Professor : cezar nilton



Baixar 33,03 Kb.
Encontro20.08.2018
Tamanho33,03 Kb.
Projeto Pastoral
INSTITUTO DE TEOLOGIA DA UNIVERSIDADE CATOLICA DE SALVADOR (UCSAL/ CETUCSal)

TURMA :FORMANDOS 6º SEMESTRE 

PROFESSOR : CEZAR NILTON

ALUNOS FORMANDOS: WILLIAM SANTANA, LAZARO CHAGAS,MARIA AMÉLIA,ANA MARIA , EDNA LOURDES

DATA:16/06/2009.2 

 

Introdução



Ementa:

Trabalho de iniciação cristã realizado, através de atividades lúdicas e diversificadas, com crianças de 4 a 12 anos. "(...) poderá haver formação religiosa na Paróquia para crianças na faixa etária de 4 - 7 anos, através da Catequese Infantil, subdividida em grupos separados (4-5 anos; 6-7 anos). Este período de formação não pode ser considerado obrigatório para os catequizando." (Diretório Pastoral de Catequese.                                                                                

Atenção: - Que a Pré-Catequese Infantil não seja uma repetição daquilo que a criança já vê na Pré-Escola. - Não devemos tratar de forma aprofundada e sistemática temas que serão trabalhados na Catequese de preparação à 1ª Eucaristia.                                                     

 

Objetivo: Levar a criança a descobrir que é amada por Deus e que este criou tudo por Amor. A descoberta de Deus Pai Criador. "O homem não pode viver sem amor. Ele é chamado a amar a Deus e ao próximo, mas para amar verdadeiramente, deve ter a certeza que Deus lhe quer bem." (Carta do Papa às Crianças no Ano da Família). E através da música pode –se aprender amar a Deus.

                

Com a música, despertar nos pequeninos o amor a Jesus; à sua Palavra e à sua Igreja. Semear no coração da criança, através de variados recursos didáticos,instrumentos musicais de sopro e percussão ,bem com novos recursos de mídia e  tecnologias, o amor a Deus e ao próximo. Cultivar nas crianças o gosto pela vida na comunidade. Criar alternativas de aproximação com as famílias, visando evangelizá-las, inclusive, através dos pequeninos.                                                  

 

Como? O trabalho na Catequese Infantil deve ser realizado, sobretudo, de forma ocasional, levando em consideração as características desta faixa etária. O catequista deve estar atento aos acontecimentos presentes e às "novidades" trazidas pelas crianças. "Desde o ensino oral dos Apóstolos e das cartas que circulam entre as Igrejas até os meios mais modernos, a catequese nunca deixou de procurar as vias e os meios adaptados para desempenhar sua missão..." (CT 46). Os encontros devem sempre conter cantos com gestos , histórias, dinâmicas ou brincadeiras, material visual, atividades práticas, etc. Se possível, que as crianças fiquem sentadas em roda. ( As atividades planejadas devem girar em torno de um único tema que será trabalhado a cada encontro. A Palavra de Deus, a vida de Jesus, sempre que possível, tudo deve ser apresentado de forma ilustrada e lúdica.                                                                                                         



Formação - Como em toda a Catequese, os catequistas que desejam trabalhar com esta faixa etária, precisam buscar a formação adequada. "Qualquer atividade pastoral que não conte para a sua realização, com pessoas realmente formadas e preparadas, coloca em risco a sua qualidade" (DGC 234). Torna-se necessário que o catequista, além da formação doutrinal, procure conhecer: as características do desenvolvimento da criança (psicopedagogia); noções de didática e planejamento; como evangelizar através da música e de histórias; como usar atividades diversificadas de forma catequética; etc.

 

Dimensões: 



SER - A mais profunda: humana e cristã                    

SABER - O que transmite e a quem                                                                          

SABER FAZER - Como transmite

                                       



(DGC 238)    

 

Planejamento - Ponto de partida :o objetivo a ser atingido. Considerando a realidade local; a previsão do número de encontros, as principais datas litúrgicas e civis (Dia das Mães, ...dos Pais,... das Crianças, Aniversariantes do mês, Atuação nas Missas..). 

   

O planejamento da Catequese Infantil deve ser parte integrante do planejamento global de toda a Catequese. Portanto, não deve ser feito isoladamente, mas, junto à coordenação geral.

 

ENCONTROS: 



OBJETIVO 

ROTEIRO/TEMPO 

AMBIENTE/ALEGRE 

MATERIAL 

TEMA/CENTRAL 

AVALIAÇÃO

 Metodologia: 



Introduzir a questão: - o que é ser livre?

10’ Tempestade de Idéias em torno do tema LIBERDADE. Registrar no quadro

as idéias dos alunos. Enfocar a questão: - SER LIVRE É FAZER O QUE

SE QUER? .

15’ Dividir os alunos em grupos de cinco participantes e trabalhar as questões

listadas no quadro, bem como as novas questões que surgirem nos pequenos

grupos. Distribuir os recortes de publicidade entre os grupos.

O novo estímulo deverá ser:

O QUE QUEREMOS? POR QUÊ QUEREMOS O QUE QUEREMOS?

SERÁ QUE QUEREMOS O QUE A PUBLICIDADE SUGERE?

Cada grupo deverá discutir e listar as novas idéias e se o grupo quiser poderá

incorporar à sua lista algumas idéias do quadro.

10’ Trabalhar a idéia do CONDICIONAMENTO das influências decorrentes de:

- Publicidade – multimídia

- Família

- Escola

- Religião

- Cultura

10’ De posse das seis listas, refazer o grupo completo e analisar as características

dos desejos / necessidades / demandas:

- individuais

- coletivos

- contraditórios

- conflitantes

- caóticos

Introduzir a idéia da necessidade de um organizador que dê limite à

desordem do querer - como prévio à introdução do conceito de RAZÃO.

Alguns filósofos do passado e do presente também refletiram sobre estas

questões. Vejamos as reflexões de alguns deles:

10’ Adaptação de parágrafos do Górgias – Platão

Trata-se de um diálogo ocorrido entre Cálicles e Sócrates relatado por

Platão.

- Distribuir o texto do diálogo para os alunos, solicitando-lhes que façam

uma rápida leitura do mesmo.

- Quais são as idéias de Sócrates e quais as de Cálicles?

 - Na seqüência, introduzir o conceito de RAZÃO como limite, contraposta



desejo a partir do diálogo entre Cálicles e Sócrates, utilizando o quadro de

forma esquemática:

10’ CÁLICLES X SÓCRATES

DESEJOS X RAZÃO

Desejos sem limites.

Limites do seus desejos

Liberdade sem freios Moderação

Satisfação de todos

os seus desejos Temperança

abordagens sobre Vida de prazeres Equilíbrio.

Trabalhar os textos da palavra de Deus(AT/NT) a partir da reflexão sobre o que Jesus os Discípulos e Profetas ,querem nos mostrar com este diálogo. 

 

Exemplos:

 

- O ser humano não é só desejo, possui também razão. Sede de Deus, vivo.

-O desejo pode converter-se em uma forma de Liberdade e não de. Escravização do dinheiro ou simonia.

 

- A razão entendida como forma de organizar e colocar limites ao desejo, como condição de possibilidade de escolha.

 

- Escolher pode também ser considerado um apelo à razão.

Aqui pode ser pertinente animar um debate: 

quem tem razão? Ou quem está más de acordo com Cálices?

Distribuir a letra da música Comida, do grupo Titãs, e motivar o grupo para.

A audição a partir de duas frases que ficarão escritas no quadro:

- Você tem fome de quê?

- Você tem sede de quê?

Levar o grupo à reflexão acerca do caráter de individualidade do desejo Humano e da importância de que sejam conhecidos.

- O seu desconhecimento leva à possibilidade de manipulação externa ao sujeito.

- O sujeito é absolutamente livre para desejar?

5’ Distribuir a cada aluno uma tira de cartolina colorida e pedir que escrevam uma breve reflexão sobre a liberdade em forma de aforismo. Não é Necessário assinar. Iremos colocando-os dentro de uma caixinha e Seguiremos o trabalho na próxima aula.

Deixar no quadro o fragmento de Pascal:

 

Recursos didáticos: Cartolinas, papel, lápis, canetas, instrumentos musicais, aparelho de som ou DVD para escutar a música, caixas acústicas para esta aula:



- Quadro e giz

- Recortes de publicidade atual

- Dois textos: 

Letra de Comida , música dos Titãs

 

Atenciosamente,



 

 

 01 de julho de 2010



 

Referências bibliográficas e Bibliografia:

Este projeto foi elaborado por estudo  aprofundados nestes seguintes sites

www.catolico.org.br/

www.linkscatolicos.org/ 

www.mundocatolico.org.br

www.sobresites.com › Catolicismo

www.universocatolico.com.br

www.fundacaonazare.com.br/

 

 


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal