao contrário dos organismos compostos por células, os vírus não metabolizam energia, isto é, não produzem ATP nem realizam fermentação, respiração celular ou fotossíntese. Os vírus são parasitos intracelulares obrigatórios e têm como hospedeiras células de animais, de vegetais, de fungos, de protistas ou de bactérias. Com relação à constituição química, os vírus são formados por

a) ácidos nucléicos e proteínas.

b) DNA, RNA e lipídeos.

c) carboidratos, DNA e proteínas.

d) carboidratos e ácidos nucléicos.

e) lipídeos e aminoácidos.


06. Os vírus não são considerados células porque:

a) possuem somente um cromossomo e são muito pequenos.

b) não possuem mitocôndrias e o retículo endoplasmático é pouco desenvolvido.

c) não têm membrana plasmática nem metabolismo próprio.

d) parasitam plantas e animais e dependem de outras células para sobreviver.

e) seu material genético sofre muitas mutações e é constituído apenas por RNA.


07. Objetivando promover a reprodução de um certo vírus fitopatogênico (vírus que causa patologias em plantas), um estudante o incubou em meio de cultura que continha fonte de carbono e nitrogênio. O estudante obteve sucesso na reprodução do vírus?

a) Não, pois o meio de cultura não inclui vitaminas e minerais, necessários para o metabolismo do vírus.

b) Sim, pois com uma fonte de carbono o vírus poderá sintetizar os demais componentes necessários para formar sua cápsula proteica.

c) Sim, pois o meio de cultura inclui todos os nutrientes requeridos pelo metabolismo do vírus.

d) Sim, pois com uma fonte de nitrogênio o vírus poderá sintetizar os demais componentes para formar sua cápsula proteica.

e) Não, pois os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, sem metabolismo próprio e o meio de cultura não inclui células vivas.


08. Os vírus são organismos obrigatoriamente parasitas, uma vez que só se reproduzem quando no interior de seus hospedeiros. Sobre os vírus, é correto afirmar que

a) apresentam características fundamentais dos seres vivos: estrutura celular, reprodução e mutação.

b) são seres maiores que as bactérias, pois não atravessam filtros que permitem a passagem de bactérias.

c) são formados por uma carapaça proteica envolvendo o retículo rugoso com ribossomos utilizados na síntese de sua carapaça.

d) são todos parasitas animais, pois não atacam células vegetais.

e) podem desempenhar funções semelhantes aos antibióticos, ocasionando "o lise bacteriano", e impedir a reprodução das bactérias.


09. A representação a seguir sintetiza o chamado dogma central da biologia celular.

Este fluxo unidirecional de informações torna-se exceção nos retrovírus, como o da AIDS, pois esses vírus:

a) têm a capacidade de sintetizar um peptídeo diretamente a partir do ADN.

b) possuem transcriptase reversa que, a partir do ARN-m, orienta a tradução.

c) têm a capacidade de sintetizar ARN-m a partir do ADN viral.

d) possuem transcriptase reversa que, a partir do peptídeo, orienta a síntese do ARN-m.

e) têm a capacidade de sintetizar ADN a partir de ARN.
10. Os vírus são seres que se diferenciam de todos os organismos vivos por serem acelulares não tendo, assim, a complexa maquinaria bioquímica necessária para fazer funcionar seu programa genético precisando, pois, de células que os hospedem. Sobre esses organismos é correto afirmar que:

a) alguns vírus são parasitas intracelulares obrigatórios, outros não.

b) cada espécie viral possui mais de um tipo de ácido nucléico.

c) os vírus não são incluídos em nenhum dos cinco reinos de seres vivos.

d) os vírus atacam apenas os animais, incluindo o homem.

e) o ataque dos vírus é mais eficientemente combatido com o uso de antibióticos.


11. Os vírus

a) possuem genes para os três tipos de RNA (ribossômico, mensageiro e transportador), pois utilizam apenas aminoácidos e energia das células hospedeiras.

b) possuem genes apenas para RNA ribossômico e para RNA mensageiro, pois utilizam RNA transportador da célula hospedeira.

c) possuem genes apenas para RNA mensageiro e para RNA transportador, pois utilizam ribossomos da célula hospedeira.

d) possuem genes apenas para RNA mensageiro, pois utilizam ribossomos e RNA transportador da célula hospedeira.

e) não possuem genes para qualquer um dos três tipos de RNA, pois utilizam toda a maquinaria de síntese de proteínas da célula hospedeira.


12. Relativamente aos vírus afirma-se, corretamente, que:

a) No caso dos retrovírus, que causam diversos tipos de infecções, a enzima transcriptase reversa catalisará a transformação do DNA viral em RNA mensageiro.

b) Em qualquer infecção viral, o ácido nucléico do vírus tem a capacidade de se combinar quimicamente com substâncias presentes na superfície das células, o que permite ao vírus reconhecer e atacar o tipo de célula adequado a hospedá-lo.

c) No caso dos vírus que têm como material genético o DNA, este será transcrito em RNA mensageiro, que comandará a síntese de proteínas virais.



d) Em qualquer infecção viral, é indispensável que o capsídeo permaneça intacto para que o ácido nucléico do vírus seja transcrito.

e) Em todos os vírus que têm como material genético o RNA, este será capaz de se duplicar sem a necessidade de se transformar em DNA, originando várias cópias na célula hospedeira.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal