Pr. Ricardo Guimarães Inconformados Com o Mundo



Baixar 76,18 Kb.
Encontro12.08.2017
Tamanho76,18 Kb.

Pr. Ricardo Guimarães Inconformados Com o Mundo(Parte 2) Cód.15/2053

INCONFORMADOS COM O MUNDO!(parte 2)

Romanos 12.1,2

1 Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.



2 E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”
Introdução: O Senhor tem incitado o nosso espírito a não aceitar aquilo que o mundo coloca como modelo para nós. Então cada crente é chamado pelo Senhor a ser um inconformado.

Uma pessoa inconformada é alguém que simplesmente não cabe na forma do mundo. Ou seja, se o mundo é redondo, nós seremos os quadrados que não encaixam em sua forma.

Na última ministração nós aprendemos que:


  1. Um inconformado não é acomodado;

  2. Um inconformado é transformado;

  3. Um inconformado é indignado;

Hoje nós queremos gerar mais indignação ao falar sobre o duro golpe do mundo para destruir o maior patrimônio do homem que é a sua família:


Sabemos que a destruição da família e da Igreja são o alvo principal de todo o movimento esquerdista. Eles farão isso solapando os valores morais da sociedade e criando um estado de caos para fortalecer o estado e se apresentar como salvador da pátria. Porque quanto mais fraca for a família, mas necessária a presença do estado na vida do cidadão.

Portanto, a destruição da família é uma estratégia maligna utilizada pelos governos de esquerda para se perpetuar no poder.


Hoje eu quero considerar com os irmãos três aspectos importantes que afetam diretamente a família, a saber:
F.T.: Em primeiro lugar...

I – A FAMÍLIA E A PROPRIEDADE PRIVADA:

1.1. Precisamos entender porque os partidos de esquerda não apenas no Brasil mas no mundo inteiro lutam pela destruição das famílias. Porque se a família for forte, eles não conseguem se perpetuar no poder.

1.2. Por que? Porque famílias fortes, prosperam a cada geração. E quanto mais prospera é uma família menos ela depende do governo. Todavia, quanto mais desestrutura é uma família, menos ela prospera e quanto menos próspera é família, mais dependente do governo ela se torna.

1.3. Vejamos alguns exemplos:

  • Plano de saúde: Se você tivesse dinheiro suficiente para ter um Plano de Saúde Bradesco, você usaria o sistema SUS?

  • Escola Particular: Se você tivesse dinheiro para pagar uma boa escola particular para os seus filhos você os colocaria na rede municipal de ensino?

  • Bolsa Família: Quem ganhar 5 mil por mês precisa se cadastrar no Bolsa família?



1.4. De onde surgiu essa ideia que destruindo a família se perpetuaria no poder aqueles que estivesse no governo? Da mentalidade marxista, da qual o governo brasileiro é totalmente adepto.

1.5. Os partidos comunistas no mundo tentaram acabar com a propriedade privada e se tornar donos de tudo porque eles acreditam que tem mais condições de cuidar de sua família do que você mesmo. Então no regime comunista, tudo é do governo e o governo cuida de todos.
Só para você entender melhor sobre como funciona os sistemas de governo, vamos usar uma ilustração bem simples conhecida como a teoria da vaca.
TIPOS DE GOVERNO (TEORIA DA VACA)

SOCIALISMO: Você tem duas vacas, o Governo toma uma e dá para seu vizinho que não tinha nenhuma.

COMUNISMO: Você tem duas vacas, o Governo toma as duas e dá a você um pouco de leite diariamente.

FASCISMO: Você tem duas vacas, o Governo toma as duas e vende a você o Leite.

NAZISMO: Você tem duas vacas, o Governo mata você e toma as duas vacas.

BUROCRACIA DE ESTADO: Você tem duas vacas, o Governo toma as duas, mata uma e joga o leite da outra fora .

DEMOCRACIA: Você tem duas vacas, vende as duas, para o Governo muda para a cidade e arruma um emprego Público.

ANARQUISMO: Você tem duas vacas, mata as duas e faz um churrasco.

CAPITALISMO SELVAGEM: Você tem duas vacas, vende uma ,compra um touro e o Governo toma os bezerros como imposto de renda na fonte.

GOVERNO PETISTA: Sua vaca sumiu , ninguém sabe , ninguém viu! Ou seja, o Petismo pegou o que há de pior em todos os sistemas políticos.
1.6. Você precisa ter claro, que o objetivo do governo é se perpetuar no poder. E quanto mais fraco forem os valores individuais do cidadão mais forte é o estado. Logo, como o governo não conseguiu tomar a vaca de todo mundo, ele está tentando destruir a famílias para acabar com a propriedade privada.

1.7. E será que isso funciona? Claro que funciona! Se acabar com a família, o homem perde a motivação para prosperar. Por que? Porque a motivação que um homem tem para ganhar dinheiro é ter esposa e filhos para gastar.


  • O homem não prospera muito até encontrar uma esposa e ter um filho. Quando isso acontece a cabeça dele muda e ele começa a pensar em deixar algo para seus filhos!


1.8. Mas agora eles querem destruir essa configuração da família, de acordo com o modelo bíblico pai mãe filhos. Para que eles querem fazer isso? Para tirar o poder. Porque uma vez que o pai e mãe não têm filho para passar o legado a história da família termina ali. É família que permite ter patrimônio. A família não destrói a propriedade privada. A família aumenta. Famílias ajustadas a cada geração os filhos vão enriquecendo mais.
Os romanos já entendiam esse princípio. Os nobres tinham famílias patriarcais, mas aos escravos não era permitido constituir uma família. O escravo podia ser promíscuo e ter muitos filhos, mas não podiam ter família. Foi a igreja que conquistou aos escravos o direito de se casar. Quando puderam ter família então puderam deixar patrimônio aos filhos, mostrando que é a família que mantém a propriedade privada e não o contrário.

1.9. Por isso, quando o cristianismo foi disseminado no primeiro século, ele simplesmente colocou o império romano de joelhos. E uma das coisas que a igreja fez foi reconhecer a dignidade da pessoa humana. E aí aos escravos foi permitido casar-se. E na hora que o cara casava ele queria deixar alguma coisa para o filho nem que seja uma vaca um jumento.

1.10. Ou seja, o filho recebeu uma vaca do pai dele e agora vai casar e aquela vaca vai ter bezerro e ele vai poder deixar para o filho dele quem sabe seis vacas. E o neto vai receber dos seus pais e aumentar. E na verdade é a família quem perpetua o patrimônio. A família estruturada é que permite prosperidade.

  • Só há prosperidade genuína se houver um legado de pai para filho, de filho para neto de neto para bisneto.

  • Mas é justamente a isso que eles querem acabar. Para destruir a propriedade privada e gerar um caos. Por que o caos?




  • Continuidade familiar é poder e sobretudo poder de ação a longo prazo de uma geração para outra. Os nobres e os ricos sempre souberam disso e cuidaram de sua família.


Você conhece algum multimilionário americano que quer ter uma nova configuração de família?

Você conhece algum grande empresário brasileiro que incentiva os filhos a viverem vida promíscua e se tornarem homossexuais ou jamais casarem?

Você conhece algum ditador que quer arruinar a própria família?

Não? Todos eles sejam empresários ou ditadores eles querem passar o poder para os filhos darem continuidade. Eles querem que os filhos continuem o que eles começaram. E a única maneira deles darem continuidade é se tiverem famílias estruturadas.



  • A família é o referencial de qualquer pessoa. Por mais que sua família tenha problemas são eles quem mais ama você nesse mundo.

  • Portanto, o que eles querem é acabar com a minha e com a sua família, porque a deles eles querem preservar. Porque a fortuna, a riqueza e poder está nas mãos de famílias estruturadas!



  • E esses partidos esquerdistas sabem disso, e por isso mesmo estão promovendo essa destruição dos valores familiares. Por isso, tanto movimento contra a família!

  • Há muitos professores nas escolas e universidades doutrinando nossas crianças e jovens e dizendo para eles: sua família é opressiva, seu pai e sua mãe querem tirar sua identidade. Você tem que assumir sua identidade.

  • E o jovem ouve isso e resolve tornar-se homossexual. Ele chega em casa se rebela contra os pais e se afasta da família. E quando ele se afasta da família vira uma presa fácil. Vira uma estrela solitária.

  • É fácil qualquer grupo de esquerda chamado de movimentos sociais aliciar você e passar a se chamar sua família, mas não são. No final você vai ficar sozinho, eles vão abandonar porque não é mesmo a sua família.



  • Por isso, quando nós defendemos que você deve habitar em família, você deve ficar ao lado do sue pai e que você precisa ter esposa e filhos somos chamados de retrógados, de tradicionais e de quadrados.

Nós temos que ser pela família dentro da igreja. Quando nós somos contra o divorcio não é porque nós queremos oprimir aquele irmãozinho que divorciou. Nós entendemos que tem situações em que o divorcio é necessário mas nós somos contra porque queremos defender a família. O fato de sermos contra o divorcio é que permite a alguns casais pensarem duas vezes antes de divorciar-se. Ele pensa em buscar uma solução uma saída junto com a igreja para continuar vivendo em família.

E é por isso que por muitos anos, nós não temos nenhum caso de divórcio em que os dois são crentes. Eles estão lutando pela sua família e estão vencendo. E quando chegar lá no fim eles vão ver com alegria o fruto do trabalho da luta deles.



Eu não creio que é possível mudar a sociedade com iniciativa politica. Não creio. Eu só creio em mudança pelo novo nascimento, pela conversão. Mas é importante não deixar as mentiras do diabo entrar aqui dentro.

Vamos defender os valores da família! Não se deixe engodar pelo discurso esquerdista dos partidos políticos.

Eles querem criar o caos para se apresentar como salvadores da pátria. Mas, quanto mais forte for a sua família menos você precisará do governo.
F.T.: Em segundo lugar...

II – A FAMÍLIA E O FEMINISMO:

2.1. A segunda estratégia do diabo para destruir a família chama-se MOVIMENTO FEMINSITA.

2.2. O feminismo não foi feito para favorecer as mulheres, pois as mulheres não estão ganhando nada com isso. Elas dizem que lutam pelo direito de trabalhar, mas a verdade é que sempre tiveram o direito de trabalhar, o que perderam foi o direito de não trabalhar.
2.3. Antigamente quando uma moça se casava ela tinha todo o direito de ficar em casa e o marido tinha a obrigação de sustentá-la. Mas isso foi perdido para sempre. Não importa quantos filhos a mulher tenha ela terá de trabalhar. A lei não dá nenhum direito a mulher de ser sustentada pelo marido. Ele fará isso se ele for um bom marido e quiser. Mas se ele disser que a mulher tem de trabalhar, a lei está do lado dele.
2.4. A lei brasileira diz que o sustento dos filhos é responsabilidade dos dois. Antigamente a obrigação era do pai, mas agora isso mudou para sempre.

2.5. A visão esquerdista é desarmar os pais de família para que o estado possa assumir o papel de defender e assim exercer autoridade completa sobre a família como é hoje na Venezuela.

2.6. Na idade média era proibido trazer a guerra para dentro das cidades, mas hoje em dia a primeira coisa que fazem é bombardear as mulheres, velhos e crianças. Perderam o direito de estarem resguardadas. Perderam o direito de serem defendidas pelos homens.

2.7. Hoje as mulheres podem até ir para a guerra. Em outros tempos isso seria considerado uma desumanidade, mas hoje elas podem até ser mandadas para a frente de batalha. Onde está a vantagem nisso para as mulheres? É um verdadeiro engano do maligno.
2.8. Portanto, o feminismo não foi feito para ajudar a mulher. As pessoas pensam que o feminismo foi criado porque as mulheres queriam trabalhar. Mas isso é falso. Porque nunca foi proibido as mulheres trabalharem em nenhuma época.

Ilust.:

Na revolução industrial na Inglaterra as mulheres trabalhavam igual aos homens. 75% das mulheres trabalhavam fora.

Quando vieram os movimentos de avivamento, veio o incentivo para que elas voltarem para casa, ninguém foi às ruas reclamar.

2.9. Somente em 1960 é que ressurgiu esse discurso de que os homens saiam para trabalhar enquanto as mulheres, coitadas, ficavam em casa oprimidas cuidando dos filhos. E Esse movimento veio com força para fragilizar a família e conseguiu. Porque as mulheres saíram de casa e hoje não tem mais retorno.

2.10. Porque a mulher agora quer ter sua independência para não ficar na mão de homem algum caso o casamento não dê certo. Esse é o raciocínio da maioria. Mas além disso o feminismo trouxe consequências desastrosas para a família:


  1. A diminuição da autoridade masculina: A autoridade do homem deriva não tanto de ele ser o provedor, mas de ele ser o defensor. O dever milenar do homem é prover e defender a sua família até a morte. Por causa disso ele tem autoridade. Qualquer um que o defenda precisa ter autoridade. Mas no momento em que o homem não é mais o provedor e o defensor da sua família sua autoridade fica comprometida.




  1. A feminilização do homem: Tudo tem sido feito para feminilizar os homens. A feminilização da cultura não vai favorecer as mulheres. O resultado de tudo é mais destruição da família.

Vivemos numa geração que os homens perderam o vigor masculino. Não estou dizendo que viraram gays, mas que se emasculinizaram.

E por que? Porque o menino fica ouvindo o tempo inteiro a mãe falando mal do pai, que o pai é insensível, é machista, o pai é não é carioso. E o menino cresce e ele quer agradar a mãe então ele tem que ser o homem mais carinhoso do planeta. E termina perdendo a sua masculinidade.

Hoje, nós temos homens que não são sacerdotes da casa, não são chefes da família. Porque na cabeça dele, esse homem carinhoso nada mais é do que fragilidade, moleza frouxidão e aí criamos uma geração de gente que é mole, qualquer pressão.

Hoje as mulheres aguentam mais pressão do que o homem. A mulher está sem dinheiro, ela está correndo atrás dando um jeito buscando uma alternativa e o homem molenga some de casa, vai encher a cara...



  1. A ausência da figura materna: Quando a mulher sai de casa para trabalhar as crianças vão ser criadas por um tio, um primo, uma avó, ou numa creche ou não vai ser ninguém vai ficar me casa sozinha para ser abusado pelo vizinho pedófilo. Tudo porque tem que ir atrás do direito dela.

E a criança cresce agora não tem a figura materna porque nada nada substitui a figura da mãe. É a mãe quem transfere os valores para a família. É a mãe que ensina o que ela gosta e o que não gosta. O filho absorve porque a mãe é a paixão de toda criança.

A criança criada sem a mãe se torna muito vulnerável, porque ninguém cria protege mais uma criança do que a própria mãe.



2.10. A pergunta então é: Quem ganha com o movimento feminista? O governo! Um líder político americano de esquerda disse que fomentou o feminismo porque isso fez dobrar a contribuição de imposto de renda para o Estado.
Ilsut.:

Isso é tão interessante para o governo que ele colocou uma questão sobre o feminismo até nas provas do ENEM de 2015.

https://www.youtube.com/watch?v=f2CQdigp-6U

2.11. Então o governo ganha porque arrecada mais impostos, mas ganha também porque enfraquece a família e quanto mais fraca forem as famílias, mas domínio social o governo tem.

  • Por isso, a igreja também não comemora o dia internacional da mulher. Porque esse dia faz parte da agenda feminista para celebrar as “conquistas” que o movimento trouxe para a mulher.

  • Tudo que é contra a família é contra Deus. E tudo que é contra Deus é contra nós devemos ser contra!


F.T.: Em terceiro lugar...

III – A FAMÍLIA E A HOMOFOBIA:

3.1. A homofobia é a terceira tática do diabo para destruir a família. Na União Europeia estão tentando aprovar uma lei onde não será permitido em livros didáticos trazer a imagem da família tradicional pai, mãe e filhos. Segundo eles isso deve ser proibido porque induz ao preconceito homofóbico. Então a imagem de uma família não pode mais ser estampada publicamente.

3.2. Na Europa pai e mãe já está se tornando coisa do passado. Não pode ter uma foto de uma família patriarcal num livro escolar porque isso vai constranger aquele que vem de uma família com uma nova configuração. Ele vai ficar constrangido de ver pai e mãe juntos.
3.3. Mas se formos seguir esse raciocínio, nós também não poderemos andar de carro, porque vai constranger quem está andando de ônibus. Você não deveria nem enxergar porque vai constranger os cegos perto de você. A lógica não se sustenta. Mas isso está acontecendo na união europeia, porque faz parte de um projeto para criminalizar a homofobia.
3.4. O que é homofobia? Homofobia não é homossexualismo. Homofobia é você fazer qualquer coisa contra o homossexual.

Exemplo: Você está de carro no trânsito e por infelicidade bate no carro de um homossexual você é homofóbico. Ele vai dizer que você está brigando com ele só porque ele é gay. Então você não pode ter uma família com pai, mãe e filho porque isso é homofobia. Porque você vai ofender os gays. Então por causa deles você não pode ter uma família normal, bíblica no padrão de Deus.
Assim, qualquer coisa pode ser homofobia desde que desagrade a elite gaysista. Eles estão ajuntando meios de adquirir poder para colocar na cadeia quem eles quiserem. Qualquer um que discorde do movimento pode vir a ser processado.

Ilust.:

Um pastor que é ex-homossexual, estava numa igreja dando testemunho de sua transformação, dizendo que agora está casado com filho e é um pregador da palavra.

Ele foi processado pelo deputado federal Jean Wyllys do Psol do Rio por charlatanismo.

Porque ninguém pode deixar de ser gay.

Veja a lógica do governo federal brasileiro hoje. Se você é homem está infeliz e quer se transformar em mulher o governo paga para fazer sua transformação. Mas se for ao contrário não pode. Se um psicólogo ajudar alguém que queira reverter o processo de ser gay é processando e perde a credencial não pode clinicar mais.

Testemunhar que você mudou de vida já é considerado homofobia. Você quer mudar, mas você não pode mudar. Daqui a pouco vai ser assinada uma lei que é obrigado a ser gay. Onde nós vamos parar?

3.5. O que nós temos de discutir não é homossexualismo. O homossexualismo existe desde que o mundo é mundo e eu creio que cada um deve ter o direito de fazer suas escolhas sexuais. Quem quer ser gay que seja, mas não se pode querer colocar goela abaixo das pessoas que esse é o padrão normal.

Ilust.: Numa pesquisa, foi perguntado às pessoas se elas concordavam com a seguinte afirmação: “Deus fez homem e mulher de modo que eles pudessem cumprir o seu papel e ter crianças!”. 92% concordaram, porque isso é verdade com relação a qualquer espécie animal.

No final os pesquisadores concluíram que 92% da população é homofóbica. Em outras palavras, o governo está certo e 92% da população está errada.

A democracia não é o governo do povo, pelo povo e para o povo? Você quer mais povo que 92% da população? No entanto essa imensa maioria não tem autoridade nenhuma.


92% da população afirma que concorda e o governo diz que o povo está errado e ele está certo. O povo é homofóbico e precisa ser corrigido, a educação vai doutrina-lo corretamente.

O Brasileiro médio tem uma visão saudável das coisas, mas tem uma cúpula que não acha isso. Por isso é importante você entender que esses movimentos sociais querem destruir a família. Porque só é possível ter uma ação histórica através da família.


3.6. O governo e seus parlamentares estão impondo um império gay a toda a nação contra a vontade das pessoas. Não vote em parlamentares que são contra a família!
3.7. Como a visão homofóbica vai destruir a família? Uma coisa é você querer ter o direito de ser homossexual outra coisa é você normalizar isso.

Exemplo 1: Um homem decide se torna beberrão. Ele tem o direito? Sim. Outra coisa é você querer normalizar a bebedice e dizer que você não pode mais criticar a bebedice.

Exemplo 2: A mulher trair o marido ela deve ser presa por causa disso? Não! Está fora do ensino do Novo Testamento, você não vai apedrejar a mulher, mas você não pode normalizar o adultério e dizer que todos tem o direito de trair o marido

Por isso, quando eles querem normatizar esse conceito de família e dizer que agora deve ser assim, alguma coisa estranha está acontecendo.


Todo casamento está baseado em três pilares: espécie, gênero e número.

  1. Sobre a espécie não precisamos falar muito. Um homem só pode casar-se com outro ser humano. Não deveria casar-se com outra espécie de animal como um cachorro, um cavalo como já existe em outras partes do mundo. O casamento tem que ser entre seres da mesma espécie.

  2. Sobre o gênero se refere a homens e mulheres. Ou seja, tem que ser entre gêneros diferentes.

  3. E, o número se refere a um único casal. Porque o que define o número é a quantidade de gênero. E só existem dois gêneros: masculino e feminino.

Mesmo no islamismo onde há poligamia cada mulher tem a sua própria casa, ou seja, um homem pode se casar com várias mulheres, mas vive com uma de cada vez, não é uma orgia sexual. Ele pode ter até quatro casamentos simultâneos, mas se colocar duas mulheres na mesma casa vai preso.


Ilust.:

Recentemente uma menina de Goiás fugiu de casa. Os pais preocupados foram procura-la pelas cidades vizinhas até encontra-la. E a encontraram morando com dois rapazes. A mãe achava que a filha estava sofrendo abuso. Mas ela disse para a mãe que era um novo modelo de família que ela estava experimentando.
3.8. O problema é que o pilar onde se apoia o número é o gênero. Só há duas pessoas porque há apenas dois sexos. Se removermos o gênero então podemos ter a configuração que quisermos para a família. Uma vez que o gênero não existe então podemos ter um casamento entre três, quatro ou trezentas pessoas. O que vai acontecer é que um grupo de cinquenta homens vai se unir numa orgia e vão chamar isso de uma nova configuração da família.
3.9. Por causa disso o casamento gay não faz nenhum sentido. Não apenas por causas morais ou religiosas, mas por causa da própria realidade. Ele vai provocar uma desordem social generalizada. Além do mais homem com homem não procria e mulher com mulher também não procria.

Ilust.:

Um restaurante no Rio que oferecia desconto de 50% no rodízio para mulher acompanhada no caso de casal, foi processando, porque duas mulheres exigiram descontos, porque uma afirmava ser homem e o restaurante não aplicou o desconto.


  • Num casamento homossexual não existe a definição de papéis sexuais. Se não existe definição de papeis sexuais então qualquer relação humana com função sexual passa a ser casamento. Isso quer dizer por exemplo que o número de pessoas envolvidas não importa.

  • Como não existe a intenção de procriação, então nada impede que um homem se case com o seu filho ou com a sua mãe.

  • Se aceitamos o princípio do casamento gay a destruição da família é automática.



  • Por isso, nós devemos tolerar o homossexualismo lá fora, dentro da igreja não. Mas a homofobia não é o homossexualismo é uma ideologia de dominação que quer tirar a nossa liberdade de pregar o evangelho.

Conclusão: Nós precisamos nos levantar como igreja para declarar que somos pela família, somos pela Palavra e somos pelo Senhor. Temos que levantar a nossa voz e começar a clamar: Venha o teu reino Senhor! Caia todo sistema do mundo e seja estabelecido o reino de Deus aqui na terra.

Vai chegar um tempo, em que a igreja não aceitará esses padrões que serão obrigatórios e aí a prática da nossa fé se tornará algo intolerável e quando esse dia chegar os cristãos fiéis serão perseguidos.



Por isso, precisamos nos preparar e apressar a vinda do Senhor. Maranata, ora vem Senhor Jesus!

001

Videirario

22/11/2015





























©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal