Paulo Sérgio da Silva



Baixar 5,48 Kb.
Encontro25.08.2018
Tamanho5,48 Kb.
Paulo Sérgio da Silva

Natural do Rio de Janeiro, nasceu no dia 15 de dezembro de 1947. Filho de Irabello Barroso da Silva e Wanda Hetmanek da Silva, casou-se com Ana Paula Marchon Barcellos.

Trabalhou no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro no período de 13/6/1972 a 31/5/1974 e na Secretaria de Agricultura do Estado da Bahia, de 14/5/1975 a 30/9/1976.

Foi nomeado em 12/4/2000 para o cargo de promotor de Justiça substituto. Sua primeira comarca de atuação foi Montanha. Exerceu suas atividades também em Vila Velha, Vitória, João Neiva, Marataízes, Bom Jesus do Norte, Anchieta, Cariacica, Aracruz, Guarapari, Ibiraçu, Laranja da Terra, Afonso, Cláudio, Linhares, Itarana, Iconha, Piúma, Itapemirim, Viana e Serra.

Em 2003, foi promovido, por antiguidade, para o cargo de 1º promotor de Justiça da Promotoria de Justiça Geral de Laranja da Terra (1ª entrância).
Novamente por antiguidade, em 2006, foi promovido para o cargo de 2º promotor de Justiça da Promotoria de Justiça Cível de Linhares, de 3ª entrância.
Em 2008, foi promovido, por antiguidade, para o cargo de 27º promotor de Justiça substituto de entrância especial.

Em 2002, recebeu elogio do então deputado federal e presidente do Partido dos Trabalhadores do Estado do Espírito Santo, João Coser, por sua atuação no julgamento, pelo Tribunal do Júri, do réu José Barbosa de Queiroz, que matou o biólogo Paulo César Vinha.



Durante sua carreira ministerial, integrou o Grupo de Trabalho para Repressão ao Crime Organizado (GRCO) e o Grupo Especial de Trabalho de Conscientização Ambiental e Urbanismo (GETCAURB). Em 2010, passou a atuar junto ao Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, de Bens e Direitos de Valor Artístico, Estético, Histórico, Turístico, Paisagístico e Urbanístico (CAOA).

Aposentou-se em 6/1/2011.


©bemvin.org 2016
enviar mensagem

    Página principal