Política de Gestão de Riscos Junho de 2016



Baixar 93,82 Kb.
Encontro03.07.2017
Tamanho93,82 Kb.

Política de Gestão de Riscos

Junho de 2016


Sumário

POLITICA GESTÃO DE RISCOS 3

1.1.Apresentação 3

1.2.Princípios 3

1.3.Limites 4

1.4.Procedimento de Gerenciamento de Riscos 4

1.5.Diretor e Organograma da Área de Risco 7

1.6.Vigência e Atualização 8



POLITICA GESTÃO DE RISCOS




    1. Apresentação

Pelo presente documento, a MacroInvest Gestão de Recursos (“MacroInvest”), vem, nos termos da Instrução CVM n.º 558/15, do Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas de Fundos de Investimento da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais – ANBIMA (“ANBIMA”) e das diretrizes baixadas pelo Conselho de Autorregulação da ANBIMA, definir sua Política de Gestão de Riscos (“Política”) que serve como base para orientar o fluxo de tomada de decisão da Gestora, na qualidade de representante dos fundos de investimento e/ou fundos de investimento em cotas sob sua gestão (“Fundos”), regulados pela Instrução CVM n.º 555/14, conforme alterada (“Instrução CVM n.º 555”).


O objetivo desta Política é descrever os princípios gerais, os critérios e os procedimentos a serem utilizados pela MacroInvest na condução do monitoramento, mensuração, gestão e controle dos riscos associados às carteiras dos Fundos sob sua gestão.

    1. Princípios

A MacroInvest exercerá suas atividades buscando sempre as melhores condições para os Fundos, empregando o cuidado e a diligência que todo homem ativo e probo costuma dispensar à administração de seus próprios negócios, atuando com lealdade em relação aos interesses dos cotistas e dos Fundos, evitando, assim, práticas que possam ferir a relação fiduciária com eles mantida.


A MacroInvest conduzirá a gestão dos riscos associados aos Fundos nos termos dispostos nesta Política, pautada sempre nos princípios de transparência, ética e lealdade com os Fundos e com os respectivos cotistas, atuando em conformidade com a política de investimento dos Fundos, dentro dos limites do seu mandato.

    1. Limites

Os limites operacionais são formalmente definidos pelo Comitê de Investimentos e revisados pelo Comitê Estratégico da MacroInvest, no mínimo, anualmente. A aprovação dos limites ou aumento de limites já existentes passa por um processo de análise criteriosa pelo gestor de risco, que, ao final, submete ao Comitê de Investimento para aprovação.


São fatores chaves para o funcionamento da atividade de gerenciamento de riscos: a supervisão das atividades, a existência de limites, o acompanhamento, relatórios de exceção de limites e planos para reação nos casos em que o limites é excedido.

    1. Procedimento de Gerenciamento de Riscos

Em função do amplo espectro de atuação da MacroInvest em diferentes mercados por meio de diversas estratégias de investimento, se faz necessário considerar tratamento específico para cada tipo de risco incorrido:


Risco de Mercado

O risco de mercado ou de preço é o risco de perdas financeiras devido a uma variação nas taxas de juros, nas taxas de câmbio, nos preços das ações ou mercadorias (commodities) e suas respectivas volatilidades implícitas.


O controle do risco de mercado é efetuado com o auxilio do sistema Cyrnel Analytics Risk Analyzer que é uma sofisticada ferramenta para análise de risco, bem como o sistema Quantum Axis.
Ademais, a MacroInvest utiliza uma combinação de instrumentos de gestão de risco, incluindo Value at Risk para monitorar o risco de mercado diário, Stress Test para monitorar a exposição da carteira em cenários extremamente adversos e análise de performance histórica.
Para implementar a análise de performance histórica, utilizando-se do sistema Quantum Axis, o gestor de risco calcula os indicadores de performance de risco e retorno das carteiras e compara-os aos de carteiras similares e benchmarks.
Na avaliação do risco de mercado dos ativos é utilizada a ferramenta do Value at Risk com grau de confiança de 90%, 95% e 99%, para um dia e em função do patrimônio líquido das carteiras. Os Fundos possuem limites de VaR máximo, estabelecidos pela área de risco, de acordo com o mandato de cada produto. No cálculo da Value at Risk dos ativos de renda fixa são consideradas características como liquidez, indexador, tipo de emissor e maturidade de cada título.
Diariamente também são elaborados relatórios para determinar o comportamento que os produtos poderiam apresentar em mercados de stress, para isso são utilizados dois modelos de teste de stress:
• Simulação histórica: identifica o comportamento do portfólio atual, de acordo com movimentos de mercado acontecidos no passado;
• Por cenários: simula o comportamento do portfólio, caso um movimento hipotético de mercado ocorra. São utilizados diversos cenários de stress pessimistas.
Risco de Crédito

A aprovação dos limites de crédito é de responsabilidade do Comitê de Investimentos da MacroInvest, que segue uma política de crédito extremamente conservadora, procurando investir primordialmente em títulos públicos federais. O Comitê analisa uma lista com um limite de crédito para cada contraparte que poderá ser utilizada, com base na capacidade de pagamento, estrutura de capital, aspectos qualitativos das contrapartes e seu posicionamento no mercado. Os limites são revisados anualmente ou a qualquer momento que se julgue necessário e a exposição global das contrapartes é monitorada diariamente pelo gestor de risco.


Risco de Liquidez

A MacroInvest gere a carteira dos Fundos priorizando o elevado grau de liquidez dos ativos. Com isso ganha agilidade nas mudanças de posições e a consequente proteção nos períodos de maior volatilidade; e aproveitamento das oportunidades de negócio que surgem em situações de stress.


Por fim, os procedimentos de alocação de ativos, rotinas operacionais e de controle de risco, preços de ativos e outros, priorizam a liquidez.
Risco Operacional

O risco operacional se dá por perdas derivadas de processo inadequados ou com falhas internas, provocados por erros de sistema ou humano. Nessa esteira, de forma a evitar os erros por parte de sistemas, a MacroInvest acredita que o desenvolvimento de processos eletrônicos para execução e conciliação de operações é algo contínuo e essencial para mitigar potenciais riscos operacionais relacionados às suas atividades. A gestão efetiva do risco operacional se dá por meio da análise e constante aperfeiçoamento de tais processos.


Em relação aos erros humanos, a MacroInvest mantém um programa de treinamento no qual acredita ser capaz de mitiga-los, através de um efetivo procedimento de conhecimento e reciclagem de seus Colaboradores, promovendo sempre um conhecimento sobre todas as operações da gestora.

    1. Diretor e Organograma da Área de Risco

A MacroInvest criou uma área de risco que se reporta diretamente ao Comitê Estratégico, e é responsável pela implementação e monitoramento do modelo de controle de risco que guia e limita as operações de investimento.


A área de administração de risco tem total autonomia para recomendar ou, em casos extremos, determinar ajustes nas carteiras dos Fundos.
Conforme dispõe o art. 4º, V, da Instrução CVM n.º 558/15, o diretor da MacroInvest responsável pela gestão de risco é o Sr. Rafael de Rezende Fernandez.
É de responsabilidade do Diretor Rafael de Rezende Fernandez verificar o cumprimento da presente política, bem como encaminhar os relatórios gerados aos sócios e responsáveis pela área de gestão da empresa, com o intuito destes tomarem as providências necessárias para ajustar a exposição de risco das carteiras dos fundos de investimento.
Havendo algum desenquadramento, o responsável pela área de risco aciona o Diretor de Gestão que irá junto aos Gestores das mesas de operação tomar medidas para o enquadramento dos Portfólios.

Outros relatórios aprovados pela Diretoria da Gestora reportam qualquer tipo de desenquadramento em função de limites pré-estabelecidos para que as devidas providências sejam tomadas para regularização.



    1. Vigência e Atualização

Esta política será revisada anualmente, e sua alteração acontecerá caso seja constatada necessidade de atualização do seu conteúdo. Poderá, ainda, ser alterada a qualquer tempo em razão de circunstâncias que demandem tal providência.


* * *


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal