Parecer do conselho fiscal



Baixar 17.49 Kb.
Encontro10.03.2017
Tamanho17.49 Kb.
PARECER DO CONSELHO FISCAL

CAROS CONSÓCIOS

No uso das competências que lhe são conferidas pelos Estatutos, vem o Conselho Fiscal da APAF – Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, submeter à vossa apreciação o seu Parecer sobre o Plano de Actividades de 2013 e o Orçamento para o ano de 2013.

Discriminado por itens:



DESPESAS

01 – COMUNICAÇÃO E IMAGEM

Esta rúbrica apresenta uma diminuição de 4.700 euros, em relação ao ano anterior.

Essa redução consiste principalmente na redução de 4 para 3 da revista “O Árbitro”, (-2.500 euros) e a restante com material de merchandising e aquisição de material promocional (-2.200 euros).

A verba para gestão e manutenção do sítio manteve-se inalterada.


02 – RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

O Plano de Atividades para 2013, prevê a diminuição da verba orçamentada em 13 %, comparativamente ao ano anterior. A despesa associada a relações institucionais com diversas entidades ligadas ao futebol é substancialmente reduzida, (500 euros relativamente a 2012), representando 67 % do total reduzido (750 euros), a restante redução 33% por cento, afeta principalmente as rúbricas dos Encontros de Antigos Árbitros. A verba para a Federação Portuguesa de Futebol é reforçada em 150 euros.



03 – PATRIMÓNIO

Este capítulo comparativamente com o ano anterior, sofre uma redução na ordem dos 74 %, sendo essa redução repartida pelo item Viatura Leasing, em virtude das prestações da viatura terem em Maio 2012 e em aquisição de imobilizado e manutenção do património (-2.400 euros) que em 2012.



04 – OUTRAS INICIATIVAS

O montante orçamentado para esta rúbrica reduz-se em relação ao orçamento de 2012, em 1.950 euros, representando uma diminuição de 15%. Para o torneio inter-núcleos de futsal (-1000 euros) e (-950 euros) na despesa com o departamento de arbitragem feminina e na comemoração do aniversário.



05 – FORMAÇÃO

O montante orçamentado para esta rúbrica aumenta em relação ao orçamento de 2012, em 1.600 euros.



  1. Destaca-se a verba de 14.000 euros afecta ao 12º Encontro do Árbitro Jovem (+2.000 euros que em 2012)


06 – GESTÃO DE ASSOCIADOS

O montante orçamentado para esta rúbrica reduz-se 85 % relação ao orçamento de 2012, passando para um montante previsto de 300 euros. Era de 2000 euros em 2012.



07 – SERVIÇO DE CONTENCIOSO

Este capítulo sofre alteração, de 13.000 euros para 13.610 euros aumentando 5% em relação a 2012, prevendo-se a subida dos custos com processos e pareceres em 1000 euros + 25% que em 2012.



08 – APOIO AOS NÚCLEOS

Neste capítulo, os montantes globais não sofrem alteração significativa relativamente a 2012 mantendo-se um montante previsto de 6.100 euros, + 2% que em 2012.



09 – PLANOS DE ENCARGOS ADMINISTRATIVOS

Neste capítulo, comparativamente com o Plano de atividades de 2012, esta Direção estima:

a) Não alterar os custos, com gabinete de contabilidade e com remunerações.

b) Diminuir os itens custo da secretaria, água e eletricidade, assembleias e órgãos sociais, direção, outros encargos com funcionários, correio e seguros e bancos (No total de – 6.300 euros).

c) Aumentar os itens manutenção e reparações; portagens, comunicações, gasóleo, renda da sede. O aumento previsto é em termos absolutos de 4.950 euros. A rúbrica diminui 2 % em relação a 2012, no montante de 1.350 euros.



Detalhe comparativo 2012 v 2013 percentual da redução prevista por item:

a) 50% - Seguros e Bancos

b) 50% - Correio

c) 40% - Outros encargos com funcionários

d) 38% - Direção


Detalhe comparativo 2012 v 2013 percentual do aumento previsto por item:

a) 700% - Manutenção e reparações

b) 90% - Portagens

c) 33% - Comunicações

d) 33% - Gasóleo

RECEITAS

10 – RECEITAS PREVISÍVEIS

No capítulo de receitas, houve significativa alteração comparativamente ao ano anterior, no intuito das receitas previsíveis de 2013 em virtude da Associação deixar de receber 30.000,00€ da LPFP, relativos às transmissões televisivas em canal aberto, o que representa sensivelmente 22% das receitas de 2012.

a) Não sofrem qualquer alteração os itens protocolo taça de Portugal com a FPF, prestação de assistência jurídica, "site" e publicidade, inscrições do árbitro jovem, outros subsídios em relação ao ano anterior. (12.100 euros)

b) Redução dos itens transmissões televisivas, quotizações e diversos (-36.500 euros com o destaque já feito ao valor das transmissões televisivas.

c) Aumento dos itens subsídio árbitro jovem não existente em 2012 (13.000 euros), recuperação de quotização, protocolo com a FPF, programa era, merchandising, anúncios no “O Árbitro", donativos. (+ 10.760 euros que em 2012).
Detalhe 2013 percentual da redução prevista (36.500 euros) por item:


  1. 82% - Transmissões televisivas

  2. 16% Quotizações

Detalhe percentual do aumento previsto (23.760 euros) por item:


c) 55% Subsídio árbitro jovem

d) 21% Recuperação de quotização

e) 13% Protocolo com a FPF

f) 8 % Programa ERA


As receitas para o ano 2013 diminuem, num objetivo de aproximar o orçamento ao Plano de Actividades do ano 2013, tornando-o mais realista e fazendo face à descida de receitas significativa provocada pelo facto da APAF deixar de receber 30.000,00€ da LPFP, relativos às transmissões televisivas em canal aberto, o que representa sensivelmente 22% das receitas.
CONCLUSÃO

Esta direcção apresenta um Plano de Atividades para 2013 cujo orçamento de contenção prevê uma redução de 12.740 euros, ou seja menos aproximadamente 9,3%, na sua globalidade, em relação ao Plano de Atividades de 2012. Realça-se a relevância de:



  • Aprofundar a política de aproximação às bases distritais.

  • Protocolar com as entidades detentoras dos direitos de transmissão televisiva dos jogos em que atuem os nossos associados, quer na variante de futebol, futsal, praia, feminino, etc.

  • Continuidade ao diálogo social com a FPF, Conselho de Arbitragem, Liga, Associações Distritais e Conselhos de Arbitragem Distritais, com reforço dos protocolos existentes com os diferentes parceiros sociais.

  • Receber atempadamente e tanto quanto possível dentro do próprio exercício as quotizações de 2013, continuando a promover para isso método de pagamento diversificados para o associado;

  • Continuar no projecto do recebimento de quotas em atraso e eventual plano de prestações e perdão parcial das dívidas de quotização, estabelecendo protocolos para desconto de quotização nessas entidades.

  • Levar ao associado 3 revistas no ano de 2013.

  • Institucionalização do direito de imagem.

  • Melhor funcionalidade para rentabilização dos custos, nomeadamente a redução com custos inerentes a energias e gastos com a Direção.

  • Fazer com que os custos de formação se possam refletir na melhoria da qualidade dos associados.

  • Racionalizar e controlar a todo o momento toda a estrutura de custos.

  • Promover a contínua informação aos associados do dia-a-dia da instituição.

Concluindo-se ainda que esta Direcção pretende apresentar um plano de actividades e orçamento cada vez mais intuitivo, de forma real e objectiva através da utilização de rúbricas, para que se consiga ano após ano, comparação entre rúbricas, facilitando assim a gradual redução de custos que se vem verificando desde 2009 a 2013, aspecto vital na estabilidade financeira da nossa Associação, adequando-se assim ao actual contexto económico-financeiro nacional.

Assim pelos motivos acima explicados e em conclusão da nossa análise, feita em rigor ao Plano de Actividades e Orçamento para 2013, propomos aos nossos associados a sua aprovação.



Sede da APAF, 15 de Maio de 2013

O Conselho Fiscal

Baixar 17.49 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©bemvin.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Prefeitura municipal
santa catarina
Universidade federal
prefeitura municipal
pregão presencial
universidade federal
outras providências
processo seletivo
catarina prefeitura
minas gerais
secretaria municipal
CÂmara municipal
ensino fundamental
ensino médio
concurso público
catarina município
Dispõe sobre
reunião ordinária
Serviço público
câmara municipal
público federal
Processo seletivo
processo licitatório
educaçÃo universidade
seletivo simplificado
Secretaria municipal
sessão ordinária
ensino superior
Relatório técnico
Universidade estadual
Conselho municipal
técnico científico
direitos humanos
científico período
Curriculum vitae
espírito santo
pregão eletrônico
Sequência didática
Quarta feira
prefeito municipal
conselho municipal
distrito federal
língua portuguesa
nossa senhora
educaçÃo secretaria
segunda feira
Pregão presencial
recursos humanos
Terça feira
educaçÃO ciência
agricultura familiar