Programa de aprendizagem



Baixar 376,06 Kb.
Página1/4
Encontro23.08.2018
Tamanho376,06 Kb.
  1   2   3   4

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM

UEL/CCS – CURSO DE ODONTOLOGIA


1 – DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Docentes:

AntonioFerelle

Beatriz Brandão Scarpelli

Carlos Eduardo de Oliveira Lima

Cássia Cilene DezanGarbelini

Farli Aparecida Carrilho Boer

Luciana Tiem iInagaki

Luiz Sérgio Carreiro

Marilia Franco Punhagui (Coordenadora)

Paulo Eduardo Baggio

Pedro Tondelli

Paula Vanessa Pedron Oltramari-Navarro

Ricardo Takahashi

Wanda Terezinha GarbeliniFrossard

Código: 6MOD077

Nome: Introdução à Odontologia Infantil

Oferta: Anual

Série: 4ª

Ano Letivo: 2018

Curso: Odontologia

Carga Horária Total: 216

Carga Horária Teórica: 76 h

Carga Horária Prática: 140



2 – EMENTA:

Odontopediatria: conceito e histórico. Manejo da criança. Diagnóstico e planificação dos tratamentos. Estudo das dentições. Dentística restauradora aplicada à dentadura decídua. Procedimentos cirúrgicos aplicados na dentadura decídua e mista. Traumatismos dentários na dentadura decídua e mista.Estomatologia infantil. Odontologia para bebês. Odontologia hospitalar. Odontologia para pacientes especiais: conceito e classificação de pessoas com necessidades especiais; relacionamento entre profissional, pais e pacientes na atenção odontológica a pessoas com necessidades especiais; diagnóstico das alterações crânio-faciais mais freqüentes; riscos do tratamento odontológico em pacientes especiais; tratamento ambulatorial das necessidades primárias e secundárias, preferencialmente, de crianças e adolescentes especiais. Crescimento e desenvolvimento do crânio e da face. Cefalometria. Classificação e etiologia das más oclusões. Confecção em laboratório de aparelhos ortodônticos preventivos e interceptivos. Diagnóstico, planejamento e tratamento ortodôntico preventivo e interceptivo das más oclusões de classe I de Angle. Introdução à ortopedia funcional dos maxilares.



3 – CONTRIBUIÇÕES DESTE MÓDULO AO PERFIL DO EGRESSO

Formar cirurgião dentistaque atue no campo da Odontologia Infantil, e que coloque em prática a promoção de saúde bucal inerente a prática odontológica numa visão integral, baseando-se em informações científicas e sendo orientado pelos preceitos éticos e legais, contribuindo para a melhor saúde bucal infantil da população brasileira.





4 – OBJETIVOS

Professor

Estudante







  • Promover respeito e ética na relação com professores, colegas, funcionário e pacientes;

  • Desenvolver ferramentas e instrumentos de avaliação que desenvolvam o pensamento crítico e ético do estudante,

  • Estimular o trabalho em equipe, visando obter os melhores resultados para futuros trabalhos em grupos;

  • Estimular a adoção de condutas de biossegurança e descarte correto dos resíduos gerados;

  • Estimular comunicação adequada, de forma oral e escrita, com colegas da profissão, profissionais de outras áreas da saúde, pacientes/comunidade e pessoal auxiliar;

  • Incluir princípios éticos na sua prática profissional;

  • Superar as dificuldades para o trabalho em equipe;

  • Inserir as normas/condutas de controle de infecção em sua prática diária;

  • Desenvolver raciocínio lógico, análise crítica e capacidade de comunicação com paciente e colega;

  • Demonstrar atitudes de tolerância paciência, compreensão, serenidade, perseverança e respeito para com a criança especial e seus respectivos pais/responsáveis;



  • Estimular o aluno a ser vetor deinformação e fomentar a promoção de saúde;




  • Reconhecer a importância de sua atuação no campo da Odontologia Infantil e na promoção de saúde bucal inerente à prática odontológica numa visão integral;

  • Valorizar a educação dos pais/responsáveis como agentes coadjuvantes ao tratamento odontológico na criança, para a promoção de hábitos higiênicos e alimentares sadios e a manutenção dos mesmos;

  • Orientar o aluno no correto preenchimento da ficha clínica e do plano de tratamento;

  • Possibilitar a compreensão da importância do preenchimento da ficha clínica e do odontograma, identificando a codificação para o preenchimento do mesmo;

  • Elaborar um plano de tratamento que possa resultar em um tratamento odontológico eficiente;

  • Refletir sobre a importância de um bom diagnóstico e consequente plano de tratamento domínio das técnicas indicadas para o atendimento das crianças considerando os aspectos da promoção de saúde;

  • Orientar e criar ferramentas que levem os alunos a aplicar em clínica os conhecimentos obtidos dos conteúdos teóricos práticos já adquiridos, de forma integrada;

  • Orientar e assistir a execução dos tratamentos clínicos de acordo com as necessidades odontológicas e comportamentais de cada paciente;

  • Orientar os alunos na confecção de aparelhos ortodônticos preventivos e interceptivos;

  • Criar instrumentos de avaliação capazes de captar o desenvolvimento gradativo do estudante na Clínica Integrada Infantil.



  • Desenvolver habilidade de diagnóstico e execução de prevenção e promoção de saúde ao paciente e paciente com necessidades especial, no planejamento e domínio das técnicas indicadas para a clínica de odontopediatria;

  • Dominar informações sobre as características psicológicas da criança e os aspectos específicos das necessidades odontológicas congênitas e/ou adquiridas e seu tratamento;

  • Desenvolver habilidades para a execução da anamnese, exame clínico, exame radiográfico, plano de tratamento, manejo da criança, adequação ao meio bucal, aplicações tópicas de flúor, aplicações de selantes, realizações de restaurações preventivas e conservadoras;

  • Desenvolver habilidades para execução de técnicas anestésicas específicas, exodontias e frenectomias;

  • Desenvolver habilidades para diagnóstico dos padrões de normalidade doperiodonto, além de execução de tratamento para suas alterações;

  • Diagnosticar as alterações pulpares mediante avaliação clínica, anamnésica e radiográfica;

  • Reconhecer a anatomia interna da câmara pulpar e radicular de dentes decíduos;

  • Descrever e executar as técnicas endodonticas adequadas para as diversas situações pulpares nos dentes decíduos;

  • Explicar as vantagens do uso das coroas de aço em molares decíduos;

  • Descrever os materiais e instrumentais utilizados nos preparos das coroas de aço e justificar suas indicações em molares decíduos;

  • Avaliar o crescimento e desenvolvimento do crânio e da face, identificar as anomalias, suas causas e diagnosticar as más oclusões;

  • Estarem aptos para confeccionar aparelhos ortodônticos preventivos e interceptivos.






5 – CONTEÚDOS

Unidades

Conteúdos das unidades

Objetivos da unidade

Professor

Estudante

Unidade I – INTRODUÇÃO ODONTOPEDIATRIA/ORTODONTIA


- APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA (detalhamento do Programa de Aprendizagem / Contrato de convivência).

  • Explicar o Programa do Módulo, horário da aulas e divisão dos grupos eas modalidades de avaliação (diagnóstica, formativa e somativa) e pesos na composição final da nota bimestral, conforme item7.



  • Conhecerr o Programa do Módulo, horário da aulas e divisão dos grupos e as modalidades de avaliação (diagnóstica, formativa e somativa) e pesos na composição final da nota bimestral, conforme item7.



- INTRODUÇÃO À ODONTOLOGIA INFANTIL (conceito e história da odontopediatria, manejo da criança, ficha clínica, simbologia do odontograma, radiologia em odontopediatria, plano de tratamento e suas prioridades).
- INTRODUÇÃO À ORTODONTIA

Crescimento e desenvolvimento craniofacial:

- Período pré-natal

- Período pós-natal.




Unidade II – DESENVOLVIMENTO DOS DENTES e CRONOLOGIA DE ERUPÇÃO


- Desenvolvimento dos dentes e da oclusão.
- Estudo da dentição decídua: crescimento e desenvolvimento:

Odontogênese .


- Cronologia de Erupção dentária.
- Rizólise dos dentes decíduos.


  • Explicar o desenvolvimento dos dentes e da oclusão;




  • Possibilitar a compreensão do estudo da dentição decídua;




  • Orientar tomadas de decisões a respeito da formação dos dentes;




  • Discutir a cronologia da erupção dentária;




  • Explicar a rizólise dos dentes decíduos

  • Relacionar os fatores que podem alterar o desenvolvimento dos dentes e da oclusão




  • Relacionar os fatores que podem influenciar no desenvolvimento harmonioso da dentição decídua;




  • Explicar a cronologia da erupção dentária;




  • Tomar decisões com relação a manutenção ou não do dente decíduo na cavidade bucal;

Unidade III – MANEJO DO COMPORTAMENTO

- Manejo do comportamento em Odontopediatria:princípios e condições básicas para tratamento nas crianças.



  • Discutir o impacto do tratamento odontológico na criança e em seus pais e/ou responsáveis;

  • Fundamentar as técnicas de manejo;




  • Desenvolver raciocínio lógico, análise crítica e capacidade de decidir sobre a melhor técnica no manejo do paciente.

Unidade IV – NECESSIDADES ODONTOLÓGICAS ADQUIRIDAS


- Cárie dentária, prevenção e controle: etiologia, epidemiologia da cárie na infância, diagnóstico, determinação dos fatores de risco, histopatologia em esmalte e dentina, métodos e técnicas de prevenção e controle da cárie dentária (adequação do meio bucal) (ATR), flúor.
- Anamnese e preenchimento de ficha clínica e plano de tratamento.
- Características do periodonto e doenças periodontais na infância.
- Radiologia aplicada em odontopediatria: práticas de exames radiográficos.
Traumatismos dentários na dentadura decídua, mista e permanente


Estimular o aluno a ser vetor de informação e fomentar a promoção de saúde;
Fundamentar as técnicas preventivas e curativas em relação à cárie dentária na infância, características periodontais e suas doenças e as técnicas radiográficas mais utilizadas em odontopediatria;
Propiciar conhecimentos necessários para o preenchimento da ficha clínica e determinação do plano de tratamento odontopediátrico;
Orientar a execução de técnicas radiográficas em odontopediatriaintrabucais.

Orientar a conduta frente aos traumatismos na dentição decídua, mista e permanente



Desenvolver raciocínio lógico, análise crítica e capacidade de comunicação com paciente e colegas em equipes multidisciplinares de saúde;
Relacionar as técnicas preventivas e curativas em relação à cárie dentária na infância, características periodontais e suas doenças e as técnicas radiográficas mais utilizadas em odontopediatria;
Realizar o correto preenchimento da ficha clínica e determinar o plano de tratamento odontopediátrico;
Tomar decisões com relação à técnica, dosagem, acessórios, filmes, processamento e proteção nas tomadas radiológicas a serem utilizadas;

Avaliar o tipo de traumatismo dentário presente e elencar as possíveis condutas terapêuticas.




Unidade V – PROCEDIMENTOS RESTAURADORES PREVENTIVOS EM ODONTOPEDIATRIA


- Técnicas de anestesia em Odontopediatria.
- Dentística operatória:Selantes

R.P.R.(restaurações preventivas de resina + selante).


- Isolamento do campo operatório.
- Coroas de aço em Odontopediatria.


Explicar e orientar a execução de técnicas anestésicas indicadas em Odontopediatria;
Explicar e orientar a execução de selantes e RPR
Explicar e orientar a instalação do isolamento absoluto;
Explicar e orientar a execução de coroas de aço;


Executar técnicas anestésicas indicadas em Odontopediatria;
Executar a técnica de selantes e RPR;
Colocar isolamento absoluto no paciente;
Executar técnicas de colocação de coroa de aço;



Unidade VI – MÁ OCLUSÃO / ORTODONTIA
Crescimento e desenvolvimento craniofacial pré-natal

Crescimento e desenvolvimento craniofacial pós-natal

Crescimento


- Importância da compreensão do crescimento e desenvolvimento no período pré-natal na formação da face, com ênfase no período embrionário: características de normalidade e alterações

- Período Ovular: informações gerais sobre as características desta fase.

- Período Embrionário: compreensão do período de duração (por volta da 3ª semana à 8ª semana de vida intrauterina), da importância dos arcos branquiais e dos processos maxilares, mandibulares, frontal e palatinos na formação de toda a face, cada qual com suas respectivas características e épocas de ocorrência de determinados problemas, com maior ênfase para as fissuras labiopalatinas.

- Período fetal: informações gerais sobres as características desta fase.


- Crescimento e desenvolvimento no período pós-natal:

- Osteogênese: ossificação intramembranosa e endocondral (características, especificidades e qual a importância da sua compreensão para o tratamento das diferentes más oclusões

- Remodelação óssea (aposição e reabsorção)

- Crescimento e desenvolvimento da base craniana, com ênfase na sincondrose esfenooccipital, devido sua relevância e implicação clínica.

Etiologia das más oclusões:

Fatores intrínsecos

Fatores extrínsecos

Classificação das más oclusões


Aulas práticas de laboratório:

Exercícios com fios ortodônticos

Confecção de grampos de retenção (Adams, arandelas e circunferenciais)

Confecção de molas (digitais, helicoidais e Benack)

Confecção de arco vestibular

Confecção de grade palatina

Posicionamento e acrilização do parafuso expansor

Acrilização, acabamento e polimento da Placa de Hawley

Confecção de bandas ortodônticas

Soldagem a ponto e a chama

Confecção de retentores de espaço (alça simples e alça dupla)



  • Demonstrar a importância do conhecimento dos fenômenos que ocorrem para a formação das estruturas faciais, bem como avaliar as características de normalidade e seus desvios.

  • Preparar o aluno para fase subsequente, a embrionária, onde acontecem as principais alterações faciais de relevância clínica.

  • Relacionar alterações dentofaciais relevantes, que tem origem nesta fase e que o cirurgião-dentista pode interferir, atuando de modo educativo com os pacientes e a comunidade



  • Reforçar a importância do cirurgião-dentista na atuação de modo educativo e preventivo na ocorrência de determinados problemas, com maior ênfase para as fissuras labiopalatinas; que saiba atuar na resolução dos problemas, quando de sua competência, bem como encaminhar para as diversas áreas



Desenvolvimento dos dentes e da oclusão



- Crescimento e desenvolvimento da base craniana, com ênfase na sincondrose esfenooccipital, devido sua relevância e implicação clínica.

- Crescimento e desenvolvimento da maxila, com ênfase nas suturas, e em áreas específicas como a tuberosidade, processo alveolar e dentes, seios maxilares, palato e septo nasal.

- Crescimento e desenvolvimento da mandíbula, com ênfase na cartilagem condilar e ATMs e em áreas específicas como língua, ramo, processo alveolar e dentes, sínfise mentoniana, bordo inferior do corpo mandibular, linhas oblíquas interna e externa e processo coronóide.
- Desenvolvimento da oclusão; Período Pré-natal;

- Período Pós-Natal:

Do nascimento ao estabelecimento da dentadura decídua, Dentadura mista (1o Período Transitório, Período Intertransitório, 2o Período Transitório) e Dentadura permanente
I


  • Explicar como se processa a osteogênese (intramembranosa e endocondral),e sua influência na escolha dos tipos de aparelhos e dispositivos a serem utilizados.

  • Explicar e relacionar os mecanismos de remodelação com as alterações que ocorrem ao longo do crescimento e desenvolvimento, até a idade adulta.

  • Explicar e reforçar as características de crescimento e desenvolvimento de cada área específica da face e suas implicações clínicas, desde o diagnóstico até a execução do tratamento

  • Explicar os aspectos relacionados ao desenvolvimento normal dos dentes e da oclusão, nos Períodos Pré e Pós-Natal

Orientar o aluno quanto à utilização destes conhecimentos para o planejamento ortodôntico

Etiologia das má-oclusões

Importância da classificação das má-oclusões e da oclusão normal

Classificação de Angle (Classe I, II e III)

Classificação das más posições individuais segundo Lisher

Classificação das más posições de grupos dentários, Classificação de Simon




  • Evidenciar a importância de avaliação de má-oclusão para o diagnóstico e terapêutica ortodôntica preventiva

Reconhecimento de uma má oclusão

Unidade VII – PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS EM ODONTOPEDIATRIA


- Pacientes portadores de necessidades especiais: conceito, classificação, características e abordagem.
- Manejo da criança: princípios e condições básicas para tratamento nas crianças com necessidades especiais.
- Etiologia e tratamento dos problemas bucais no paciente especial.
- Sedação medicamentosa e tratamento odontológico de pacientes especiais.
- Tratamento odontológico sob anestesia geral.


  • Possibilitar o reconhecimento de estruturas anatômicas e suas variações

  • Possibilitar o reconhecimento de processos patológicos

  • Proporcionar conhecimentos necessários para a formulação de hipóteses diagnósticas das doenças da boca e sistema estomatológico, baseadas nos dados da anamnese, exames clínico e de imagem.

  • Mediar o processo diagnóstico, prognóstico e construção de plano de tratamento (inclusive alternativas) das doenças da boca e sistema estomatológico.

  • Identificar estruturas anatômicas e suas variações;

  • Identificar processos patológicos;

  • Relacionar conhecimentos básicos à prática odontológica utilizando como substrato a elaboração do diagnóstico e plano de tratamento;

  • Formular hipóteses de diagnóstico;



Unidade VIII – CIRURGIA EM ODONTOPEDIATRIA



- Exodontias de dentes decíduos e seus cuidados
- Dentes natais e neo-natais da série normal ou supranumerário, avaliação e conduta

  • Explicar e orientar a execução de exodontias em Odontopediatria;









  • Executar técnicas cirúrgicas para exodontias indicadas em Odontopediatria;




Unidade IX – AULAS PRÁTICAS DE LABORATÓRIO ORTODONTIA

Exercícios com fios ortodônticos

Confecção de grampos de retenção (Adams, Circunferenciais e Arandelas);

Confecção de molas(digitais, helicoidais e Benack);

Confecção de arco vestibular;

Confecção de grade palatina;

Posicionamento e acrilização do parafuso expansor;

Acrilização, acabamento e polimento de placa de Hawley;

Confecção de bandas ortodônticas;

Confecção de retentores de espaço (alça simples e alça dupla).


  • Adestrar os alunos na manipulação dos fios ortodônticos para confecção de aparelhos preventivos na correção das má-oclusões

  • Executar as dobras e acessórios para confecção de aparelhos ortodônticos preventivos

  1   2   3   4


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal