Projeto ler para escrever melhor 1 – dados de identificaçÃO: Escola



Baixar 21,5 Kb.
Encontro08.11.2018
Tamanho21,5 Kb.
PROJETO LER PARA ESCREVER MELHOR
1 – DADOS DE IDENTIFICAÇÃO:
Escola: Escola Estadual de Ensino Fundamental Érico Veríssimo

– Bela União – Santa Rosa


Período: 01/08/2012 a 18/12/2012
Diretora: Roseli Schwambach Schröder
Coordenação: Beatriz Irene dos Santos
2 – DESCRIÇÃO DO PROJETO:

O projeto será desenvolvido no segundo semestre de 2012 onde trabalhar-se-á as diversas formas de incentivar a leitura e escrita envolvendo todos os segmentos da comunidade escolar.


Relato de como surgiu:

A leitura e a escrita possibilitam ao homem novos horizontes o que facilita e amplia as diversas formas de expressão.

Considerando a importância do hábito da escrita como forma de registro da própria história, dos pensamentos, dos sentimentos e das considerações que se queira tecer a respeito de um assunto, e, até mesmo como suporte para organização da expressão oral, foi desenvolvido por nós educadores, nosso projeto de escrita.

O projeto surgiu a partir de uma fala na formação no mês de junho para professoras de escolas com turmas multisseriadas através da Escola Ativa. Neste encontro foi dado ênfase ao registro.

Quando cheguei na escola comecei a implementar a questão do registro diário com uma turma de 4ª série.

Na reunião pedagógica como não tínhamos coordenador, pedi à diretora para expor a experiência para as colegas das séries iniciais.

No grupo entendemos que as crianças escreviam com dificuldade por falta de leitura.

No mês de julho fui convocada para 10h na Coordenação da Escola.

Expus a experiência e trocamos algumas ideias com todos na Escola.

Avaliamos que trabalhar o hábito da leitura e da escrita somente com os estudantes não era o suficiente para que nosso projeto tivesse êxito, pois, muitos de nós educadores não temos esse hábito.

Por isso ampliamos o desafio aos professores e funcionárias.

Na escola decidimos que todos os dias, a primeira meia hora fosse dedicada à leitura por todos, de materiais diversos.

A escola como um todo estava envolvida no projeto, então questionamos de como a família poderia se envolver e motivar os estudantes à leitura e escrita?

Então surgiu o projeto como eixo central das atividades do segundo semestre.

Todas as atividades de certa forma estava ligadas aos projeto de leitura e escrita.

Em agosto os pais foram convidados a escrever bilhetes incentivando os filhos a estudarem.

No trabalho Alimentação saudável com o tema central ”O Leite” foram desenvolvidas pesquisas e confeccionado um livro de receitas que foi distribuído as famílias em novembro por ocasião de uma programação onde a emissora local transmitiu um programa direto da Escola.

Em outubro por ocasião do Dia da Criança as famílias foram convidadas a relatar por escrito uma experiência significativa com seus filhos. Das 67 famílias recebemos 63 textos. Foi surpreendente a participação.

A partir de agosto foram selecionados materiais de leitura e colocados em sacola, uma por turma que ficavam uma semana com cada família.

Por exemplo:

MATERIAL DA SACOLA DE LEITURA DA 1ª SÉRIE:


Livro: Através do Telhado

Revistas: Emilia

Livro: Dinossauro 3D

Revista: Glúti o Pingo

Livro:Garotas

Livro: A Criação

Livro: Garotas

Livro: A Caminho da Escola

Livro: O Dilúvio

Livro: A Bela Adormecida

MATERIAL DA SACOLA DE LEITURA DA 6ª SÉRIE:




Livro: Saúde, Moda, Esporte e Cultura

Revista: Viver Feliz

Livro: Tempestades solares

Revista: Ciência Hoje

Livro: Água doce

Revista: Planeta

Livro: O cidadão de Papel

Livro: Ed. Ática, Gilberto Dimenstein

Livro: Contos da Selva

Livro: Iluminuras, Horácio Quiroga

Livro: Querido Diário Otário

Livro: Fundamento, Jim Benton

Jornal, Dezembro 2012

Missioneiro

Em cada sacola também era incluído um jogo de trilha para que a família durante aquela semana tivesse uma atividade em grupo.

Foram selecionados textos ao menos um por estudante, textos de todos os professores(as) e funcionárias e como o patrocínio não permitiu, numa reunião de pais sorteamos 5 textos dos pais para publicar na Coletânea de Produção Textual da Escola.

Em setembro eu que era professora da 4ª série, que assumi a Coordenação pedagógica em julho, por ocasião da aposentadoria da Diretora assumi a direção até o final do ano letivo e tive a alegria de entregar a comunidade a Primeira Coletânea Textual.

Este ano estamos com a terceira edição.

3 – OBJETIVOS:

a – Objetivo Geral:

Incentivar e desenvolver a prática da leitura e da escrita com todos os segmentos da comunidade escolar.

b – Objetivos Específicos:



  • Utilizar a prática da escrita enquanto instrumento de comunicação.

  • Incentivar a escrita enquanto uma prática prazerosa de se expressar.

  • Partilhar as produções escritas para motivar esta prática entre todos os segmentos da comunidade escolar.

  • Utilizar da leitura e da escrita para desenvolver vários aspectos positivos que estão presentes no cotidiano dos sujeitos envolvidos no projeto valorizando todos e cada um, melhorando assim a autoestima e contribuindo para que o mesmo se torne um sujeito autônomo, crítico e criativo.

  • Utilizar das ferramentas leitura e escrita para resgatar valores como respeito, responsabilidade, organização, dedicação, solidariedade, amizade entre outros.


4 – JUSTIFICATIVA

Observando e avaliando a leitura, a capacidade de pesquisar e de resolver problemas que envolvem o cotidiano percebe-se que apesar dos esforços mobilizados para melhorar este quadro os educandos ainda apresentam uma linguagem limitada. Baseados nos estudos realizados pensamos que uma das formas de superar estas limitações poderia ser através da motivação para a escrita. Diante desta situação nos propusemos neste semestre propor atividades que desenvolvam o espírito de responsabilidade, crítico e criativo através da pesquisa leitura e escrita que envolva não só os educandos, mas todos os segmentos da comunidade escolar.

Educar para ser e conviver que é o tema gerador deste ano é uma caminhada de longa distância, pois exige atitudes participativas e modo de agir contínuo de respeito ao outro e a si mesmo. Através deste projeto acreditamos somar mais um passo nesta caminhada.
5 – ESTRATÉGIAS:

No decorrer do ano desenvolveram-se diversas atividades de pesquisa, leitura, escrita, e outras formas de expressão integrando a comunidade escolar.



Avaliação do processo é constante redirecionando ações quando necessário e confirmando as que tenham êxito.
6 – EVENTO E PÚBLICO ALVO: Comunidade Escolar.
7 – ALGUMAS ATIVIDADES DO PROJETO:

  • Material volante variado, através de Sacolas de Leitura.

  • Convite aos pais que escfrevam uma mensagem incentivando os filhos em relação ao estudo

  • Convite aos professores, funcionárias e pais para que escrevam textos diversos.

  • Seleção de textos de ao menos um por estudante para Coletânea.

  • Piquenique literário – Encontro onde são desenvolvidas diversas atividades literárias, apresentações e oficinas.

  • Pesquisa e socialização de trabalhos com diversos temas.

  • Organização e distribuição de um livro de receitas à base de leite.


Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção. ( Paulo Freire)


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal