Plano de Aula Professor Estagiário



Baixar 0,77 Mb.
Encontro28.10.2017
Tamanho0,77 Mb.







Plano de Aula

Professor Estagiário: Pedro Silva

Professor Coordenador: Drª Paula Águas

Professor Orientador: Drª Mariana Cunha

Local: Escola E.B. 2,3 da Senhora da Hora

Aula nº: 7

Sessão: 1 de 12

Ano/Turma: 8ºA

Alunos: 22

Hora: 11h:50m

Data: 30/09/2011

Espaço: Ginásio 1

Duração: 45’( 40’ - útil)

Unidade Didática: Voleibol
Funções Didáticas: Avaliação diagnóstica

Material: Apito, folha de registo, elástico, sinalizadores, quadro, caneta de quadro e bolas de voleibol

Objetivos da Aula

Cultura Desportiva: Reconhecer o nome dos conteúdos.

Habilidades Motoras: Realizar serviço por baixo, manchete e passe.

Aptidão Física: Desenvolver a força e a flexibilidade

Conceitos Psicossociais: Desenvolver o sentido de cooperação.







Objetivos Comportamentais

Situação de Aprendizagem

Organização professor/aluno

Esquema

Critérios de êxito

Parte Inicial

3’

10’



1.

-O aluno apresenta-se na aula com o equipamento devido para a prática;

- O aluno responde “presente” quando o seu nome for dito;

- O aluno presta atenção à informação, assimilando o que for transmitido pelo professor.

2.

- O aluno deve procurar estar sempre em movimento de modo a promover assim uma ativação geral do organismo;



- O aluno deve cumprir com as regras estabelecidas pelo professor para o jogo;

1.

-Realização da chamada;

- Breve diálogo com os alunos acerca dos conteúdos a serem abordados na aula.
Org. Alunos/Professor:

- Alunos sentados nos bancos suecos e o professor de pé virado para os alunos.
2.

Jogo “rato e gato”:

- Os alunos formam grupos de 2, sendo que o professor determinará, aleatoriamente, quem é o “rato e o gato”. Posto isto, os grupos formam um círculo em metade de meio campo, devendo estar deitados, agrupados e cada grupo deve estar distanciado do grupo ao lado cerca de 50 centímetros. O “gato” andará a correr por fora do circulo tentando apanhar o “rato”, em que este pode “escapar” ao deitar-se junto de um elemento de cada grupo. Deitando-se do lado esquerdo do grupo, o elemento do grupo mais à direita deverá levantar-se e fugir pois passará a ser o “rato” e vice-versa.


Org. Alunos/Professor:

Alunos em grupos de 2 elementos, deitados no piso do pavilhão;

Professor perto do círculo formado pelos alunos, visualizando a atividade dos mesmos.

1.

- Alunos sentados no banco sueco.

2.











1.

- Atenção;

- Silêncio.

2.

- Correr para fugir do “gato”;



- Correr para apanhar o “rato”;

- Estar atento à posição do “rato” de modo a estar pronto para fugir caso ele se sente ao lado do seu companheiro;



Parte Fundamental

26’


3.

- O aluno participa na situação proposta pelo professor, procurando obter o maior sucesso em cada uma delas;

- O aluno procura cooperar com o companheiro no sentido do objetivo do exercício;

- O aluno respeita as regras pré-estabelecidas pelo professor.

- O aluno realiza: manchete, passe e serviço por baixo.


3.

Avaliação diagnóstica de Voleibol:

O professor forma grupos de 2 elementos e distribui-os pelos respetivos campos, sendo que iram jogar uns contra os outros, em jogos de 2x2. O jogo é iniciado, obrigatoriamente, por serviço por baixo. Existem 5 campos, sendo que após a disposição inicial dos grupos, estes e ao sinal do professor, iram trocar de campo no sentido contrário ao ponteiro do relógio.



Os conteúdos a serem observados pelo professor são: Serviço por baixo, passe e manchete.
Org. Alunos/Professor:

- Os alunos encontram-se nos campos indicados pelo professor que estão delimitados por sinalizadores;

- O professor encontra-se no campo 1 a avaliar o nível dos alunos que se encontram nesse mesmo campo.


3.
P


3.

Serviço por baixo:

- acentuada flexão do tronco;

- pé contrário à mão livre adiantado;

- a mão que sustenta a bola situada sensivelmente a nível da cintura;

- o braço de batimento deve manter –se em extensão durante o movimento de trás para a frente;

- a zona de contacto com a bola é a palma da mão ( mão rígida e dedos fechados );

- após o batimento na bola, o peso do corpo deve ser deslocado para o apoio mais adiantado;

Manchete:

- Adoptar a posição fundamental mas com os MI um poço mais afastados;

- MS estendidos e unidos;

- Jogar a bola para a frente e para cima.



Passe:

- Adoptar a posição fundamental mais MS elevados;

- MS flectidos (não muito);

- Jogar a bola acima da cabeça;

- Formar um triângulo com as duas mãos, onde “encaixa” a bola.


Parte Final

1’


4 - Arrumação do material e diálogo com os alunos.


Avaliação diagnóstica de Voleibol 8ºA




conteudo/nº

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22




serviço

1 – não executa



































































2 – executa com dificuldade



































































3 – executa bem



































































manchete

1 – não executa



































































2 – executa com dificuldade



































































3 – executa bem



































































PASSE

1 – não executa



































































2 – executa com dificuldade



































































3 – executa bem



































































Nível:






































































Nível do aluno:
1 – Nível Elementar 2- Nível Intermédio 3 – Nível Avançado



Formação de grupos feita pelo professor:

Campo 1: Vítor + Barbara Teixeira vs Ana Rita + João Basto

Campo 2: Ana Pereira + Maria Silva vs André Moura + Catarina Fernandes

Campo 3: Cristiana Rocha + Sofia vs Diana Teixeira + Hugo Caldeira

Campo 4: Francisca Lopes + Inês Ferreia vs Inês Macedo + Marisa Moura + Miguel Rodrigues

Campo 5: Mariana Silva + Marta Reis vs Jorge Pinheiro + Patrícia Trindade + Letícia Sérvolo


Nota: O facto de ter sido eu a elaborar as equipas deve-se para que exista uma heterogeneidade entre cada equipa, de modo a criar também equipas equilibradas sendo assim mais vantajoso para a avaliação diagnóstica pois não se corre o risco de ter 2 alunos com bastantes capacidades contra 2 alunos com fracas capacidades. Assim penso que será uma avaliação mais rigorosa e justa.


Pedro Silva Núcleo de Estágio Pedagógico - Mestrado de Ensino

FADEUP 2011/12





©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal