Plano de curso



Baixar 42,92 Kb.
Encontro25.08.2018
Tamanho42,92 Kb.





CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ


PLANO DE ENSINO - 1º SEMESTRE/2011




PLANO DE ENSINO - 1º SEMESTRE/2011

PLANO DE CURSO


CURSO: Arquitetura e urbanismo




DISCIPLINA: Antropologia Urbana - Tarde




CARGA HORÁRIA: 36 h/a




ANO: 2011




SEMESTRE: Primeiro




PROFESSORA: Marineide Pereira de Almeida - marineidepal@hotmail.com – 9114-1037 e 8138-02004




TURMA: 3ARQV1







EMENTA

Arquitetura e cultura. Arquitetura vernacular e cultura popular. História e conceitos de habitação popular. O papel dos autoconstrutores. A apropriação do saber popular como fator de desenvolvimento.




COMPETÊNCIAS / HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS ATRAVÉS DA DISCIPLINA

Competência: Estimular a percepção crítica do alunado proporcionando a interação do pensar antropológico, do fazer cotidiano e do papel da arquitetura na condição de cidadã amapaense.


Habilidade: Propiciar a reflexão sobre a realidade social, a partir dos conceitos e da teoria antropológica, com intuito de formar indivíduos responsáveis, eticamente comprometidos com a transformação da realidade social.




CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Objetivo: Percepção do fazer antropológico e a relação com as demais ciências.

UNIDADE I: Desvendando os caminhos da antropologia na trilha da arquitetura



    1. O que é a antropologia?

    2. Antropologia: objeto e método de estudo; e

    3. A antropologia urbana e os desafios da metrópole

CARGA HORÁRIA

05


Objetivo: Estabelecer o diálogo da arquitetura através da cultura

UNIDADE II: Arquitetura e cultura



2.1 Cultura: Definição e finalidade

2.2 Relativismo cultural e etnocentrismo

2.3 Arquitetura incluvisa

06

Objetivo: Possibilitar a compreensão da diversidade cultural e das diferenças sociais contexto da arquitetura vernacular.

UNIDADE III: Arquitetura vernacular e cultura popular



3.1 Arquitetura vernacular: definição, influência, clima, cultura e moradias

3.2 Cultura popular: definição e abrangência

3.3 A cidade e as teorias sociais

05

Objetivo: Propiciar reflexões e debates acerca das transformações históricas que se observam no contexto de habitação popular

UNIDADE IV: História e conceitos de habitação popular

4.1 O que é habitação popular

4.2 Teses sobre o poder popular


05

Objetivo: Apresentar em linhas gerais o papel dos autoconstrutores e a relação com a antropologia

UNIDADE V: O papel dos autoconstrutores



5.1 Definição e finalidade

5.2 Autoconstrutores a antropologia

05

Objetivo: Oportunizar um novo campo de saber científico na formação dos/as alunos/as do curso de arquitetura e urbanismo

UNIDADE VI: A apropriação do saber popular como fator de desenvolvimento



6.1: Temas atuais da antropologia relacionados com a arquitetura e urbanismo

10




ESTRATÉGIAS DE ENSINO

O conteúdo será abordado através de aulas: expositivas, dialogada, debate, Apresentação de filme e seminário. As aulas serão ministradas por meio de exposições orais com auxílio do quadro e material audiovisual.




AVALIAÇÃO

CONTEÚDO (UNIDADES)

TIPO DE AVALIAÇÃO

1ª Avaliação

UNIDADE 1 e 2

Elaboração de trabalhos acadêmicos (resumo)

2ª Avaliação

UNIDADE 3 e 4

Prova escrita e individual

3ª Avaliação

UNIDADE 5 e 6

Seminário – elaboração de um texto roteiro-didático

4 ªAvaliação

UNIDADE 6

Elaboração e entrega de um artigo


TOTAL DE AULAS PROGRAMADAS DA DISCIPLINA: 36


  • ESTRATÉGIAS DE ENSINO

Aulas expositivas

Debate

Atividades práticas de elaboração de projetos de pesquisa de campo

Orientação para elaboração de artigos

Orientação para escrita e defesa de artigos


  • RECURSOS

Quadro negro

Data-show

Vídeo

  • SISTEMA DE AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO:


Freqüência;

Participação nas aulas;

Participação nas avaliações parciais (no final de cada unidade será realizada uma avaliação: resumo, seminário e resenha)

Defesa dos artigos – avaliação final
BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FABRIS, A. Fragmentos urbanos: representações culturais. São Paulo: Studio Nobel, 2000.

MARCONI, Marina de Andrade e PRESOTO, Zelia Maria Neves. Antropologia: uma introdução. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2001.

VELHO, G. Antropologia urbana. São Paulo: Jorge Zahar, 1999.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BONDUKI, N. Origens da habitação social no Brasil. São Paulo: Estação Liberdade, 2005.

SANTOS, Rafael José dos. Antropologia para quem não vai ser antropólogo.

Porto Alegre: Tomo editorial, 2005 – (Série “Para quem não vai ser”, 1)

OLIVEN, Ruben George. A Antropologia de grupos urbanos. 4 ed. Petrópolis, R.J: Vozes, 1995.

LIMA, J.F. O que é ser arquiteto. Rio de Janeiro: Record, 2004.

PREVISÃO DOS EXAMES/AVALIAÇÕES:


Avaliação – elaboração e entrega de um resumo - individual

Apresentação de um seminário – grupo

Defesa dos Projetos

Avaliação final – apresentação e defesa de um artigo - grupo



Marineide Pereira de Almeida

Professora de Antropologia urbana







©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal