Por que Esperar?



Baixar 39,38 Kb.
Encontro04.10.2017
Tamanho39,38 Kb.
Por que Esperar?

(temas da semana: Por Que Esperar?; Conectados; Novo Tempo, Novas Mudança , Compromisso Total)


I CORINTIOS 6:12-13

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convém. Todas as coisas são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas... O corpo não é para a impureza, mas para o Senhor, e o Senhor, para o corpo.”


Uma das abordagens mais feitas hoje sobre o assunto é abordagem Situacional. Esse pessoal da nova moralidade tenta insinuar que há algo errado na moça ou no rapaz que não acompanha a onda e vive como o resto do mundo. acusam-na de antiquada. os tempos mudaram.

Colocam tanta pressão sobre os jovens que eles acabam em dúvida se não está realmente perdendo alguma coisa que todos “curtem”.


Mas não se esqueçam...
Um minuto de prazer pode gerar uma vida toda de sofrimento”.
POR QUE ESPERAR?
1. Ele diz claramente que você deve esperar até o casamento. Só no casamento os dois devem se "tornar uma só carne" (Gênesis. 2:24).
2. Prejudica a amizade com Ele. Você se sente distante de Deus quando segue um caminho diferente do que Ele recomendou. Compensa?
3. Provoca um sentimento de culpa. Você sente angustia e incomodo como conseqüências de uma decisão equivocada. Essa dor incomoda, dura algum tempo, e só pode ser curada pelo perdão de Deus.
4. Prejudica a reputação. Fica a fama de fácil. As pessoas gostam de se aproveitar dos fáceis, mas preferem relacionamentos sérios com os fiéis.
5. Interfere na comunicação do casal. Quando o sexo surge no namoro ele vira a prioridade no relacionamento. A atração e a aventura dão um tempero diferente. Todo o tempo juntos é aproveitado para ele, ou para criar um "clima". O bate-papo, tão importante para que os dois se conheçam e vivam felizes por toda a vida, passa a ser secundário.
6. Deixando o sexo para o casamento, há mais possibilidades do desenvolvimento de uma forte amizade entre o casal. O diálogo faz com que os dois se aceitem, se entendam e se ajudem, e isso é amizade. O sexo dentro do casamento vai ser o presente.
7. O desejo sexual se torna mais forte que o sentimento de amor. O relacionamento passa a ser mantido mais pela beleza e pela atração, do que pelo amor.
8. Leva a dependência de vícios sexuais. Como não há comprometimento, buscam-se "novas" maneiras de tornar o sexo um prazer. Surgem ai os vícios sexuais que vão acompanhar por toda a vida.
9. Tira o brilho da relação sexual dentro do casamento. Sexo proibido, aventura, tem outro sabor. Quando o casamento chegar, e tudo se tornar normal e permitido, o brilho diminui consideravelmente.
10. Pode surgir ressentimento entre os dois por saber que um já perdeu a virgindade. Com quem foi? Como foi? Porque não foi comigo? Foi tão fácil? São perguntas que vão arranhar o relacionamento depois do casamento.
11. Fica o medo das comparações, no casamento. Se ele ou ela já experimentaram o sexo com outros, como foi? Será que comigo está sendo tão bom? Durante a relação sexual, surgirá também o risco das lembranças de experiências anteriores.
12. Destrói a confiança mútua. Fica sempre o medo de que o sexo, que aconteceu com tanta facilidade no namoro, abra as portas para uma nova aventura com alguém mais interessante. A preocupação é: "Se foi fácil comigo, pode ser fácil com outro(a)".
13. Pode provocar, mais tarde, experiências extra-conjugais.
14. Depois que você se libera antes do casamento, é muito mais difícil voltar atrás.
15. O risco de contrair DST (doenças sexualmente transmissíveis) e AIDS é muito grande. O prazer começa a falar mais alto do que a razão, e ai tudo pode acontecer.
16. O risco de gravidez e aborto está sempre presente. Basta ver a quantidade de pais e mães solteiros, hoje, e o número de abortos que são provocados.
17. Abala o relacionamento com os pais. Os pais proíbem, os filhos forçam, e se cria uma confusão. Tudo por causa de uma relação que pode ser passageira. Compensa arranhar o relacionamento com os pais, companheiros de toda a vida, por vontades ou momentos de prazer?
18. Pode provocar prejuízo na educação dos filhos. Dificilmente os filhos serão melhores que seus pais. Eles poderão dizer amanhã, quando você for orientá-los: "Não se preocupopem, não vou fazer com meu namorado nada mais do que vocês faziam quando namoravam". É isso que você quer?
19. O fim de um relacionamento onde houve sexo é muito mais doloroso. Os corpos criaram intimidade e compromisso, e isso fica difícil de quebrar quando se descobre que um não foi feito para o outro.
20. Quando você espera até o casamento está demonstrando amor. Quem ama respeita!
21. A espera tem a bênção de Deus. Deus e seus secretários, a vida e o tempo, se encarregam de recompensar a obediência.

I CORINTIOS 6:18-20


“Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso não sabeis que o vosso corpo é o santuário do Espírito santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.”
I TESSALONICENSES 4:3-8

“Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição, que cada um saiba possuir o seu corpo em santificação e honra, não com desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda, nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador, porquanto Deus não nos chamou para a impureza e sim para a santificação... Quem rejeita estas coisas não rejeita ao homem e sim a Deus, que também vos dá o seu Espírito Santo.”

O que fazer para resistir? (apresentar lista de esquivas)
1. Aprenda a dizer não. Crie medidas preventivas para evitar a tentação. O momento correto para se tentar escapar de um incêndio é quando ele ainda está se iniciando, e não quando o edifício está totalmente em chamas.
2. Evite assistir programas ou filmes picantes com apelos eróticos. Assistindo normalmente à TV por algumas horas, durante 10 anos, um jovem brasileiro terá visto, pelo menos, 92.000 cenas de sexo.
3. Mantenha um diálogo aberto com o(a) namorado(a) sobre seus sentimentos acerca do momento certo para o sexo.
4. Tenha um super amigo para quem você conta suas lutas e busca apoio.
5. Relacione-se com pessoas que tenham os mesmos objetivos que você.
6. Planeje bem seus encontros, criando sempre atividades diferentes. A rotina abre as portas para o prazer e para a tentação.
7. Estabeleça seus limites no início do namoro e mantenha-os.
8. Controle as carícias, controlando seu próprio corpo.

9. Evite ficar sozinho com o(a) namorado(a) por muito tempo.


10. Gaste tempo meditando nas coisas de Deus para ser "transformado pela renovação da mente" (Rom. 12:2). Bons pensamentos geram boas atitudes.
11. Leia bons materiais sobre o assunto. A Bíblia, os livros de Ellen White e alguns livros de escritores cristãos vão lhe dar a maior força.
12. Pense nos benefícios que você tem ao deixar o sexo para a hora certa.
13. Não se julgue forte e capaz para vencer sozinho as tentações sexuais. Aprenda de Deus, pois ele é quem melhor conhece o seu "funcionamento".

14. Insista em seguir os planos de Deus. Confie em seu poder. A oração traz transformação.


15. Faça um compromisso com você mesmo e com Deus. Ele não falha!
FILIPENSES 4:13

“Tudo posso nAquele que me fortalece”.


III - É POSSÍVEL RECONSTRUIR
É possível, porém, que, para você, a mensagem tenha chegado tarde demais! Infelizmente você já cedeu, se envolveu sexualmente e agora não tem mais como apagar o passado. Talvez você se pergunte: Uma vez perdida, a virgindade não volta mais, e agora? Vou receber todas as conseqüências de meu erro, sem alternativa?

Lembre-se do perdão de Deus. Ele ama sempre, e está disposto a reconstruir a vida de qualquer pessoa que o busque, se entregue, se arrependa e deseje uma vida nova. Ele pode criar em você uma “virgindade emocional”.

I JOÃO 1:9

“Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça.



I – Quem era Sansão? E o que ele recebeu de Deus?

Sansão era conhecido por ser um dos juízes de Israel. Como um juiz de Israel, seu principal objetivo era livrar a Israel da escravidão de seus inimigos, que eram os filisteus na época. Sansão também era conhecido por ser o homem mais forte que já tinha existido. Ele era um homem que tinha uma força extra ordinária. A razão pela qual Sansão tinha uma força fora do comum era resultado de sua aliança com Deus. Você sabe, quando Sansão nasceu, ele nasceu como um nazireu. E como nazireu, Sansão não era para tocar ou beber vinho, nem era para ter seu cabelo cortado, porque Deus forneceu a força extra de Sansão incomun através de seu cabelo. E através de seu cabelo, Deus deu a força para Sansão matar um leão com as mãos. Através de seu cabelo Deus deu força para Sansão matar 30 homens dos filisteus de só vez. Através de seu cabelo, Deus deu a força de Sansão para amarrar as caudas de 300 raposas e atear fogo para queimar os milharais dos filisteus. Através de seu cabelo, Deus deu a força para Sansão matar mil filisteus com apenas uma queixada de um jumento. Sim, Deus abençoou Sansão com força extra-ordinária.



Mas, em Juízes 16:21, vemos que o cabelo de Sansão foi cortado. Seus olhos foram arrancados. Vemos Sansão preso às cadeias de uma imunda prisão. Vemos também ele amarrado um moinho, sendo obrigado a trabalhar durante todo o dia naquela prisão. Em outras palavras, vemos o homem mais forte que já havia nascido, derrota do e inutilizado. Agora a pergunta é: O que fez o homem mais forte do mundo ser derrotado e humilhado?
II - O que derrotou Sansão?

Por um longo tempo, eu culpei Dalila pela morte de Sansão. Eu dizia: se ele não tivesse se envolvido com Dalila, ele não teria tido o seu cabelo cortado, ele não teria perdido sua força e ele não teria sido preso pelos filisteus. Mas, quando dei uma olhada de perto na história de Sansão, eu percebi que a culpa tinha sido só de Sansão; em ter o seus olhos arrancados. De ser preso. Foi culpa de Sansão que ele agora se encontrava em um moinho, adando em círculos durante todo o dia. A culpa era todinha dele. Pois, se ele tivesse ouvido seu pai e sua mãe, nada daquilo teria acontecido.

Além do mais é preciso entender que Dalila não era a única mulher que Sansão havia se envolvido. Em Juízes 14, Sansão tinha casado com uma mulher de Timna, mas como nós sabemos o casamento acabou em divórcio depois de sete dias. Então Sansão se envolveu com uma prostituta em Juízes 16:1-3.
E então nós lemos que Sansão se envolveu com Dalila em Juízes 16:04. E você vai notar que toda a mulher que Sansão se envolveu, todas as mulheres eram ruins. Sim, eles parecia bem, mas eram mulheres más. Sim, elas cheirava bem, usavam perfumes caros, mas eram mulheres más. Elas se vestiam bem, mas eram mulheres más. Sansão nunca teria se envolvido com estas mulher más, se ele tivesse ouvido os seus pais.
Você consegue enxergar o problema de Sansão? Eles fez várias escolhas erradas.

Mas teria sido diferente se ele tivesse acabado de ouvir a sua mãe e pai, em Juízes 14. Aprendemos isso muito sobre Sansão em Juízes 14, ele era teimoso e rebelde. Um dia, em Juízes 14, Sansão voltou para casa para seus pais e disse-lhes que tinha encontrado mulher em um lugar chamado Timna que ele queria se casar. Mas o problema era essa mulher era um filisteia. E os filsteus eram inimigos de Israel e eles eram pessoas que não adoravam o Deus vivo e verdadeiro. Quando Sansão disse a seus pais que queria se casar com essa mulher filistéia que ele tinha visto na cidade filistéia chamada Timna, eles responderam, dizendo: Por que você tem que ir para Timanh para encontrar uma mulher para casar? Há alguma mulher disponível aqui em sua própria cidade para se casar. Você não sabe que as filistéias não adoram o mesmo Deus que você adora? Você não sabe que a mulher em Timna não têm uma relação de aliança com Deus, e que eles adoram ídolos? Por que você tem que olhar para uma mulher de Timna? Há alguma mulher boa para que você possa escolher para casar na sua própria cidade. Por que você não escolher alguém dentro da sua cidade para se casar?


Mas Sansão disse: "Eu quero que a mulher de Timna, porque ela me agrada. Ela parece boa. Ela cheira bem. Ela veste roupas de marca. Eu quero ela e somente ela. E porque Sansão não quis seguir os conselhos de seus pais, observe o que de Juízes 14:05: Diz que Sansão desceu com seu pai para Timna. Note que diz que "Sansão desceu.". Então, em Juízes 16:4 diz que Sansão amou uma mulher no Vale do Soreque, e observe a direção que tomou Sansão quando ele ignorou o conselho de seus pais. Ele desceu. Ele desceu a Timna, e quando ele foi para o Vale do Soreque e Dalila conheceu, ele caiu. E há uma lição a ser aprendida aqui. E a qualquer momento, quando você decidir não fazer o que a sua mãe e o seu pai dizem para fazer, você vai encontrar-se indo para baixo, para baixo e para baixo. Não só isso, a qualquer momento você decidir fazer o contrário do que Senhor diz, você vai encontrar-se indo para baixo, para baixo e para baixo.
Agora notem algo. Quando Sansão diz a seus pais que ele encontrou uma mulher em Timna que ele quer se casar em Juízes 14, há pelo menos quatro coisas que Sansão não consegue fazer. Primeiro de tudo, quando ele diz a seus pais que ele quer se casar com essa mulher que ele viu em Timna, ele ainda não sabe o nome da mulher. Pessoal, antes de levar a sério a namorar ou casar-se com alguém, pelo menos deve-se saber o nome da mulher. O mesmo acontece com as mulheres ..... pelo menos saber o nome do homem antes mesmo de pensar em sair e se casar com alguém.
Segunda coisa que Sansão não faz com a mulher de Timna é que ele não tem tempo para conhecê-la bem real. Ele não tem tempo para conhecer sua verdadeira família bem. Ele não tem tempo para conhecer seus amigos muito bem. E o resultado de Sansão não toma tempo para conhecer essa mulher e sua verdadeira história bem. E o resultado; o casamento com a mulher de Timna durou apenas sete dias. O casamento foi tão ruim que Sansão deixou sua esposa com raiva e foi para casa viver com seus pais. Agora veja isso. Sansão deixa sua esposa, e volta para casa para viver com seus pais. Isto também me diz que Sansão não estava pronto para o casamento em primeiro lugar, porque quando um homem se casa, ele deve estar vivendo em seu próprio lugar, e pagando suas próprias contas. A Bíblia diz em Gênesis: 2:24 que quando um homem decide se casar ", ele é deixar seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher e serão uma só carne". Mas Sansão poderia ter evitado essa dor e essa bagunça com a mulher de Timna se tivesse ouvido a sua mãe e seu pai.
Há perdão:
Juizes 16: 28, 29.

Hebreus 11:32.



OBEDIÊNCIA

 

Encontram-se em Roma as gigantescas ruínas do Coliseu, começado por Vespasiano no ano 69 A.D. e terminado por Tito no ano 80 A.D. Cinco mil animais foram mortos por ocasião de sua inauguração. Podemos ver ali câmaras com muros de pedra onde eram encerradas as feras e as portas por onde entravam os cristãos para divertirem centenas de milhares de espectadores que rodeavam o vasto anfiteatro.



Um dia chegou aos ouvidos do imperador que 40 dos gladiadores haviam se tornado cristãos. Mandou dizer-lhes que deviam renunciar a sua fé ou seriam levados por um guarda romano para o lugar mais frio e deserto das montanhas do norte da Itália, para ali, abandonados entre as neves eternas, morrerem de fome e de frio. Foi-lhes dada a mensagem. Todos ficaram firmes, como um só homem. As ordens foram executadas. Eles foram levados para o mais inculto e frio lugar encontrado.

Aquela noite o oficial romano deitou-se em sua tenda, porém, os seus sonhos eram perturbados por uma toada que lhe trazia o vento de noite: "Quarenta gladiadores que lutam por Cristo reclamam dEle a vitória e a coroa." Expostos assim à morte, era esse o seu hino de vitória. O coração do guarda romano inflamou-se pela chama que ardia naquelas almas. Por fim, um dos quarenta arrastou-se meio-morto à tenda e pediu permissão para retratar-se.



"És tu o único que pede isto?" "O único, senhor", replicou o cristão traidor. Saltando de sua posição o guarda arrancou dos ombros o seu próprio casaco militar e colocou-o sobre o outro. "Então tomarei o teu lugar", disse, e saiu para a escuridão. Logo se ouviu de novo o canto lá sobre os cumes glaciais: "Quarenta gladiadores que lutam por Cristo reclamam dEle a vitória e a coroa."







©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal