Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção ppgep laboratório de Qualidade de Vida LaQVida



Baixar 58,93 Kb.
Encontro15.09.2018
Tamanho58,93 Kb.

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - PPGEP

Laboratório de Qualidade de Vida - LaQVida

Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR

Ponta Grossa – PR – Brasil

v. 05, n. 01, jan./jun. 2013, p. xx-xx

DOI: 10.3895/S2175-085820130001000XX


REVISTA BRASILEIRA DE QUALIDADE DE VIDA



Modelo para a formatação dos artigos a serem submetidos à Revista Brasileira de Qualidade de Vida




Sample paper to be used as model to format the articles to be submitted to the Brazilian Journal of Quality of Life

Fulano de Tal

Instituição – SIGLA – Cidade – País

fulano@gmail,com
Beltrano de Tal

Instituição – SIGLA – Cidade – País

beltrano@gmail.com


RESUMO



OBJETIVO: O objetivo deve ser curto, definindo o problema estudado, destacando as lacunas do conhecimento que serão abordadas no artigo.

MÉTODOS: As fontes de dados, a população estudada, amostragem, critérios de seleção, procedimentos analíticos, dentre outros, devem ser descritos de forma compreensiva e completa.

RESULTADOS: A seção de Resultados deve se limitar a descrever os resultados encontrados sem incluir interpretações/comparações.

CONCLUSÕES: A conclusão dos autores sobre os resultados obtidos e sobre suas principais implicações.
PALAVRAS-CHAVE: Revista. Artigos. Formatação.

ABSTRACT
OBJECTIVE: The objective should be short, defining the problem studied, highlighting the knowledge gaps that will be addressed in the article.

METHODS: Data sources, study population, sampling, selection criteria, analytical procedures, among others, must be described in a comprehensive and complete.

RESULTS: The Results section should be limited to describing the results without including interpretations/comparisons.

CONCLUSIONS: The authors' conclusion on the results and their main implications.
KEYWORDS: Journal. Articles. Standards.


1. Formatação geral

Os originais devem ser redigidos na ortografia oficial e digitados em folhas de papel tamanho A4. As margens (superior, inferior, esquerda e direita) devem ter 2,0 cm. Os trabalhos deverão conter até 4.000 palavras, excluindo resumos, tabelas, figuras e referências. O artigo deve ser escrito no programa Word for Windows, em versão 6.0 ou superior. Se você está lendo este documento, significa que você possui a versão correta do programa. Os artigos devem ser enviados em formato .doc ou .docx. Não serão aceitos para avaliação artigos em formato .pdf ou .odt. Sugere-se a utilização deste arquivo para digitar o trabalho.

O cabeçalho deve figurar exatamente como consta no presente documento, bem como a paginação, que não deve diferir da paginação utilizada no modelo.

Título e subtítulo (se houver): deve estar na terceira linha da primeira página, em posição centralizada, com tipo de fonte Times New Roman, tamanho 14, em negrito, com a letra inicial da primeira palavra em maiúsculo e em espaçamento entre linhas simples. Artigos em português devem ter título e subtítulo (se houver) em português e inglês; artigos em inglês devem ter título e subtítulo (se houver) em inglês e português; artigos em espanhol devem título e subtítulo (se houver) em espanhol e inglês. Os títulos nas diferentes línguas aparecem separados por duas linhas.

Dados dos autores: o nome do primeiro autor deve vir duas linhas abaixo do último título (ou 24 pontos), alinhado à direita, com fonte Times New Roman, tamanho 10, espaçamento simples, com primeira letra de cada nome em maiúscula e o restante em minúsculo. Uma linha abaixo do nome do primeiro autor deve constar o vínculo institucional, contendo nome da instituição, sigla, cidade e país, separados pelo caractere “”, sem aspas. Na linha seguinte ao vínculo institucional deve constar o e-mail do autor. O nome dos demais autores (caso houver) deve constar duas linhas abaixo no nome do primeiro autor, seguido de seu vínculo institucional na linha subsequente ao nome e e-mail na linha seguinte ao vínculo institucional. Não devem ser utilizadas abreviaturas nos nomes dos autores.

RESUMO: duas linhas (ou 24 pontos) abaixo do nome dos autores, o resumo deve ser na própria língua do trabalho, com no máximo 300 palavras. Deve-se utilizar texto com fonte Times New Roman, justificado, tamanho 12. O resumo deve ser apresentado no formato estruturado, contendo os itens: OBJETIVO, MÉTODOS, RESULTADOS e CONCLUSÕES.

PALAVRAS-CHAVE: uma linha (ou 12 pontos) abaixo do resumo. Deve conter entre três e cinco palavras-chave, no mesmo idioma do trabalho, separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto, fonte Times New Roman, justificado, tamanho 12, com espaçamento entre linhas simples. As palavras devem ser extraídas do Vocabulário Controlado UPS disponível no endereço: http://143.107.73.99/Vocab/Sibix652.dll.

ABSTRACT: deve vir duas linhas (ou 24 pontos) abaixo das palavras-chave. Deve-se utilizar texto com fonte Times New Roman, justificado, tamanho 12, com espaçamento entre linhas simples. O abstract deve ser uma tradução fiel do resumo.



KEYWORDS: uma linha (ou 12 pontos) abaixo do abstract. Deve-se utilizar texto com fonte Times New Roman, justificado, tamanho 12, com espaçamento entre linhas simples. As keywords devem ser uma tradução fiel das palavras-chaves, mantendo a formatação destas. O abstract e keywords deste documento inclui a formatação correta dos mesmos.

Títulos das sessões: os títulos das sessões devem ser posicionados à esquerda, em negrito, numerados com algarismos arábicos. Deve-se utilizar texto com fonte Times New Roman, tamanho 12, em negrito. Não coloque ponto final nos títulos. O título da primeira seção deve ser posicionado duas linhas (ou 24 pontos) abaixo das palavras chaves. Entre uma seção e outra, considerar uma linha (12 pontos) de intervalo.

Corpo do texto: o texto deve iniciar uma linha (ou 12 pontos) abaixo do título das seções. Utilize fonte tipo Times New Roman, tamanho 12, justificado, com espaçamento entre linhas simples. Deve ser utilizada fonte tipo Times New Roman tamanho 10 e espaçamento entre linhas simples em citações com mais de três linhas, notas de rodapé, entrelinhas de quadros e tabelas e legendas de figuras, quadros, tabelas e equações.

Aspas devem ser utilizadas somente em citações. Negrito deve ser utilizado para dar ênfase a termos, frases ou símbolos. Itálico deverá ser utilizado apenas para palavras em língua estrangeira (for exemple).



  • No caso do uso de listas, deve-se usar o marcador que aparece no início desta frase;

  • As listas devem ser justificadas na direita e na esquerda, da mesma maneira que os trechos de corpo de texto.

É possível, também, o uso de alíneas, que obedecem às seguintes indicações:

  1. Cada item de alínea deve ser ordenado alfabeticamente por letras minúsculas seguidas de parênteses;

  2. Os itens de alínea são separados entre si por ponto-e-vírgula;

  3. O último item de alínea termina com ponto;

  4. O estilo de alínea constante deste documento pode ser usado para a aplicação automática da formatação correta de alíneas.

A estrutura dos artigos originais de pesquisa é a convencional: Introdução, Métodos, Resultados e Discussão, embora outros formatos possam ser aceitos. Trabalhos de pesquisa qualitativa podem juntar as partes Resultados e Discussão, ou mesmo ter diferenças na nomeação das partes, mas respeitando a lógica da estrutura de artigos científicos. Em pesquisas relacionadas a seres humanos deverá constar, no último parágrafo da seção Métodos, o número do protocolo e data de aprovação do Comitê de Ética.

Notas: As notas devem ser reduzidas ao mínimo e digitadas em pé de página, numeradas a partir de 1. Usar fonte 10, Times New Roman, justificado. Se houver nota no título, ela receberá asterisco e não numeração. As notas não devem ser utilizadas para referenciar documentos.



2. Formatação de figuras, tabelas, quadros e equações

Tabelas devem ser utilizadas para designar dados numéricos tabulados. Quadros devem ser utilizados quando os dados são majoritariamente textuais. Figuras devem designar fotografias, ilustrações, diagramas ou gráficos. Equações devem designar modelos matemáticos e fórmulas que auxiliem na interpretação do artigo.

Deve ser numerado em algarismos arábicos, apresentar título e fonte na parte inferior, centralizado, fonte Times New Roman, tamanho 10, bem como ser referenciados no corpo do texto. Caso existam fotos ou figuras que demandem alta resolução, estas devem ser enviadas em arquivo separado em formato jpg e com a indicação da posição no texto.

A legenda e a fonte devem ser posicionadas abaixo dos objetos. Para melhor visualização dos objetos, deve ser previsto um espaço simples entre texto-objeto e entre fonte-texto. Ver, por exemplo, a Figura 1.



Figura 1 – Exemplo de figura

Fonte: UTFPR (2005)
Tabelas e quadros devem estar centralizados e conter apenas dados imprescindíveis, evitando-se que sejam muito extensos. Os itens das tabelas e quadros devem ser escritos utilizando fonte Times New Roman, tamanho 10. O espaçamento entre os itens deve ser simples, conforme ilustrado na Tabela 1:
Tabela 1 – Exemplo de tabela


Idade

Percentual

Até 20 anos

0%

Entre 21 e 30 anos

10%

Entre 31 e 40 anos

20%

Entre 41 e 50 anos

30%

Acima de 51 anos

40%

Fonte: Beltrano (2008).

No caso de quadros, deve ser seguida a estrutura demonstrada no quadro 1:




Autor

Conceito

Fulano (2007)

A variável X era interpretada como algo irrelevante.

Beltrano (2008)

A variável X era interpretada como algo relevante.

Sicrano (2009)

A variável X era interpretada como algo bastante relevante.

Quadro 1 - Evolução do conceito da variável X

Fonte: Adaptado de Fulano (2007), Beltrano (2008) e Sicrano (2009).


Todas as figuras, quadros, tabelas e equações devem obrigatoriamente conter legenda e fonte. Devem ser limitadas a cinco no conjunto, incluindo apenas dados imprescindíveis, evitando-se que os mesmos sejam muitos extensos. Outro item importante, é que não devem repetir dados já inseridos no texto, ou vice-versa.

Caso os dados sejam inéditos e provenientes de uma pesquisa de campo realizada pelos próprios autores do artigo, essa especificação deve constar na fonte, juntamente com o ano da pesquisa de campo. Nesse caso a fonte deve ser: Autoria própria (2013).



3. Citações e referências

As citações devem obedecer ao sistema autor-data e estar de acordo com a norma NBR 10520 da ABNT. As abreviaturas dos títulos dos periódicos citados deverão estar de acordo com as normas internacionais.

Quando o autor citado estiver no corpo do texto, a grafia deve ser em minúsculo. Quando estiver entre parênteses, a grafia deve ser em maiúsculo. Para citar obras escritas por dois autores no corpo do texto, deve-se citar Fulano e Beltrano (2009). Quando a citação de dois autores estiver entre parênteses, estes devem ser separados por ponto-e-vírgula (FULANO; BELTRANO, 2009). Citações de três autores, no corpo do texto, devem aparecer da seguinte forma: Fulano, Beltrano e Sicrano (2009). Caso a citação de três autores estiver entre parênteses, os sobrenomes devem ser separados por ponto-e-vírgula (FULANO; BELTRANO; SICRANO, 2009). Não deve ser utilizado o caractere &. Para citar obras escritas por três ou mais autores, mencionar somente o primeiro autor, seguido da expressão et al. (FULANO et al., 2009), ou Fulano et al. (2009). Não deve haver nenhum tipo de destaque (itálico, negrito ou sublinhado) na expressão et al.

Citações diretas de até três linhas acompanham o corpo do texto e se destacam com dupla aspa. Caso o texto original já contenha aspas, estas devem ser substituídas por aspa simples. Exemplos:



  1. Fulano (2008, p. 10) afirma que “é importante a utilização das citações corretamente”.

  2. "Citar trechos de ‘outros autores’ sem referenciá-los, pode ser caracterizado plágio” (FULANO; BELTRANO, 2009, p. 20).

Para as citações com mais de três linhas, estas devem ser transcritas em parágrafo distinto. Deve-se utilizar um recuo de 4,0 cm na margem esquerda, terminando na margem direita. Deve ser utilizada fonte tamanho 10 e sem as aspas. A citação deve ser separada do texto que a antecede e a sucede por 12 pontos (ou uma linha). Exemplo:
Toda citação direta com mais de 03 linhas é considerada uma citação direta longa. A citação com mais de 03 linhas deve ser escrita sem aspas, em parágrafo distinto, com fonte menor e com recuo de 4,0 cm da margem esquerda, terminando na margem direita, conforme ilustrado neste exemplo. Deve haver uma linha em branco antes e depois da citação (FULANO, 2009, p. 150).
A exatidão das referências é de responsabilidade dos autores. Comunicações pessoais, trabalhos em andamento e trabalhos não publicados não devem ser incluídos na lista de referências, mas citados em notas de rodapé.

As referências devem ser ordenadas alfabeticamente pelo sobrenome do autor, seguindo os padrões da norma NBR 6023 da ABNT, e não devem ser numeradas.

As referências devem iniciar duas linhas (ou 24 pontos) após o término da última seção do texto. Para as referências, deve-se utilizar texto com fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento simples, prevendo 12 pontos (ou uma linha) depois de cada referência, exatamente conforme aparece nas referências aleatórias incluídas a seguir. Todas as referências citadas no texto, e apenas estas, devem ser incluídas ao final, na seção Referências.

As referências, limitadas a 30, devem incluir apenas aquelas centrais e pertinentes à problemática abordada. Evitar a inclusão de número excessivo de referências numa mesma citação. Citações de documentos não publicados e não indexados na literatura científica (teses, relatórios e outros) devem ser evitadas. Caso não possam ser substituídas por outras, não farão parte da lista de referências. É, também, desejável que se evite a utilização de livros, priorizando os periódicos como referência.

Ainda, não utilizar a expressão et al. na seção Referências.
Agradecimentos

Os agradecimentos, se houver, deverão ser alocados antes das referências.



Referências

ALENCAR, L. H.; ALMEIDA, A. T.; MOTA, C. M. M. Sistemática proposta para seleção de fornecedores em gestão de projetos. Gestão & Produção, São Carlos, v. 14, n. 3, set./dez. 2007. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2008.


ANDUJAR, A. M. Modelo de qualidade de vida dentro dos domínios bio-psico-social para aposentados. 2006. 206 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.
BUCKHOUT, S; FREY, E.; NEMEC JUNIOR, J. Por um ERP eficaz. HSM Management, v. 3, n. 16, 1999.
CARVALHO, V. R. Qualidade de vida no trabalho. In: OLIVEIRA, O. J. (Org.). Gestão da qualidade: tópicos avançados. São Paulo: Thomson, 2004.
KALAKOTA, R.; ROBINSON, M. E-business: estratégias para alcançar o sucesso no mundo digital. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.
MENEZES, H. Comércio eletrônico para pequenas empresas. Santa Catarina: Visual Books, 2003.
OTANI, M.; MACHADO, W. V. A proposta de desenvolvimento de gestão da manutenção industrial na busca da excelência ou classe mundial. Revista Gestão Industrial, Ponta Grossa, v. 4, n. 2, p. 1-16, abr./jun. 2008.
PURCIDONIO, P. M. Práticas de gestão do conhecimento em arranjo produtivo local: o setor moveleiro de Arapongas – PR. 2008. 153 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa.
RAMOS, A. S. M.; MIRANDA, A. L. B. Processos de adoção de um sistema integrado de gestão: uma pesquisa qualitativa com gestores da Unimed/Natal. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 23., 2003, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ABEPRO, 2003.
REZENDE, D. A.; ABREU, F. Tecnologia da informação: aplicada a sistemas de informações empresariais. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001.
SOUZA, C. A.; ZWICKER, R. Implementação de sistemas ERP: um estudo de casos comparados. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 24., 2000, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2000.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal